Motivação para a multimédia

695 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
695
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motivação para a multimédia

  1. 1. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia “A boa comunicação é tão estimulante quanto um café preto, e atrapalha tanto o sono quanto ele” Anne Morrow Lindbergh 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 1
  2. 2. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Arte religiosa ou apresentação primitiva? Era analógica Era digital CD Áudio armazena + informação informação áudio e é + controlo reproduzida da mesma forma que é gravada. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 2
  3. 3. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Quanto mais informação produzimos, menos tempo temos para assimila-la! 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 3
  4. 4. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia A Informação constitui de facto e efeito o Elemento Central da Sociedade actual  Informação: factor essencial de geração de conhecimento  Proliferação devido à Evolução das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs)  Existência de meios de produção, transformação e difusão de informação, em grande escala  Meios electrónicos, suportes digitais 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 4
  5. 5. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Os computadores não são: Mas... Expressivos Integram Entusiastas Processam Emotivos Armazenam Humanos! ...INFORMAÇÃO O poder não está na informação mas na ... Ideias! Emoções que atingem as pessoas! Mas a Informação Multimédia deverá ser: Fácil e Agradável de Apreender Lúdica Acessível e Processável 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 5
  6. 6. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia O poder não se resume à adição mas à combinação dos vários elementos! “A Mente Humana não funciona de forma linear, mas através da constante Associação de conceitos, ideias, outro conhecimento, no sentido de inferir conclusões e estabelecer novo Conhecimento.” Bush 1945 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 6
  7. 7. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia A Tecnologia Multimédia visa portanto: • A Expressividade da Informação via Sentidos Humanos ►Visão (Textos, Gráficos, Vídeo, …) ►Audição (Sons, Música, …) ►Tacto (Realidade Virtual, Haptico, …) ►Olfacto (…); ►Sabor (Gustativo) • Mecanismos Simples de Criar/Combinar Informação • Comunicação Humana via Computador 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 7
  8. 8. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Associação multi-sensorial Informação dinâmica baseada no tempo Feedback Interacção Atributos da Multimédia Personalização Flexibilidade Criatividade Experimentação 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 8
  9. 9. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a MultimédiaOs humanos são comunicadores de multimédia? São. Como? Um estudo revelou que o impacto aumenta com a combinação de vários elementos... 100 comunicação verbal 80 55 comunicação vocal (com 60 38 emoção nas palavras) 40 comunicação visual (com emoções fisicas) 20 7 0Outros tipos de comunicação: escrita Fotografias e ilustrações Gráficos, tabelas, diagramasArlindo Santos - IPB 09-05-2012 9
  10. 10. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Apresentação sem som e movimento -> estático A informação pára no tempo! Ex: livro, pintura,... Nós vivemos num mundo dinâmico! Então como devemos traduzir este dinamismo para o meio digital? É necessário adicionar o factor TEMPO e SOM. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 10
  11. 11. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Nós fazemos parte da sociedade, e este tem como modelo a conversação. Toda a boa apresentação oferece a oportunidade de interacção. O produto multimédia deve também responder aos eventos do utilizador. Interacção Público/Apresentador = Interacção Homem / Máquina evento acção 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 11
  12. 12. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Apresentações orientadas ao utilizador Criar interactividade numa apresentação multimédia altera a noção de quem é o publico e quem é o apresentador. Quiosques são um exemplo comum e são usadas em... Lojas Recepções Centros comerciais Feiras Exposições O apresentador é um elemento invisível e a apresentação deve substitui-lo (prender o público) +estimulante +consistente 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 12
  13. 13. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Comunicação personalizada Todas as pessoas gostam de ser tratadas pelo nome! As apresentações devem portanto ser personalizadas. O utilizador define os seus gostos. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 13
  14. 14. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Reciclar a informação Dar vida a antigos materiais Redefinir os objectivos Qual papel dos produtos multimédia na edução? Será que é necessário alterar a forma de ensinar? A multimédia vem substituir as formas convencionais? 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 14
  15. 15. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Criatividade A boa apresentação é tornar as coisas novas conhecidas e conhecer as coisas novas! A multimédia permite escolher os elementos que melhor se adaptam à mensagem. Quanto maior é o tempo, maior é a criatividade. A multimédia digital tornou a criatividade mais barata. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 15
  16. 16. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a MultimédiaFundamento lógico O que justifica a adopção de algo novo? Rapidez Facilidade Menos dispendiosa Melhorias 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 16
  17. 17. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a MultimédiaFundamento lógico O que justifica a adopção de algo novo? Rapidez O nível de qualidade e impacto é uma função directa do tempo Técnicas e tecnologias multimédia permitem economizar tempo. Com conteúdo e ferramentas apropriadas, a apresentação é mais rápida quando comparada com a apresentação em acetatos. Conteúdo digital é mais fácil de alterar. NOTA: Aprender a usar as ferramentas é mais demorado! 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 17
  18. 18. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a MultimédiaFundamento lógico O que justifica a adopção de algo novo? Facilidade Utiliza-se e reutiliza-se. Se forem criados para apresentar a partir do computador evita a saída para outros meios. Nem sempre é fácil! Exige criatividade e muito trabalho para criar a estrutura. MAS DEPOIS É UMA QUESTÃO DE ADICIONAR COMPONENTES. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 18
  19. 19. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a MultimédiaFundamento lógico O que justifica a adopção de algo novo? Menos dispendiosa valor tempoNo início os custos da utilização da multimédia digital são mais elevados pois inclui opreço da aprendizagem criatividade e estrutura.Os benefícios não estão apenas nos custos mas nas capacidades de comunicação. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 19
  20. 20. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a MultimédiaFundamento lógico O que justifica a adopção de algo novo? MelhoriasA conjugação dos pontos anteriores produz melhores resultados. Alterações mais rápidas Melhoria da imagem Tempo de resposta mais rápida Aumenta a credibilidade Conceitos mais claros 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 20
  21. 21. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Invasão da multimédia... Ensino 33% Apresentações 40% Outros anuncios/quios 13% ques Videoconfere 5% ncia 9% 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 21
  22. 22. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAMotivação para a Multimédia Utilização para a Informática Armazenamento e processamento Produção de Informação (publicação) Distribuição de Informação (jornais, tv, etc) Transmissão (telecomunicações) Apresentação (interacção homem-máquina) Local vs Distribuída Sistemas multimédia preparados para utilização autónoma (por exemplo um CD-ROM num PC) ou para utilização distribuída (por exemplo com acesso a dados externos através de uma ligação internet) Local Formação Profissional Formação Individual Produção Multimédia Distribuídas Aplicações Distribuídas (ex: videoconferência) 09-05-2012 Aplicações Cliente-Servidor (ex: WWW) Santos - IPB Arlindo 22
  23. 23. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAA Multimédia como arte de persuasão Local Tipo Publico Objectivo Estilo Interna Formal Um para um Promover Livre Extrerna Casual Um para muitos Impacto Único Muitos para Ensinar muitos Onde? Palestras, conferencias, apresentações para vendas, reuniões, relatórios, ensino, web sites, cd-rom, quisques de informação, etc. 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 23
  24. 24. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAA Multimédia como arte de persuasãoA Multimédia oferece mecanismo para suplementar osesforços do apresentador (importante para explicar processos complexos sob aforma de animações ou vídeos) 20 c/ ani maç õ es ; 16 15 Impacto das s/ apresentaçõe 10 ani maç õ es ; 6 s multimédia 50 5 43 40 0 30 20 11 10 7 8 5 10 0 ão ia o o o o nc çã çã çã ns çã a en p n ee ac rd ce te t pr co re A re 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 24 om n P co C
  25. 25. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAA Multimédia como arte de persuasão“A liberdade de imprensa pertence aquele que a possui.” A.J. Liebling A integração dos vários componentes multimédia combina a tecnologia com o eterno objectivo da apresentação: a persuasão. A simples apresentação de nada vale. 80 Audição/visão/experiências 70 60 50 40 Audição/visão 30 20 10 visão 0 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 25
  26. 26. TECNOLOGIAS MULTIMÉDIAFuturo? Novos serviços e linhas de exploração da Informação via Multimédia irão aparecer fruto do desenvolvimento de novas ferramentas. A chave será a Interactividade A oferta Multimédia deverá efectivamente atingir as massas A Multi-disciplinariadade gerada pela intervenção massificada deverá produzir novos e fascinantes desenvolvimentos O Multimédia irá influenciar fortemente os hábitos da Sociedade dos próximos anos ! 09-05-2012 Arlindo Santos - IPB 26

×