O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Oliveiras fichas de caracterização

1.985 visualizações

Publicada em

O documento que ora se apresenta, resultado de observações e registos efectuados, procura divulgar e dar a conhecer as caracteristicas de 11 variedades de oliveira instaladas no Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) no que respeita à caracterização das plantas, frutos e caroços, tendo como referência as normas da UPOV, bem como as de dois tipos de Maçanilha, diponobilizadas por um agricultor, com grande importância por toda a região algarvia.

Publicada em: Ciências
  • Entre para ver os comentários

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Oliveiras fichas de caracterização

  1. 1. OLIVEIRA OliveiraOliveira (Fichas de caracterização )(Fichas de caracterização ) •• 11 variedades da colecção instalada no11 variedades da colecção instalada no Centro de Experimentação Agrária de TaviraCentro de Experimentação Agrária de Tavira •• 2 tipos de Maçanilha da região2 tipos de Maçanilha da região João M. G. CostaJoão M. G. Costa Armindo J. G. RosaArmindo J. G. Rosa (2013/2014)(2013/2014)
  2. 2. Nota introdutória A oliveira (Olea europaea L.), árvore de longa vida da família Oleaceae, pode considerar-se originária da área do mediterrâneo oriental. Componente insubstituível de todas as paisagens de influência marcadamente mediterrânica, em Portugal a sua cultura estende-se do Minho ao Algarve com produções viradas quer para a produção de azeitona para consumo em fresco ou conserva, quer para a produção de azeite. No Algarve é uma das espécies que compõem o pomar tradicional de sequeiro, sistema cultural que ao longo de tempos remotos assumiu importância primordial na manutenção do rendimento dos agregados familiares dos agricultores do litoral, barrocal e beira serra. Desde sempre a Maçanilha foi a variedade mas representativa e cultivada no Algarve. No sentido de dar resposta a questões colocadas por algumas organizações de desenvolvimento local e observar o comportamento de outras variedades quer adaptadas à produção de azeitona para fresco, quer para dupla aptidão, foi instalado no ano de 2005, no Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT), um ensaio com onze variedades segundo o compasso de 7 x 4, 5 m. O documento que ora se apresenta, resultado de observações e registos efectuados e corolário de objectivos propostos para os anos de 2013 e 2014, procura divulgar e dar a conhecer no que respeita à caracterização das plantas, frutos e caroços, e tendo como referência as normas da UPOV, as características das variedades componentes da colecção do CEAT, bem como as de dois tipos de Maçanilha bastante vulgares e com grande importância por toda a região algarvia
  3. 3. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Carrasquenha Frutos Folhas Flores Caroços
  4. 4. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade de produção regular, médio vigor e ramos abertos, com folhas elíptico lanceoladas, verdes na face, acinzentadas no invés. Fruto grande, ovóide, violeta escuro, de maturação tardia. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Carrasquenha Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – médio 5 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – longa e larga 4 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde 1 Cor da página inferior – cinzento esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – presente 9 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – elíptico 2 Forma (posição B) – elíptico 2 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – simétrico 1 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – marcados 7 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 9 Base (posição A) – truncado 3 Base (posição B) – arredondado 2 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – presente 9 Tamanho – médio 5 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa, e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – tardia 7 Estrutura (comprimento / nº de flores) – longa e compacta 3 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – tardia 7 Tamanho – grande (4.5 a 7.5g) 7 Forma – ovóide 4 Cor – violeta escuro 1 Nitidez do manchado – média 5 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – média 5 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  5. 5. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Cornuzuelo Frutos Folhas Flores Caroços
  6. 6. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade de média produção, fraco vigor e ramos erectos, com folhas elíptico lanceoladas, verdes na face , acinzentadas no invés. Fruto muito grande, alongado, violeta escuro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Cornuzuelo Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – fraco 3 Porte dos ramos – erectos 3 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – longa e estreita 3 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – ausente 1 Cor da página superior – verde 1 Cor da página inferior – cinzento esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – ausente 1 Forma (posição A) – alongado 1 Forma (posição B) – alongado 1 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – muito assimétrico 3 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – ausentes ou muito fracos 1 Distribuição dos sulcos – abaixo do ápice 2 Distribuição dos sulcos na base – irregulares 2 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 9 Base (posição A) – agudo 1 Base (posição B) – agudo 1 Nitidez da sutura – fraca 3 Curvatura da sutura – presente 9 Tamanho – grande 7 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa, e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – pequenos 3 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – muito grande (>7.5g) 9 Forma – alongado 1 Cor – violeta escuro 1 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – fortemente assimétrico 3 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – larga 7 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  7. 7. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Redondil Frutos Folhas Flores Caroços
  8. 8. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade de regular produção, forte vigor e ramos abertos, com folhas elíptico lanceoladas, verdes na face, cinzento esverdeadas no invés. Fruto grande, esférico, negro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Redondil Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – forte 7 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – cinzento claro 2 Comprimento dos entrenós – médios 5 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – ausente 1 Cor da página superior – verde 1 Cor da página inferior – cinzento esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – ausente 1 Forma (posição A) – obovado 3 Forma (posição B) – obovado 3 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – simétrico 1 Forma em secção transversal – elíptico 2 Posição da maior largura – junto ao ápice 3 Sulcos no caroço – médios 5 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 9 Base (posição A) – agudo 1 Base (posição B) – agudo 1 Nitidez da sutura – fraca 3 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – pequeno 3 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa, e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – precoce 3 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – forte 7 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – grande (4.5 a 7.5g) 7 Forma – esférica 5 Cor – negro 2 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – arredondado 2 Forma do ápice (posição B) – arredondado 2 Mucrão – ausente 1 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – larga 7 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  9. 9. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Azeiteira Frutos Folhas Flores Caroços
  10. 10. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade de regular produção, fraco vigor e ramos erectos, com folhagem lanceolada, verde na face, acinzentada no invés. Fruto grande, com tendência a rachar, ovóide, violeta escuro, negro quando completamente maduro, de média maturação. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Azeiteira Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – fraco 3 Porte dos ramos – erectos 3 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – cinzento claro 2 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – lanceolada 1 Brilho – ausente 1 Cor da página superior – verde 1 Cor da página inferior – verde acinzentado 1 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – ausente 1 Forma (posição A) – elíptico 2 Forma (posição B) – elíptico 2 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Forma em secção transversal – elíptico 2 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – médios 5 Distribuição dos sulcos – abaixo do ápice 2 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 9 Base (posição A) – truncado 3 Base (posição B) – truncado 3 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – pequeno 3 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa, e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – médias 5 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – grande (4.5 a 7.5g) 7 Forma – ovóide 4 Cor – negro 2 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – junto à base 1 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  11. 11. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Galega Frutos Folhas Flores Caroços
  12. 12. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade produtiva, de forte vigor e ramos abertos, com folhagem de forma elíptica lanceolada, verde na face , acinzentada no invés. Fruto de tamanho médio, elíptico, negro, de média maturação. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Galega Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – forte 7 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – cinzento claro 2 Comprimento dos entrenós – médios 5 Razão comprimento / largura – longa e larga 4 Forma – elíptica 3 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde 1 Cor da página inferior – cinzento esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – presente 9 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – elíptico 2 Forma (posição B) – elíptico 2 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – fracos 3 Distribuição dos sulcos – abaixo do ápice 2 Distribuição dos sulcos na base – irregulares 2 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – ausente 1 Base (posição A) – agudo 1 Base (posição B) – agudo 1 Nitidez da sutura – fraca 3 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – pequeno 3 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa, e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e compacta 1 Ramificações – médias 5 Flores axilares (flores supranumerárias) – presentes 9 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – pequenos 3 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – médio (2.5 a 4.5 g) 5 Forma – elíptico 2 Cor – negro 2 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – pouco profunda 3 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  13. 13. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Conserva de Elvas Folhas Flores Caroços Frutos
  14. 14. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade de regular produção, médio vigor e ramos abertos, com folhas elípticas, verde escuras na face , acinzentadas no invés. Fruto muito grande, ovóide, violeta escuro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Conserva de Elvas Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – médio 5 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde 1 Cor da página inferior – verde acinzentado 1 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – ausente 1 Forma (posição A) – alongado 1 Forma (posição B) – alongado 1 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – muito marcados 9 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 1 Base (posição A) – agudo 1 Base (posição B) – agudo 1 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – grande 7 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa, e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – médias 5 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – muito grande (> 7.5 g) 9 Forma – ovoide 4 Cor – violeta escuro 1 Nitidez do manchado – média 5 Simetria (posição A) – fortemente assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Posição da largura máxima – junto ao ápice 3 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – arredondada 1 Forma da base (posição B) – arredondada 1 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – elíptica 2 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  15. 15. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Maçanilha Folhas Flores Caroços Frutos
  16. 16. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade produtiva, de médio vigor e ramos abertos, com folhas elípticas, verdes na face, acinzentadas no invés. Fruto grande, ovóide, negro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Maçanilha Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – médio 5 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – médios 5 Razão comprimento / largura – longa e larga 4 Forma – elíptica 3 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – verde esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – ausente 1 Forma (posição A) – obovado 3 Forma (posição B) – obovado 3 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – simétrico 1 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – junto ao ápice 3 Sulcos no caroço – médios 5 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – ausente 1 Base (posição A) – arredondado 2 Base (posição B) – truncado 3 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – pequeno 3 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – forte 7 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – grande (4.5 a 7.5 g) 7 Forma – ovóide 4 Cor – negra 2 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – arredondado 2 Forma do ápice (posição B) – arredondado 2 Mucrão – ausente 1 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  17. 17. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Cobrançosa Frutos Folhas Flores Caroços
  18. 18. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade muito produtiva, de médio vigor e ramos erectos, com folhas elíptico lanceoladas, verde escuras na face , acinzentadas no invés. Fruto grande, globoso, negro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Cobrançosa Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – médio 5 Porte dos ramos – erectos 3 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – longos 7 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – verde acinzentado 1 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – alongado 1 Forma (posição B) – alongado 1 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – simétrico 1 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – médios 5 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – ausente 1 Base (posição A) – agudo 1 Base (posição B) – agudo 1 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – médio 5 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – pequenos 3 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – grande ( 4.5 a 7.5 g) 7 Forma – globoso 3 Cor – negro 2 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – ligeiramente assimétrico 2 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  19. 19. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Maçanilha de Tavira Frutos Folhas Flores Caroços
  20. 20. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade muito produtiva, de médio vigor e ramos caídos, com folhas lanceoladas, verde escuras na face , acinzentadas no invés. Fruto muito grande, esférico, verde, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Maçanilha de Tavira Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – médio 5 Porte dos ramos – caídos 7 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – lanceolada 1 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – verde esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – presente 9 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – obovado 3 Forma (posição B) – elítico 2 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – simétrico 1 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – marcados 7 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – ausente 1 Base (posição A) – arredondado 2 Base (posição B) – arredondado 2 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – grande 7 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – precoce 3 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – grandes 7 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – muito grande (> 7.5 g) 9 Forma – esférica 5 Cor – verde 3 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – arredondado 2 Forma do ápice (posição B) – arredondado 2 Mucrão – ausente 1 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – larga 7 Forma da cavidade peduncular – elíptica 2 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  21. 21. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Picual Frutos Folhas Flores Caroços
  22. 22. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade produtiva, de fraco vigor e ramos abertos, com folhas lanceoladas, verdes na face , cinzento esverdeadas no invés. Fruto grande, alongado, violeta escuro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Picual Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – fraco 3 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – cinzento claro 2 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – verde esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – presente 9 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – alongado 1 Forma (posição B) – alongado 1 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Forma em secção transversal – elíptico 2 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – médios 5 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – ausente 1 Base (posição A) – truncado 3 Base (posição B) – truncado 3 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – médio 5 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – pequenos 3 Fruto Época de maturação – precoce 3 Tamanho – grande (4.5 a 7.5 g) 7 Forma – alongado 1 Cor – negro 2 Nitidez do manchado – forte 7 Simetria (posição A) – fortemente assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – agudo 1 Forma do ápice (posição B) – agudo 1 Mucrão – presente 9 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  23. 23. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Cordovil Frutos Folhas Flores Caroços
  24. 24. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade produtiva, de fraco vigor e ramos erectos, com folhas elíptico lanceoladas, verde escuras, na face e acinzentada no invés. Fruto grande, ovóide, violeta escuro a negro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT) Período de Caracterização – 2013 / 2014 Cordovil Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – fraco 3 Porte dos ramos – erectos 3 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – cinzento claro 2 Comprimento dos entrenós – curtos 3 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – elíptica 3 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – verde esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – ausente 1 Folhas anormais – ausente 1 Forma (posição A) – obovado 3 Forma (posição B) – obovado 3 Simetria (posição A) – muito assimétrico 3 Simetria (posição B) – simétrico 1 Forma em secção transversal – circular 1 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – médios 5 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – ausente 1 Base (posição A) – truncado 3 Base (posição B) – truncado 3 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – ausente 1 Tamanho – médio 5 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – precoce 3 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – médias 5 Flores axilares (flores supranumerárias) – presentes 9 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – precoce 3 Tamanho – grande (4.5 a 7.5 g) 7 Forma – ovoide 4 Cor – negro 2 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – fortemente assimétrico 3 Simetria (posição B) – ligeiramente assimétrico 2 Posição da largura máxima – junto ao ápice 3 Forma do ápice (posição A) – arredondado 2 Forma do ápice (posição B) – arredondado 2 Mucrão – ausente 1 Forma da base (posição A) – truncada 2 Forma da base (posição B) – truncada 2 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  25. 25. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Maçanilha encarnada Frutos Folhas Flores Caroços
  26. 26. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade muito produtiva, de médio vigor e ramos abertos, com folhas lanceoladas, verde escuras na face , acinzentadas no invés. Fruto muito grande, esférico, violeta escuro, de maturação média. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Nave dos Cordeiros / Benafim Período de Caracterização – 2013 / 2014 Maçanilha encarnada Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – médio 5 Porte dos ramos – abertos 5 Densidade de ramos – médios 5 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – médios 5 Razão comprimento / largura – curta e estreita 1 Forma – lanceolada 1 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – cinzento esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – presente 9 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – obovado 3 Forma (posição B) – obovado 3 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – muito assimétrico 3 Forma em secção transversal – elíptico 2 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – marcados 7 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 9 Base (posição A) – arredondado 2 Base (posição B) – arredondado 2 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – presente 9 Tamanho – grande 7 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – médios 5 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – muito grande (>7.5g) 9 Forma – esférica 5 Cor – violeta escuro 1 Nitidez do manchado – média 5 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – arredondado 2 Forma do ápice (posição B) – arredondado 2 Mucrão – ausente 1 Forma da base (posição A) – arredondada 1 Forma da base (posição B) – com depressão 3 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  27. 27. OLIVEIRA Ficha de Caracterização – Oliveira Maçanilha branca Frutos Folhas Caroços Flores
  28. 28. OLIVEIRA Árvore DGPC Caroço DGPC Folha APRECIAÇÃO GLOBAL Variedade muito produtiva, de forte vigor e ramos caídos, com folhas elíptico lanceoladas, verde escuras na face, acinzentadas no invés. Fruto grande, esférico, verde, de média maturação. Caracterização realizada com base nos seguintes documentos: Descritores adoptados pela DGPC Origem do material – Nave dos Cordeiros / Benafim Período de Caracterização – 2013 / 2014 Maçanilha branca Quadro de Caracteres Morfológicos Vigor – forte 7 Porte dos ramos – caídos 7 Densidade de ramos – compactos 7 Cor do ramo frutífero – verde acinzentado 1 Comprimento dos entrenós – médios 5 Razão comprimento / largura – longa e estreita 3 Forma – elíptico lanceolada 2 Brilho – presente 9 Cor da página superior – verde escuro 2 Cor da página inferior – cinzento esverdeado 2 Torcimento da folha (torção) – presente 9 Folhas anormais – presente 9 Forma (posição A) – obovado 3 Forma (posição B) – obovado 3 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – muito assimétrico 3 Forma em secção transversal – elíptico 2 Posição da maior largura – central 2 Sulcos no caroço – marcados 7 Distribuição dos sulcos – até ao ápice 1 Distribuição dos sulcos na base – regulares 1 Forma da ponta distal (posição A) – aguda 1 Forma da ponta distal (posição B) – aguda 1 Mucrão – presente 9 Base (posição A) – arredondado 2 Base (posição B) – arredondado 2 Nitidez da sutura – média 5 Curvatura da sutura – presente 9 Tamanho – grande 7 Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Inflorescência Época de floração – média 5 Estrutura (comprimento / nº de flores) – curta e esparsa 2 Ramificações – fracas 3 Flores axilares (flores supranumerárias) – ausentes 1 Tamanho dos botões (antes da abertura da flor) – grandes 7 Fruto Época de maturação – média 5 Tamanho – grande (4.5 a 7.5g) 7 Forma – esférica 5 Cor – verde 3 Nitidez do manchado – fraca 3 Simetria (posição A) – simétrico 1 Simetria (posição B) – simétrico 1 Posição da largura máxima – central 2 Forma do ápice (posição A) – arredondado 2 Forma do ápice (posição B) – arredondado 2 Mucrão – ausente 1 Forma da base (posição A) – arredondada 1 Forma da base (posição B) – arredondada 1 Largura da cavidade peduncular – média 5 Forma da cavidade peduncular – circular 1 Profundidade da cavidade peduncular – profunda 7 Forma em secção transversal – circular 1 Ano - 2014 Nota: - A posição A e B são definidas para o fruto e para o caroço, sendo a posição A aquela em que se verifica maior assimetria do fruto ou caroço, estando virada para o observado, e a posição B deriva da A por uma rotação de 90º ao longo do eixo longitudinal.
  29. 29. OLIVEIRA Entidades Responsáveis pela Caracterização – Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG) Técnicos responsáveis pela caracterização e elaboração de fichas: João Costa e Armindo Rosa Ano - 2013 / 2014

×