Concílio Vaticano II
 Depois de termos visto as quatro grandesConstituições do Concílio Vaticano II, vamosver, de modo breve, um dos nove decr...
 É dividido da seguinte maneira:◦ PROÊMIO◦ CAPÍTULO I: O PRESBITERATO NA MISSÃO DA IGREJA◦ CAPÍTULO II: O MINISTÉRIO DOS ...
 1. Todavia, em virtude desta Ordem ter umaparte da maior importância e cada vez maisdifícil na renovação da Igreja deCri...
 Com efeito, os presbíteros, em virtude dasagrada Ordenação e da missão que recebemdos bispos, são promovidos ao serviço ...
 2. O Senhor Jesus, "a quem o Pai santificou eenviou ao mundo" (Jo 10, 36) tornouparticipante todo o seu corpo místico da...
 O mesmo Senhor, porém, para que os fiéisformassem um só corpo, no qual "nem todosos membros têm a mesma função" (Rm12, 4...
 Participando, a seu modo, do múnusapostólico, os presbíteros recebem de Deus agraça de serem ministros de Jesus Cristo n...
 Por isso, o fim que os presbíteros pretendematingir com o seu ministério e com a sua vidaé a glória de Deus Pai em Crist...
 Os presbíteros, portanto, quer se entreguemà oração e à adoração, quer preguem apalavra de Deus, quer ofereçam o sacrifí...
 3. Os presbíteros, tirados dentre os homens econstituídos a favor dos homens nas coisasque se referem a Deus, para ofere...
 Os presbíteros do Novo Testamento, emvirtude da vocação e ordenação, de algummodo são escolhidos entre o povo deDeus, nã...
 4. O povo de Deus é reunido antes de tudopela palavra de Deus vivo, que é justíssimoesperar receber da boca dos sacerdot...
 5. Deus, que é o único santo e santificador, quisunir a si homens, que servem humildemente aobra de santificação, como c...
 6. Exercendo, com a autoridade que lhestoca, o múnus de Cristo cabeça e Pastor, ospresbíteros reúnem, em nome do Bispo, ...
 Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ Relações dos bispos com os presbíteros◦ União e cooperação fraterna entre...
 10. O dom espiritual, recebido pelospresbíteros na Ordenação, não os preparapara uma missão limitada e determinada,mas s...
 11. Cristo, Pastor e Bispo das nossasalmas, constituiu a sua Igreja de tal modo queo povo escolhido e adquirido com o se...
 Todavia, visto que "ao timoneiro da barca eaos que nela devem ser levados... é comum otrabalho" seja, por isso, informad...
 Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ A vocação dos presbíteros à perfeição◦ O exercício da tríplice função sac...
 Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ Humildade e obediência◦ Abraçar e considerar o celibato como graça◦ Pobre...
 Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ Meios que favorecem a vida espiritual◦ Estudo e ciência pastoral◦ Justa r...
 Lembrem-se os presbíteros que no exercícioda sua missão nunca estão sós, mas estãoapoiados na força onipotente de Deus: ...
 Reconhecer o valor do presbiterato e dopresbítero na vida da Igreja Superar a ideia de uma concorrência entre osacerdóc...
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po)   simplificado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po) simplificado

196 visualizações

Publicada em

Edição de junho de 2013

Publicada em: Tecnologia, Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reunião Mensaal de Pastoral - Decreto presbiterorum ordinis (po) simplificado

  1. 1. Concílio Vaticano II
  2. 2.  Depois de termos visto as quatro grandesConstituições do Concílio Vaticano II, vamosver, de modo breve, um dos nove decretosdo Concílio: Presbiterorum Ordinis Promulgado em 07 de dezembro de 1965 Se conteúdo principal trata da vida e doministério dos presbíteros
  3. 3.  É dividido da seguinte maneira:◦ PROÊMIO◦ CAPÍTULO I: O PRESBITERATO NA MISSÃO DA IGREJA◦ CAPÍTULO II: O MINISTÉRIO DOS PRESBÍTEROS◦ CAPÍTULO III: A VIDA DOS PRESBÍTEROS◦ CONCLUSÃO E EXORTAÇÃO
  4. 4.  1. Todavia, em virtude desta Ordem ter umaparte da maior importância e cada vez maisdifícil na renovação da Igreja deCristo, pareceu muito útil tratar dospresbíteros com mais demora e profundeza
  5. 5.  Com efeito, os presbíteros, em virtude dasagrada Ordenação e da missão que recebemdos bispos, são promovidos ao serviço deCristo Mestre, Sacerdote e Rei, de cujoministério participam e mediante o qual aIgreja continuamente é edificada em povo deDeus, corpo de Cristo e templo do EspíritoSanto.
  6. 6.  2. O Senhor Jesus, "a quem o Pai santificou eenviou ao mundo" (Jo 10, 36) tornouparticipante todo o seu corpo místico daunção do Espírito com que ele mesmo tinhasido ungido.
  7. 7.  O mesmo Senhor, porém, para que os fiéisformassem um só corpo, no qual "nem todosos membros têm a mesma função" (Rm12, 4), constituiu, entre eles, alguns ministrosque, na sociedade dos fiéis, possuíssem osagrado poder de Ordem para oferecer osacrifício e perdoar os pecados, edesempenhassem publicamente o ofíciosacerdotal em nome de Cristo a favor doshomens.
  8. 8.  Participando, a seu modo, do múnusapostólico, os presbíteros recebem de Deus agraça de serem ministros de Jesus Cristo nomeio dos povos, desempenhando o sagradoministério do Evangelho, para que seja aceitaa oblação dos mesmos povos e santificada noEspírito Santo.
  9. 9.  Por isso, o fim que os presbíteros pretendematingir com o seu ministério e com a sua vidaé a glória de Deus Pai em Cristo. Esta glóriaconsiste em que os homens recebamconsciente, livre e gratamente a obra de Deusperfeitamente realizada em Cristo, e amanifestem em toda a sua vida.
  10. 10.  Os presbíteros, portanto, quer se entreguemà oração e à adoração, quer preguem apalavra de Deus, quer ofereçam o sacrifícioeucarístico e administrem os demaissacramentos, quer exerçam outrosministérios a favor dos homens, concorremnão só para aumentar a glória de Deus, mastambém para fazer progredir os homens navida divina.
  11. 11.  3. Os presbíteros, tirados dentre os homens econstituídos a favor dos homens nas coisasque se referem a Deus, para oferecerem donse sacrifícios pelos pecados, convivemfraternalmente com os restantes homens.
  12. 12.  Os presbíteros do Novo Testamento, emvirtude da vocação e ordenação, de algummodo são escolhidos entre o povo deDeus, não para serem separados dele ou dequalquer homem, mas para se consagraremtotalmente à obra para a qual Deus osassume.
  13. 13.  4. O povo de Deus é reunido antes de tudopela palavra de Deus vivo, que é justíssimoesperar receber da boca dos sacerdotes. Comefeito, como ninguém se pode salvar se antesnão tiver crido, os presbíteros, como cooperadores dos bispos, têm, como primeiro dever,anunciar a todos o Evangelho de Deus, paraque, realizando o mandato do Senhor: "Idepor todo o mundo, pregai o Evangelho atodas as criaturas" (Mc 16, 15), constituam eaumentem o povo de Deus.
  14. 14.  5. Deus, que é o único santo e santificador, quisunir a si homens, que servem humildemente aobra de santificação, como companheiros ecolaboradores. Donde vem que os presbíterossão consagrados por Deus, por meio doministério dos bispos, para que, feitosparticipantes do sacerdócio de Cristo de modoespecial, sejam na celebração sagrada ministrosdaquele que exerce de modo eminente na liturgiao seu ofício sacerdotal a nosso favor, por meiode seu Espírito.
  15. 15.  6. Exercendo, com a autoridade que lhestoca, o múnus de Cristo cabeça e Pastor, ospresbíteros reúnem, em nome do Bispo, afamília de Deus, como fraternidade bemunida, e levam-na a Deus Pai por Cristo noEspírito. Para exercer este ministério, comotambém para os restantes ofícios presbiteraisé conferido o poder espiritual, que é dadopara edificação.
  16. 16.  Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ Relações dos bispos com os presbíteros◦ União e cooperação fraterna entre os presbíteros◦ Relacionamento dos presbíteros com os leigos
  17. 17.  10. O dom espiritual, recebido pelospresbíteros na Ordenação, não os preparapara uma missão limitada e determinada,mas sim para uma missão imensa e universalde salvação, "até aos confins da terra" (At 1,8); com efeito, todo o ministério sacerdotalparticipa da amplitude universal da missãoconfiada por Cristo aos apóstolos.
  18. 18.  11. Cristo, Pastor e Bispo das nossasalmas, constituiu a sua Igreja de tal modo queo povo escolhido e adquirido com o seusangue tivesse sempre e até ao fim dostempos os seus sacerdotes, a fim de que oscristãos não fossem jamais como ovelhassem pastor.
  19. 19.  Todavia, visto que "ao timoneiro da barca eaos que nela devem ser levados... é comum otrabalho" seja, por isso, informado todo opovo cristão de que é seu dever colaborar dediversos modos, pela oração frequente e poroutros meios à sua disposição, para que aIgreja tenha sempre os sacerdotesnecessários ao cumprimento da sua missãodivina.
  20. 20.  Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ A vocação dos presbíteros à perfeição◦ O exercício da tríplice função sacerdotal exige efavorece a santidade◦ Unidade e harmonia na vida dos presbíteros
  21. 21.  Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ Humildade e obediência◦ Abraçar e considerar o celibato como graça◦ Pobreza voluntária e atitude para com o mundo eos bens terrenos
  22. 22.  Nesta parte o texto trata dos seguintestemas:◦ Meios que favorecem a vida espiritual◦ Estudo e ciência pastoral◦ Justa remuneração◦ Fundo comum e previdência social
  23. 23.  Lembrem-se os presbíteros que no exercícioda sua missão nunca estão sós, mas estãoapoiados na força onipotente de Deus: eassim, com fé em Cristo que os chamou aparticipar do seu sacerdócio, deem-se comtoda a confiança ao seu ministério, sabendoque Deus é poderoso para aumentar neles asua caridade. Lembrem-se ainda que têm osseus irmãos no sacerdócio, e até os fiéis detodo o mundo como associados a si.
  24. 24.  Reconhecer o valor do presbiterato e dopresbítero na vida da Igreja Superar a ideia de uma concorrência entre osacerdócio ministerial e o sacerdócio comumdos fiéis Estimular e trabalhar pelo aumento e asantificação das vocações ao sacerdócioministerial, através da criação de uma culturavocacional

×