SlideShare uma empresa Scribd logo
Japão
 Fragmentação e divisão em xogunatos e “feudos”
chefiados pelos Daimyo ( samurais ) ;
 Unificação no século XVII, sob o governo do
Clã Tokugawa ;
 SOKOKU ( país fechado )
Somente Portugal ( missões religiosas ) e
Holanda ( missões comerciais ) tiveram contanto
com os Japoneses.
“Ninguém entrava, ninguém saía.”
Falta de recursos minerais = Japão pouco atrativo
Meados do século XIX
 Desembarque americano no Japão ;
 Fortalecimento da abertura do Japão (antes
isolado do ocidente ), através do TRATADO
DE KANAGAWA ;
 Desintegração acelerada do Sistema Feudal
Japonês;
 Encerramento do domínio Tokugawa ;
Era Meiji (1868 – 1912)
Imperador Mitsuhito
 Criação de infra-estrutura ( ferrovias,
portos, etc...);
 Instalação de indústrias e de bens de
produção;
 Investimento na educação, para obter uma
mão-de-obra preparada para novas
atividades;
 Investimentos feitos nas indústrias pelos
grupos familiares (Os ZAIBATSUS) que se
tornariam grandes conglomerados.
Ex.: Mitsubishi, Mitsui, Sumitomo ;
 Adoção do XINTOÍSMO , religião que fazia do imperador
chefe sagrado do Estado, ajudou a incentivar o povo japonês
ao culto à disciplina.
Era Meiji com seus pontos negativos
 Escassez de matérias-primas;
 Inchaço populacional ( fez com que japoneses
emigracem rumo a novas terras, inclusive o
Brasil);
 Escassez de Energia;
 Limitação do Mercardo Interno;
“Os japoneses não tiveram outra escolha e foram à
procura de novos Territórios, para isso fortaleceu
seu poder Militar”
 Coréia e Taiwan (1895)
 Manchúria (Norte da China 1931)
 Nordeste da China (1937)
 Indochina (Ilhas do Pacífico 1941)
Só que toda esta política expansionista,
porém, resultaria na quase destruição do
Japão, que saiu derrotado na 2ª Guerra
Mundial
Após o Japão ter se unido com a Alemanha e a
Itália contra os EUA na 2ª Guerra Mundial e ter
atacado o porto de Pearl Harbor no Havaí, a
resposta dos nortes-americanos chegou da pior
maneira possível ...
Era meiji
Mesmo arrasado, após o término da 2ª Guerra
Mundial o Japão se tornou a segunda maior
potência mundial, essa recuperação ficou
conhecida como MILAGRE JAPONÊS.
Era meiji
O Japão viveu um novo momento após a
2ª Guerra Mundial, quando recebeu
maciços investimentos dos EUA,
principalmente em tecnologia. A
tradição da honra japonesa foi
primordial para a industrialização.
Era meiji
Era meiji
Era meiji
Era meiji
Era meiji
O Último Samurai
é um filme
excelente para
quem quer
conhecer a história
industrial do
Japão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

China
ChinaChina
A conquista da américa
A conquista da américaA conquista da américa
A conquista da américa
RODRIGO Cicéro
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
Camila Brito
 
Região nordeste 7º ano
Região nordeste  7º anoRegião nordeste  7º ano
Região nordeste 7º ano
alessandra bassani
 
Brasil Holandês
Brasil HolandêsBrasil Holandês
Brasil Holandês
Paulo Alexandre
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Cristina Gouveia
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Revolução Meiji
Revolução MeijiRevolução Meiji
Revolução Meiji
carlosbidu
 
A CHINA DO SÉCULO XXI
A CHINA DO SÉCULO XXIA CHINA DO SÉCULO XXI
A CHINA DO SÉCULO XXI
Freed Naves Cortez
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
edna2
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
Marcos Oliveira
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Eduard Henry
 
Aula japão
Aula japãoAula japão
Aula japão
Professor
 
Expansão territorial
Expansão territorialExpansão territorial
Expansão territorial
Edenilson Morais
 
Dit divisão internacional do trabalho.
Dit divisão internacional do trabalho.Dit divisão internacional do trabalho.
Dit divisão internacional do trabalho.
Camila Brito
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
historiando
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
Isabel Aguiar
 
Pecuária no período colonial
Pecuária no período colonialPecuária no período colonial
Pecuária no período colonial
Edenilson Morais
 
1º ano - Civilização Árabe
1º ano - Civilização Árabe 1º ano - Civilização Árabe
1º ano - Civilização Árabe
Daniel Alves Bronstrup
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo

Mais procurados (20)

China
ChinaChina
China
 
A conquista da américa
A conquista da américaA conquista da américa
A conquista da américa
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
 
Região nordeste 7º ano
Região nordeste  7º anoRegião nordeste  7º ano
Região nordeste 7º ano
 
Brasil Holandês
Brasil HolandêsBrasil Holandês
Brasil Holandês
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Revolução Meiji
Revolução MeijiRevolução Meiji
Revolução Meiji
 
A CHINA DO SÉCULO XXI
A CHINA DO SÉCULO XXIA CHINA DO SÉCULO XXI
A CHINA DO SÉCULO XXI
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Aula japão
Aula japãoAula japão
Aula japão
 
Expansão territorial
Expansão territorialExpansão territorial
Expansão territorial
 
Dit divisão internacional do trabalho.
Dit divisão internacional do trabalho.Dit divisão internacional do trabalho.
Dit divisão internacional do trabalho.
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haiti
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
 
Pecuária no período colonial
Pecuária no período colonialPecuária no período colonial
Pecuária no período colonial
 
1º ano - Civilização Árabe
1º ano - Civilização Árabe 1º ano - Civilização Árabe
1º ano - Civilização Árabe
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 

Semelhante a Era meiji

Industrialização no japão
Industrialização no japãoIndustrialização no japão
Industrialização no japão
Savinho Andrade
 
JapãO HistóRia E Geopolitica
JapãO   HistóRia E GeopoliticaJapãO   HistóRia E Geopolitica
JapãO HistóRia E Geopolitica
Joacir Pimenta
 
Industrialização do Japão
Industrialização do JapãoIndustrialização do Japão
Industrialização do Japão
Mayara Sousa
 
Países de industrialialização tardia - Alemanha e Japão
Países de industrialialização tardia - Alemanha e JapãoPaíses de industrialialização tardia - Alemanha e Japão
Países de industrialialização tardia - Alemanha e Japão
Oberlania Alves
 
Japão – potência econômica
Japão – potência econômicaJapão – potência econômica
Japão – potência econômica
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO
 
Antigo japão traduzindo
Antigo japão   traduzindoAntigo japão   traduzindo
Antigo japão traduzindo
mariodonkey
 
Japão
JapãoJapão
Japão
valquirinha
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
Lucileida Castro
 
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINAHIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
Douglas Barraqui
 
Imperialismo – ásia
Imperialismo – ásiaImperialismo – ásia
Imperialismo – ásia
Carlos Glufke
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Josué Ramos
 
Tigres asiaticos
Tigres asiaticosTigres asiaticos
Tigres asiaticos
Thiago Vieira
 
JAPAO
JAPAOJAPAO
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo   Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
prof1campina
 
História 9ºano
História 9ºanoHistória 9ºano
História 9ºano
Matilde Heitor
 
Imperialismo japonês.pptx
Imperialismo japonês.pptxImperialismo japonês.pptx
Imperialismo japonês.pptx
ocg50
 
Resumo historia geral i
Resumo historia geral iResumo historia geral i
Resumo historia geral i
jersonvieira
 
Industrialização Japonesa - Processo Histórico
Industrialização Japonesa - Processo HistóricoIndustrialização Japonesa - Processo Histórico
Industrialização Japonesa - Processo Histórico
Guilherme Calixto Vicente
 
HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)
HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)
HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)
badmiral
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
LianaSuzuki
 

Semelhante a Era meiji (20)

Industrialização no japão
Industrialização no japãoIndustrialização no japão
Industrialização no japão
 
JapãO HistóRia E Geopolitica
JapãO   HistóRia E GeopoliticaJapãO   HistóRia E Geopolitica
JapãO HistóRia E Geopolitica
 
Industrialização do Japão
Industrialização do JapãoIndustrialização do Japão
Industrialização do Japão
 
Países de industrialialização tardia - Alemanha e Japão
Países de industrialialização tardia - Alemanha e JapãoPaíses de industrialialização tardia - Alemanha e Japão
Países de industrialialização tardia - Alemanha e Japão
 
Japão – potência econômica
Japão – potência econômicaJapão – potência econômica
Japão – potência econômica
 
Antigo japão traduzindo
Antigo japão   traduzindoAntigo japão   traduzindo
Antigo japão traduzindo
 
Japão
JapãoJapão
Japão
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
 
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINAHIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
 
Imperialismo – ásia
Imperialismo – ásiaImperialismo – ásia
Imperialismo – ásia
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Tigres asiaticos
Tigres asiaticosTigres asiaticos
Tigres asiaticos
 
JAPAO
JAPAOJAPAO
JAPAO
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo   Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
 
História 9ºano
História 9ºanoHistória 9ºano
História 9ºano
 
Imperialismo japonês.pptx
Imperialismo japonês.pptxImperialismo japonês.pptx
Imperialismo japonês.pptx
 
Resumo historia geral i
Resumo historia geral iResumo historia geral i
Resumo historia geral i
 
Industrialização Japonesa - Processo Histórico
Industrialização Japonesa - Processo HistóricoIndustrialização Japonesa - Processo Histórico
Industrialização Japonesa - Processo Histórico
 
HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)
HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)
HISTÓRIA ORIENTAL - REVOLUÇÃO MEIJI (JAPÃO)
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 

Mais de Ócio do Ofício

A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA
A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA
A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA
Ócio do Ofício
 
Constituicoes brasileiras v1_1824
Constituicoes brasileiras v1_1824Constituicoes brasileiras v1_1824
Constituicoes brasileiras v1_1824
Ócio do Ofício
 
A identidade nacional brasileira
A identidade nacional brasileiraA identidade nacional brasileira
A identidade nacional brasileira
Ócio do Ofício
 
Era meiji
Era meijiEra meiji
Era meiji
Ócio do Ofício
 
Cultura e sociedade década de 1960 a 1980
Cultura e sociedade década de 1960 a 1980Cultura e sociedade década de 1960 a 1980
Cultura e sociedade década de 1960 a 1980
Ócio do Ofício
 
Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980
Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980
Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980
Ócio do Ofício
 
Antigo do regime 1
Antigo do regime 1Antigo do regime 1
Antigo do regime 1
Ócio do Ofício
 
Contrato pedagógico
Contrato pedagógicoContrato pedagógico
Contrato pedagógico
Ócio do Ofício
 
Bobbio
BobbioBobbio
Confissões de um assassino econmico
Confissões de um assassino econmicoConfissões de um assassino econmico
Confissões de um assassino econmico
Ócio do Ofício
 
A rebelião das massas
A rebelião das massasA rebelião das massas
A rebelião das massas
Ócio do Ofício
 
Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002
Ócio do Ofício
 
Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985
Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985
Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985
Ócio do Ofício
 
Exercício 3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditadura
Exercício  3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditaduraExercício  3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditadura
Exercício 3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditadura
Ócio do Ofício
 
Exercício 3ªº séire era getúlio 1930 1945
Exercício 3ªº séire era getúlio 1930   1945Exercício 3ªº séire era getúlio 1930   1945
Exercício 3ªº séire era getúlio 1930 1945
Ócio do Ofício
 
Exercício 3ªº política populista brasileira 1945 1964
Exercício 3ªº política populista brasileira 1945   1964Exercício 3ªº política populista brasileira 1945   1964
Exercício 3ªº política populista brasileira 1945 1964
Ócio do Ofício
 
Exercício 2º série belle époque
Exercício 2º série belle époqueExercício 2º série belle époque
Exercício 2º série belle époque
Ócio do Ofício
 
Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.
Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.
Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.
Ócio do Ofício
 
Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946 1964
Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946  1964Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946  1964
Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946 1964
Ócio do Ofício
 
Exercíco 9ª ano guerra fria
Exercíco 9ª ano guerra friaExercíco 9ª ano guerra fria
Exercíco 9ª ano guerra fria
Ócio do Ofício
 

Mais de Ócio do Ofício (20)

A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA
A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA
A DA INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE HISTÓRIA
 
Constituicoes brasileiras v1_1824
Constituicoes brasileiras v1_1824Constituicoes brasileiras v1_1824
Constituicoes brasileiras v1_1824
 
A identidade nacional brasileira
A identidade nacional brasileiraA identidade nacional brasileira
A identidade nacional brasileira
 
Era meiji
Era meijiEra meiji
Era meiji
 
Cultura e sociedade década de 1960 a 1980
Cultura e sociedade década de 1960 a 1980Cultura e sociedade década de 1960 a 1980
Cultura e sociedade década de 1960 a 1980
 
Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980
Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980
Cultura e sociedade decada de 1960 a 1980
 
Antigo do regime 1
Antigo do regime 1Antigo do regime 1
Antigo do regime 1
 
Contrato pedagógico
Contrato pedagógicoContrato pedagógico
Contrato pedagógico
 
Bobbio
BobbioBobbio
Bobbio
 
Confissões de um assassino econmico
Confissões de um assassino econmicoConfissões de um assassino econmico
Confissões de um assassino econmico
 
A rebelião das massas
A rebelião das massasA rebelião das massas
A rebelião das massas
 
Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002
 
Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985
Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985
Exercício 3ªº série período mi litar 1964 – 1985
 
Exercício 3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditadura
Exercício  3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditaduraExercício  3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditadura
Exercício 3ªº informações sobre abreviaturas e síglas usadas durante a ditadura
 
Exercício 3ªº séire era getúlio 1930 1945
Exercício 3ªº séire era getúlio 1930   1945Exercício 3ªº séire era getúlio 1930   1945
Exercício 3ªº séire era getúlio 1930 1945
 
Exercício 3ªº política populista brasileira 1945 1964
Exercício 3ªº política populista brasileira 1945   1964Exercício 3ªº política populista brasileira 1945   1964
Exercício 3ªº política populista brasileira 1945 1964
 
Exercício 2º série belle époque
Exercício 2º série belle époqueExercício 2º série belle époque
Exercício 2º série belle époque
 
Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.
Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.
Exercício avaliativo 3ªº período regencial e primeiro reinado 1841 – 1850.
 
Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946 1964
Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946  1964Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946  1964
Exercício 9º ano populismo brasileiro 1946 1964
 
Exercíco 9ª ano guerra fria
Exercíco 9ª ano guerra friaExercíco 9ª ano guerra fria
Exercíco 9ª ano guerra fria
 

Último

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 

Último (20)

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 

Era meiji

  • 2.  Fragmentação e divisão em xogunatos e “feudos” chefiados pelos Daimyo ( samurais ) ;  Unificação no século XVII, sob o governo do Clã Tokugawa ;  SOKOKU ( país fechado ) Somente Portugal ( missões religiosas ) e Holanda ( missões comerciais ) tiveram contanto com os Japoneses. “Ninguém entrava, ninguém saía.” Falta de recursos minerais = Japão pouco atrativo
  • 3. Meados do século XIX  Desembarque americano no Japão ;  Fortalecimento da abertura do Japão (antes isolado do ocidente ), através do TRATADO DE KANAGAWA ;  Desintegração acelerada do Sistema Feudal Japonês;  Encerramento do domínio Tokugawa ;
  • 4. Era Meiji (1868 – 1912) Imperador Mitsuhito  Criação de infra-estrutura ( ferrovias, portos, etc...);  Instalação de indústrias e de bens de produção;  Investimento na educação, para obter uma mão-de-obra preparada para novas atividades;  Investimentos feitos nas indústrias pelos grupos familiares (Os ZAIBATSUS) que se tornariam grandes conglomerados. Ex.: Mitsubishi, Mitsui, Sumitomo ;  Adoção do XINTOÍSMO , religião que fazia do imperador chefe sagrado do Estado, ajudou a incentivar o povo japonês ao culto à disciplina.
  • 5. Era Meiji com seus pontos negativos  Escassez de matérias-primas;  Inchaço populacional ( fez com que japoneses emigracem rumo a novas terras, inclusive o Brasil);  Escassez de Energia;  Limitação do Mercardo Interno;
  • 6. “Os japoneses não tiveram outra escolha e foram à procura de novos Territórios, para isso fortaleceu seu poder Militar”  Coréia e Taiwan (1895)  Manchúria (Norte da China 1931)  Nordeste da China (1937)  Indochina (Ilhas do Pacífico 1941)
  • 7. Só que toda esta política expansionista, porém, resultaria na quase destruição do Japão, que saiu derrotado na 2ª Guerra Mundial
  • 8. Após o Japão ter se unido com a Alemanha e a Itália contra os EUA na 2ª Guerra Mundial e ter atacado o porto de Pearl Harbor no Havaí, a resposta dos nortes-americanos chegou da pior maneira possível ...
  • 10. Mesmo arrasado, após o término da 2ª Guerra Mundial o Japão se tornou a segunda maior potência mundial, essa recuperação ficou conhecida como MILAGRE JAPONÊS.
  • 12. O Japão viveu um novo momento após a 2ª Guerra Mundial, quando recebeu maciços investimentos dos EUA, principalmente em tecnologia. A tradição da honra japonesa foi primordial para a industrialização.
  • 18. O Último Samurai é um filme excelente para quem quer conhecer a história industrial do Japão