Estudo da Fonética do
Idioma Português
Profª Drª
Maria de Lourdes
Fenômeno linguístico: natureza
física e ordem intelectual
 Fonética: o estudo da
substância linguística
(sons)⇔conhecimen...
código oral
falante........................mensagem................................ouvinte
moléculas de ar
1ª etapa: psíqu...
Aparelho fonador
Aparelho articulador
 Pulmões - principal
fonte de ar para a
produção de sons da
fala. Os pulmões são
conectados à traque...
 Traqueia - é
responsável pela maior
fonte de energia para a
produção dos sons da
fala. É formada por
anéis cartilaginoso...
 Laringe - trata-se de uma
válvula cuja função
principal é controlar o ar
que sai e entra nos
pulmões, além de impedir
a ...
 Cordas vocais - não são cordas, mas
ligamentos de tecido elástico que
estão unidos às cartilagens aritenóides
- na parte...

Glote - é o espaço, a
abertura entre as
cordas vocais. Tal
abertura pode assumir
deferentes formas,
dependendo da
posiçã...
 Epiglote - cartilagem
em forma de colher,
cuja função é fechar a
laringe de modo que o
alimento não entre
nela, logo, no...
 Faringe - é um tubo
muscular com forma de
um cone invertido, que vai
da glote à base do crânio.
Através dele ocorre a
pa...
 Véu palatino - também
conhecido como palato mole.
É a continuação do céu da
boca. Esse tecido muscular
termina na úvula....
 Úvula - trata-se de
um prolongamento do
véu palatino, é
popularmente
conhecida como
"campainha"
 Cavidade nasal - o
espaço entre a
passagem velo-
faringal e as fossas
nasais. Quando o véu
palatino está
abaixado, o ar ...
 Palato duro - parte
superior da cavidade
bucal, fica à frente do
véu palatino, logo
atrás da arcada
alveolar. É fixa e
ó...
 Cavidade oral -
formada pelos lábios,
dentes, mandíbula e
língua. Dentro dela
destacam-se, ainda,
os alvéolos.
 Arcada alveolar - parte
óssea atrás dos dentes
superiores, antes do
palato duro.
 Dentes - influem na
fonação porque
podem impedir, total
ou parcialmente, a
passagem de ar.
 Lábios - duas pregas
que marcam o final da
cavidade oral e do
trato vocal. Sua
composição muscular
permite grande
plasti...
 Mandíbula - sua
mobilidade permite
alterações na
cavidade oral.
 Língua - trata-se de um
grande músculo
extremamente móvel
responsável pelas
maiores modificações
do volume e da
geometri...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo da fonética_do_idioma_português_-_slides[1] (1)

223 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
223
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo da fonética_do_idioma_português_-_slides[1] (1)

  1. 1. Estudo da Fonética do Idioma Português Profª Drª Maria de Lourdes
  2. 2. Fenômeno linguístico: natureza física e ordem intelectual  Fonética: o estudo da substância linguística (sons)⇔conhecimento da forma (fonemas);  Percepção de sons;  Reconhecimento de signos idiomáticos (códigos de comunicação social);  Sons articulados (código oral);  Sons e letras (código oral e código escrito).  O ato de fala compreende pelo menos a existência de:  - falante/ouvinte  - conhecimento prévio de um código que sema comum a ambos  - uma mensagem codificada/decodificada  - um contexto extralinguístico  - um canal, as moléculas de ar do meio ambiente
  3. 3. código oral falante........................mensagem................................ouvinte moléculas de ar 1ª etapa: psíquica 1ª etapa: acústica 2ª etapa: fisiológica 2ª etapa: fisiológica 3ª etapa: acústica 3ª etapa: psíquica
  4. 4. Aparelho fonador
  5. 5. Aparelho articulador  Pulmões - principal fonte de ar para a produção de sons da fala. Os pulmões são conectados à traqueia por dois tubos bronquiais.
  6. 6.  Traqueia - é responsável pela maior fonte de energia para a produção dos sons da fala. É formada por anéis cartilaginosos que se mantêm unidos por uma membrana. A traqueia vai dos tubos bronquiais até a laringe.
  7. 7.  Laringe - trata-se de uma válvula cuja função principal é controlar o ar que sai e entra nos pulmões, além de impedir a entrada dos alimentos neles. É formada por várias cartilagens, que se movimentam entre elas e algumas delas se ligam às cordas vocais.
  8. 8.  Cordas vocais - não são cordas, mas ligamentos de tecido elástico que estão unidos às cartilagens aritenóides - na parte de trás, chamada de posterior, da laringe; e à tireóide - localizada na parte da frente, chamada de anterior, da laringe. Assim, as cordas vocais são fixas na tireóide e seu movimento de abertura se dá pelo movimento das cartilagens aritenóides. A abertura ou fechamento dessas cartilagens faz com que as cordas vocais se abram ou fechem em diferentes graus, provocando, dessa forma, alterações na corrente de ar que vem do pulmão.
  9. 9.  Glote - é o espaço, a abertura entre as cordas vocais. Tal abertura pode assumir deferentes formas, dependendo da posição das cordas vocais.
  10. 10.  Epiglote - cartilagem em forma de colher, cuja função é fechar a laringe de modo que o alimento não entre nela, logo, nos pulmões.
  11. 11.  Faringe - é um tubo muscular com forma de um cone invertido, que vai da glote à base do crânio. Através dele ocorre a passagem do ar para a respiração e para a fonação (via traquéia) e do alimento ingerido (via esôfago). Ela se divide em oro-faringe - que vai da glote até o véu palatino; e naso-faringe - do véu palatino até as fossas nasais.
  12. 12.  Véu palatino - também conhecido como palato mole. É a continuação do céu da boca. Esse tecido muscular termina na úvula. Ele se move para cima de modo a impedir a passagem do ar pela cavidade nasal, permitindo sua passagem apenas pela cavidade oral. Sendo assim, quando o véu palatino está abaixado, a passagem velo-faringal encontra-se aberta e o ar pode passar pela cavidade nasal.
  13. 13.  Úvula - trata-se de um prolongamento do véu palatino, é popularmente conhecida como "campainha"
  14. 14.  Cavidade nasal - o espaço entre a passagem velo- faringal e as fossas nasais. Quando o véu palatino está abaixado, o ar transita por essa passagem. É separado da cavidade oral pelo palato duro.
  15. 15.  Palato duro - parte superior da cavidade bucal, fica à frente do véu palatino, logo atrás da arcada alveolar. É fixa e óssea. Também é conhecida como abóbada. Ocupa dois terços do palato.
  16. 16.  Cavidade oral - formada pelos lábios, dentes, mandíbula e língua. Dentro dela destacam-se, ainda, os alvéolos.
  17. 17.  Arcada alveolar - parte óssea atrás dos dentes superiores, antes do palato duro.
  18. 18.  Dentes - influem na fonação porque podem impedir, total ou parcialmente, a passagem de ar.
  19. 19.  Lábios - duas pregas que marcam o final da cavidade oral e do trato vocal. Sua composição muscular permite grande plasticidade e mobilidade, alterando a forma da cavidade oral.
  20. 20.  Mandíbula - sua mobilidade permite alterações na cavidade oral.
  21. 21.  Língua - trata-se de um grande músculo extremamente móvel responsável pelas maiores modificações do volume e da geometria da cavidade oral.

×