Semiologia

288 visualizações

Publicada em

Semiologia

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semiologia

  1. 1. PRINCÍPIOS EM SEMIOLOGIA OSSOS SESAMÓIDES PROFESSOR ALEXANDRE
  2. 2. Origem da palavra: Do Gr. anámnesis, lembrança Conceito: Entrevista com o paciente que tem como objetivo colher informações acerca do mesmo, estabelecer com ele uma relação de confiança e apoio e fornecer informações e orientações. ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDREPROFESSOR ALEXANDRE
  3. 3. Identificação: - Nome - Sexo - Idade - Raça - Estado civil - Profissão - Naturalidade e Procedência ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDRE
  4. 4. Identificação (Ex.): M.P.H., 66 anos, branca, casada, secretária aposentada, natural e procedente de Santa Maria DF. ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDRE
  5. 5. #Importante: Relatar a fonte da história na identificação. Queixa Principal: Motivo ou problema que fez o paciente procurar o médico. Queixa Principal (Ex.): Dor ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDRE
  6. 6. Anamnese História da Doença Atual: - Deve ser um relato claro e em ordem cronológica dos problemas que levaram o paciente a procurar auxílio médico. - O paciente informa; o médico organiza. - Deve constar o modo como os problemas do paciente começaram, como se desenvolveram, os sintomas que apareceram e os tratamentos feitos. ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDRE
  7. 7. - Os sintomas que forem mais relevantes devem incluir a descrição de: # Localização # Qualidade # Intensidade # Início # Duração e Frequência # Situações em que aparecem, se agravam ou se atenuam # Sintomas associados (os sete atributos da dor) ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDRE História da Doença Atual (Ex.): Dor cervical  início há dois meses;  dolente e contínua;  leve a moderada intensidade;  sem fator desencadeante;  alívio com analgésicos simples;  sem alívio noturno;  progressiva.
  8. 8. História da Doença Atual (Ex.): Dor em quadril e membros inferiores:  início há 1 mês;  dolente e contínua;  moderada a forte intensidade; 8  sem fator desencadeante;  alívio parcial com analgésicos;  sem alívio noturno;  progressiva. ANAMNESE PROFESSOR ALEXANDRE
  9. 9. História da Doença Atual (Ex.): Dor abdominal:  localização em hipocôndrio direito;  início há 1 mês;  dolente e contínua;  moderada a forte intensidade;  sem fator desencadeante;  alívio parcial com analgésicos;  progressiva. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  10. 10. História Médica Pregressa: Acontecimentos prévios importantes para o diagnóstico e o tratamento da moléstia atual e para o médico ter uma visão global de seu paciente. - Doenças prévias - Presença de outras doenças (HAS, DM) - Traumatismos, cirurgias e internações prévias - Alergias e imunizações - Medicações em uso PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  11. 11. Hábitos: - Tabagismo (caracterizar) - Uso de álcool (caracterizar) - Uso de drogas ilícitas - Atividade física - Alimentação PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  12. 12. Hábitos (Ex.): Tabagismo – 30 anos / 2 maços ao dia Nega consumo de bebida alcoólica. Nega drogadição. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  13. 13. História Familiar: - Estado de saúde ou causa de morte dos avós, pais, tios, irmãos e filhos, e a idade que tinham quando morreram. - Pesquisar especialmente sobre doenças cardiovasculares (morte súbita, angina e infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral) , diabetes, hipertensão arterial, hipercolesterolemia, câncer e tuberculose. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  14. 14. História Familiar (Ex.): Pai falecido aos 82 anos por IAM. Mãe falecida por AVE . Irmão falecido aos 36 anos, hemofílico. Demais hígidos. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  15. 15. História Pessoal, Familiar e Social: Pesquisar problemas pessoais, financeiros, familiares e no trabalho. (OPCIONAL). PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  16. 16. Revisão de Sistemas: Última parte da história clínica. Consiste na realização de uma série de perguntas sobre sintomas específicos ligados aos diversos aparelhos, sistemas e regiões do corpo. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  17. 17. Revisão de Sistemas: - Sintomas gerais e constitucionais - Pele - Cabeça - Sint. cardíacos - Olhos - Sint. genitais - Orelhas - Sint. Vascul. Perif. - Nariz e seios paranasais - Sint. musculoesq - Garganta e boca - Sistema nervoso - Pescoço - Problemas hematop. - Mamas (mulher) - Problemas endócr - Sint. Respiratórios - Dist. Psiq. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  18. 18. Revisão de sistemas:  Emagrecimento (66  55 kg em 3–4 meses);  Anorexia;  Dispnéia aos médios / grandes esforços;  Tosse seca eventualmente produtiva;  Constipação de longa data;  Soluço de início recente. PROFESSOR ALEXANDRE ANAMNESE
  19. 19. Estado Geral: - Aspecto geral - Atitude (“fáscies”) - Estado nutricional - Nível de consciência, atenção, orientação, memória - Peso e altura - Cálculo do IMC - Entre 17 e 18,49 Abaixo do peso Entre 18,5 e 24,99Peso normal Entre 25 e 29,99Acima do peso - Frequência respiratória e frequência cardíaca - Pressão arterial - Temperatura EXAME FÍSICO PROFESSOR ALEXANDRE
  20. 20. Estado Geral: - Presença de palidez de mucosas - Presença de icterícia - Presença de cianose - Estado de hidratação - Palpação de linfonodos PROFESSOR ALEXANDRE EXAME FÍSICO
  21. 21. Exames Setoriais: Ao examinar cada região do corpo deve- se realizar: - Inspeção - Percussão - Palpação - Ausculta PROFESSOR ALEXANDRE EXAME FÍSICO
  22. 22. Ausculta Cardíaca Ausculta Pulmonar Exame Abdominal PROFESSOR ALEXANDRE EXAME FÍSICO
  23. 23. Geral: afebril, hidratada, acianótica, anictérica, sem linfonodomegalias. FC 72 FR 20 PA 130/80 T 36,1 Dor 9 PROFESSOR ALEXANDRE EXAME FÍSICO
  24. 24. Ausculta cardíaca: bulhas hipofonéticas. Ausculta pulmonar: murmúrio vesicular diminuído. Abdome: globoso, depressível; desconforto à palpação em hipocôndrio direito, borda hepática palpável abaixo do RebornoCostDir(RCD) com superfície irregular e com consistência aumentada. EXAME FÍSICO
  25. 25. Extremidades: dor à palpação das coxas, FABERE negativo, Lasègue negativo, crepitação patelar. PROFESSOR ALEXANDRE EXAME FÍSICO 30º
  26. 26. Exames Laboratoriais Exames de Imagem EXAMES COMPLEMENTARES PROFESSOR ALEXANDRE
  27. 27. Obtenção de Diagnóstico Conduta Terapêutica CONCLUSÃO PROFESSOR ALEXANDRE
  28. 28. Termos Médicos Geral: Astenia – Sensação de fraqueza Fadiga – Sensação de cansaço Sudorese – Eliminação abundante de suor PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  29. 29. Termos Médicos Cabeça: Cefaléia – Dor de cabeça PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  30. 30. Termos Médicos Olhos: Diplopia – Visão dupla Nistagmo – Movimentos repetitivos e rítmicos dos olhos Escotoma – Área de cegueira parcial ou total Pisicotomas – pontos brilhantes anisocoria, miótica, midríase. PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  31. 31. Termos Médicos Orelha: Otorréia – Secreção auditiva Otorragia – Perda de sangue pelo canal auditivo Disacusia – Perda da capacidade auditiva Vertigem – sensação de rotação PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  32. 32. Termos Médicos Nariz e Cavidades Paranasais: Rinorréia – Corrimento nasal Epistaxe – Hemorragia nasal OSSOS SESAMÓIDES PROFESSOR ALEXANDRE
  33. 33. Termos Médicos Tórax: Hemoptise – Eliminação, com a tosse, de sangue proveniente da traqueia, brônquios ou pulmões Dispnéia – Dificuldade para respirar Sibilos – Ruídos respiratórios musicais percebidos pelo paciente Singulto – Soluço PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  34. 34. Termos Médicos Tórax: Dispneia Paroxística Noturna – Falta de ar uma a duas horas após se deitar Ortopnéia – Dispneia ao deitar-se Edema – Inchaço por acúmulo excessivo de líquido nos espaços intersticiais Síncope – Perda súbita e transitória da consciência (desmaio) Cianose – Coloração azulada da pele e mucosa PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  35. 35. Termos Médicos Aparelho Gastrintestinal: Disfagia – Dificuldade para engolir Odinofagia – Dor à deglutição Pirose – Sensação de queimação na região retroesternal Anorexia – Perda do apetite Melena – Fezes negras Hematoquezia – Sangue vivo nas fezes Enterorragia – Sangramento anal PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  36. 36. Termos Médicos Aparelho Gastrintestinal Hematêmese – Vômito com sangue Eructação – Arrotar. Ligação com aerofagia Dispepsia – Dor ou desconforto epigástrico Esteatorréia – Aumento no volume das fezes e fezes gordurosas Icterícia – Coloração amarelada da pele e mucosas Halitose – Mau hálito PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  37. 37. Termos Médicos Vias Urinárias: Disúria – Dor ou desconforto à micção Hematúria – Sangue na urina Poliúria – Aumento significativo do volume urinário (>2,5L) Polaciúria – Micção extremamente frequente Nictúria – Aumento da frequência urinária noturna Oligúria – Redução do volume urinário (<400ml) Anúria – quase ausência de micção (<100ml) PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  38. 38. Termos Médicos Sistema Genital Feminino: Menarca – Primeira menstruação Amenorréia – Falta de menstruação por mais de 3 ciclos Dismenorréia – Menstruação dolorosa Menorragia – Perda excessiva de sangue durante a menstruação Dispareunia – Dor durante o coito Metrorragia – Sangramento vaginal PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  39. 39. Termos Médicos Sistema vascular Periférico: Claudicação – Dor muscular por isquemia Sistema Musculoesquelético Artralgias – Dores articulares Mialgias – Dores musculares PROFESSOR ALEXANDRE TERMOS MÉDICOS
  40. 40. Termos Médicos Sistema Nervoso: Parestesias – Alterações da sensibilidade Disestesias – Sensações distorcidas Paresias – Alterações da motricidade Sistema Endócrino: Polifagia – Maior consumo de alimentos Polidipsia – Maior consumo de líquidos TERMOS MÉDICOS PROFESSOR ALEXANDRE

×