InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039

6.913 visualizações

Publicada em

Influência da Temperatura nos animais e nas plantas

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.913
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
85
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039

  1. 1. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS FACTORES ABIÓTICOS
  2. 2. PRINCIPAIS FACTORES ABIÓTICOS INFLUENCIAM: <ul><li>A Distribuição </li></ul><ul><li>As Características </li></ul><ul><li>A Quantidade </li></ul>Dos seres vivos de um ecossistema Não actuam sozinhos Num dado ecossistema, os factores abióticos relacionam-se com o CLIMA (Temperatura, luz, humidade) … Mas também com o tipo de SOLO
  3. 3. PRINCIPAIS FACTORES ABIÓTICOS Cada factor abiótico pode favorecer ou dificultar o desenvolvimento de um organismo, de uma população ou de uma comunidade ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS SALINIDADE
  4. 4. PRINCIPAIS FACTORES ABIÓTICOS RESOLUÇÃO DE QUESTÕES – PÁG.19 FACTOR LIMITANTE = Factor cujo valor (alto ou baixo) impede o desenvolvimento de uma espécie
  5. 5. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS A TEMPERATURA AGE SOBRE OS SERES VIVOS INFLUENCIANDO … 1 – O seu período de actividade 2 – As suas características 3 – O seu comportamento
  6. 6. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS Existem animais como os mamíferos e as aves que, através da actividade das suas células, controlam internamente a temperatura do corpo: SERES HOMEOTÉRMICOS OU ENDOTÉRMICOS
  7. 7. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS Outros, como a maioria dos Répteis, o caracol, o ouriço- cacheiro, não têm a capacidade para controlar internamente a temperatura corporal, pelo que o fazem através de comportamentos que assumem… Exs: - Maior ou menor exposição aos raios solares, procura de locais mais aquecidos ou de abrigos mais frescos SÃO ANIMAIS POIQUILOTÉRMICOS OU ECTOTÉRMICOS
  8. 8. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS Muitos animais apresentam características morfológicas que lhes permitem adaptar-se a condições adversas de temperatura
  9. 9. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS COMO SE ADAPTAM ALGUNS ANIMAIS ÀS TEMPERATURAS DESFAVORÁVEIS? Alguns animais não conseguem manter-se activos a baixas temperaturas, recorrendo à HIBERNAÇÃO = Estado de dormência em que o animal reduz ao mínimo a sua actividade. Exs: Esquilo, morcego, Leirão dos pomares, ouriço – cacheiro, marmota Leirão
  10. 10. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS As marmotas adaptam-se às baixas temperaturas hibernando
  11. 11. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS Os anfíbios e os répteis dos climas frios podem hibernar vários meses no ano. ESTIVAÇÃO Estado de dormência em que o animal reduz ao mínimo a sua actividade em períodos quentes e secos.
  12. 12. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS MIGRAÇÃO A maior parte dos animais que migram, migram para zonas mais quentes em busca de alimento. A MIGRAÇÃO é o movimento sazonal regular dos animais de um local para outro. Permite um aumento da população por aumento de natalidade. Exs: Atum, Enguias, Salmão, Cegonha negra, flamingos, Cagarras, Andorinha-do-Ártico. Cagarra CURIOSIDADE: A Andorinha-do-Ártico executa a maior migração conhecida, deslocando-se, sem descanso, desde o Círculo Polar Ártico, quando surge a “noite” polar (Inverno), até ao Pólo Sul, à procura do “dia” polar (Verão), percorrendo pelo menos 18000Km Questões – Pág. 21
  13. 13. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS Pág.22 – ANALISO, INTERPRETO-DESCUBRO Quanto à amplitude térmica de existência… Os lobos, por exemplo, têm uma grande amplitude térmica de existência = SERES EURITÉRMICOS… … As serpentes têm uma pequena amplitude térmica de existência= SERES ESTENOTÉRMICOS
  14. 14. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS QUAL A INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NAS PLANTAS? Nas regiões em que neva, as árvores e arbustos de folha persistente – em que as folhas duram mais que um ano – têm, geralmente, forma cónica, para que a neve possa escorregar sem partir os ramos Nas árvores e arbustos de folha caduca (Exs: Carvalho, Freixo), as folhas caem nas estações mais frias … … Estas espécies mantêm-se em estado latente durante o Inverno e, quando a temperatura sobe, desabrocham em folhas ou flores Outras plantas, resistem às baixas temperaturas, ficando reduzidas aos órgãos subterrâneos - rizomas, tubérculos, bolbos – ou a sementes ->
  15. 15. INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NOS SERES VIVOS QUAL A INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA NAS PLANTAS?

×