SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Podemos classificar os dados que constituem a Amostra, ou dados
amostrais, em dois tipos fundamentais:
Tipos de Dados
Dados qualitativos e dados quantitativos
Representam a informação que identifica alguma qualidade,
categoria ou característica, não susceptível de medida, mas de
classificação, assumindo várias modalidades.
Exemplo: O estado civil de um indivíduo é um dado qualitativo,
assumindo as categorias: Solteiro, casado, viúvo e divorciado.
Dados Qualitativos:
Os dados qualitativos são organizados na forma de uma tabela de
frequências que apresenta o número de elementos - frequência
absoluta (ou só frequência) de cada uma das categorias ou classes.
Numa tabela de frequências, além das frequências absolutas,
também se apresentam as frequências relativas, onde
Dimensão da amostra:
Número de elementos da amostra.
Num inquérito realizado a 150 indivíduos, estes tiveram de assinalar o sexo -
M ou F, e o estado civil - Solteiro, Casado, Viúvo ou Divorciado. Uma forma
de resumir a informação contida nos dados, no que diz respeito ao estado
civil, é construir uma tabela de frequências em que se consideram para as
classes as diferentes modalidades que o estado civil pode tomar:
Representam a informação resultante de características susceptíveis de
serem medidas, apresentando-se com diferentes intensidades, que podem
ser de natureza discreta (descontínua) - dados discretos, ou contínua -
dados contínuos.
Dados Quantitativos:
Dados Discretos:
Estes dados só podem tomar um número finito ou infinito numerável de
valores distintos, apresentando vários valores repetidos - é o caso, por
exemplo, do nº de filhos de uma família ou do nº de acidentes, por dia,
em determinado cruzamento.
Representação gráfica que consiste em marcar num sistema de eixos
coordenados, no eixo dos xx o valor das classes e nesses pontos barras
verticais de altura igual à frequência absoluta ou à frequência relativa.
Dados Contínuos:
No caso de uma variável contínua, esta pode tomar todos os valores numéricos,
inteiros ou não, compreendidos no seu intervalo de variação - temos por exemplo
o peso, a altura, etc...
Enquanto que no caso de dados discretos, a construção da tabela de
frequências não apresenta qualquer dificuldade, no caso das variáveis contínuas
o processo é um pouco mais elaborado, distinguindo-se certas etapas principais,
que se descrevem nos diapositivos seguintes...
Nota: O número de classes a utilizar será o da tabela de Truman Kelly
Nota: De preferência devem utilizar-se as frequências relativas
Diagrama de caule-e-folhas
É um tipo de representação que se pode considerar entre a tabela e o gráfico,
uma vez que são apresentados os verdadeiros valores da amostra, mas numa
apresentação sugestiva, que faz lembrar um histograma.
Consiste em escrever do lado esquerdo de uma linha vertical o dígito (ou dígitos)
da classe de maior grandeza, seguidos dos restantes. A representação obtida
terá o seguinte aspecto:
Adaptado de http://alea-estp.ine.pt/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rosáceas, frisos e padrões
Rosáceas, frisos e padrõesRosáceas, frisos e padrões
Rosáceas, frisos e padrões
ppaisaec
 
Testes parametricos e nao parametricos
Testes parametricos e nao parametricosTestes parametricos e nao parametricos
Testes parametricos e nao parametricos
Rosario Cação
 
Migrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e ConsequênciasMigrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e Consequências
lidia76
 

Mais procurados (20)

Prática de Regressão no SPSS
Prática de Regressão no SPSSPrática de Regressão no SPSS
Prática de Regressão no SPSS
 
Estatistica resumo
Estatistica   resumoEstatistica   resumo
Estatistica resumo
 
Caderno exercicios 10º ano novo programa jorge penalva
Caderno exercicios 10º ano   novo programa jorge penalvaCaderno exercicios 10º ano   novo programa jorge penalva
Caderno exercicios 10º ano novo programa jorge penalva
 
Posições de pontos, retas e planos
Posições de pontos, retas e planosPosições de pontos, retas e planos
Posições de pontos, retas e planos
 
SPSS – Tutorial para Iniciantes
SPSS – Tutorial para IniciantesSPSS – Tutorial para Iniciantes
SPSS – Tutorial para Iniciantes
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Moda, Média e Mediana
Moda, Média e MedianaModa, Média e Mediana
Moda, Média e Mediana
 
Correlação Estatística
Correlação EstatísticaCorrelação Estatística
Correlação Estatística
 
Conceitos Básicos de Estatística II
Conceitos Básicos de Estatística IIConceitos Básicos de Estatística II
Conceitos Básicos de Estatística II
 
Rosáceas, frisos e padrões
Rosáceas, frisos e padrõesRosáceas, frisos e padrões
Rosáceas, frisos e padrões
 
Estatísticas: Média, Moda e Mediana
Estatísticas: Média, Moda e MedianaEstatísticas: Média, Moda e Mediana
Estatísticas: Média, Moda e Mediana
 
Testes parametricos e nao parametricos
Testes parametricos e nao parametricosTestes parametricos e nao parametricos
Testes parametricos e nao parametricos
 
Migrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e ConsequênciasMigrações: Causas e Consequências
Migrações: Causas e Consequências
 
Geografia11ºano
Geografia11ºanoGeografia11ºano
Geografia11ºano
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
Regressão Linear I
Regressão Linear IRegressão Linear I
Regressão Linear I
 
Estatística e Probabilidade - 6 Medidas de Posição
Estatística e Probabilidade - 6 Medidas de PosiçãoEstatística e Probabilidade - 6 Medidas de Posição
Estatística e Probabilidade - 6 Medidas de Posição
 
Determinar frequências absoluta, relativa e relativa percentual
Determinar frequências absoluta, relativa e relativa percentualDeterminar frequências absoluta, relativa e relativa percentual
Determinar frequências absoluta, relativa e relativa percentual
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Delineamento experimental básico
Delineamento experimental básicoDelineamento experimental básico
Delineamento experimental básico
 

Destaque

Configuración y mantenimiento de computadoras
Configuración y mantenimiento de computadorasConfiguración y mantenimiento de computadoras
Configuración y mantenimiento de computadoras
Sergio Sanchez Rivas
 
Recursos literarios aarón
Recursos literarios aarónRecursos literarios aarón
Recursos literarios aarón
verduribes
 
Proyecto 1 de_medios_digitales[1]
Proyecto 1 de_medios_digitales[1]Proyecto 1 de_medios_digitales[1]
Proyecto 1 de_medios_digitales[1]
fraguela93
 
Sociedades del conocimiento y la información
Sociedades del conocimiento y la informaciónSociedades del conocimiento y la información
Sociedades del conocimiento y la información
Alejandra Suaza Peláez
 
Diapositivas andi
Diapositivas andiDiapositivas andi
Diapositivas andi
Jhonfredyc
 
Diapositivas de curso de tecnología de la información y la
Diapositivas de curso de tecnología de la información y laDiapositivas de curso de tecnología de la información y la
Diapositivas de curso de tecnología de la información y la
delfisuno
 
Robespierre no era tan robespierre el pais
Robespierre no era tan robespierre el paisRobespierre no era tan robespierre el pais
Robespierre no era tan robespierre el pais
Mariluz Maldonado
 

Destaque (20)

El plan
El planEl plan
El plan
 
Configuración y mantenimiento de computadoras
Configuración y mantenimiento de computadorasConfiguración y mantenimiento de computadoras
Configuración y mantenimiento de computadoras
 
15 circuitos elétricos
15   circuitos elétricos15   circuitos elétricos
15 circuitos elétricos
 
Camara Municipal de Descalvado
Camara Municipal de DescalvadoCamara Municipal de Descalvado
Camara Municipal de Descalvado
 
Presentación Proyecto TIC
Presentación Proyecto TICPresentación Proyecto TIC
Presentación Proyecto TIC
 
Recursos literarios aarón
Recursos literarios aarónRecursos literarios aarón
Recursos literarios aarón
 
Guía Gijón Casa Rural El Pedrueco
Guía Gijón Casa Rural El PedruecoGuía Gijón Casa Rural El Pedrueco
Guía Gijón Casa Rural El Pedrueco
 
Proyecto 1 de_medios_digitales[1]
Proyecto 1 de_medios_digitales[1]Proyecto 1 de_medios_digitales[1]
Proyecto 1 de_medios_digitales[1]
 
Sociedades del conocimiento y la información
Sociedades del conocimiento y la informaciónSociedades del conocimiento y la información
Sociedades del conocimiento y la información
 
Diapositivas andi
Diapositivas andiDiapositivas andi
Diapositivas andi
 
CAMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE
CAMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTECAMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE
CAMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE
 
Diapositivas de curso de tecnología de la información y la
Diapositivas de curso de tecnología de la información y laDiapositivas de curso de tecnología de la información y la
Diapositivas de curso de tecnología de la información y la
 
Enfermeiro
EnfermeiroEnfermeiro
Enfermeiro
 
México
MéxicoMéxico
México
 
El zoo humano
El zoo humanoEl zoo humano
El zoo humano
 
Batman crashing van
Batman crashing vanBatman crashing van
Batman crashing van
 
Siiub
SiiubSiiub
Siiub
 
Taller tunjaenero2011
Taller tunjaenero2011Taller tunjaenero2011
Taller tunjaenero2011
 
Exoesqueleto robotico tecnologia assistiva
Exoesqueleto robotico tecnologia assistivaExoesqueleto robotico tecnologia assistiva
Exoesqueleto robotico tecnologia assistiva
 
Robespierre no era tan robespierre el pais
Robespierre no era tan robespierre el paisRobespierre no era tan robespierre el pais
Robespierre no era tan robespierre el pais
 

Semelhante a Tipos dados estatistica

EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000
educacao f
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
aldaalves
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
aldaalves
 
Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo
Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capituloEstatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo
Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo
Jacirene Pereira Passarinho
 
Estatistica basica
Estatistica basicaEstatistica basica
Estatistica basica
litiel
 
Organização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosOrganização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dados
Helena Borralho
 
002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...
002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...
002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...
CleyberFernandoLimaP
 

Semelhante a Tipos dados estatistica (20)

EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000
 
Aula4 CENTROTEC.pptx
Aula4 CENTROTEC.pptxAula4 CENTROTEC.pptx
Aula4 CENTROTEC.pptx
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
 
Estatística 8.º ano
Estatística 8.º anoEstatística 8.º ano
Estatística 8.º ano
 
Aula de exercícios compelmetares
Aula de exercícios compelmetaresAula de exercícios compelmetares
Aula de exercícios compelmetares
 
Definir população e amostra
Definir população e amostraDefinir população e amostra
Definir população e amostra
 
Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo
Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capituloEstatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo
Estatistica aplicada-2-ano-enfermagem-2-capitulo
 
Estatistica basica i
Estatistica basica iEstatistica basica i
Estatistica basica i
 
C:\Fakepath\Mat
C:\Fakepath\MatC:\Fakepath\Mat
C:\Fakepath\Mat
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Introdução a Estatistica 2.pdf
Introdução a Estatistica 2.pdfIntrodução a Estatistica 2.pdf
Introdução a Estatistica 2.pdf
 
Estatistica basica
Estatistica basicaEstatistica basica
Estatistica basica
 
estatis
estatisestatis
estatis
 
Estatística 10 Ano
Estatística 10 Ano Estatística 10 Ano
Estatística 10 Ano
 
Probabilidade e Estatística - Aula 02
Probabilidade e Estatística - Aula 02Probabilidade e Estatística - Aula 02
Probabilidade e Estatística - Aula 02
 
Serie aula03 estatistica
Serie aula03 estatisticaSerie aula03 estatistica
Serie aula03 estatistica
 
Aula 1 - Introdução estatística 2.pptx
Aula 1 - Introdução estatística 2.pptxAula 1 - Introdução estatística 2.pptx
Aula 1 - Introdução estatística 2.pptx
 
Organização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosOrganização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dados
 
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatisticaFicha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
 
002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...
002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...
002---ESTATISTICA--Pesquisa-estatistica-e-representacao-grafica_d55734eadaa84...
 

Último

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 

Tipos dados estatistica

  • 1. Podemos classificar os dados que constituem a Amostra, ou dados amostrais, em dois tipos fundamentais: Tipos de Dados Dados qualitativos e dados quantitativos Representam a informação que identifica alguma qualidade, categoria ou característica, não susceptível de medida, mas de classificação, assumindo várias modalidades. Exemplo: O estado civil de um indivíduo é um dado qualitativo, assumindo as categorias: Solteiro, casado, viúvo e divorciado. Dados Qualitativos:
  • 2. Os dados qualitativos são organizados na forma de uma tabela de frequências que apresenta o número de elementos - frequência absoluta (ou só frequência) de cada uma das categorias ou classes. Numa tabela de frequências, além das frequências absolutas, também se apresentam as frequências relativas, onde Dimensão da amostra: Número de elementos da amostra.
  • 3. Num inquérito realizado a 150 indivíduos, estes tiveram de assinalar o sexo - M ou F, e o estado civil - Solteiro, Casado, Viúvo ou Divorciado. Uma forma de resumir a informação contida nos dados, no que diz respeito ao estado civil, é construir uma tabela de frequências em que se consideram para as classes as diferentes modalidades que o estado civil pode tomar:
  • 4. Representam a informação resultante de características susceptíveis de serem medidas, apresentando-se com diferentes intensidades, que podem ser de natureza discreta (descontínua) - dados discretos, ou contínua - dados contínuos. Dados Quantitativos:
  • 5. Dados Discretos: Estes dados só podem tomar um número finito ou infinito numerável de valores distintos, apresentando vários valores repetidos - é o caso, por exemplo, do nº de filhos de uma família ou do nº de acidentes, por dia, em determinado cruzamento.
  • 6. Representação gráfica que consiste em marcar num sistema de eixos coordenados, no eixo dos xx o valor das classes e nesses pontos barras verticais de altura igual à frequência absoluta ou à frequência relativa.
  • 7.
  • 8. Dados Contínuos: No caso de uma variável contínua, esta pode tomar todos os valores numéricos, inteiros ou não, compreendidos no seu intervalo de variação - temos por exemplo o peso, a altura, etc... Enquanto que no caso de dados discretos, a construção da tabela de frequências não apresenta qualquer dificuldade, no caso das variáveis contínuas o processo é um pouco mais elaborado, distinguindo-se certas etapas principais, que se descrevem nos diapositivos seguintes...
  • 9.
  • 10. Nota: O número de classes a utilizar será o da tabela de Truman Kelly
  • 11.
  • 12. Nota: De preferência devem utilizar-se as frequências relativas
  • 13. Diagrama de caule-e-folhas É um tipo de representação que se pode considerar entre a tabela e o gráfico, uma vez que são apresentados os verdadeiros valores da amostra, mas numa apresentação sugestiva, que faz lembrar um histograma. Consiste em escrever do lado esquerdo de uma linha vertical o dígito (ou dígitos) da classe de maior grandeza, seguidos dos restantes. A representação obtida terá o seguinte aspecto: