SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
-- ASSESSORIA FF -- A QUASE 10 ANOS NO MERCADO DE ENSINO
(44) 9-9985-9135
Disciplina: MAPA - SPRIV - INVESTIGAÇÃO DE RISCOS E FRAUDES
CORPORATIVAS - 54/2023
ATIVIDADES E MAPAS UNICESUMAR E ‘OUTRAS’ COM EXCELENCIA EM NOTAS E
APRENDIZAGEM!
(44) 9-9985-9135
‘’ OU SE PREFERIR, ENTRE DIRETO COM O QR CODE A BAIXO NO WHATSAPP DESCRITO A CIMA’’
MAPA - SPRIV - INVESTIGAÇÃO DE RISCOS E FRAUDES CORPORATIVAS -
54/2023
QUESTÃO 1.
COMPLIANCE DENTRO DA SEGURANÇA PRIVADA.
Um tema atual e instigante, o compliance dentro das organizações, se revelou nos últimos anos
extremamente necessário, em um primeiro lugar para evitar danos à imagem da uma empresa ou
clientes, em um segundo lugar garantindo com que as empresas colaborassem com
investigações, dessa forma preserva sua imagem negativa para a sociedade e de processos
criminais envolvendo colaboradores e a própria organização.,
Compliance, termo em inglês significa um acerto de contas ou reestruturação relacionado a
antecipação de possíveis problemas. Não se trata de uma “confissão de culpa”, mais sim de um
diagnóstico antecipado de problemas que podem levar a complicações administrativas, a
processos judiciais, criminais ou cíveis que a empresa frente à essa antecipação desenvolvesse
uma nova política de comunicação com a sociedade, de formação, integração e cobrança de seus
colaboradores, como um canal de prestação de contas as autoridades tais como polícias,
ministério público, procuradorias e advocacia privada.,
Você já se deparou, em sua rotina, com noticiários falando sobre o envolvimento de empresas em
ações criminais e investigações. Nessas empresas, não só o lançamento de notas a imprensa
justificando que não compactuam com irregularidades ou crimes, mas que estabelecem políticas
que possam inclusive serem alteradas caso necessárias, no investimento cada vez maior na
formação cultural de seus colaboradores e na comunidade para evitar que problemas se agravem
ou o surgimento de novas adversidades dessa natureza. Essa é atuação da iniciativa privada do
compliance dialogando com as autoridades.,
Vejamos a notícia abaixo:.
A evolução do compliance no Brasil e sua realidade atual
Júlia Alimari.
O Compliance voltou a ganhar os holofotes no Brasil, principalmente, depois de publicada a lei
12.846 de 1º de agosto de 2013, conhecida como lei anticorrupção, meses antes do início da
Operação Lava Jato, marcado pela data de 17 de março de 2014. No decorrer das investigações
midiáticas da Operação Lava Jato, o Brasil todo estava debatendo sobre corrupção e formas de
mitigá-la, como por exemplo, com direção (tone at the top), supervisão e monitoramento, gestão e
conscientização, risk assessment, treinamentos periódicos, revisões periódicas, controle
interno/auditoria, prática de due dilligence, implementação de canal de denúncias e ferramentas
disciplinares (Whistleblowing), ou seja, com Compliance.,
Outro marco importante foi a publicação do decreto 8.420, de 18 de março de 2015, que
conceituou e deu outras providências acerca do Programa de Integridade, ou, Programa de
Compliance, em seu Capítulo IV, artigos 41 e 42.
Ainda, durante o estudo do instituto nos deparamos com algumas normas, como por exemplo ISO
19.600, ou ainda, a DSC 10.000, as diretrizes trazem considerações importantes acerca das boas
práticas de Compliance. A ISO 19.600 provê instruções visando o estabelecimento, o
desenvolvimento, a implementação, a avaliação, a manutenção e a melhoria do sistema de gestão
de conformidade. Já a DSC 10.000 fornece as diretrizes para o sistema de integridade, trazendo
considerações importantes das boas práticas de Compliance. Sobre as referidas normas, cumpre
ressaltar que se trata de diretrizes e não regras ou requisitos.
Em conformidade com a lei 12.846/13, a implementação de um programa de integridade será
considerada como atenuante na aplicação das sanções de irregularidades e atos ilícitos cometidos
pelas pessoas jurídicas. O Decreto 8.420/15, por sua vez, delimita o percentual de atenuação de
um a quatro por cento do valor da multa.
Mesmo que o supramencionado decreto expresse que o Programa de Compliance deve ser de
fato efetivo, observados os parâmetros da norma, para que a organização tenha direito aos
benefícios concedidos, a falta de regras e requisitos expressos que certifiquem essa efetividade do
programa, ainda deixa margem para que grandes empresas, como por exemplo, a Companhia
Vale do Rio Doce, contornem a justiça se beneficiando financeiramente da lei por alegarem que
seguem um programa de integridade, mesmo diante de claras irregularidades notadas na tragédia
ocorrida em Brumadinho, Minas Gerais.
Cumpre ressaltar que mesmo diante de problemas enfrentados por lacunas ainda deixadas pela lei
e seu decreto, a falta da implementação de um bom sistema de gestão de Compliance pode trazer
consequências inalteráveis à empresa. No mesmo exemplo da Vale, a empresa sofreu uma queda
brusca no valor de suas ações após o ocorrido, além dos bloqueios de valores realizados pela
Justiça nas contas da companhia. Outro exemplo que deixa claro os possíveis danos causados à
empresa que não implementa de forma eficiente um programa de integridade é o da empresa
Odebrecht, que é vista até hoje como um símbolo da corrupção, tendo inclusive alterado seu nome
para Novo Nor.
Entre outras consequências severas da ausência de Compliance na sociedade, além dos danos à
imagem e a repercussão negativa, cabe citar a possibilidade de dissolução compulsória da pessoa
jurídica, multa elevada, impossibilidade de contratar com o Poder Público, além da aplicação das
demais penalidades da lei Anticorrupção.
Por fim, além do programa de Compliance ter como objetivo evitar possíveis riscos derivados de
condutas ilícitas ou irregulares de pessoas que estão em desacordo com as metas e resultados
estipulados pela empresa, a implementação do programa também traz uma boa reputação para
empresa perante o mercado como um todo, nacional e internacional. Portanto, podemos concluir
que o Compliance já é uma realidade no Brasil e sua chegada marca uma nova era de esperança
contra a corrupção no país.
O nosso livro didático, as aulas, os materiais extras e projetos de ensino, bem como o texto
acimada, poderão auxiliar na realização dessa atividade.
Com base no conteúdo estudado no decorrer das aulas e embasados pelos materiais
complementares, tem-se que a atividade MAPA consiste em você, como um Gestor de Segurança
Privada, em forma de texto dissertativo, discorrer a resposta das questões.
Considerando a situação hipotética de que você, Gestor de Segurança Privada de uma
organização, estará liderando o processo de implantação do “compliance“ na empresa.
Independentemente da área de atuação da corporação existem obrigações e responsabilidades
nas esferas dos Direitos Ambiental, Penal, Civil, tributário, entre outros. Neste sentido aponte:
a) Considerando que é um processo de ações de conformidade com as normas éticas e
legais. Cite e comente sobre pelo menos 3 fundamentos para a implantação do Compliance?
b) Muitos gestores utilizam um modelo simples que seja facilmente compreendido pelos
colaboradores das empresas, eles se baseiam em um modelo baseado em três pilares
considerados fundamentais. Assim descreva e comente sobre os pilares estabelecidos do PDCA
de Estratégia Antifraude adaptado por Marcondes?

Mais conteúdo relacionado

Último

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 

Último (20)

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 

Ensino de Compliance e Segurança Privada

  • 1. -- ASSESSORIA FF -- A QUASE 10 ANOS NO MERCADO DE ENSINO (44) 9-9985-9135 Disciplina: MAPA - SPRIV - INVESTIGAÇÃO DE RISCOS E FRAUDES CORPORATIVAS - 54/2023 ATIVIDADES E MAPAS UNICESUMAR E ‘OUTRAS’ COM EXCELENCIA EM NOTAS E APRENDIZAGEM! (44) 9-9985-9135 ‘’ OU SE PREFERIR, ENTRE DIRETO COM O QR CODE A BAIXO NO WHATSAPP DESCRITO A CIMA’’
  • 2. MAPA - SPRIV - INVESTIGAÇÃO DE RISCOS E FRAUDES CORPORATIVAS - 54/2023 QUESTÃO 1. COMPLIANCE DENTRO DA SEGURANÇA PRIVADA. Um tema atual e instigante, o compliance dentro das organizações, se revelou nos últimos anos extremamente necessário, em um primeiro lugar para evitar danos à imagem da uma empresa ou clientes, em um segundo lugar garantindo com que as empresas colaborassem com investigações, dessa forma preserva sua imagem negativa para a sociedade e de processos criminais envolvendo colaboradores e a própria organização., Compliance, termo em inglês significa um acerto de contas ou reestruturação relacionado a antecipação de possíveis problemas. Não se trata de uma “confissão de culpa”, mais sim de um diagnóstico antecipado de problemas que podem levar a complicações administrativas, a processos judiciais, criminais ou cíveis que a empresa frente à essa antecipação desenvolvesse uma nova política de comunicação com a sociedade, de formação, integração e cobrança de seus colaboradores, como um canal de prestação de contas as autoridades tais como polícias, ministério público, procuradorias e advocacia privada., Você já se deparou, em sua rotina, com noticiários falando sobre o envolvimento de empresas em ações criminais e investigações. Nessas empresas, não só o lançamento de notas a imprensa justificando que não compactuam com irregularidades ou crimes, mas que estabelecem políticas que possam inclusive serem alteradas caso necessárias, no investimento cada vez maior na formação cultural de seus colaboradores e na comunidade para evitar que problemas se agravem ou o surgimento de novas adversidades dessa natureza. Essa é atuação da iniciativa privada do compliance dialogando com as autoridades., Vejamos a notícia abaixo:. A evolução do compliance no Brasil e sua realidade atual Júlia Alimari. O Compliance voltou a ganhar os holofotes no Brasil, principalmente, depois de publicada a lei 12.846 de 1º de agosto de 2013, conhecida como lei anticorrupção, meses antes do início da Operação Lava Jato, marcado pela data de 17 de março de 2014. No decorrer das investigações midiáticas da Operação Lava Jato, o Brasil todo estava debatendo sobre corrupção e formas de mitigá-la, como por exemplo, com direção (tone at the top), supervisão e monitoramento, gestão e conscientização, risk assessment, treinamentos periódicos, revisões periódicas, controle interno/auditoria, prática de due dilligence, implementação de canal de denúncias e ferramentas disciplinares (Whistleblowing), ou seja, com Compliance., Outro marco importante foi a publicação do decreto 8.420, de 18 de março de 2015, que conceituou e deu outras providências acerca do Programa de Integridade, ou, Programa de Compliance, em seu Capítulo IV, artigos 41 e 42. Ainda, durante o estudo do instituto nos deparamos com algumas normas, como por exemplo ISO 19.600, ou ainda, a DSC 10.000, as diretrizes trazem considerações importantes acerca das boas práticas de Compliance. A ISO 19.600 provê instruções visando o estabelecimento, o desenvolvimento, a implementação, a avaliação, a manutenção e a melhoria do sistema de gestão
  • 3. de conformidade. Já a DSC 10.000 fornece as diretrizes para o sistema de integridade, trazendo considerações importantes das boas práticas de Compliance. Sobre as referidas normas, cumpre ressaltar que se trata de diretrizes e não regras ou requisitos. Em conformidade com a lei 12.846/13, a implementação de um programa de integridade será considerada como atenuante na aplicação das sanções de irregularidades e atos ilícitos cometidos pelas pessoas jurídicas. O Decreto 8.420/15, por sua vez, delimita o percentual de atenuação de um a quatro por cento do valor da multa. Mesmo que o supramencionado decreto expresse que o Programa de Compliance deve ser de fato efetivo, observados os parâmetros da norma, para que a organização tenha direito aos benefícios concedidos, a falta de regras e requisitos expressos que certifiquem essa efetividade do programa, ainda deixa margem para que grandes empresas, como por exemplo, a Companhia Vale do Rio Doce, contornem a justiça se beneficiando financeiramente da lei por alegarem que seguem um programa de integridade, mesmo diante de claras irregularidades notadas na tragédia ocorrida em Brumadinho, Minas Gerais. Cumpre ressaltar que mesmo diante de problemas enfrentados por lacunas ainda deixadas pela lei e seu decreto, a falta da implementação de um bom sistema de gestão de Compliance pode trazer consequências inalteráveis à empresa. No mesmo exemplo da Vale, a empresa sofreu uma queda brusca no valor de suas ações após o ocorrido, além dos bloqueios de valores realizados pela Justiça nas contas da companhia. Outro exemplo que deixa claro os possíveis danos causados à empresa que não implementa de forma eficiente um programa de integridade é o da empresa Odebrecht, que é vista até hoje como um símbolo da corrupção, tendo inclusive alterado seu nome para Novo Nor. Entre outras consequências severas da ausência de Compliance na sociedade, além dos danos à imagem e a repercussão negativa, cabe citar a possibilidade de dissolução compulsória da pessoa jurídica, multa elevada, impossibilidade de contratar com o Poder Público, além da aplicação das demais penalidades da lei Anticorrupção. Por fim, além do programa de Compliance ter como objetivo evitar possíveis riscos derivados de condutas ilícitas ou irregulares de pessoas que estão em desacordo com as metas e resultados estipulados pela empresa, a implementação do programa também traz uma boa reputação para empresa perante o mercado como um todo, nacional e internacional. Portanto, podemos concluir que o Compliance já é uma realidade no Brasil e sua chegada marca uma nova era de esperança contra a corrupção no país. O nosso livro didático, as aulas, os materiais extras e projetos de ensino, bem como o texto acimada, poderão auxiliar na realização dessa atividade. Com base no conteúdo estudado no decorrer das aulas e embasados pelos materiais complementares, tem-se que a atividade MAPA consiste em você, como um Gestor de Segurança Privada, em forma de texto dissertativo, discorrer a resposta das questões. Considerando a situação hipotética de que você, Gestor de Segurança Privada de uma organização, estará liderando o processo de implantação do “compliance“ na empresa. Independentemente da área de atuação da corporação existem obrigações e responsabilidades nas esferas dos Direitos Ambiental, Penal, Civil, tributário, entre outros. Neste sentido aponte: a) Considerando que é um processo de ações de conformidade com as normas éticas e legais. Cite e comente sobre pelo menos 3 fundamentos para a implantação do Compliance? b) Muitos gestores utilizam um modelo simples que seja facilmente compreendido pelos colaboradores das empresas, eles se baseiam em um modelo baseado em três pilares
  • 4. considerados fundamentais. Assim descreva e comente sobre os pilares estabelecidos do PDCA de Estratégia Antifraude adaptado por Marcondes?