O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Dns intro

1.091 visualizações

Publicada em

A very basic introduction to DNS, I made a few years back.
In portuguese

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Dns intro

  1. 1. DNS Uma introdução básica. O que é o DNS e para que serve.
  2. 2. DNS • Domain Name System - Inicialmente definido em Novembro de 1983 pelos RFC’s 882 e 883, por Paul Mockapetris, e implementado por Jon Postel. • De uma forma simplificada pode ser comparado a uma lista telefónica. Permite saber o “número” associado a um determinado nome.
  3. 3. DNS • É um sistema hierarquico, e distribuído. • TLDs (com,edu,net,org + pt,es,uk,fr,de...) • www.telepac.pt = www + telepac + pt • TLD = pt • Organização/domínio = telepac • Host/sub-domínio = www
  4. 4. DNS • Mapeia nomes em endereços IP e também o inverso. • Tem alguns registos especiais • NS - Identifica Name Servers; • MX - Mail Exchange - Máquinas que recebem mail para um domínio.
  5. 5. DNS • Quase tudo o que um utilizador faz na internet começa com uma pesquisa de DNS. Cada nome que digitamos tem de ser transformado num endereço IP. • Não serve páginas WEB! Apenas indica onde elas poderão estar. • Domínio ≠ Página Web.
  6. 6. DNS • Em Portugal, a FCCN é a entidade que gere o TLD .pt. • A Telepac gere o domínio telepac.pt e a FCCN delega essa gestão à Telepac. • Dentro de telepac.pt, é a Telepac que decide o que fazer.
  7. 7. DNS • Um domínio tem de ser registado junto do seu “pai” na hierarquia. • Um domínio tem de estar definido num servidor de DNS. E esse servidor é o primário, ou autoritativo para esse domínio. • Os outros servidores consultam o autoritativo, e guardam a resposta em cache, durante algum tempo.
  8. 8. DNS • Para poder usar um nome na internet é necessário que o domínio esteja criado. • Um domínio não tem obrigatoriamente de ter conteúdo. (é raro mas acontece) • Não é possível listar o conteúdo de um domínio, embora hajam excepções.
  9. 9. Perguntas ?
  10. 10. Resolução de nomes • O processo de obter um endereço IP para o nome que escrevemos chama-se resolução de nomes. • Tipicamente o nosso computador tem um servidor de DNS já configurado para nos ajudar a resolver os nomes - é o resolver.
  11. 11. Resolução de nomes • O “nosso” resolver recebe o nome que indicámos e vai procurar a resposta. • Consulta os servidores responsáveis pelo TLD em causa, e vai percorrendo a hierarquia até chegar ao servidor autoritativo para o domínio. E aí obtém uma resposta autoritativa à nossa pergunta.
  12. 12. Resolução de nomes • Exemplo: www.telepac.pt • Consulta a FCCN para saber quem responde por telepac.pt -> ns.telepac.pt • Consulta o ns.telepac.pt para saber quem é o www.telepac.pt. • Se pesquisarmos por news.telepac.pt, agora já vai directo a ns.telepac.pt.
  13. 13. Perguntas ?
  14. 14. Obrigado Armando Reis areis@tp.telepac.pt

×