Uma oração é considerada subordinada adverbial quando se 
encaixa na oração principal, funcionando como adjunto 
adverbial...
Classificação : 
Causal: 
Exemplos: 
Saímos rapidamente, visto que estava armando um tremendo temporal. 
Como estivesse ch...
Condicional: 
Exemplos: 
Contanto que se esforce, você terá um futuro brilhante. 
A continuar agindo dessa maneira, tudo s...
Consecutiva: 
Exemplos: 
Ele fala tão alto, que não precisa do microfone. 
Ele é de tamanha capacidade, que a todos encant...
Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Condicional no trecho: 
“Se você não parar, eu te dou um pescoção”.
Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Comparativa no trecho: 
“Sonhos são como castelos de areia.”
Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Temporal no trecho: 
"Ele pegou esse vaso quando pilhou nosso castelo no últim...
Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Final no trecho: 
“Desejo vida longa para meus inimigos para que possam ver mi...
Quem De Nós Dois – Ana Carolina 
As Rosas Não Falam - Cartola 
Construção – Chico Buarque
Trabalho de orações subordinadas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho de orações subordinadas

610 visualizações

Publicada em

orações; subordinadas; Lingua; Português; Aula

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de orações subordinadas

  1. 1. Uma oração é considerada subordinada adverbial quando se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. São introduzidas pelas conjunções subordinativas e classificadas de acordo com as circunstâncias que exprimem. Elas funcionam como adjunto adverbial, ou seja, são orações que indicam a existência de uma circunstância. A oração subordinada adverbial é ligada a outra oração, denominada oração principal. São nove as orações subordinadas adverbiais, que são iniciadas por uma conjunção subordinativa:
  2. 2. Classificação : Causal: Exemplos: Saímos rapidamente, visto que estava armando um tremendo temporal. Como estivesse chovendo, não saímos de casa. Por ter chegado atrasada, não pôde entrar na palestra. Concessiva: Todos se retiraram, apesar de não terem terminado a prova. Embora tudo tenha sido cuidadosamente planejado, ocorreram vários imprevistos. Proporcional: Exemplo: À medida que o tempo passa, mais experientes ficamos.
  3. 3. Condicional: Exemplos: Contanto que se esforce, você terá um futuro brilhante. A continuar agindo dessa maneira, tudo se dificultará. Comparativa: Exemplos Sua sensibilidade é tão afinada quanto a sua inteligência. O orador foi mais brilhante do que profundo. Conformativa: Exemplos: Construímos nossa casa, conforme as especificações dadas pela Prefeitura. Como combinamos ontem, eis os documentos.
  4. 4. Consecutiva: Exemplos: Ele fala tão alto, que não precisa do microfone. Ele é de tamanha capacidade, que a todos encanta. Temporal: Exemplos: Quando você voltar nós conversaremos com calma. Eu me sinto segura assim que fecho a porta da minha casa. Final: Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam. Não vou fechar os portões da biblioteca, para que você possa fazer sua pesquisa.
  5. 5. Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Condicional no trecho: “Se você não parar, eu te dou um pescoção”.
  6. 6. Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Comparativa no trecho: “Sonhos são como castelos de areia.”
  7. 7. Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Temporal no trecho: "Ele pegou esse vaso quando pilhou nosso castelo no último Natal.”
  8. 8. Na tirinha acima, há uma Oração Subordinada Final no trecho: “Desejo vida longa para meus inimigos para que possam ver minha vitória.”
  9. 9. Quem De Nós Dois – Ana Carolina As Rosas Não Falam - Cartola Construção – Chico Buarque

×