SlideShare uma empresa Scribd logo
I Guerra Mundial 1914 - 1918
A Primeira Guerra Mundial foi um conflito da sociedade industrial. Recrutou a ciência e a tecnologia provocando grandes avanços, mas inaugurando o que se poderia chamar de “a era dos massacres”.
::: Antecedentes ::: Paz Armada:  as tensões e rivalidade entre as principais potências do mundo levariam os países a iniciar uma corrida armamentista. O  nacionalismo  exacerbado, as rivalidades econômicas e o surgimento de uma eficiente indústria bélica reduziram as possibilidades de acordos pacíficos entre as potências. Grupos nacionalistas  exaltados glorificavam o conflito e justificavam a guerra como um mecanismo para dominar outros povos.
::: Antecedentes ::: A derrota na guerra  franco-prussiana  (Prussia = principal estado alemão, que unificou os Estados Alemães) ficou na memória dos franceses. A Alemanha constituiu uma poderosa marinha de guerra e mercante, o que começou a colocar em risco o domínio naval inglês (a Inglaterra era o principal império dessa época). A indústria alemã surpreendia todos os países europeus e transformou-se numa poderosa concorrente no mercado internacional.
Otto von Bismarck , chanceler alemão,   idealizou a  Tríplice Aliança , formada por Alemanha, Império Austro-Húngaro e a Itália. A  Tríplice Entente  foi formada por França, Rússia e Inglaterra.
 
::: O Estopim da Guerra ::: A Sérvia era uma pequena nação eslava independente, situada na região dos Balcãs. O seu objetivo era reunir todos os povos eslavos num só Estado. O projeto sérvio contrariava os interesses da Áustria e da Turquia. A Rússia era aliada da Sérvia. Os alemães, também interessados na região, pretendiam construir a ferrovia Berlim – Bagdá para ter acesso direto ao petróleo do atual Iraque, acabando com o controle dos ingleses.
 
::: O Assassinato ::: No dia 28 de junho de 1914, o herdeiro do trono austríaco, o arquiduque Francisco Ferdinando, foi assassinado em visita à Saravejo, na Bósnia. O assassino era da organização secreta Mão Negra, que defendia o nacionalismo sérvio. O governo austríaco declarou guerra à Sérvia e a Rússia, aliada dos sérvios, declarou guerra à Áustria. Começava a I Guerra Mundial.
::: As fases da Guerra ::: 1ª fase – Guerra de Movimento (1914-15) = deslocamento constante das tropas. 2ª fase – Guerra de Trincheiras (1915-16) = após quase um ano de deslocamentos, começava a guerra de trincheiras. Mais de 500 quilômetros de trincheiras foram construídos. Os soldados ficam semanas entrincheirados, aguardando o momento de atacar. As doenças, a fome e a depressão foram fortes inimigos dos soldados.
As trincheiras eram equipadas com hospitais, cozinhas, arsenais, entre outros espaços utilizados pelos soldados. Contudo, não existia mordomia para os soldados
A depressão e a doença tomavam conta dos soldados entrincheirados.
::: As fases da Guerra ::: 3ª fase – Guerra de Movimento (1917-18) = dois fatos importantes ocorrem e desequilibram o conflito – a Rússia sai da guerra, motivada por uma revolução e os EUA entram. Navios mercantes dos EUA foram torpedeados por submarinos alemães, levando o governo estadunidense a declarar guerra à Alemanha. O conflito foi desequilibrado e com o apoio dos EUA, os países da Entente começaram a provocar sucessivas derrotas aos adversários.
Revolução Russa 1917
::: Os 14 Pontos de Wilson ::: Em 1918, o presidente Thomas Woodrow Wilson apresentou uma proposta de paz aos países beligerantes conhecida como  Os 14 pontos de Wilson , com base nos ideais liberais e no direito de um povo ter seu próprio Estado, livre do domínio estrangeiro. A proposta, contudo, foi rejeitada pelos países da Entente, pois era uma proposta que não punia a Alemanha. Com medo da invasão, a Alemanha apresentou uma proposta de armistício (trégua). A derrota levou a queda do Kaiser (imperador) e o início da  República de Weimar .
::: O Tratado de Versalhes ::: A Alemanha foi responsabilizada pela guerra e obrigada a aceitar as penalidades. Tinha que ceder partes de seu território à França (Alsácia e Lorena e o Sarre, rico em carvão), à Bélgica, à Polônia e à Dinamarca. Suas colônias foram divididas entre Inglaterra, Japão, Austrália, França, Bélgica e Nova Zelândia. Entregar material bélico, pagar uma pesa indenização, ficava proibida de se rearmar.
 
::: Consequências do Conflito ::: Fim dos grandes impérios, como o Austro-Húngaro e o Império Otomano (Turquia). A Europa perdeu o predomínio político, cedendo o lugar para os EUA, a nova potência mundial. Formação da Liga das Nações, sem as presenças de Alemanha e Rússia (dominada por uma revolução). A demografia dos países mudou, pois milhões de jovens e homens adultos haviam morrido no conflito. A Europa saiu da guerra com profundas feridas abertas.
::: E o Brasil? ::: A guerra influenciou o surgimento de indústrias nacionais, chamadas de  indústrias de substituição . A carência de produtos importados acabou estimulando um pequeno  desenvolvimento industrial  no país. Por que? Pois os países europeus que exportavam para o Brasil estavam envolvidos na produção de armas e munições. Contudo, esse início de industrialização ainda era tímido.
::: E o novo mundo? ::: Os principais males do conflito continuavam não resolvidos: - a dominação colonial; a exploração das populações miseráveis de África, Ásia e Américas; - os nacionalismo; - as disputas pelos mercados.
::: Bibliografia ::: BRAICK, Patrícia Ramos. História: das cavernas ao terceiro milênio. São Paulo: Moderna, 2006. www.google.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Fabio Santos
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
José Gomes
 
Apos a guerra fria
Apos a guerra friaApos a guerra fria
Apos a guerra fria
cattonia
 
PPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIX
PPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIXPPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIX
PPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIX
josafaslima
 
Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem MundialBrasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Cristiane Freitas
 

Mais procurados (20)

Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Primeira Guerra Mundial.
Primeira Guerra Mundial.Primeira Guerra Mundial.
Primeira Guerra Mundial.
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
primeira guerra mundial - história pensante
primeira guerra mundial - história pensanteprimeira guerra mundial - história pensante
primeira guerra mundial - história pensante
 
3º ano primeira guerra mundial
3º ano   primeira guerra mundial3º ano   primeira guerra mundial
3º ano primeira guerra mundial
 
1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos) 1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos)
 
1ª guerra mundial (1914 1918)
1ª guerra mundial (1914 1918)1ª guerra mundial (1914 1918)
1ª guerra mundial (1914 1918)
 
Guerra do Paraguai.
Guerra do Paraguai.Guerra do Paraguai.
Guerra do Paraguai.
 
A alemanha Na Guerra Fria
A alemanha Na Guerra FriaA alemanha Na Guerra Fria
A alemanha Na Guerra Fria
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
Apos a guerra fria
Apos a guerra friaApos a guerra fria
Apos a guerra fria
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
Guerra dos cem anos
Guerra dos cem anosGuerra dos cem anos
Guerra dos cem anos
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
PPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIX
PPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIXPPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIX
PPT - Imperialismo ou Neocolonialismo do Séc. XIX
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Consequências da 1ª Guerra Mundial
Consequências da 1ª Guerra MundialConsequências da 1ª Guerra Mundial
Consequências da 1ª Guerra Mundial
 
Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem MundialBrasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 

Destaque

Primeira Guerra Mundial 3 N2
Primeira Guerra Mundial   3 N2Primeira Guerra Mundial   3 N2
Primeira Guerra Mundial 3 N2
hsjval
 
Elmo primeira guerra mundial slides
Elmo   primeira guerra mundial slidesElmo   primeira guerra mundial slides
Elmo primeira guerra mundial slides
profelmo
 
Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )
Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )
Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )
SENAI/SC
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
eiprofessor
 
3 aula 3 primeira guerra mundial
3   aula 3 primeira guerra mundial3   aula 3 primeira guerra mundial
3 aula 3 primeira guerra mundial
profdu
 

Destaque (20)

Conflitos nacionalistas na europa
Conflitos nacionalistas na europaConflitos nacionalistas na europa
Conflitos nacionalistas na europa
 
1ª guerra mundial
1ª guerra mundial1ª guerra mundial
1ª guerra mundial
 
Primeira Guerra Mundial 3 N2
Primeira Guerra Mundial   3 N2Primeira Guerra Mundial   3 N2
Primeira Guerra Mundial 3 N2
 
Primeira guerra-mundial-100215093347-phpapp01
Primeira guerra-mundial-100215093347-phpapp01Primeira guerra-mundial-100215093347-phpapp01
Primeira guerra-mundial-100215093347-phpapp01
 
Elmo primeira guerra mundial slides
Elmo   primeira guerra mundial slidesElmo   primeira guerra mundial slides
Elmo primeira guerra mundial slides
 
Alua Primeira Guerra Mundial 1914 - 1918
Alua Primeira Guerra Mundial 1914 - 1918Alua Primeira Guerra Mundial 1914 - 1918
Alua Primeira Guerra Mundial 1914 - 1918
 
Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )
Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )
Primeira guerra mundial (1914 – 1918 )
 
A primeira guerra mundial apresentação
A primeira guerra mundial   apresentaçãoA primeira guerra mundial   apresentação
A primeira guerra mundial apresentação
 
I Guerra Mundial - slide 3
I Guerra Mundial - slide 3I Guerra Mundial - slide 3
I Guerra Mundial - slide 3
 
Primeira Guerra Mundial (1914-1918)
Primeira Guerra Mundial (1914-1918)Primeira Guerra Mundial (1914-1918)
Primeira Guerra Mundial (1914-1918)
 
Economia Rural
Economia RuralEconomia Rural
Economia Rural
 
1 guerra mundial
1 guerra mundial1 guerra mundial
1 guerra mundial
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Imperialismo e I Guerra Mundial (1914–1918)
Imperialismo e I Guerra Mundial (1914–1918)Imperialismo e I Guerra Mundial (1914–1918)
Imperialismo e I Guerra Mundial (1914–1918)
 
A Grande Guerra
A Grande GuerraA Grande Guerra
A Grande Guerra
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
1ª guerra mundial 1914 a 1918 pdf
1ª guerra mundial 1914 a 1918 pdf1ª guerra mundial 1914 a 1918 pdf
1ª guerra mundial 1914 a 1918 pdf
 
3 aula 3 primeira guerra mundial
3   aula 3 primeira guerra mundial3   aula 3 primeira guerra mundial
3 aula 3 primeira guerra mundial
 
Primeira guerra mundial - história pensante
Primeira guerra mundial - história pensantePrimeira guerra mundial - história pensante
Primeira guerra mundial - história pensante
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 

Semelhante a I Guerra Mundial

Primeira guerra
Primeira guerraPrimeira guerra
Primeira guerra
dmflores21
 
Primeira guerra
Primeira guerraPrimeira guerra
Primeira guerra
dmflores21
 
Primeira grande guerra mundial professora Maida Marciano
Primeira grande guerra mundial professora Maida MarcianoPrimeira grande guerra mundial professora Maida Marciano
Primeira grande guerra mundial professora Maida Marciano
Maida Marciano
 
Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941
Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941
Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941
Lais Pereira
 
Primeira Guerra Mundial E F
Primeira Guerra Mundial   E FPrimeira Guerra Mundial   E F
Primeira Guerra Mundial E F
Profernanda
 

Semelhante a I Guerra Mundial (20)

1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
 
1° Guerra Mundial e suas consequências/fatos
1° Guerra Mundial e suas consequências/fatos1° Guerra Mundial e suas consequências/fatos
1° Guerra Mundial e suas consequências/fatos
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptxAula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
Aula 3 [3-2022] - A caminho da guerra.pptx
 
1guera
1guera1guera
1guera
 
Primeira guerra
Primeira guerraPrimeira guerra
Primeira guerra
 
Primeira guerra
Primeira guerraPrimeira guerra
Primeira guerra
 
Primeira guerra mundial 1914 1918
Primeira guerra mundial 1914 1918Primeira guerra mundial 1914 1918
Primeira guerra mundial 1914 1918
 
Primeira grande guerra mundial professora Maida Marciano
Primeira grande guerra mundial professora Maida MarcianoPrimeira grande guerra mundial professora Maida Marciano
Primeira grande guerra mundial professora Maida Marciano
 
Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941
Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941
Primeira guerra mundial, Crise de 1929 e Segunda Guerra Mundial até 1941
 
PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL
PRIMEIRA GUERRA MUNDIALPRIMEIRA GUERRA MUNDIAL
PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Primeira Guerra Mundial E F
Primeira Guerra Mundial   E FPrimeira Guerra Mundial   E F
Primeira Guerra Mundial E F
 
Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...
Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...
Caderno Diário A Primeira Guerra Mundial e as transformações do pós-guerra n...
 
Apresentação economia e liberalismo
Apresentação economia e liberalismoApresentação economia e liberalismo
Apresentação economia e liberalismo
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
I guerra-mundial
I guerra-mundialI guerra-mundial
I guerra-mundial
 
Material escrito aulão sao mateus os especialistas
Material escrito aulão sao mateus os especialistasMaterial escrito aulão sao mateus os especialistas
Material escrito aulão sao mateus os especialistas
 

Mais de Alexandre Protásio

Mudanca, revolucao e transformacao social
Mudanca, revolucao e transformacao socialMudanca, revolucao e transformacao social
Mudanca, revolucao e transformacao social
Alexandre Protásio
 
Breve ensaio sobre o metodo dialetico
Breve ensaio sobre o metodo dialeticoBreve ensaio sobre o metodo dialetico
Breve ensaio sobre o metodo dialetico
Alexandre Protásio
 
Prefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl Marx
Prefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl MarxPrefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl Marx
Prefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl Marx
Alexandre Protásio
 
Brasil Colonial - expansao e diversidade economica
Brasil Colonial - expansao e diversidade economicaBrasil Colonial - expansao e diversidade economica
Brasil Colonial - expansao e diversidade economica
Alexandre Protásio
 
Brasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinioBrasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinio
Alexandre Protásio
 
Imperialismo do seculo XIX - Neocolonialismo
Imperialismo do seculo XIX - NeocolonialismoImperialismo do seculo XIX - Neocolonialismo
Imperialismo do seculo XIX - Neocolonialismo
Alexandre Protásio
 
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo II
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo IITransicao do Feudalismo para o Capitalismo II
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo II
Alexandre Protásio
 

Mais de Alexandre Protásio (20)

Os caminhos do Ensino Politecnico
Os caminhos do Ensino PolitecnicoOs caminhos do Ensino Politecnico
Os caminhos do Ensino Politecnico
 
Mudanca, revolucao e transformacao social
Mudanca, revolucao e transformacao socialMudanca, revolucao e transformacao social
Mudanca, revolucao e transformacao social
 
Breve ensaio sobre o metodo dialetico
Breve ensaio sobre o metodo dialeticoBreve ensaio sobre o metodo dialetico
Breve ensaio sobre o metodo dialetico
 
Prefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl Marx
Prefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl MarxPrefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl Marx
Prefacio da Contribuicao a Critica da Economia Politica de Karl Marx
 
Brasil Ditadura Militar
Brasil Ditadura MilitarBrasil Ditadura Militar
Brasil Ditadura Militar
 
II Guerra Mundial
II Guerra MundialII Guerra Mundial
II Guerra Mundial
 
Brasil Colonial - expansao e diversidade economica
Brasil Colonial - expansao e diversidade economicaBrasil Colonial - expansao e diversidade economica
Brasil Colonial - expansao e diversidade economica
 
Importancia do Trabalho
Importancia do TrabalhoImportancia do Trabalho
Importancia do Trabalho
 
Desigualdades Sociais
Desigualdades SociaisDesigualdades Sociais
Desigualdades Sociais
 
Brasil Era Vargas (1930 - 45)
Brasil Era Vargas (1930 - 45)Brasil Era Vargas (1930 - 45)
Brasil Era Vargas (1930 - 45)
 
Descolonizacao da Africa e Asia
Descolonizacao da Africa e AsiaDescolonizacao da Africa e Asia
Descolonizacao da Africa e Asia
 
Diaspora Africana
Diaspora AfricanaDiaspora Africana
Diaspora Africana
 
Brasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinioBrasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinio
 
Brasil Republica Velha - apogeu
Brasil Republica Velha - apogeuBrasil Republica Velha - apogeu
Brasil Republica Velha - apogeu
 
Idade Media - cultura
Idade Media - culturaIdade Media - cultura
Idade Media - cultura
 
Imperialismo do seculo XIX - Neocolonialismo
Imperialismo do seculo XIX - NeocolonialismoImperialismo do seculo XIX - Neocolonialismo
Imperialismo do seculo XIX - Neocolonialismo
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 
Primeiro Reinado e Regencias
Primeiro Reinado e RegenciasPrimeiro Reinado e Regencias
Primeiro Reinado e Regencias
 
Brasil Colonial XVI - XVII
Brasil Colonial   XVI - XVIIBrasil Colonial   XVI - XVII
Brasil Colonial XVI - XVII
 
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo II
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo IITransicao do Feudalismo para o Capitalismo II
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo II
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 

Último (20)

Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 

I Guerra Mundial

  • 1. I Guerra Mundial 1914 - 1918
  • 2. A Primeira Guerra Mundial foi um conflito da sociedade industrial. Recrutou a ciência e a tecnologia provocando grandes avanços, mas inaugurando o que se poderia chamar de “a era dos massacres”.
  • 3. ::: Antecedentes ::: Paz Armada: as tensões e rivalidade entre as principais potências do mundo levariam os países a iniciar uma corrida armamentista. O nacionalismo exacerbado, as rivalidades econômicas e o surgimento de uma eficiente indústria bélica reduziram as possibilidades de acordos pacíficos entre as potências. Grupos nacionalistas exaltados glorificavam o conflito e justificavam a guerra como um mecanismo para dominar outros povos.
  • 4. ::: Antecedentes ::: A derrota na guerra franco-prussiana (Prussia = principal estado alemão, que unificou os Estados Alemães) ficou na memória dos franceses. A Alemanha constituiu uma poderosa marinha de guerra e mercante, o que começou a colocar em risco o domínio naval inglês (a Inglaterra era o principal império dessa época). A indústria alemã surpreendia todos os países europeus e transformou-se numa poderosa concorrente no mercado internacional.
  • 5. Otto von Bismarck , chanceler alemão, idealizou a Tríplice Aliança , formada por Alemanha, Império Austro-Húngaro e a Itália. A Tríplice Entente foi formada por França, Rússia e Inglaterra.
  • 6.  
  • 7. ::: O Estopim da Guerra ::: A Sérvia era uma pequena nação eslava independente, situada na região dos Balcãs. O seu objetivo era reunir todos os povos eslavos num só Estado. O projeto sérvio contrariava os interesses da Áustria e da Turquia. A Rússia era aliada da Sérvia. Os alemães, também interessados na região, pretendiam construir a ferrovia Berlim – Bagdá para ter acesso direto ao petróleo do atual Iraque, acabando com o controle dos ingleses.
  • 8.  
  • 9. ::: O Assassinato ::: No dia 28 de junho de 1914, o herdeiro do trono austríaco, o arquiduque Francisco Ferdinando, foi assassinado em visita à Saravejo, na Bósnia. O assassino era da organização secreta Mão Negra, que defendia o nacionalismo sérvio. O governo austríaco declarou guerra à Sérvia e a Rússia, aliada dos sérvios, declarou guerra à Áustria. Começava a I Guerra Mundial.
  • 10. ::: As fases da Guerra ::: 1ª fase – Guerra de Movimento (1914-15) = deslocamento constante das tropas. 2ª fase – Guerra de Trincheiras (1915-16) = após quase um ano de deslocamentos, começava a guerra de trincheiras. Mais de 500 quilômetros de trincheiras foram construídos. Os soldados ficam semanas entrincheirados, aguardando o momento de atacar. As doenças, a fome e a depressão foram fortes inimigos dos soldados.
  • 11. As trincheiras eram equipadas com hospitais, cozinhas, arsenais, entre outros espaços utilizados pelos soldados. Contudo, não existia mordomia para os soldados
  • 12. A depressão e a doença tomavam conta dos soldados entrincheirados.
  • 13. ::: As fases da Guerra ::: 3ª fase – Guerra de Movimento (1917-18) = dois fatos importantes ocorrem e desequilibram o conflito – a Rússia sai da guerra, motivada por uma revolução e os EUA entram. Navios mercantes dos EUA foram torpedeados por submarinos alemães, levando o governo estadunidense a declarar guerra à Alemanha. O conflito foi desequilibrado e com o apoio dos EUA, os países da Entente começaram a provocar sucessivas derrotas aos adversários.
  • 15. ::: Os 14 Pontos de Wilson ::: Em 1918, o presidente Thomas Woodrow Wilson apresentou uma proposta de paz aos países beligerantes conhecida como Os 14 pontos de Wilson , com base nos ideais liberais e no direito de um povo ter seu próprio Estado, livre do domínio estrangeiro. A proposta, contudo, foi rejeitada pelos países da Entente, pois era uma proposta que não punia a Alemanha. Com medo da invasão, a Alemanha apresentou uma proposta de armistício (trégua). A derrota levou a queda do Kaiser (imperador) e o início da República de Weimar .
  • 16. ::: O Tratado de Versalhes ::: A Alemanha foi responsabilizada pela guerra e obrigada a aceitar as penalidades. Tinha que ceder partes de seu território à França (Alsácia e Lorena e o Sarre, rico em carvão), à Bélgica, à Polônia e à Dinamarca. Suas colônias foram divididas entre Inglaterra, Japão, Austrália, França, Bélgica e Nova Zelândia. Entregar material bélico, pagar uma pesa indenização, ficava proibida de se rearmar.
  • 17.  
  • 18. ::: Consequências do Conflito ::: Fim dos grandes impérios, como o Austro-Húngaro e o Império Otomano (Turquia). A Europa perdeu o predomínio político, cedendo o lugar para os EUA, a nova potência mundial. Formação da Liga das Nações, sem as presenças de Alemanha e Rússia (dominada por uma revolução). A demografia dos países mudou, pois milhões de jovens e homens adultos haviam morrido no conflito. A Europa saiu da guerra com profundas feridas abertas.
  • 19. ::: E o Brasil? ::: A guerra influenciou o surgimento de indústrias nacionais, chamadas de indústrias de substituição . A carência de produtos importados acabou estimulando um pequeno desenvolvimento industrial no país. Por que? Pois os países europeus que exportavam para o Brasil estavam envolvidos na produção de armas e munições. Contudo, esse início de industrialização ainda era tímido.
  • 20. ::: E o novo mundo? ::: Os principais males do conflito continuavam não resolvidos: - a dominação colonial; a exploração das populações miseráveis de África, Ásia e Américas; - os nacionalismo; - as disputas pelos mercados.
  • 21. ::: Bibliografia ::: BRAICK, Patrícia Ramos. História: das cavernas ao terceiro milênio. São Paulo: Moderna, 2006. www.google.com.br