SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
ESTREITANDO RELAÇÕES COMERCIAIS E DE COOPERAÇÃO  NO ESPAÇO DA LUSOFONIA O PAPEL DOS PORTOS NO DESENVOLIMENTO ECONÓMICO DO ESPAÇO CPLP “ Contributos para Gestão Integrada” (Porto de Lisboa) Natércia Magalhães Cabral IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011
INTEGRAÇÃO Escala / Vantagens Competitivas / Lobbying IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Enquadramento Legal IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 CIMEIRAS OUTROS DISPOSITIVOS DE COOPERAÇÃO  E DE REGULAÇÃO  TÉCNICA E  ECONÓMICA   Portos Países Europa Internacional REGULAMENTOS PORTUÁRIOS LEGISLAÇÃO NACIONAL DIRETIVAS EUROPEIAS CONVENÇÕES IMO/ UN  1948/1982
Convenção MARPOL – 1973/78 Desmantel.  navios Águas  de Lastro Hidrocarbonetos Anexo I Carga Anexo II Anexo III Resíduos (lixos) Anexo V Poluição  atmosférica Anexo VI Águas residuais (esgotos) Anexo IV Eficiência  Energética ANEXO VI (revisão) CONVENÇÃO   MARPOL
Convenção MARPOL: Anexo VI IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Convenção MARPOL Anexo VI –2005 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Convenção MARPOL Anexo VI – revisão em 2008 ,[object Object],[object Object],[object Object]
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Convenção MARPOL Anexo VI – revisão em 2011 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Convenção MARPOL Anexo VI – revisão em 2011
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Emissões gasosas dos navios ,[object Object],CO 2 /GEE Ácido sulfúrico Acidificação NO x motores CO 2  – dióxido de carbono  SO 2  – dióxido de enxofre  PM – partículas sólidas  NO x  – óxidos de azoto
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das  emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio  4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto  10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das  emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio  4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto  10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Energias alternativas
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das  emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio  4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto  10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Legislação Europeia: alternativas ao uso de combustível com baixo teor de S ,[object Object],PROJETO COSTA 2011/2014 - Desenvolvido no âmbito da Rede Trans-Europeia de Transportes; OBJETIVOS: - Desenvolver condições para o uso de LNG em navios, nas áreas do Mediterrâneo, Atlântico e Mar Negro - Promover a criação de novas tecnologias e sistemas em linha com o anexo VI da Convenção MARPOL - Promover uma eficiência acrescida das Auto Estradas do Mar, baseada em Tecnologias de Comunicação e Informação
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Projeto COSTA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Projeto COSTA – Porto de Lisboa ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das  emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio  4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto  10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos  14. Sistemas voluntários
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Cold Ironing (CI) ,[object Object],[object Object],Infra-estruturas terrestres Navio
Cold Ironing:  +  e  - ,[object Object],[object Object],[object Object],COV’s Compostos Orgânicos Voláteis ,[object Object],[object Object],[object Object],% de redu ç ão de emissões Medida NO x SO 2 PM COV ’ s CI comparado com combust í vel com teor de enxofre igual a 2,7% - 97 -96 -96 -94 CI comparado com combust í vel com teor de enxofre inferior a 0,1% -97 0 -89 -94
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das  emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio  4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto  10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Taxas portuárias diferenciadas ,[object Object],[object Object],[object Object]
 
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Iniciativas específicas: MPE MPE “ Meeting Point  Environment”   OBJETIVOS - Reforçar o perfil ambiental do porto ao longo  da cadeia logística; - Criar uma imagem positiva da Comunidade  Portuária no que se refere ao compromisso  Ambiental. MEMBROS Comunidade Portuária Outros parceiros na cadeia logística
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 CNSS “ Clean North Sea  Shipping” OBJETIVOS Redução da emissão de gases pelos navios  na Região do mar do Norte MEMBROS Países  6 Parceiros  18 Portos, Carregadores,  Companhias de navegação,  Individualidades Iniciativas específicas: CNSS
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 WPCI “ World Ports  Climate Initiative” PROJETOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],MEMBROS Europa  25 Ásia  13 Norte América  6 África  6 Oceânia  3 Iniciativas específicas: WPCI OBJETIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Dakar Abidjan Cotonou Lagos Autoridade Portos TRANSNET Autoridade Portos do KENYIA IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Iniciativas específicas: WPCI
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Desafios de Cooperação Instrumentos económicos de incentivo ao navio ISO 14001 e Green Award Tarifário de resíduos: Serviço mínimo Projetos Piloto Cooperação com terminais concessionados Parcerias para avaliação do desempenho energético do terminal e aplicação de medidas de melhoria. Boas práticas ambientais Navios/terminais
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Boas práticas ambientais: navios Emissões gasosas Resíduos sólidos Hidrocarbonetos Águas residuais e de lastro
IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Energias renováveis
OBRIGADA www.portodelisboa.pt IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 LEIXÕES LISBOA LISBOA
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Porto de leixões andre maia
Porto de leixões andre maiaPorto de leixões andre maia
Porto de leixões andre maiaaeplognorte
 
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de SinesI Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sinesaplop
 
O Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística Global
O Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística GlobalO Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística Global
O Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística GlobalGian Gabriel Guglielmelli
 
"Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo"
"Gestão Portuária:Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo""Gestão Portuária:Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo"
"Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo"ABRACOMEX
 
18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA
18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA 18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA
18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA Cláudio Carneiro
 
A JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única LogísticaA JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única Logísticaaplop
 
Portos secos, desafios e potencialidades
Portos secos, desafios e potencialidadesPortos secos, desafios e potencialidades
Portos secos, desafios e potencialidadesFeliciana Monteiro
 
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e IncertezasSHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezasaplop
 
“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar
“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar
“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminaraplop
 

Mais procurados (20)

Porto 24 Horas
Porto 24 HorasPorto 24 Horas
Porto 24 Horas
 
Porto de leixões andre maia
Porto de leixões andre maiaPorto de leixões andre maia
Porto de leixões andre maia
 
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de SinesI Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
 
O Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística Global
O Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística GlobalO Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística Global
O Papel dos Portos Concentradores na Cadeia Logística Global
 
6º ENCONTRO DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES – FIESP HIDROVIA E O USO MÚLTIPLO DAS ...
6º ENCONTRO DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES – FIESP HIDROVIA E O USO MÚLTIPLO DAS ...6º ENCONTRO DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES – FIESP HIDROVIA E O USO MÚLTIPLO DAS ...
6º ENCONTRO DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES – FIESP HIDROVIA E O USO MÚLTIPLO DAS ...
 
Portos 2021
Portos 2021Portos 2021
Portos 2021
 
"Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo"
"Gestão Portuária:Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo""Gestão Portuária:Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo"
"Gestão Portuária: Oportunidades e Desafios da Profissão no Brasil e no Mundo"
 
18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA
18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA 18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA
18 ANEXO I – RELATÓRIO DO GTIEVA
 
Regulamentação da Lei do Gás
Regulamentação da Lei do Gás Regulamentação da Lei do Gás
Regulamentação da Lei do Gás
 
Regulação do Gás Natural Após a Lei Nº 11.909/2010 -
Regulação do Gás Natural Após a Lei Nº 11.909/2010 - Regulação do Gás Natural Após a Lei Nº 11.909/2010 -
Regulação do Gás Natural Após a Lei Nº 11.909/2010 -
 
Regulamentação da Lei do Gás (17.11.2011)
Regulamentação da Lei do Gás (17.11.2011)Regulamentação da Lei do Gás (17.11.2011)
Regulamentação da Lei do Gás (17.11.2011)
 
A JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única LogísticaA JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única Logística
 
Revista APS N.º 57 – Novembro 2012
Revista APS N.º 57 – Novembro 2012Revista APS N.º 57 – Novembro 2012
Revista APS N.º 57 – Novembro 2012
 
Módulo 7
Módulo 7Módulo 7
Módulo 7
 
Transporte energético - gasodutos
Transporte energético - gasodutosTransporte energético - gasodutos
Transporte energético - gasodutos
 
Portos secos, desafios e potencialidades
Portos secos, desafios e potencialidadesPortos secos, desafios e potencialidades
Portos secos, desafios e potencialidades
 
Carta náutica - junho 2018
Carta náutica - junho 2018Carta náutica - junho 2018
Carta náutica - junho 2018
 
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e IncertezasSHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
 
Projeto Via Litoranea
Projeto Via LitoraneaProjeto Via Litoranea
Projeto Via Litoranea
 
“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar
“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar
“Facilitação de Procedimentos nos Portos da CPLP” – Relatório Preliminar
 

Destaque

Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhadorExperiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhadoraplop
 
Instalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídico
Instalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídicoInstalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídico
Instalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídicoaplop
 
PROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão Georreferenciada
PROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão GeorreferenciadaPROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão Georreferenciada
PROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão Georreferenciadaaplop
 
TenCate - Obras Marítimas
TenCate - Obras MarítimasTenCate - Obras Marítimas
TenCate - Obras Marítimasslidesharedgp
 
Discos monitores
Discos monitoresDiscos monitores
Discos monitoresacpms
 
Tarea 14
Tarea 14Tarea 14
Tarea 14Fer_94
 
Exercici 1 tema 3
Exercici 1 tema 3Exercici 1 tema 3
Exercici 1 tema 3alexini24
 
17 05-12 2è
17 05-12 2è17 05-12 2è
17 05-12 2èmalvar85
 

Destaque (20)

Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhadorExperiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
Experiência carioca na formação e capacitação do trabalhador
 
Instalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídico
Instalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídicoInstalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídico
Instalações e Terminais Portuários: Escolha do regime jurídico
 
PROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão Georreferenciada
PROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão GeorreferenciadaPROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão Georreferenciada
PROCESSOS PORTUÁRIOS – Gestão Georreferenciada
 
TenCate - Obras Marítimas
TenCate - Obras MarítimasTenCate - Obras Marítimas
TenCate - Obras Marítimas
 
Discos monitores
Discos monitoresDiscos monitores
Discos monitores
 
Tarea de informatica 14
Tarea de informatica 14Tarea de informatica 14
Tarea de informatica 14
 
Sueños
SueñosSueños
Sueños
 
+654354
+654354+654354
+654354
 
Buenos aires
Buenos airesBuenos aires
Buenos aires
 
Eines
EinesEines
Eines
 
New koswer byh
New koswer  byhNew koswer  byh
New koswer byh
 
serious
seriousserious
serious
 
Tarea 14
Tarea 14Tarea 14
Tarea 14
 
Exercici 1 tema 3
Exercici 1 tema 3Exercici 1 tema 3
Exercici 1 tema 3
 
Valcir
Valcir Valcir
Valcir
 
Reciclagem de papel
Reciclagem de papelReciclagem de papel
Reciclagem de papel
 
Programa de Fiestas de Anzo anzofé
Programa de Fiestas de Anzo anzoféPrograma de Fiestas de Anzo anzofé
Programa de Fiestas de Anzo anzofé
 
17 05-12 2è
17 05-12 2è17 05-12 2è
17 05-12 2è
 
Autobiografia1
Autobiografia1Autobiografia1
Autobiografia1
 
Cataventos e cia 3
Cataventos e cia 3Cataventos e cia 3
Cataventos e cia 3
 

Semelhante a “Contributos para Gestão Integrada - Porto de Lisboa” – Natércia Cabral

Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH
Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH
Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH aplop
 
15º Fórum Anual Portos Brasil
15º Fórum Anual Portos Brasil15º Fórum Anual Portos Brasil
15º Fórum Anual Portos BrasilJuliana Ruffo
 
EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...
EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...
EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...Fernando Vinícius Rocha
 
Segurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel - Francisco Andre Barros Conde
Segurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel  -  Francisco Andre Barros CondeSegurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel  -  Francisco Andre Barros Conde
Segurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel - Francisco Andre Barros CondeAndré Conde
 
Transporte sustentável e políticas públicas
Transporte sustentável e políticas públicasTransporte sustentável e políticas públicas
Transporte sustentável e políticas públicasjlfx7
 
Desafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do Porto
Desafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do PortoDesafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do Porto
Desafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do PortoDesafios Porto
 
Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2
Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2
Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2Idalina Leite
 
FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...
FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...
FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...Associação Nacional de Jovens Empresários
 
Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP
Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP
Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP aplop
 
Mercado Europeu das licenças de carbono
Mercado Europeu das licenças de carbonoMercado Europeu das licenças de carbono
Mercado Europeu das licenças de carbonoSergio Pinto
 
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]aplop
 
SIIG – Sistema de Identificação e Informação Geográfica
SIIG – Sistema de Identificação e Informação GeográficaSIIG – Sistema de Identificação e Informação Geográfica
SIIG – Sistema de Identificação e Informação GeográficaCláudio Carneiro
 
PosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.ppt
PosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.pptPosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.ppt
PosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.pptAmadeuRocha6
 

Semelhante a “Contributos para Gestão Integrada - Porto de Lisboa” – Natércia Cabral (20)

Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH
Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH
Intervenção de Adalmir José de Souza, Director da ABEPH
 
15º Fórum Anual Portos Brasil
15º Fórum Anual Portos Brasil15º Fórum Anual Portos Brasil
15º Fórum Anual Portos Brasil
 
EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...
EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...
EMISSÃO DE CO2 NA LOGÍSTICA DE EXPORTAÇÃO DE SOJA NO MATO GROSSO: O CASO DAS ...
 
Segurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel - Francisco Andre Barros Conde
Segurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel  -  Francisco Andre Barros CondeSegurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel  -  Francisco Andre Barros Conde
Segurança Maritima e Desnvolvimento Sustentavel - Francisco Andre Barros Conde
 
Relatrio final - IEVA
Relatrio final - IEVARelatrio final - IEVA
Relatrio final - IEVA
 
Transporte sustentável e políticas públicas
Transporte sustentável e políticas públicasTransporte sustentável e políticas públicas
Transporte sustentável e políticas públicas
 
Aviação e CO2 ppt
Aviação e CO2 pptAviação e CO2 ppt
Aviação e CO2 ppt
 
Carta Nautica julho 2019
Carta Nautica julho 2019Carta Nautica julho 2019
Carta Nautica julho 2019
 
Desafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do Porto
Desafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do PortoDesafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do Porto
Desafios de Sustentabilidade Energética por Agência de Energia do Porto
 
Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2
Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2
Autoestradas do Mar - Mobilidade e Comunicação 2
 
FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...
FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...
FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias ren...
 
Documentos externos
Documentos externosDocumentos externos
Documentos externos
 
Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP
Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP
Transporte Marítimo de Curta Distância (TMCD) nos Portos da APLOP
 
Mercado Europeu das licenças de carbono
Mercado Europeu das licenças de carbonoMercado Europeu das licenças de carbono
Mercado Europeu das licenças de carbono
 
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
 
SIIG – Sistema de Identificação e Informação Geográfica
SIIG – Sistema de Identificação e Informação GeográficaSIIG – Sistema de Identificação e Informação Geográfica
SIIG – Sistema de Identificação e Informação Geográfica
 
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - maio 2017
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - maio 2017Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - maio 2017
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - maio 2017
 
2 quetzal posicionamento dinâmico
2 quetzal posicionamento dinâmico2 quetzal posicionamento dinâmico
2 quetzal posicionamento dinâmico
 
PosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.ppt
PosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.pptPosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.ppt
PosGraduaçao_Direito de Agua1_Junho 2012.ppt
 
Doc Geo 10
Doc Geo 10Doc Geo 10
Doc Geo 10
 

Mais de aplop

Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]aplop
 
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]aplop
 
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]aplop
 
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...aplop
 
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...aplop
 
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...aplop
 
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaA estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaaplop
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesaplop
 
Direito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPDireito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPaplop
 
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de MoçambiqueOs Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambiqueaplop
 
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e EstratégiaO Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégiaaplop
 
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do BrasilO Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasilaplop
 
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo VerdeNovo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verdeaplop
 
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da EuropaPorto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europaaplop
 
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoPortugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoaplop
 
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPExportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPaplop
 
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESESINVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESESaplop
 
O Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em MarrocosO Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em Marrocosaplop
 
O desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de TibarO desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de Tibaraplop
 
Indicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua Portuguesa
Indicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua PortuguesaIndicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua Portuguesa
Indicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua Portuguesaaplop
 

Mais de aplop (20)

Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
 
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
 
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
 
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
 
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
 
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
 
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaA estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
 
Direito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPDireito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOP
 
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de MoçambiqueOs Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
 
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e EstratégiaO Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
 
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do BrasilO Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
 
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo VerdeNovo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
 
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da EuropaPorto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
 
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoPortugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
 
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPExportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
 
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESESINVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
 
O Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em MarrocosO Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em Marrocos
 
O desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de TibarO desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de Tibar
 
Indicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua Portuguesa
Indicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua PortuguesaIndicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua Portuguesa
Indicadores e Tendências da Economia do Mar nos Países de Língua Portuguesa
 

“Contributos para Gestão Integrada - Porto de Lisboa” – Natércia Cabral

  • 1. ESTREITANDO RELAÇÕES COMERCIAIS E DE COOPERAÇÃO NO ESPAÇO DA LUSOFONIA O PAPEL DOS PORTOS NO DESENVOLIMENTO ECONÓMICO DO ESPAÇO CPLP “ Contributos para Gestão Integrada” (Porto de Lisboa) Natércia Magalhães Cabral IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011
  • 2.
  • 3. Enquadramento Legal IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 CIMEIRAS OUTROS DISPOSITIVOS DE COOPERAÇÃO E DE REGULAÇÃO TÉCNICA E ECONÓMICA Portos Países Europa Internacional REGULAMENTOS PORTUÁRIOS LEGISLAÇÃO NACIONAL DIRETIVAS EUROPEIAS CONVENÇÕES IMO/ UN 1948/1982
  • 4. Convenção MARPOL – 1973/78 Desmantel. navios Águas de Lastro Hidrocarbonetos Anexo I Carga Anexo II Anexo III Resíduos (lixos) Anexo V Poluição atmosférica Anexo VI Águas residuais (esgotos) Anexo IV Eficiência Energética ANEXO VI (revisão) CONVENÇÃO MARPOL
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Convenção MARPOL Anexo VI – revisão em 2011
  • 10.
  • 11. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio 4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto 10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
  • 12. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio 4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto 10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
  • 13. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Energias alternativas
  • 14. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio 4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto 10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio 4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto 10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
  • 19.
  • 20.
  • 21. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 IMO - Abordagens para redução das emissões gasosas/Eficiência Energética Abordagem Medida Tecnológica 1. Equipamentos de controlo de emissões 2. Sistemas de propulsão mais eficientes 3. Optimização do design e hidrodinâmica do navio 4. Fontes de energia alternativas 5. Combustíveis limpos Operacional 6. Redução da velocidade 7. Selecção da rota 8. Optimização do tempo e condições de navegação 9. Redução da estadia em porto 10. Fontes de energia alternativa – Cold Ironing Económicos 11. Taxas portuárias diferenciadas 12. Subsídios 13. Outros incentivos económicos 14. Sistemas voluntários
  • 22.
  • 23.  
  • 24. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Iniciativas específicas: MPE MPE “ Meeting Point Environment” OBJETIVOS - Reforçar o perfil ambiental do porto ao longo da cadeia logística; - Criar uma imagem positiva da Comunidade Portuária no que se refere ao compromisso Ambiental. MEMBROS Comunidade Portuária Outros parceiros na cadeia logística
  • 25. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 CNSS “ Clean North Sea Shipping” OBJETIVOS Redução da emissão de gases pelos navios na Região do mar do Norte MEMBROS Países 6 Parceiros 18 Portos, Carregadores, Companhias de navegação, Individualidades Iniciativas específicas: CNSS
  • 26.
  • 27. Dakar Abidjan Cotonou Lagos Autoridade Portos TRANSNET Autoridade Portos do KENYIA IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Iniciativas específicas: WPCI
  • 28. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Desafios de Cooperação Instrumentos económicos de incentivo ao navio ISO 14001 e Green Award Tarifário de resíduos: Serviço mínimo Projetos Piloto Cooperação com terminais concessionados Parcerias para avaliação do desempenho energético do terminal e aplicação de medidas de melhoria. Boas práticas ambientais Navios/terminais
  • 29. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Boas práticas ambientais: navios Emissões gasosas Resíduos sólidos Hidrocarbonetos Águas residuais e de lastro
  • 30. IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 Energias renováveis
  • 31. OBRIGADA www.portodelisboa.pt IV Encontro de Portos da CPLP – Cidade do Mindelo, 17 de Novembro de 2011 LEIXÕES LISBOA LISBOA
  • 32.