MATÉRIA: SISTEMA OPERACIONAL (S.O)
PROFESSOR: ARMANDO RIVAROLA, LICENCIADO EM
COMPUTAÇÃO
DEFINIÇÃO DE GERENCIAMENTO DE MEMÓRIA
 A necessidade de manter múltiplos programas
ativos na memória do sistema impõe out...
 Como a memória é um recurso caro, cuja
administração influencia profundamente na
eficiência e performance de um sistema
...
2. Estratégias de posicionamento
 São as estratégias relacionadas com a
determinação das regiões da memória primária
(fís...
 Minimamente, todo sistema computacional possui
alguma estratégia de busca e alguma estratégia
básica de posicionamento.
...
 Os modos básicos de organização da memória dos
sistemas são:
 Monoprogramado
 Multiprogramados com armazenamento real,...
 Na Figura 4.6 temos um quadro onde se ilustra o
relacionamento dos modelos básicos de
organização da memória e, de certa...
 Por outro lado, os programas também devem se
comportar dentro de regras estabelecidas pelo
próprio sistema operacional, ...
CRIAC¸ ˜AO DE PROGRAMAS
Figura 4.6: Evolu¸c˜ao da organiza¸c˜ao da mem´oria
EXERCÍCIOS
1) O gerenciamento de memória é, portanto, o
resultado da aplicação de duas práticas distintas
dentro de um sis...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

S.o aula 2526

169 visualizações

Publicada em

S.o aula 2526

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

S.o aula 2526

  1. 1. MATÉRIA: SISTEMA OPERACIONAL (S.O) PROFESSOR: ARMANDO RIVAROLA, LICENCIADO EM COMPUTAÇÃO
  2. 2. DEFINIÇÃO DE GERENCIAMENTO DE MEMÓRIA  A necessidade de manter múltiplos programas ativos na memória do sistema impõe outra, a necessidade de controlarmos como esta memória é utilizada por estes vários programas. O gerenciamento de memória é, portanto, o resultado da aplicação de duas práticas distintas dentro de um sistema computacional:  1. Como a memória principal é vista, isto é, como pode ser utilizada pelos processos existentes neste sistema.  2. Como os processos são tratados pelo sistema operacional quanto às suas necessidades de uso de memória.
  3. 3.  Como a memória é um recurso caro, cuja administração influencia profundamente na eficiência e performance de um sistema computacional, é necessário considerar-se três estratégias para sua utilização: 1. Estratégias de busca  As estratégias de busca (fetch strategies) preocupam-se em determinar qual o próximo bloco de programa ou dados que deve ser transferido da memória secundária para a memória primária. Usualmente se utilizam estratégias de demanda, ou seja, são transferidos os blocos determinados como necessários para a continuação do processamento.
  4. 4. 2. Estratégias de posicionamento  São as estratégias relacionadas com a determinação das regiões da memória primária (física) que serão efetivamente utilizados pelos programas e dados, ou seja, pela determinação do espaço de endereçamento utilizado (placement strategies). 3. Estratégias de reposição ou substituição  São as estratégias preocupadas em determinar qual bloco será enviado a memória secundária para disponibilização de espaço na memória principal para execução de outros programas, ou seja, determinam quais blocos de memória serão substituídos por outros (replacement strategies).
  5. 5.  Minimamente, todo sistema computacional possui alguma estratégia de busca e alguma estratégia básica de posicionamento.  O aumento da sofisticação dos sistemas computacionais exige a utilização de estratégias de busca posicionamento mais sofisticadas.  Para maximizar-se as capacidades dos sistemas computacionais são necessárias as estratégias de reposição.  Historicamente, o desenvolvimento da organização e gerenciamento de memória foi grandemente afetado pelo próprio desenvolvimento dos computadores e evolução dos sistemas operacionais.
  6. 6.  Os modos básicos de organização da memória dos sistemas são:  Monoprogramado  Multiprogramados com armazenamento real, particionamento fixo e endereçamento absoluto  Multiprogramados com armazenamento real, particionamento fixo e endereçamento relocável  Multiprogramados com armazenamento real, de particionamento variável  Multiprogramados com armazenamento virtual paginado  Multiprogramados com armazenamento virtual segmentado  Multiprogramados com armazenamento virtual combinado
  7. 7.  Na Figura 4.6 temos um quadro onde se ilustra o relacionamento dos modelos básicos de organização da memória e, de certa forma, sua evolução.  Com relação ao primeiro aspecto básico da gerência de memória, para entendermos como os processos enxergam a memória, é necessário conhecer em detalhe como os programas se comportam durante sua execução.  O comportamento exibido pelos programas durante sua execução cria determinadas limitações que devem ser observadas cuidadosamente pelo sistema operacional através de seu gerenciamento de memória.
  8. 8.  Por outro lado, os programas também devem se comportar dentro de regras estabelecidas pelo próprio sistema operacional, as quais compõem o modelo de administração de memória empregado pelo sistema.  Para sabermos como se comporta um programa durante sua execução e quais são suas limitações quanto a utilização da memória, devemos analisar todo o processo de criação dos programas.
  9. 9. CRIAC¸ ˜AO DE PROGRAMAS Figura 4.6: Evolu¸c˜ao da organiza¸c˜ao da mem´oria
  10. 10. EXERCÍCIOS 1) O gerenciamento de memória é, portanto, o resultado da aplicação de duas práticas distintas dentro de um sistema computacional. Fale sobre as duas. 2) Como a memória é um recurso caro, cuja administração influencia profundamente na eficiência e performance de um sistema computacional, é necessário considerar-se três estratégias para sua utilização. Fale sobre cada uma delas. 3) Os modos básicos de organização da memória dos sistemas são? Fale cada um deles.

×