Carbono SocialAlternativas Sustentáveis no Tocantins
Participantes:                 Cooperação Técnica Não Reembolsável                 No. ATN/JO-9813-BR. Alternativas       ...
Localização - Mapas do Brasil,Tocantins e Município de Pium:
Alternativas: Óleos Vegetais; Mel do Cerrado; Sistemas Agroflorestais.
Seminário – Alternativas Sustentaveis:    Seminário de Alternativas    Sustentáveis no Estado do              Objetivo:   ...
Alternativa 1: Instalação de prensa para o processamento de óleos vegetais  Local: Pium (sede do município)Foto: Prensa de...
Foto: Prensa de óleo vegetal Inteira   Foto: Prensa de óleo vegetal Inteira   Foto: Prensa de óleo vegetal Inteira        ...
Cenários:Atual                                             Benefícios Esperados para 2008:                                ...
Mapeamento das Espécies:Espécies    Jan. Fev. Mar Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez.Bacaba*                     ...
Tecnologia Selecionada: Conjunto de Equipamentos para Extraçao de Óleos Vegetais: •Extração Mecânica Cozinhador Horizontal...
Alternativa 2:1. Construção de uma Casa de Mel:Local: Assentamento Barranco do Mundo
2. Visita técnica nas cidade Simplício Mendes e Picos, ambas no Estado do Piauí:Foto: Associação e produção do Mel     Fot...
3. Capacitação para introdução à apicultura:Temas:- Boa maneira de beneficiamento de Mel- Práticas para a produção de Mel
Cenários:Atual:                                             Beneficios esperados em dez 2008    Grupo com 18 produtores;  ...
Alternativa 3:Implantação de 4 ha. de Sistemas Agroflorestais:
Implantação de SAF`s:Comunidades Beneficiadas:-   Provi-   Astrar-   Toledo II-   Barranco do mundo
Saf 1:Comunidade Provi:Localidade: 10 km do PiumLocalidade Espécies Perenes: Espé                                         ...
Esquema de Plantio: Provi                                                  6m                                             ...
Saf 2:Comunidade Barranco do Mundo:Localidade: 130 Km do município de PiumEspécies Perenes:Espé                           ...
Esquema de Plantio: Barranco do Mundo:                                                      6m                            ...
Saf 3: Comunidade Astrar:Localidade: 34 km do PiumEspécies Perenes:Espé                              Espécies Anuais:     ...
Estimativa de Seqüestro de Carbono nos SAF`s implantados:•   Os SAF`s implantados que    apresentam maior potencial       ...
A figura abaixo apresenta o potencial de seqüestro de carbono de cada espécie implantada nos SAFs de Pium:                ...
Carbono Social: Recursos de SustentabilidadeContribuição do projeto para melhoria dos recursos de sustentabilidade dascomu...
Informações:Luiz Eduardo Leal – leal@ecologica.org.brTel.: (63) 3215.1279 (63) 8111.6296
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto alternativas sustentaveis

988 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Projeto alternativas sustentaveis

  1. 1. Carbono SocialAlternativas Sustentáveis no Tocantins
  2. 2. Participantes: Cooperação Técnica Não Reembolsável No. ATN/JO-9813-BR. Alternativas Econômicas Proponente e Gestor: Instituto Ecológica de Palmas Financiador: Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Apoio Institucional: Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento; Prefeitura Municipal de Pium; Ruraltins
  3. 3. Localização - Mapas do Brasil,Tocantins e Município de Pium:
  4. 4. Alternativas: Óleos Vegetais; Mel do Cerrado; Sistemas Agroflorestais.
  5. 5. Seminário – Alternativas Sustentaveis: Seminário de Alternativas Sustentáveis no Estado do Objetivo: Tocantins Apresentar o projeto aos produtores rurais e lideranças locais. Resultado: - Seminário com a presença: -45 produtores de 05 comunidades rurais, -06 vereadores; -Prefeito e Vice-prefeito; -Universitarios e Professores.Local: Auditório da prefeitura de PiumData: 27/01/2007
  6. 6. Alternativa 1: Instalação de prensa para o processamento de óleos vegetais Local: Pium (sede do município)Foto: Prensa de Óleo Vegetal Foto: Prensa de Óleo Vegetal
  7. 7. Foto: Prensa de óleo vegetal Inteira Foto: Prensa de óleo vegetal Inteira Foto: Prensa de óleo vegetal Inteira Foto: PrensaFoto: Filtro Foto: Triturador
  8. 8. Cenários:Atual Benefícios Esperados para 2008: Benefí Falta de conhecimento das potencialidades do Grupo de 20 Produtores valorizando o Cerrado; cerrado; Espécies preservadas com agregação de valor; Frutos do cerrado sem valor econômico; Promoção de desenvolvimento local; Desmatamento; Produto ambientalmente e socialmente correto; Falta de alternativas econômicas. Modelo de alternativa sustentável.
  9. 9. Mapeamento das Espécies:Espécies Jan. Fev. Mar Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez.Bacaba* X X X XBuriti* X X X X X XCaju X XJatobá X XMacaúba X X X XPequi* X X X XPiaçava* X X X X XPau d’óleo* X XSucupira* X X X XBaru X XCoco Babaçu X X X X X XCoco Babão X X X XPesquisa feita nas comunidades rurais de Pium-TO.
  10. 10. Tecnologia Selecionada: Conjunto de Equipamentos para Extraçao de Óleos Vegetais: •Extração Mecânica Cozinhador Horizontal UBPCH 40: O cozinhador horizontal é uma construção tubular , com camisa de aquecimento por gases quentes, gerados em fornalha para queima de biomassa, insuflados por ventoinha acionada por motor de 0,25 cv . Dotado de eixo central com rosca transportadora acionada por transmissão do eixo da prensa. •Prensa Expeller UBPPE40: Após o cozimento, a matéria prima é introduzida na prensa, onde será transportada por um eixo com helicóides com variação da altura da rosca e passo , que diminuem ao longo do trajeto (entrada/saída) provocando assim uma redução do “volume transportado” e juntamente com um cone de abertura variável na saída da torta, executam a prensagem da matéria prima e a separação do componente liquido (óleo) do sólido (torta), sendo o componente liquido expelido da prensa através de aberturas na câmara de prensagem.Acionada por moto-redutor de 4,0 W. •Moinho de Martelos UBMM 40: Algumas matérias primas precisam ter suas células abertas com a ajuda de um moinho para melhor comportamento no cozinhador e prensa , elevando a extração de óleo e reduzido o teor de óleo na torta. O moinho de martelos é acionado por motor de 3,0 cv aclopado diretamente a u, rotor balanceado eletronicamente, dotado de martelos em aço cementado. •Filtro Prensa UBPFP 200 x 200 x 8: O óleo extraído pela prensa expeller carrega partículas sólidas que precisam ser separadas através de um filtro prensa. O filtro prensa Urso Branco é dotado de 8 placas e 7 quadros com dimensão de 200 x 200 mm , calha para Coleta de óleo filtrado , bandeja para coleta de pingos e sólidos e bomba de engrenagens acionada por motor de 0,33 w para alimentação de óleo com sólidos em suspensão. •Painel Elétrico Central: Os motores elétricos do conjunto de extração de óleo serão comandados por chaves manuais acondicionadas em um painel elétrico central.
  11. 11. Alternativa 2:1. Construção de uma Casa de Mel:Local: Assentamento Barranco do Mundo
  12. 12. 2. Visita técnica nas cidade Simplício Mendes e Picos, ambas no Estado do Piauí:Foto: Associação e produção do Mel Foto: Associação e produção do Mel Foto: Fabrica do MelFoto: Fabrica do Mel Foto: Fabrica do Mel Foto: Fabrica do Mel
  13. 13. 3. Capacitação para introdução à apicultura:Temas:- Boa maneira de beneficiamento de Mel- Práticas para a produção de Mel
  14. 14. Cenários:Atual: Beneficios esperados em dez 2008 Grupo com 18 produtores; Grupo com 25 produtores; 33 caixas de mel instaladas; 120 caixas de mel instaladas; Agregação de valor ao mel devido a selo do carbono Valor baixo pelo mel devido a qualidade; e qualidade (processamento); Assistência Técnica satisfatória (ruraltins) Assistência Técnica (ruraltins).Resultados já alcançados em 2007:• A comunidade Barranco do Mundo ja comercializou 80 potes de mel para cestas de final de ano;• Com a instalaçao da casa do mel a prefeitura doou 100 caixas de mel para a comunidade para oaumento da produção;• Apoio de outras instituiçoes para continuidade no processo.
  15. 15. Alternativa 3:Implantação de 4 ha. de Sistemas Agroflorestais:
  16. 16. Implantação de SAF`s:Comunidades Beneficiadas:- Provi- Astrar- Toledo II- Barranco do mundo
  17. 17. Saf 1:Comunidade Provi:Localidade: 10 km do PiumLocalidade Espécies Perenes: Espé Espécies Anuais: Espé Cagaita (Eugenia dysenterica); -Gergelim Mangaba (Hancornia speciosa); Cedro; Pinhão Manso (Jatropha curcas). Foto: Cagaita Objetivo: Produção de doces (Cagaita e Mangaba), licores (Murici) e óleo vegetal (Pinhão Manso)
  18. 18. Esquema de Plantio: Provi 6m _______ C M Mu C M Mu C M Mu 4m P P P P P P P P P C M Mu C M Mu C M Mu P P P P P P P P P C M Mu C M Mu C M Mu P P P P P P P P P C M Mu C M Mu C M Mu P P P P P P P P P C M Mu C M Mu C M MuDensidade: C = Cagaita 78 plantas / ha. Mu = Murici 65 plantas / ha. M = Mangaba 78 plantas / ha. P = Pinhão Manso 204 plantas / ha.
  19. 19. Saf 2:Comunidade Barranco do Mundo:Localidade: 130 Km do município de PiumEspécies Perenes:Espé Espécies Anuais: Espé Cagaita (Eugenia dysenterica); Arroz; Mogno; Milho; Pinhão Manso (Jatropha curcas). Abacaxi.Objetivo: Produção de doces (Mangaba), óleo vegetal (Pinhão Manso) e Madeira (Mogno) Foto: Mogno
  20. 20. Esquema de Plantio: Barranco do Mundo: 6m _______ M M M M M M M M M 4m P P P P P P P P P M M M M M M M M M8m P P P P P P P P P M P P M P P M P P Mo P P P Mo P P M P P M P P M P P P P P P P P P M M M M M M M M M Densidade Mo= Mogno 4 plantas / ha. M = Mangaba 197 plantas / ha. P = Pinhão Manso 216 plantas / ha.
  21. 21. Saf 3: Comunidade Astrar:Localidade: 34 km do PiumEspécies Perenes:Espé Espécies Anuais: Espé Cedro -Arroz Pinhão manso Pitanga AraçáObjetivo: Produção de doces, licores e óleo vegetal (Pinhão Manso) Foto: Pitanga
  22. 22. Estimativa de Seqüestro de Carbono nos SAF`s implantados:• Os SAF`s implantados que apresentam maior potencial 180,000 de seqüestro de carbono 160,000 foram os encontrados no assentamento Astrar e 140,000 Carbono (ton hectare) Toledo II, com valores 120,000 estimados para 161 e 134 toneladas de carbono por 100,000 hectare, respectivamente (figura 1). 80,000 60,000• Os SAF`s implantados no 40,000 assentamento Barranco do Mundo e Provi apresentam 20,000 valores 50% menores que os 0,000 encontrados nos SAFs do 0 3 6 9 12 15 18 21 assentamento Astrar e mostram valores de 73 e 53 Anos toneladas carbono por hectare respectivamente. Provi Barranco do mundo Astar Toledo II Figura 1: Seqüestro de carbono nos SAF`s implantados em 4 assentamentos no Município de Pium durante o período de 21 anos.
  23. 23. A figura abaixo apresenta o potencial de seqüestro de carbono de cada espécie implantada nos SAFs de Pium: seqü espé 1,2 1 Carbono (ton hectare-1) 0,8 0,6 0,4 0,2 0 so í a ta a to ba a bo ru ic á ng in os l ip ai ac an ur Ba ga m ar ta ag R ca M Ar Ja m m an Pi ro C Eu Ta o M ed hã C n Pi Especies Figura: Quantidade de carbono seqüestrado pelas árvores plantadas nos SAFs de Pium. A maior quantidade de seqüestro de carbono foi encontrada no Cedro rosa.(Cedrela fissilis Vell.), uma espécie de crescimento de até 40 metros de altura. Outras espécies como Tamarindo (Tamarindus indica), Jambo (Syzygium sp) e Eucaliptus apresentam um médio potencial de seqüestro de carbono. Os menores valores apresentam o Murici (Byrsonima verbascifolia), a Araçá (Psidium catleianum) e a Pitanga (Eugenia uniflora Berg.), espécies de crescimento muito baixo.
  24. 24. Carbono Social: Recursos de SustentabilidadeContribuição do projeto para melhoria dos recursos de sustentabilidade dascomunidadesNatural: Carbono:Diminuir o desmatamento nas pequenas Plantio de árvores (SAF´s) – Sequestro decomunidades carbono FinanceiroSocial: Comercialização de produtos e instalação deFormação de grupos de produtores equipamentosHumano:Conhecimento de novas tecnologias e Biodiversidadecapacitações Valorização do Bioma Cerrado e utilização das especies pelas comunidades
  25. 25. Informações:Luiz Eduardo Leal – leal@ecologica.org.brTel.: (63) 3215.1279 (63) 8111.6296

×