Uma "receita", pois então!

382 visualizações

Publicada em

Publicada em: Economia e finanças, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma "receita", pois então!

  1. 1. “ Receita” para uma avaliação de qualidade António Pereira Escola Secundária de Ferreira Dias - Cacém
  2. 2. Menu <ul><li>Duas entradas </li></ul><ul><li>Um prato principal </li></ul><ul><li>Uma sobremesa </li></ul><ul><li>Um digestivo </li></ul>
  3. 3. Entrada 1 <ul><li>Avaliação </li></ul><ul><li>= </li></ul><ul><li>? </li></ul>
  4. 4. Entrada 1 <ul><li>Sistema complexo de equilíbrios frágeis </li></ul><ul><li>Instrumento de ajuda aos avaliados </li></ul><ul><li>Momento de comunicação social </li></ul><ul><li>Valorização do conhecimento, motivação </li></ul><ul><li>Estimativa </li></ul><ul><li>Diferenciação </li></ul><ul><li>Subjectividade </li></ul><ul><li>Processo parcial e inacabado </li></ul>
  5. 5. Entrada 1 <ul><li>Fontes: </li></ul><ul><li>Philippe PERRENOUD </li></ul><ul><li>Charles HADJI </li></ul><ul><li>André DE PERETTI </li></ul><ul><li>Jornada Pedagógica em Montpellier: Évaluation, quoi de neuf? </li></ul>
  6. 6. Entrada 2 <ul><li>Distinção clara entre dois conceitos indissociáveis que, quando misturados indevidamente, podem “deslassar”. </li></ul>
  7. 7. Entrada 2 <ul><li>Conceito 1: </li></ul><ul><li>Sinónimo de: </li></ul><ul><li>Comparar </li></ul><ul><li>Seriar </li></ul><ul><li>Resultado (quantitativo/qualitativo) </li></ul><ul><li>-------------------  FUNÇÃO SELECTIVA </li></ul><ul><li>C L A S S I F I C A Ç Ã O </li></ul>
  8. 8. Entrada 2 <ul><li>Conceito 2: </li></ul><ul><li>Sinónimo de: </li></ul><ul><li>Descrever aprendizagens </li></ul><ul><li>Identificar dificuldades/progressos </li></ul><ul><li>Processo </li></ul><ul><li>------------------  FUNÇÃO FORMATIVA </li></ul><ul><li>A V A L I A Ç Ã O </li></ul>
  9. 9. Plat de résistance <ul><li>Sopa de l e t r a s suculentas </li></ul><ul><li>à António Pereira </li></ul><ul><li>Escolhidas a dedo e com muito significado! </li></ul>
  10. 10. Plat de résistance <ul><li>A de… </li></ul><ul><li>Auto </li></ul><ul><li>Auto-avaliação, autocorrecção  AUTONOMIA </li></ul><ul><li>C de… </li></ul><ul><li>Competência </li></ul><ul><li>= acção, resolução de problemas </li></ul>
  11. 11. Plat de résistance <ul><li>D de… </li></ul><ul><li>Diversificação </li></ul><ul><li>= avaliar sob diferentes perspectivas, recorrendo a instrumentos e registos diversificados, é uma forma de dar autenticidade à avaliação, pois dá mais oportunidades aos avaliados. </li></ul>
  12. 12. Plat de résistance <ul><li>E de… </li></ul><ul><li>Economia </li></ul><ul><li>= no tempo, na simplicidade de processos, nos custos </li></ul><ul><li>Erro = material de aprendizagem </li></ul><ul><li>P de… </li></ul><ul><li>Portefólio </li></ul><ul><li>= avaliação sobretudo formativa: reflexão sobre os processos e resultados das aprendizagens, autocorrecção, auto- -avaliação, desenvolvimento da autonomia, organização, sentido da responsabilidade… </li></ul>
  13. 13. Plat de résistance <ul><li>T de… </li></ul><ul><li>Transparência </li></ul><ul><li>= envolvimento do avaliado em tudo o que diz respeito à sua avaliação (critérios, cotações, ponderações, fórmulas…) </li></ul>
  14. 14. Plat de résistance <ul><li>V de… </li></ul><ul><li>Valorização do conhecimento </li></ul><ul><li>= na avaliação, nada se perde tudo se aproveita. E ver o copo meio-cheio em vez de meio-vazio, pode ajudar… </li></ul>
  15. 15. Plat de résistance <ul><li>S de… </li></ul><ul><li>Solidez de todo o edifício da avaliação: </li></ul><ul><li>= </li></ul><ul><li>validade </li></ul><ul><li>fiabilidade </li></ul><ul><li>estandardização </li></ul>
  16. 16. Plat de résistance <ul><li>Nota final: </li></ul><ul><li>Pode juntar mais letras a gosto. Não tenha medo de fazer experiências! </li></ul>
  17. 17. Sobremesa <ul><li>Suflé de objectividade batida em castelos de i l u s ã o . </li></ul><ul><li>É importante acreditar que a objectividade vai crescer, embora isso possa não acontecer… </li></ul>
  18. 18. Digestivo <ul><li>Licorzinho de </li></ul><ul><li>imaginação , persistência e motivação , tudo bem macerado numa mistura de fé q. b. e muito bom senso a 100º! </li></ul><ul><li>Nota: </li></ul><ul><li>Pode consumir sem moderação. Não tem efeitos secundários e, ao contrário de outras bebidas, pode evitar ressacas e amargos de boca! </li></ul>
  19. 19. E sai uma avaliação bem quentinha... <ul><li>Bon appétit! </li></ul><ul><li>Bon appétit! </li></ul>
  20. 20. PowerPoint disponível em: <ul><li>http://literatura--portuguesa.blogspot.com </li></ul>

×