Folhas de Desenho (NBR 10068/87)
Melhor aproveitamento do material com o mínimo de perdas por
recortes e arquivamento A0 =...
Dobramento de Papel (NBR 13142/94)
Dobramento de Papel (NBR 13142/94)
Dobramento de Papel (NBR 13142/94)
Tipos de Traços (NBR 8403/84)
Caligrafia Técnica (NBR 8402/94)
Escalas (NBR 8196/99)
A Escala é a relação da dimensão linear de um objeto ou elemento
representado no desenho para a dime...
Escalas (NBR 8196/99)
Normalmente são empregados
três tipos de notação para a
representação da escala:
E=1/M
E= d/D
Portan...
Utilização de Esquadros
Podem ser utilizados para o
traçado de linhas em ângulos
determinados (30º, 45º, 60º).
Utilização de Esquadros
Um recurso para o traçado de linhas com ângulos diferentes é a
combinação dos esquadros, apoiados,...
Cotagem (NBR 10126/87)
As regras adotadas na cotagem têm o objetivo de deixar sua
representação clara e padronizada, privi...
Cotagem
(NBR 10126/87)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desenho técnico 2 detc1

1.497 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Desenho técnico 2 detc1

  1. 1. Folhas de Desenho (NBR 10068/87) Melhor aproveitamento do material com o mínimo de perdas por recortes e arquivamento A0 = 841 x 1189 mm = 1m²
  2. 2. Dobramento de Papel (NBR 13142/94)
  3. 3. Dobramento de Papel (NBR 13142/94)
  4. 4. Dobramento de Papel (NBR 13142/94)
  5. 5. Tipos de Traços (NBR 8403/84)
  6. 6. Caligrafia Técnica (NBR 8402/94)
  7. 7. Escalas (NBR 8196/99) A Escala é a relação da dimensão linear de um objeto ou elemento representado no desenho para a dimensão real deste objeto ou elemento;  Escala Natural: Representação do objeto ou elemento em sua verdadeira grandeza;  Escala de ampliação: Representação do objeto ou elemento maior que a sua verdadeira grandeza;  Escala de redução: Representação do objeto ou elemento menor que a sua verdadeira grandeza. Escolhe-se a escala conforme a complexidade do desenho ou elementos a serem representados e também da finalidade da representação. Sendo que a escolha da escala e o tamanho do objeto ou elemento em questão é que definem o tamanho da folha de desenho.
  8. 8. Escalas (NBR 8196/99) Normalmente são empregados três tipos de notação para a representação da escala: E=1/M E= d/D Portanto: 1/M=d/D Onde: M = denominador da escala; d = distância no desenho; D = distância no natural. As escalas usualmente empregadas são listadas a seguir: plantas de situação..............1:200, 1:500, 1:1000; 1:2000 plantas de localização.........................1:200, 1:250, 1:500 plantas baixas e cortes....................................1:50, 1:100 desenhos de detalhes................................1:10, 1:20, 1:25
  9. 9. Utilização de Esquadros Podem ser utilizados para o traçado de linhas em ângulos determinados (30º, 45º, 60º).
  10. 10. Utilização de Esquadros Um recurso para o traçado de linhas com ângulos diferentes é a combinação dos esquadros, apoiados, como nos exemplos. Quando dispomos de régua paralela, esta, além de apoiar o traçado de linhas horizontais, serve também como apoio aos esquadros, permitindo o traçado de linhas verticais e em ângulos determinados (75º, 15º e outros).
  11. 11. Cotagem (NBR 10126/87) As regras adotadas na cotagem têm o objetivo de deixar sua representação clara e padronizada, privilegiando, sempre, a clareza e a precisão na transmissão das informações. Elementos componentes da cotagem: • linha de cota: é a linha que contém a dimensão daquilo que está sendo cotado e na qual é posicionado o valor numérico da cota. Não deve se distanciar mais do que 10 (dez) mm do desenho e não menos que 7 (sete) mm. Para evitar que o desenho fique visualmente poluído, essas linhas se diferenciam daquelas pertencentes ao desenho, mediante a espessura do traço (que é mais fina para as cotas). • linha de extensão (ou auxiliar) de cotagem : é a linha que liga a linha de cota ao elemento que está sendo cotado. Ela tem a função de delimitar o espaço a ser cotado e se distancia do desenho em apenas 1 (um) mm. • finalização das linhas de cota (encontro da linha de cotas e da linha de extensão): usualmente na representação dos projetos de arquitetura as linhas de cota e de extensão se cruzam e são adotados pequenos traços inclinados a 45° neste ponto de intersecção das mesmas.
  12. 12. Cotagem (NBR 10126/87)

×