O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Palestra sobre Emagrecimento, por Arícia Motta

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Confira estes a seguir

1 de 24 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Quem viu também gostou (20)

Anúncio

Semelhante a Palestra sobre Emagrecimento, por Arícia Motta (20)

Palestra sobre Emagrecimento, por Arícia Motta

  1. 1. EMAGRECIMENTO Ms. Arícia Motta Arantes Lustosa aricia@terra.com.br www.ariciamotta.com.br ariciamotta.blogspot.com
  2. 2. PARA QUE EMAGRECER? ??????????
  3. 3. … SE VOCÊ NÃO CUIDAR DO SEU CORPO, ONDE MAIS VOCÊ VAI VIVER? Abílio Diniz
  4. 4. O QUE É OBESIDADE? • É o acúmulo excessivo de gordura, geralmente ocasionado pelo desequilíbrio entre a ingestão alimentar e o gasto energético.
  5. 5. PREVENÇÃO E TRATAMENTO Alimentação equilibrada Atividade física
  6. 6. A PREVENÇÃO DEVE SER INICIADA O MAIS CEDO POSSÍVEL
  7. 7. RECOMENDAÇÃO NUTRICIONAL
  8. 8. ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
  9. 9. MAIS RECENTE RECOMENDAÇÃO
  10. 10. AVALIAÇÃO NUTRICIONAL • Anamnese: vínculo com atleta (SBME, 2009): – O mais importante é fazer as perguntas certas. • Performance esportiva: vários fatores, dentre os quais o peso e a composição corporal • Monitoramento composição corporal: – evitar ↓mm – distúrbios alimentares (SBME, 2009) • Todas as técnicas de composição corporal podem apresentar erros • Peso e %G ideal = atleta saudável e melhor desempenho
  11. 11. AVALIAÇÃO NUTRICIONAL  Técnicas de avaliação da composição corporal:  Avaliação direta (nível I)  Avaliação indireta (nível II) – hidrodensitometria, DEXA, pletismografia por deslocamento de ar  Avaliação duplamente indireta (nível III) – dobras cutâneas e bioimpedância  Mais utilizada = peso, altura, circunferências do pulso e da cintura, e pregas cutâneas  Paciente com objetivo estético que não sabia a sua circunferência de braço...  Diferença entre avaliadores
  12. 12. METABOLISMO  ANABOLISMO: − Todos os AAE e AANE, ao mesmo tempo; − Controlado pelo DNA; − Depende de ATP: pode vir de ingestão energética ou das reservas corporais; − Estimulado por GH, insulina, testosterona, tiroxina.
  13. 13. METABOLISMO CATABOLISMO:  Degradação de substratos energéticos a moléculas mais simples: Amido → unidades de glicose Triglicerídeo → ácidos graxos livres + glicerol Proteínas → aminoácidos  Fonte de energia (desaminação);  58% da ptn pode ser convertida a glicose, especialmente a alanina;  Estimulado por glicocorticóides, tiroxina em condições não fisiológicas.
  14. 14. Necessidade energética Equilíbrio energético → manutenção do peso Emagrecimento
  15. 15. O QUE DIZER SOBRE A NECESSIDADE ENERGÉTICA?
  16. 16. QUEM PRECISA MEDIR A TMB?
  17. 17. TMB • SE O METABOLISMO ESTIVER LENTO…. • E SE NÃO ESTIVER?
  18. 18. EMAGRECIMENTO Ms. Arícia Motta Arantes Lustosa aricia@terra.com.br www.ariciamotta.com.br ariciamotta.blogspot.com

×