Tutorial visual c# express

5.715 visualizações

Publicada em

Tutorial do visual c#

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.715
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
201
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tutorial visual c# express

  1. 1. Arthur Henrique Ataide de Azevedo Tutorial Microsoft Visual C# 2008 Express EditionO Visual C# 2008 Express Edition é uma ferramenta de desenvolvimento criada pelaMicrosoft e utilizada para a criação de aplicações em formulário, console, biblioteca declasses e .NET.A interface é simples e intuitiva, facilitando a utilização, mesmo para iniciantes.Nosso objetivo com esse tutorial, é apresentar algumas opções e funcionalidades que aferramenta dispõe.Tela Inicial do aplicativoNessa tela podemos ver uma barra de ferramentas simples com ícones de abrir, salvar,localizar, o menu de opções onde podemos acessar todas as funcionalidades disponíveis.Temos também nessa janela os projetos recentes, uma aba de inicio na linguagem onde oprograma oferece ajuda online,e algumas noticias, assim como na aba principal, que sãonoticias voltadas a linguagem, novidades e ferramentas.
  2. 2. Para iniciar o desenvolvimento de qualquer aplicação devemos clicar no menu “File” edepois em “Novo Projeto” ou simplesmente usar o atalho “ Control+Shift+n”, comomostrado na figura a seguir;Escolhida essa opção uma nova janela irá se abrir, perguntando que tipo de aplicaçãovocê deseja criar, as opções são as seguintes:Aplicativo do windows forms, Biblioteca de classes, Aplicativo WPF, Aplicativo denavegador, Aplicativo de console e projeto vazio.Clicando em qualquer uma das opções o programa lhe dará uma breve informação doque se trata cada opção.
  3. 3. Aplicativo de ConsoleEscolhendo “Aplicativo de Console” teremos como desenvolver um aplicativo para rodarem linha de comando.Vamos escolher essa opção para fazer um programa simples.Escolhida a opção uma nova janela será aberta, contendo uma estrutura básica deprograma, temos as linhas : using System; using System.Collections.Generic; using System.Linq; using System.Text;que são as bibliotecas usadas em uma aplicação do tipo console. Logo em seguida temosesse pequeno trecho de código que é a estrutura do seu programa.namespace ConsoleApplication1 (Nome da aplicação){ class Program (Classe principal da aplicação) { static void Main(string[] args) (Função main) { } }}Exemplificando :
  4. 4. Logo Abaixo está um exemplo de uma aplicação de console, este programa irá imprimirna tela a frase “Hello Word”,para escrever em uma linha de comando usamos o comando “ Console.WriteLine” e emseguida dentro dos parenteses e das aspas duplas podemos escrever qualquer frase.using System;using System.Collections.Generic;using System.Linq;using System.Text;namespace ConsoleApplication1{class Program{static void Main(string[] args){Console.WriteLine("Hello Word");Console.ReadLine();}}}Aplicativo Windows FormsEscolhendo “WindowsForms Application” na opção “novo projeto” teremos comodesenvolver um aplicativo com interface gráfica. Aqui temos uma barras de ferramenta com Aqui temos o formulário limpo sem a inclusão opções de edição : copiar, colar, salvar, de nenhum item. Será ele depois de pronto que desfazer e outras fará a interação do programa com o usuário
  5. 5. Nessa aba fica a SolutionNessa barra Explorer ondede ferramenta podemos verteremos todas em forma deas opções árvore todagráficas que estrutura dapodem ser soluçãoinseridas noformulário.Exemplos : Nessa aba ficamBotões, as propriedadescaixa de texto, de todas os itensdescrição que podem sercampos, usados nacheckbox, criação dolistbox, forms , taiscombobox , como : nome,são os mais cor, tamanho ,comuns. tipo de letra, entre outros A inclusão de um item gráfico no formulário pode ser feita dando dois cliques no item escolhido na opção da barra de ferramentas ou clicando no item e arrastando para o local Após a inclusão de um item no formulário, podemos incluir funcionalidades a eles dando dois cliques em cima do item e tendo acesso a código do item, onde iremos acrescentar a codificação necessária para execução das rotinas. using System; using System.Collections.Generic; using System.ComponentModel; using System.Data; using System.Drawing; using System.Linq; using System.Text; using System.Windows.Forms; namespace WindowsFormsApplication1 { public partial class Form1 : Form { public Form1() { InitializeComponent(); } Quando damos duplo private void button1_Click(object clique no item button1 sender, EventArgs e) aparece o trecho de { código ao lado
  6. 6. } } } private void button1_Click_1(object } sender, EventArgs e) {Aplicativo Class LibraryPara criar uma classe no Visual C# Express, você primeiramente deve criar um NovoProjeto, e em seguida escolher a opção Class Library.Após isso, um novo projeto de Classe é criado.Por padrão, é gerado um código inicial para toda classe criada, onde:
  7. 7. using System;using System.Collections.Generic;using System.Linq;using System.Text; (São as bibliotecas)namespace ClassLibrary (Nome do namespace){ public class Class1 (Nome da classe) { }}Abaixo um pequeno exemplo de uma classe chamada de Pessoa em C# com algunsmetodos criados para a classe.Sua sintaxe é bem semelhante as demais linguagens de programação OO.public class Pessoa{ // varíáveis privadas para o nome // e idade da pessoa private string nome; private int idade; // método que permite definir o nome // da pessoa public void setNome(string nome) { this.nome = nome; } // método que permite definir a idade // da pessoa public void setIdade(int idade) { this.idade = idade; } // método que permite obter o nome // da pessoa public string getNome() { return this.nome; } // método que permite obter a idade // da pessoa public int getIdade() { return this.idade; }}Para testar a classe, você deve voltar à classe principal da aplicação (aquela que contémo método Main) e faça as seguintes alterações:static void Main(string[] args){ // Cria uma instância da classe Pessoa Pessoa p = new Pessoa(); // Define um nome e idade para a pessoa p.setNome("Anderson");
  8. 8. p.setIdade(20); // Obtém o nome e idade da pessoa string nome = p.getNome(); int idade = p.getIdade(); Console.WriteLine("Nome: " + nome + " - Idade: " + idade); Console.ReadKey();}Funcionalidade de Auto CompletarExiste uma função no Visual Express que é como um Helper ao programador que estádesenvolvendo.Por exemplo, ao digitar Class na página de código, é aberto uma janela como mostrado abaixo:Cada icone e cada opção desta janela, representa uma função no C#, abaixo umalistagem de icones e seus devidos tiposRepresenta Métodos.Representa Eventos.Representa Métodos de Windows Forms.Representa Controles de Classe.Solution ExplorerTodos os projetos são agrupados em uma Solution Explorer.A Solution Explorer fica localizado no lado direito da IDE conforme a imagem abaixo.Ela pode ser facilmente encontrada na barra de ferramentas View -> Solution Explorer,ou pelo atalho Ctrl + W, S.
  9. 9. Adicionando ReferenciasPodemos acrescentar referencias ao nosso projeto acessando com o botão direito domouse a opção “add reference” e selecionando as DLL que estão disponiveis.Opção de depuraçãoPara entrar no modo de depuração da aplicação, primeiramente deve-se ir no menuDebug e clicar em Start Debugging (Ou pressionar F5). A IDE será iniciada em modo dedepuração.Após isso, a interface do Visual C# Express muda, apresentando algumas janelas a mais.
  10. 10. As abas de depuração ficam localizadas na parte posterior da IDEAs abas de depuração são:Call Stack
  11. 11. Esta janela tem o empilhamento da chamada, ou seja, você pode ver o método atual notopo da lista de métodos e seus chamadores abaixo.WatchNesta janela podemos definir as variáveis que desejamos visualizar, seja arrastando-as,ou digitando na coluna Name.Debug toolbarA barra de ferramentas de depuração está visível na parte superior da IDE e com elapodemos controlar o fluxo de execução, veja abaixo:O nome do botão, seu atalho e o que faz é mostrado abaixo, na sequência em queaparecem: Continue(F5) – Continua a execução, após o break point Pause – Se o código estiver em execução, para na parte do código depurável e permite a depuração Stop Debugging(Shift + F5) – Interrompe a depuração Restart(Ctrl + Shift + F5) – Reinicia a aplicação e a depuração Show Next Statement – Foca na linha de código da execução Step into(F11) – Entra dentro do método ou código para depurá-lo
  12. 12. Step over(F10) – Vai para a próxima linha de execução, se a linha atual for umafunção, não entra na mesma

×