Edital centenario

1.119 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
  • Seja o primeiro a comentar

Edital centenario

  1. 1. Nossas OrigensQualquer historiador que queira traçar a origem das Assembléias deDeus no Brasil terá que necessariamente voltar-se para o início doséculo e deter-se na citadíssima Rua Azusa, em Los Angeles, Califórnia,nos Estados Unidos
  2. 2. William Joseph Seymour nasceu em 02 de maio de 1870, em Centerville, Santa Maria de Paris, no Estado da Louisiana - USA. Seus pais, Simon Seymour e Phillis Salabar tinham nascido escravos. William era o primogênito de uma família enorme e viveu seus primeiros anos em abjeta pobreza. Em 1896 os bens de sua mãe eram: um catre, uma cadeira e um colchão, velhos. Em 1905, Seymour estava em Houston, Texas, quandoouviu a mensagem pentecostal pela primeira vez. Ele se matriculou naEscola Bíblica dirigida por Charles F. Parham. Parham, foi ofundador do movimento de Fé Apostólica, e é o pai do reavivamentoPentecostal/carismático moderno. Que veio a influenciar a vida deGunnar Vingren
  3. 3. Celina Martins Albuquerque, foi a primeira mulher a receber o batismo no Espirito Santo. Em maio de 1911 Vingrern tem a oportunidade de dirigir o culto de oraçao, e ele espõe o ensino do E.S. e sobre falar em linguas, tambem realizou reuniões de oração na casa de uma irma que havia sido curada de uma infermidade considerada incurável. Foi no dia 02 de julho daquele ano que, ficando em oração depois da reuniao, de madrugada a irmã Celina Albuquerque, que era professora da E.B.D. falou em linguas, no dia seguinte outra irmã, Nazare fala em linguas na reuniao na residencia dos missionarios suecos.PRIMEIRA IGREJA I.E.A.D. Em 11 de janeiro de 1918, a Igreja passa a ser reconhecida como tal e Vingren muda o seu nome para Assembléia de Deus, em referência às igrejas de Hot Springs, nos EUA (sem ligação institucional no entanto).
  4. 4. PRIMEIRA CONVENÇÃOUma importante resolução foi tomada em1930. Na primeira convenção nacionalrealizada em Natal, assistida por pastorLevy Petros, sendo 12 o numero demissionarios suecos presente, osmissionarios estrangeiros deveriamentregar as proprias igrejas do norte enordeste aos obreiros brasileiros e deveriam seguir para grandes e áridascidades do sul do pais.
  5. 5. PRIMEIRO PROGRAMA DE RÁDIO “Voz das Assembleias de Deus” O orador, Lawrence Olson, teve ao seu lado no primeiroprograma, o missionário Nels Nelson, os pastores Paulo Leivas Macalão,José Pimentel de Carvalho, Marcelino Margarida, Moisés Malafaia,Belarmino Pedro Ramos, João Kolenda Lemos e sua esposa Ruth DorrisLemos, André Hargrave e sua esposa, além de outros pastores emembros de igrejas do Rio de Janeiro. O programa era transmitido tradicionalmente aos domingos,às 22h, após o culto noturno das igrejas. Era transmitido também paraoutros países pela HCJB (Voz dos Andes), de Quito (Equador) e pelaKGEI, da Califórnia (EUA). Foram narradores do programa: José Pimentel de Carvalho,Emílio Conde, João Pereira de Andrade e Silva, Luís Babo e KleberMoura. A mensagem era sempre pregada por Nels Lawrence Olson. Oprograma foi transmitido durante 34 anos, até o retorno definitivo deLawrence Olson aos Estados Unidos, em 1989.
  6. 6. TERRENO DA CPAD EM SÃO CRISTÓVÃO A CPAD – Casa Publicadora das Assembleias de Deus – é aeditora oficial da denominação e sempre esteve presente em todos osmomentos históricos e decisivos do Movimento Pentecostal no Brasil.Somos uma empresa sem fins lucrativos e, em 2010, completamos 70anos divulgando no país e no exterior as grandes obras realizadas porDeus no meio de seu povo e por intermédio deste. A Casa é fruto dos ideais dos missionários que implantaram adoutrina do Evangelho Pleno em nossa nação e através de seus livros,lições bíblicas, periódicos, eventos, cursos e da utilização das novasmídias, a CPAD está presente hoje não apenas no Brasil, mas tambémna América Latina, Estados Unidos, Europa, Japão e África. Nossaeditora vem se mantendo ao longo dos anos como um posto avançado napreservação de nossa doutrina, rebatendo energicamente os modismos eheresias que querem minar as bases teológicas e enfraquecer aexcelência dos bons costumes.
  7. 7. HARPA CRISTÃ Em seus primórdios, a Assembleiade Deus usava os Salmos e Hinos , quetambém era utilizado por diversas igrejasevangélicas históricas. Mas em virtude denossas peculiaridades doutrinárias, ospioneiros sentiram a necessidade de umhinário que também enfocasse as doutrinaspentecostais. O cantor pentecostal Em virtude dessa premência, foi lançado em 1921, oCantor Pentecostal. Impresso pela tipografia Guajarina, sob aorientação editorial de Almeida Sobrinho, tinha o pequeno hinário44 hinos e 10 corinhos. O Cantor Pentecostal foi distribuído pela Assembleia deDeus de Belém do Pará que, naquela época, achava-se localizada naTravessa 9 de janeiro, nº 75. O surgimento da Harpa Cristã Em 1922, foi lançada em Recife (PE) a primeira edição daHarpa Cristã, que viria a se tornar no hinário oficial das Assembleiasde Deus. Sob a orientação editorial do Pastor Adriano Nobre, teveuma tiragem inicial de mil exemplares e foi distribuída para todo oBrasil pelo missionário Samuel Nyström.
  8. 8. Segunda Edição da H.C. A segunda edição da Harpa Cristã, já com 300 hinos, foi impressa nas Oficinas Irmãos Pangeti, no Rio de Janeiro, em 1923. Já em 1932, tinha a Harpa Cristã 400 hinos. A elaboração dos hinos Na elaboração de nossos hinos, muito contribuiu omissionário Samuel Nyström. Apesar de não ter perfeitoconhecimento da língua portuguesa, ele traduziu, literalmente,diversas letras da riquíssima hinódia escandinava. Para que ospoemas fossem adaptados às suas respectivas músicas, foi necessárioque o Pastor Paulo Leivas Macalão empreendesse semelhante tarefa.Por isso, o Pastor Macalão tornou-se o principal elaborador eadaptador de nosso hinário oficial.
  9. 9. TEMPLOS DAS I.E.A.D.Maior templo do mundo – capacidade 60.000 pessoas
  10. 10. Maior templo da America Latina – Cuiabá Interior do templo – Cuiabá
  11. 11. Sede Belemzinho– Pr José Wellington Interior do templo
  12. 12. Sede I.E.A.D. – Ipiranga
  13. 13. I.E.A.D. – Belém do Pará I.E.A.D. - Osasco - S.P. No início do ano de 1951, começava um culto na casada Família Soares da Silva na Rua Joana Bruni, n.º 48, na VilaYara, bairro de Osasco/SP; o qual era presidido pelo pastorDelfino Brunelli da Lapa (bairro da cidade de São Paulo e umdos setores do ministério do Belém).
  14. 14. I.E.A.D. – Maringá - Paraná Os primeiros crentes pentecostais chegaram a Maringá entre os anos de 1947 e 1949, junto com as caravanas procedentes de vários Estados do Brasil, organizadas pela CMNP – CompanhiaMelhoramentos Norte do Paraná. Em sua maioria, eles eram colonospaulistas, mineiros e nordestinos. Os primeiros cultos da IgrejaAssembleia de Deus eram realizados nos sítios e nas casas dos nossospioneiros. No dia 15/03/1948, na residência do irmão José de Andrade,na Vila Morangueira, houve um culto dirigido pelo EvangelistaEusébio Hilário de Oliveira, data que foi considerada como dia dafundação da Igreja Assembleia de Deus em Maringá. Logo após, os cultos começaram a ser realizados na casa doEvangelista Eusébio. Os trabalhos estavam subordinadoseclesiasticamente ao Pastor Pedro Ferreira, presidente da IgrejaEvangélica Assembleia de Deus de Ibiporã, e, administrativamente,pastor da região no norte do Paraná, o missionário sueco LeifAndersen. Em seguida, já em terreno próprio da igreja, na RuaAquidaban nº 1919 (atual Rua Néo Alves Martins, próximo ao Parquedo Ingá) foi construída uma garagem, a qual serviu de local pararealização dos cultos até meados de 1949. Nessa ocasião, foiinaugurado um belo templo de madeira, considerado um dosmelhores do seu gênero para a época, nesta cidade. Em pouco tempo,ele se tornou pequeno para receber os membros; havia a necessidadede um espaço maior. Em 1949, a primeira congregação foi edificada pelo irmãoJacó Talisin, no Jardim Alvorada, na rua que hoje tem o nome de umdos nossos primeiros pastores: Anísio Francisco da Silva. Mesesdepois, o irmão Eusébio deixou a direção da igreja, que ficou sob aresponsabilidade do Pastor Antônio Rufino até agosto de 1952. Emseguida, assumiu a direção da Igreja o Evangelista Eulino Candido, epermaneceu no cargo até junho de 1953. O Presbítero PauloCavalcanti Padilha passou a ser o responsável pela igreja aténovembro de 1953. O Pastor José Eurico de Oliveira foi o seusubstituto e, mais tarde, passou a direção dos trabalhos para o PastorGlicério Gonçalves da Silva, que permaneceu 10 anos na Igreja deMaringá.
  15. 15. Nossos pioneiros destacam que o início da construção do nosso primeiro templo de alvenaria na Rua Néo Alves Martins ocorreu no dia 03 de dezembro de 1961. Sob apresidência do Pastor Glicério Gonçalves da Silva, foi realizada acerimônia de lançamento da pedra fundamental para a construçãodesse templo. Esse evento foi memorável para a história da igreja,pois contou com a participação do missionário sueco Daniel Berg,um dos fundadores do movimento pentecostal no Brasil e um doslíderes mais significativos do pentecostalismo no mundo. Naquelaocasião, comemorou-se o cinqüentenário da Igreja EvangélicaAssembleia de Deus no Brasil. No início de 1967, o Pastor José Joaquim dos Santosassumiu a presidência do campo de Maringá por um ano. Em1968, o seu companheiro de ministério, Pastor José JoaquimFerreira, foi empossado no cargo e desempenhou essa função até oinício de 1970. Foi então que, em 16 de março daquele ano, oPastor Anísio Francisco da Silva passou a ser o responsável pelaigreja, até o dia 14 de julho de 1973, quando dormiu no Senhor. OPresbítero Osvaldo Talisin assumiu, por três meses, a direção dostrabalhos, em decorrência do falecimento do Pastor Anísio. Emseguida, assumiu o campo eclesiástico de Maringá o Pastor IvoLuiz de Souza. Entre as décadas de 1950 e 1970, a igreja teve umgrande crescimento em número de membros. O templo situado naRua Néo Alves Martins, próximo ao Parque do Ingá, nãocomportava mais os crentes. Assim, ele foi vendido para uma redede supermercados. Os assembleianos passaram a utilizar um salãoprovisório que havia pertencido à Igreja Batista, na AvenidaRiachuelo, Vila Operária. Então, o novo templo começou a serconstruído na Rua Fernão Dias, 212, no centro de Maringá. Hoje,ele está totalmente reformado, com modernas instalações. Estaobra foi iniciada pelo então Pastor Ivo Luiz de Souza, em outubrode 1974
  16. 16. No ano de 1977, o Pastor Ivo Luiz de Souza assumiu adireção do campo de Londrina. O Pastor João Barbosa de Macedo o °substituiu e tomou posse no dia 1° de maio de 1977 e deucontinuidade na obra de Deus, na construção do templo, etc. Esteservo do Senhor foi o líder que mais atuou à frente de nossa igreja.Antes de pastoreá-la, ele era um tenente reformado do exército edirigia uma casa de passagem administrada pela nossa igreja dacidade de Curitiba. Essa casa abrigava doentes vindos do interior doEstado que iam à capital para buscar ajuda médica. O PastorMacedo liderou a igreja AD de Maringá até 24 de abril de 2005,quando foi jubilado. Hoje, este valoroso soldado de Cristo éPresidente de Honra do nosso campo
  17. 17. Atualmente, a Assembleia de Deus em Maringá, tem asua sede na Rua Fernão Dias, 212, Centro, conta com ,51congregações, e, 22 subcongregações,, totalizando, 73 locais decultos, e abrange toda a região metropolitana de Maringá, comaproximadamente 10 mil membros. Pastores que passaram por Maringá:2005 – Pr. Robson José Brito (atual)1977 – Pr. João Barbosa de Macedo1973 – Pr. Ivo Luiz de Souza (07.10.1973)1973 – Pb. Osvaldo Talisin (interino)1970 – Pr. Anísio Francisco da Silva1968 – Pr. José Joaquim Ferreira1967 – Pr. José Joaquim dos Santos1956 – Pr. Glicério Gonçalves da Silva1953 – Pr. José Eurico de Oliveira1952 – Ev. Eulino Candido1950 – Pr. Antônio Rufino1948 – Ev. Euzébio Hilário de Oliveira E tantos outros que fizeram parte dessa história de férecebem hoje gratidão, respeito e admiração de nossa parte, pelacoragem de obedecer à ordem de Cristo de “ir por todo o mundo epregar o evangelho a toda a criatura” (Mc. 16:15). Digitação e Arte Final Oziel Rogério Santos

×