Educação para a Solidariedade
Educação para a solidariedade <ul><li>Esta falta de assim valia, enquanto desejos fundamentais da formação sobre que recai...
<ul><li>No plano restrito da teoria, a experiência de sociabilização que recai sobre o indivíduo no universo da Escola, e ...
<ul><li>Contudo, se o relevo da figura da família-cooperante nos êxitos da aprendizagem é consensual, omite-se, por condiç...
<ul><li>Assim, todo o jovem adulto com imputabilidade jurídica e capacidade eleitoral não se pode abster dos conhecimentos...
<ul><li>O último erro em que devemos incorrer é o de ignorar a importância em ouvir, dialogar, ou o de ignorar a única for...
<ul><li>A informação, educação e animação para a justiça, para a paz e a solidariedade foram depois de muito tempo as prio...
<ul><li>Em Direito tributário, solidariedade é uma situação que pode ocorrer na responsabilidade tributária: ela ocorre qu...
<ul><li>A palavra &quot;solidariedade&quot; também é usada para designar um sentimento, ou a união de simpatias, interesse...
<ul><li>A palavra &quot;solidariedade&quot; também é usada para designar um termo da sociologia ver: Solidariedade social....
<ul><li>Na revisão Constitucional de 1982, no seu artigo 59º (Direito ao Trabalho) é retomada a questão da igualdade: </li...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação para a Solidariedade

3.996 visualizações

Publicada em

Powerpoint sobre a Solidariedade pela aluna Raquel

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.996
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
53
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação para a Solidariedade

  1. 1. Educação para a Solidariedade
  2. 2. Educação para a solidariedade <ul><li>Esta falta de assim valia, enquanto desejos fundamentais da formação sobre que recai a responsabilidade da Escola, pode dever-se ao facto de se terem adquirido os pressupostos de que a felicidade cabe ao foro íntimo da pessoa, que de forma redutora a conquista de forma estritamente individual, como o de que a liberdade é uma virtude incontestável do regime democrático instituído, e de que a solidariedade se confina ao espaço restrito da moral e da necessidade em mitigar os males colectivos com o voluntarismo e o alívio do egoísmo que, por antítese, é reforçado pelos laços que a Escola induz. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>No plano restrito da teoria, a experiência de sociabilização que recai sobre o indivíduo no universo da Escola, e em que ela se inicia por excelência, tem por objectivo a aquisição de competências formais, de iniciação a códigos e cálculos, de interpretação, de iniciação no tempo e no espaço sobre que se alarga a compreensão conforme a criança se adapta. Nessa etapa preliminar, o primeiro exemplo de uma relação solidária emana da relação recíproca entre família e a Escola. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Contudo, se o relevo da figura da família-cooperante nos êxitos da aprendizagem é consensual, omite-se, por condição ou estatuto, a necessidade de um professor-amigo, do companheiro respeitado que não é senão o professor. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Assim, todo o jovem adulto com imputabilidade jurídica e capacidade eleitoral não se pode abster dos conhecimentos inerentes à organização política e administrativa (sem qualquer laivo de catequização), como deve ter uma formação académica que integre a visão lata dos instrumentos ao dispor da sua profissionalização em prol da humanidade. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>O último erro em que devemos incorrer é o de ignorar a importância em ouvir, dialogar, ou o de ignorar a única forma de ultrapassar obstáculos que não são fáceis: o esforço de equipa em que cada um de nós, na sua esfera de influência e de conhecimento, pode liderar. No dia em que houver bom senso serão os conselhos dos sábios a ser pedidos e considerados. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>A informação, educação e animação para a justiça, para a paz e a solidariedade foram depois de muito tempo as prioridades do BIS. Este trabalho é mais estimulante quando buscar operar uma mudança dos corações: encorajar uma maior abertura e uma maior sensibilidade junto ao mundo dos pobres, particularmente aquele das crianças e jovens mais abandonados. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Em Direito tributário, solidariedade é uma situação que pode ocorrer na responsabilidade tributária: ela ocorre quando há mais de um sujeito passivo (devedor) de uma mesma obrigação tributária, cada qual obrigado à parte da dívida, ou à dívida toda. Também pode ocorrer na competência tributária, quando mais de um órgão do Estado tem direito à parte da mesma obrigação tributária. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>A palavra &quot;solidariedade&quot; também é usada para designar um sentimento, ou a união de simpatias, interesses ou propósitos entre os membros de um grupo. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>A palavra &quot;solidariedade&quot; também é usada para designar um termo da sociologia ver: Solidariedade social. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Na revisão Constitucional de 1982, no seu artigo 59º (Direito ao Trabalho) é retomada a questão da igualdade: </li></ul><ul><li>A igualdade de oportunidades na escolha da profissão ou género de trabalho e condições para que não seja vedado ou limitado, em função do sexo, o acesso a quaisquer cargos, trabalho ou categorias profissionais. </li></ul>

×