Placas tectônicas e desastres tectônicos

2.789 visualizações

Publicada em

Desastres Tectônicos; Placas tectônicas; Aula de Geografia; Intelecto

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.789
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Placas tectônicas e desastres tectônicos

  1. 1. Desastres tectônicos
  2. 2. oThiago oAndré oMarianna Professor: Patrick Geografia
  3. 3. No início do século XX, o meteorologista alemão Alfred Wegener levantou uma hipótese que criou uma grande polêmica entre a classe científica da época. Segundo ele, há aproximadamente 200 milhões de anos, os continentes não tinham a configuração atual, pois existia somente uma massa continental, ou seja, não estavam separadas as Américas da África e da Oceania. Essa massa continental contínua foi denominada de Pangeia, do grego "toda a Terra“, e era envolvido por um único Oceano, chamado de Pantalassa. Passados milhões de anos, a Pangeia se fragmentou e deu origem a dois megacontinentes denominados de Laurásia e Gondwana, essa separação ocorreu lentamente e se desenvolveu deslocando sobre um subsolo oceânico de basalto.
  4. 4. O que são placas tectônicas? São os gigantescos blocos que compõem a camada sólida externa do nosso planeta, sustentando os continentes e os oceanos. Impulsionadas pelo movimento do magma incandescente no interior da Terra, as dez principais placas se empurram, afastam-se umas das outras e afundam alguns milímetros por ano, alterando suas dimensões e modificando o contorno do relevo terrestre.
  5. 5. Principais placas tectônicas: - Placa Africana - Placa Antártida - Placa da Arábia - Placa Australiana - Placa das Caraíbas - Placa de Cocos - Placa Euroasiática - Placa das Filipinas - Placa Indiana - Placa Juan de Fuca - Placa de Nazca - Placa Norte-americana - Placa do Pacífico - Placa de Scotia - Placa Sul-americana
  6. 6. A partir de 1900 que surgiram as principais escalas de medição que conhecemos. A mais conhecida é a escala Richter, desenvolvida pelo americano Charles Richter (1900-1985). A escala Richter varia de 0 a 9,5 ou mais pontos. O último nível pode variar: ele vai depender da força do maior terremoto ocorrido até o momento. O abalo de maior intensidade já registrado no século XX alcançou 9,5 pontos na escala Richter e ocorreu no Chile, em 1860. O da Turquia, em 1999, atingiu cerca de 7,4 pontos na escala Richter. O terremoto que provocou o maior número de mortes ocorreu na China, em 1556 - 830 mil mortos. As regiões mais sujeitas a terremotos são regiões próximas às placas tectônicas como o oeste da América do Sul onde está localizada a placa de Nazca e a placa Sul-Americana; e nas regiões em que se forma novas placas como no oceano Pacífico onde se localiza o Cinturão de Fogo. O comprimento de uma falha causada por um terremoto pode variar de centímetros a milhões de quilômetros como, por exemplo, a falha de San Andreas na Califórnia, Estados Unidos.
  7. 7. Fenômenos tectônicos
  8. 8. Terremotos Terremotos, também chamados de abalos sísmicos. São fenômenos naturais. O prejuízo causados pelo terremoto na cidade do Japão chega a quase $334,2 bilhões de dólares.
  9. 9. Como se origina um terremoto Os terremotos são causados pelo encontro de duas placas tectônicas, podendo ocorrer o encontro frontal, lateral, ou ainda as placas se afastando Duas placas tectônicas estão se deslizado. Duas placas tectônicas estão se chocando frontalmente. Duas placas tectônicas se afastando
  10. 10. Como acontecem? A energia é liberada através de ondas sísmicas.
  11. 11. TSUNAMIS. Tsunamis são ondas gigantes que abalam cidades litorâneas.
  12. 12. Como acontece ? Os tsunamis são ondas grandes que são formados por abalos sísmicos são as placas Tectônicas que se chocam no oceano.As massa se desloca e provoca ondas gigantes. E podem atingir 50 metros .Elas quebram na beira da praia e avançam na cidade.
  13. 13. Como funciona um sismógrafo Um sismógrafo é um aparelho que os cientistas usam para medir terremotos. O objetivo de um sismógrafo é gravar com, exatidão o movimento do chão durante terremotos. Quanto maior o registro maior o volume e destruição do tremor.
  14. 14. Esta OCORRENDO um grande Terremoto e o sismógrafo Esta avisando
  15. 15. CLARLES FRANCIS RICHTER A Escala Richter, utilizada para medir a magnitude do terremoto foi proposta em 1935 pelo sismógrafo Charles Francis Richter ( 1900 – 1985), que pretendia a inicialmente empregá-la apenas para medir abalos do sul da Califórnia.
  16. 16. Vulcões Vulcão é uma estrutura geológica criada quando o magma,gases e partículas quentes (como cinza vulcânica) escapam para a superfície terrestre. Eles ejetam altas quantidades de poeira,gases e areossiós na atmosfera,interferindo no clima.São freqüentemente considerados causadores de poluição natural. Tipicamente,os vulcões apresentam formato cônico e montanhoso.
  17. 17. Erupções vulcânicas Como acontece? Um vulcão quando inicia sua face de atividade começa com a libertação de gás de enxofre (altamente tóxico),seguida de explosões que lançam lavas.Ele entra em erupção e causa muitos estragos matando pessoas e destruindo cidades,prédios e outras coisas.
  18. 18. Os prejuízos Em geral,as partículas de cinza vulcânica pode causar nas pessoas sob a sua variada gama e problemas de saúde. Para conter partículas e gases nocivos,danos no sistema respiratório, pele e olhos. Crianças e pessoas com alegrias e problemas nesta parte do são as mais afetadas.
  19. 19. Mais que prejuízos Os prejuízos causam estragos e varias outras coisas.Ele é um terror para as pessoas por causa de estragos e destruições.
  20. 20. Montanhas
  21. 21. As montanhas são acidentes geográficos. A uma sequência de montanhas chama-se cordilheiras elas se destacam por apresentar altitudes superiores as das regiões vizinhas.
  22. 22. Como as montanhas são formadas As montanhas se formam através do choque de placas tectônicas,causando conseqüentemente,dobras da superfície da terra.
  23. 23. LISTA COM OS DEZ MAIORES TERREMOTOS DA HISTÓRIA DESDE 1900, COM BASE NAS MAGNITUDES REGISTRADAS.
  24. 24. Magnitude 9.5 - Chile, 1960 O tremor, ocorrido em 22 de maio de 1960, com epicentro no município de Valdívia, matou 2.000 pessoas e gerou um maremoto com ondas de até 10 metros. As ondas apagaram do mapa cidades inteiras na costa chilena e fizeram vítimas também em outros países banhados pelo Oceano Pacífico.
  25. 25. Magnitude 9.2 - Alaska (EUA), 1964 O abalo fez 15 vítimas fatais e gerou um tsunami que matou outras 128 pessoas em 28 de março de 1964. Seu epicentro foi na região de Prince William Sound, no sul do Alasca (EUA)
  26. 26. Magnitude 9.1 - Sumatra (Indonésia), 2004 A ilha de Sumatra, na Indonésia, registrou em 26 de dezembro de 2004 um terremoto de magnitude 9,1, com epicentro no mar, que causou um tsunami que matou 230 mil pessoas em 14 países da região. O tremor, que popularizou o termo tsunami, ocorreu a 30 km de profundidade no Oceano Índico e foi sentido até na costa leste da África.
  27. 27. Magnitude 9.0 - Japão, 2011 O terremoto --seguido por um tsunami-- que atingiu o Japão na última sexta-feira (11) alcançou magnitude 9.0, segundo os serviços geológicos do Japão e dos Estados Unidos. Antes, ambos os órgãos informaram que a magnitude havia sido de 8.8, mas revisaram o valor nesta segunda-feira. O terremoto, com epicentro no oceano Pacífico, a 400 km de Tóquio, a uma profundidade de 32 km, gerou ondas gigantes de 10 metros, que chegaram a uma velocidade de 800 km/h antes de atingir a costa japonesa.
  28. 28. Magnitude 9.0 - Rússia, 1952 Em 4 de novembro de 1952, um abalo de magnitude 9,0 na península de Kamchatka, extremo leste da Rússia, gerou ondas gigantes que chegaram até o Havaí, causando prejuízos financeiros de até US$ 1 milhão, mas nenhuma vítima fatal.
  29. 29. Magnitude 8.8 - Chile, 2010 Em 27 de fevereiro de 2010, um terremoto de magnitude de 8,8 atingiu o Chile matando mais de 800 pessoas e deixando cerca de 20 mil desabrigados. O epicentro foi o mar da região de Bío-Bío, a cerca de 320 km ao sul de Santiago.
  30. 30. Magnitude 8.8 - Equador, 1906 O tremor atingiu a costa do Equador, perto da fronteira com a Colômbia, em 31 de janeiro de 1906, e matou entre 500 e 1.500 pessoas. O abalo chegou a ser sentido em San Francisco (EUA) e no Japão.
  31. 31. Magnitude 8.7 - Alaska (EUA), 1965 Em 4 de fevereiro de 1965, um tremor de magnitude 8,7 atingiu as ilhas Rat, no Alasca (EUA), gerando um tsunami de cerca de 10 metros de altura na ilha de Shemya. Apesar disto, o abalo causou poucos danos.
  32. 32. Magnitude 8.7 - Sumatra (Indonésia), 2005 Três meses após o famoso tsunami, em 28 de março 2006, a ilha de Sumatra, na Indonésia, foi atingida novamente por outro tremor, dessa vez em terra, de magnitude 8.7. Cerca de 1.300 pessoas morreram
  33. 33. Magnitude 8.6 - Tibete (China), 1950 Um terremoto de 8,6 graus causou a morte de mais de 1. 500 pessoas no Tibete e na província indiana de Assam, no nordeste do paí
  34. 34. Círculo de Fogo
  35. 35. O Círculo de Fogo do Pacífico (ou Anel de Fogo) é uma área formada no fundo do oceano por uma grande série de arcos vulcânicos e fossas oceânicas, coincidindo com as extremidades de uma das maiores placas tectônicas do planeta. A região, de cerca de 40 mil km de extensão, tem formato de ferradura e circunda a bacia do Pacífico, abrangendo toda a costa do continente americano, além do Japão, Filipinas, Indonésia, Nova Zelândia e ilhas do Pacífico Sul. Esta é a área de maior atividade sísmica do mundo. Somente o Japão responde por cerca de 20% dos tremores de magnitude igual ou superior a 6 registrados na Terra. Em média, os sismógrafos captam algum tipo de abalo no Círculo de Fogo a cada cinco minutos.
  36. 36. Além disso, mais da metade dos vulcões ativos no mundo, acima do nível do mar, estão localizados nesta área. Alguns dos piores desastres naturais já registrados ocorreram em países localizados no Círculo de Fogo. Um deles foi o tsunami de dezembro de 2004, que matou 230 mil pessoas em 14 países no Oceano Índico, após um tremor de magnitude 9,1. Outros dois desastres famosos na área ocorreram no Chile: o primeiro, em 1960, foi um terremoto de magnitude 9,5 - o pior já registrado na história - que matou 2 mil pessoas; outro tremor, em 2010, deixou 800 mortos e cerca de 20 mil desabrigados.
  37. 37. http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Solo/Solo2.php http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-sao-placas-tectonicas http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/03/110311_entenda_circulo_fogo_r p.shtml

×