01 Aula5 Jol T 3

246 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
246
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 01 Aula5 Jol T 3

    1. 1. Dicas de html Jornalismo on-line Professor mestre Artur Araujo (araujofamilia@gmail.com)
    2. 2. noções de html Professor: Artur Araujo (arturaraujo@cosmo.com.br) <ul><li>Inserção na lista de discussão: http://br.groups.yahoo.com/group/jolPUC-Campinas/ </li></ul><ul><li>Sites dinâmicos X sites fixos </li></ul><ul><li>Arquitetura básica de sites </li></ul><ul><li>Uso do FrontPage </li></ul><ul><li>Dicas de uso de html </li></ul><ul><li>Planificação de hotsites </li></ul><ul><li>Adoção de convenções em relação ao material </li></ul>
    3. 3. Sites dinâmicos X sites estáticos <ul><li>A criação de comandos de atualização rápidos de página são amplamente usados no jornalismo on-line. </li></ul><ul><li>As páginas que permitem rápidas atualizações são chamadas de sites dinâmicos. Já na década de 1970 houve experiências na criação de sites dinâmicos a partir da Linguagem C. Na década de 1980, utilizou-se o programa CGI para produzir esse tipo de página. Esse tipo de programa ainda foi usado na década seguinte, onde surgiram os programas mais comuns atualmente para se produzir esse tipo de página: perl, jsp, asp, php, xml (Manila) e WebSQL. </li></ul>
    4. 4. Sites dinâmicos X sites estáticos <ul><li>Programas como FrontPage e Dreamweaver são usados para a criação de sites estáticos (newsletters, por exemplo) ou como “molduras” de sites dinâmicos, isto porque o produto desses programas de edição mostra dificuldades de atualização. </li></ul><ul><li>Por esse mesmo motivo, programas como o Fireworks da Flash são usados para sites estáticos (geralmente infografias). </li></ul>
    5. 5. A lógica de um site dinâmico <ul><li>Sites dinâmicos têm na verdade duas partes: </li></ul><ul><ul><li>Uma estática, que não exige atualização constante: é o caso das colunas (frames) laterais e páginas como experiente e ‘dossiers’ jornalísticos (hotsites estáticos), por exemplo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma dinâmica, que exige mudança contínua, como a capa, as páginas de noticiário, a seção últimas notícias, hotsites dinâmicos etc. </li></ul></ul>
    6. 6. Arquitetura básica de sites* * As duas exceções a essa lógica são certas propostas de notícias de celular, principalmente SMS, e no caso de certos tipos de newsletters.
    7. 7. Lógica arquitetônica dos projetos on-line <ul><li>Um dos primeiros passos de uma publicação on-line em relação à arquitetura de sites é planejar uma árvore de diretórios. </li></ul><ul><li>A página principal tem uma função semelhante à da capa dos jornais impressos ou da ‘abertura’ dos radiojornais e telejornais: precisa apresentar a proposta e orientar o internauta sobre como navegar no conteúdo. O conteúdo, por sua vez, deve ser bem pensado para não conter repetições e contradições lógicas (p. ex.: um diretório independente para futebol e outro para esporte). </li></ul>
    8. 8. Uso do FrontPage <ul><li>Abram o programa e escolham no diretório “arquivo” a opção “nova página”. </li></ul><ul><li>Escolham o modelo “corpo de uma coluna e conteúdo à direita”. </li></ul><ul><li>Insiram um texto de vocês ou usem o texto do modelo: vamos testar comandos de html. </li></ul>
    9. 9. Dicas de html - 1 <ul><li>Quase todos os comandos que você abre precisam ser “fechados”. </li></ul><ul><li>Nem todos os comandos de html funcionam em todas as páginas de web. Por exemplo, alguns scripts que funcionam no Netscape não funcionam no Internet Explorer e vice-versa. Além disso, algumas linhas de comando criadas sob medida em programas asp, xml, php, jsp etc podem anular determinadas operações. Há inclusive scripts específicos para certos tipos de programas como php, xml etc. </li></ul>
    10. 10. Dicas de html - 2 <ul><li>É possível criar uma página de html a partir das versões mais recentes do Word: basta usar a opção “salvar como” e optar por “página de html”. O problema com as páginas criadas nesse sistema é que muitas vezes aparecem com bugs de formatação no browser. Além disso, o Word cria muitas linhas de comando desnecessárias (o Dreamweaver, por exemplo, chega a ter a opção “limpar o html do word”). </li></ul>
    11. 11. Dicas de html - 3 <ul><li>Um procedimento simples, que todo webdesigner e todos os interessados em programação html usam é o estudo do código fonte de páginas que consideram interessantes na web. </li></ul><ul><li>Como se acessa o código fonte? No Internet Explorer (nosso padrão), clique em “exibir” na barra de comandos que está na parte superior. Escolha a seguir a opção “Código Fonte”. </li></ul>
    12. 12. Planificação de sites <ul><li>É aconselhável que os scripts sejam compatíveis tanto como o Explorer quanto com o Firefox (opera e safari também...). </li></ul><ul><li>É aconselhável pensar os sites em termos de árvores de diretório. </li></ul>
    13. 13. Próxima aula: a participação do público

    ×