O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Gastrulacao eneurulacao

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Embriogênese
Embriogênese
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 17 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Quem viu também gostou (20)

Anúncio

Semelhante a Gastrulacao eneurulacao (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Gastrulacao eneurulacao

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO Departamento de Ciências Exatas e da Natureza Disciplina: Biologia Professora: Fernanda Britto da Silva Estagiária: Juliana Troleis Porto Alegre, 19 de abril de 2011 Desenvolvimento Embrionário: Segmentação a Neurulação
  2. 2. Tipos de óvulos http://resumos.webnode.com.br/resumos/ensino-medio/a2%C2%AA%20serie/a3%C2%B0%20bimestre/biologia/ Alécitos – Mamíferos Oligolécitos ou Isolécitos – Equinodermos e Anfioxo Heterolécitos – Peixes e anfíbios Telolécitos – Répteis, aves e alguns peixes Centrolécitos - insetos
  3. 3. Tipos de Segmentação : Holoblástica Holoblástica Igual – Na 3° clivagem formam 8 blastômeros - Alécitos Holoblástica Desigual – Na 3° clivagem formam 8 blastômeros - Heterolécitos Holoblástica Subigual – Na 3° clivagem formam 8 blastômeros - Isolécitos http://www.sobiologia.com.br/conteudos/embriologia/
  4. 4. Tipos de Segmentação : Meroblástica Meroblástica Discoidal – Divisões na região de cicatrícula, forma um disco de células. Meroblástica Superficial - Células embrionárias na superfície do ovo. http://www.sobiologia.com.br/conteudos/embriologia/ Ovos Telolécitos – Polo Vegetativo e Animal – Repteis, aves e alguns peixes = Discoblástula
  5. 5. Então... As fases de segmentação dividem-se em: MÓRULA – Maciço celular em poucas células BLÁSTULA – Aumento de células e formação de uma cavidade que será chamada de BLASTOCELE. http://www.sobiologia.com.br/conteudos/embriologia/
  6. 6. http://www.passeiweb.com/saiba_mais/atualidades/1204813468
  7. 7. GASTRULAÇÃO <ul><li>Notocorda: Apresenta-se como um bastonete flexível localizado no dorso do </li></ul><ul><li>embrião, sendo presente nos cordados. </li></ul><ul><li>Anfioxo*: Persiste até a vida Adulta </li></ul><ul><li>Vertebrados(exceto Peixes): Regride dando origem a coluna vertebral </li></ul><ul><li>(mesoderme) </li></ul>*Animal 6cm que vive enterrado na areia em águas marinhas. O sexo e separado e fecundação externa. http://ceticismo.net/2008/06/22/sequenciado-o-genoma-do-anfioxo/ Ovo Oligolécito (vitelo homogêneo) Segmentação Holoblástica Subigual
  8. 8. <ul><li>O que ocorre: </li></ul><ul><li>Invaginação – migração dos Blastômeros para o interior da blastocele. </li></ul><ul><li>Blastocele pode chegar a desaparecer </li></ul><ul><li>Surge um orifício nesse ponto que inicia a invaginação: Blastóporo </li></ul><ul><li>A nova cavidade irá se denominar Arquêntero. </li></ul>Esquema da gastrulação em anfioxo.
  9. 9. Nos anfíbios: A fecundação é externa. Ovos Heterolécitos Segmetação Holoblástica total Desigual. Invaginação por Epibolia.
  10. 10. <ul><li>Diferenciação dos Folhetos Embrionários: </li></ul><ul><li>Ectoderme, </li></ul><ul><li>Mesoderme </li></ul><ul><li>Endoderme </li></ul><ul><li>Presença nos seres: </li></ul><ul><li>2 folhetos: Diploblásticos (Endo e ectoderme) - Poríferos (esponjas) </li></ul><ul><li>3 Folhetos: Triploblásticos (Ecto, meso e endoderme) – Cordados </li></ul><ul><li>O embrião aumenta e: </li></ul><ul><li>Forma os folhetos germinativos dando origem a tecidos e órgãos. </li></ul><ul><li>Forma o arquêntero ou intestino primitivo </li></ul><ul><li>Forma o Blastóporo </li></ul><ul><li>Blastóporo (Comunicação com o exterior): </li></ul><ul><li>Boca - Protostômio – Vermes, Moluscos e Artropodes </li></ul><ul><li>Ânus – Deuterostômio – Equinodermos e cordados </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Celomas = Cavidades </li></ul><ul><li>Características de todos os cordados </li></ul><ul><li>É um celoma quando o espaço fica entre as mesodermes </li></ul><ul><li>Temos 3 tipos de apresentação das cavidades: </li></ul><ul><li>Acelomados – O espaço entre ectoderma e endoderma está preenchido por mesoderma, ocorrente em Planárias e tênias. </li></ul>http://www.sobiologia.com.br/conteudos/embriologia/reproducao12.php
  12. 12. Pseudocelomados – Existe o espaço, mas é delimitado pela Endoderme e Mesoderme. Ocorrente em lombriga. http://www.sobiologia.com.br/conteudos/embriologia/reproducao12.php Celomados – O espaço entre a endoderma e a ectoderma está totalmente preenchido pela mesoderma. Ocorrente em Moluscos, mamíferos, Anelídeos, equinodermas, etc.
  13. 13. Esquema de cortes transversais de corpos acelomados, pseudocelomados e celomados
  14. 14. <ul><li>ORGANOGÊNESE </li></ul><ul><li>Diferenciação de órgãos a partir dos folhetos germinativos </li></ul><ul><li>Ocorrência da Neurulação (Formação do tubo neural) </li></ul><ul><li>Após, os folhetos continuam a se diferenciar até formar um tecido </li></ul><ul><li>especializado no indivíduo adulto. </li></ul>
  15. 15. Organogênese em Anfioxo Ocorre: Ectoderme Tubo neural Endoderme Tubo Digestório Mesoderme Somitos/Notocorda (Celomas)
  16. 16. Organogênese do Anfíbio
  17. 17. Destinos finais dos Folhetos germinativos: Ectoderma Mesoderma Endoderma -Epiderme -Estrutura do Sistema nervoso -Epitélio de revestimento (mucosas) <ul><li>Derme </li></ul><ul><li>Músculo </li></ul><ul><li>Cartilagem </li></ul><ul><li>Sangue </li></ul><ul><li>-Medula óssea </li></ul><ul><li>-Órgãos do sistema reprodutor </li></ul>-Epitélio de revestimento do trato digestório -Fígado -Pâncreas -Sistema Respiratório

×