Mídia Online: Fundamentals

646 visualizações

Publicada em

Mídia online - conceitos principais.

O que é, principais formatos de mídia online, SEM, SEO, redes sociais, Facebook Ads, Google Adwords, Rede de Pesquisa, Rede de Display.

Publicada em: Marketing

Mídia Online: Fundamentals

  1. 1. PROJECT DATE JUN/14 SENAC Tatiana Aoki: diretora de Mídias Sociais da Aoki Media e docente no Senac. email: tatiana.acsilva@sp.senac.br
  2. 2. 1.  Sobre a Aoki Media 2.  Publicidade online: fundamentals 3.  Mundo digital: estatísticas 4.  Mídia online: características 5.  Formatos de mídia online Extras: 1.  Cases 2.  Vídeos 3.  Atividades
  3. 3. Aoki Media www.aokimedia.com.br Facebook.com/aokimedia @aokimedia Empresa selecionada pela incubadora da USP – Cietec.
  4. 4.   Tem o objetivo de influenciar a compra de produtos ou serviços no ambiente digital.
  5. 5.   Área responsável pela veiculação de anúncios no ambiente online.   Origem: media – em inglês   Mídia digital:   Conteúdo produzido e distribuído no formato digital.   Forma de promoção de mensagens de marketing pela internet.
  6. 6.   antenado   escreve bem   gosta de números e estatísticas   analítico   interessado em Photoshop, planilhas, métricas, entre outros.
  7. 7.   1) Junior   Redator   Monitoramento   2) Pleno   Planejamento   Gerenciamento   3) Senior   Consultor   Estrategista   Treinamento   Obs: cenário em mutação
  8. 8.   Designer   Desenvolvedor   Video maker   Roteirista   Business Intelligence   …e mais!
  9. 9.   102,3 milhões de usuários de internet no Brasil (IBOPE - jul/2013)   53% da população brasileira não usa a internet (PNAD/IBGE - mai/2013)   74 milhões de brasileiros com perfil no Facebook (ComScore - mai/2013)   1 a cada a 8 min online são gastos no Facebook
  10. 10.   93% dos marketeiros usam a social media para fazer estratégias   45-54 anos: grupos que mais crescem em uso das mídias sociais   70% do marketing enxergam as mídias sociais como a maneira mais valiosa de branding   90% das 500 maiores empresas usam ao menos uma plataforma de mídia social (SMT - ago/ 2013)
  11. 11. -  Mídia digital cresce, mas… 65% da verba publicitária vai para a televisão (Intermeios/fev/ 2014). -  Índice de confiança nas mídias: -  53% - jornais impressos -  49% - televisão -  40% - revistas -  28% - sites -  24% - redes sociais -  22% - blogs (SECOM/mar/2014).
  12. 12.   Fonte: Digital Insights
  13. 13.   Anos 1990: no começo da Internet, as empresas online disponibilizavam espaço em seus sites.   Formato: não padronizado - normalmente, peças transpostas do offline para o online.   Fonte: PaperCliq
  14. 14.   Fim Anos 90/ Início 2000   Portais: principais responsáveis pela profissionalização da publicidade digital.   Criaram padrões de anúncio, modelos/formatos, mídia kit, entre outros.   Fonte: PaperCliq
  15. 15.   2014   A publicidade digital não se restringe aos portais ou à internet.   Multiplataforma: aumento da possibilidade das agências e anunciantes explorarem o relacionamento por diversas formas, locais, formatos, horários...   Fonte: Going Social
  16. 16.   Aumento e aproximação dos consumidores   Custo x Benefício   Rapidez e flexibilidade   Segmentação   Interatividade e participação   Mensuração de resultados   Convergência da comunicação   Fonte: PaperCliq
  17. 17.   Qual o seu objetivo?   Mercado de destino?   Público alvo?
  18. 18.   Resposta Direta   Branding
  19. 19.   Quais são os objetivos do seu site?   Venda   Geração de leads   Aumento de tráfego   Reconhecimento da marca   Download de conteúdo   Cadastro (Newsletter, Promoções), etc. Fonte: Goobec   Branding
  20. 20.   Quais são os objetivos do seu site?   Venda   Geração de leads   Aumento de tráfego   Reconhecimento da marca   Download de conteúdo   Cadastro (Newsletter, Promoções), etc. Fonte: Goobec   Resposta Direta
  21. 21. Fatores que levam à escolha do formato de publicidade 1. Necessidade do mercado/cliente   Aumentar a presença da Organização   Fortalecer o posicionamento de uma marca/campanha   PotencializarVendas/Conversões   ROI – Retorno do Investimento 2. Novos Ambientes e Dispositivos   Surgimento de novos ambientes online que requisitam formatos adequados à arquitetura da informação, interface, dispositivo, entre outros.   Fonte: PaperCliq
  22. 22. 3. Onde está o consumidor? Redes sociais, blogs, portais, sites, fóruns, comunicadores instantâneos, etc.Vá onde o seu cliente está! 4. Onde o consumidor busca? Na Internet, o usuário está o tempo todo em busca de algo: de informações, produtos, serviços, marcas.Assim, a publicidade digital descobriu uma grande oportunidade para alcançar mais resultados.   Fonte: MeMarketing
  23. 23.   Fonte: IAB
  24. 24. Estáticos ou animados. Com upload de peça gráfica ou utilizando criador de anúncios gráficos. Anúncios gráficos: .gif, .png, .jpg Anúncios rich media -Interativos (Games); -Objetos flutuantes na tela; -Efeitos 3D; Formato: .gif, .png, .jpg Fonte: Goobec PaperCliq Exemplo
  25. 25.   Fonte: Goobec
  26. 26.   Fonte: Goobec
  27. 27.   Sites cedem espaço para que o Google mostre os anúncios;   Comissão: por cliques ou impressões;   Editores: podem controlar os anúncios que aparecem em seu site;   Fiscalizados para evitar fraudes.
  28. 28.   Fonte: Goobec
  29. 29.   AnúnciosTrueView In-stream   São reproduzidos como um anúncio para TV antes, durante ou depois de outro vídeo de um parceiro doYouTube.   Os usuários assistem a cinco segundos de seu vídeo promovido e podem continuar assistindo ou ignorá-lo.   Você paga se eles assistirem a pelo menos 30 segundos ou até o fim do vídeo (o que for menor).
  30. 30.   AnúnciosTrueView na pesquisa   Seu vídeo é exibido em uma seção promovida especial das páginas de resultado de pesquisa de vídeo no YouTube e nos resultados de vídeo do Google.   Você pagará apenas quando um usuário optar por assistir a seu vídeo.
  31. 31.   Seus anúncios são exibidos ao lado de outros vídeos doYouTube ou em websites da Rede de Display do Google que correspondem a seu público-alvo.   Você pagará apenas quando um usuário optar por assistir a seu vídeo.   A forma com que seus anúncios são exibidos depende do editor. Um vídeo "sugerido" doYouTube é exibido na imagem.
  32. 32.   Plataformas:Google AdWords,Yahoo Search Marketing;   Segmentação:   Contextual (busca por palavras-chave) ou em páginas determinadas;   Geográfica: País, Estados, Cidades;   Páginas Específicas ou Redes de Conteúdo;   Modelo de Compra de Mídia:   CPC (Custo por Clique).   Fonte: PaperCliq
  33. 33. Interface Google Adwords
  34. 34.   Fonte: PaperCliq Links Patrocinados
  35. 35.   Fonte: Goobec
  36. 36.   Fonte: Goobec
  37. 37. SEO – Search Engine Optimization SEM – Search Engine Marketing Prós Prós - Relevância - Credibilidade - Relevância - Segmentação - Métricas de ROI - Adquirir Clientes qualificados em potencial Contras Contras - Indexação Google - Tempo de Implementação - Altos Custos - Falta de objetivos claros - Mercados Inflacionados   Fonte: Goobec
  38. 38.   Facebook Ads   Twitter Sponsored   Instagram Ads
  39. 39.   Fonte: SocialEyezer
  40. 40.   Formatos Segmentação: -Localização; -Idade; -Gênero; -Interesses; -Sexualidade; -Relacionamento; -Idiomas; -Educação/Trabalho; -Local de Trabalho; -Conexões no Facebook. Pagamentos: CPM (Custo por Mil Impressões) ou CPC (Custo por Clique).   Fonte: PaperCliq
  41. 41.   Fonte:Agência Mestre
  42. 42.   Fonte:Agência Mestre
  43. 43.   Fonte:Agência Mestre
  44. 44.   Fonte:Agência Mestre
  45. 45.   Fonte:Agência Mestre
  46. 46.   Fonte:Agência Mestre
  47. 47.   Fonte:Agência Mestre
  48. 48.   Fonte:Agência Mestre
  49. 49.   Fonte:Agência Mestre
  50. 50.   Fonte:Agência Mestre
  51. 51.   Fonte:Agência Mestre
  52. 52.   Fonte:Agência Mestre
  53. 53.   Fonte: Seevibes
  54. 54.   Fonte: Mobile Advertising
  55. 55.   SponsoredTweets   Disponibiliza 350 opções de segmentação de um twittie.   Pode aparecer nos TTs,Tweets e na indicação “Quem Seguir”
  56. 56.   Fonte: Standing Dog
  57. 57.   Preferido entre adolescentes;   App faz um processo de revisão para o anúncio parecer “de revista”;   + inspirador e menos invasivo.
  58. 58.   Fonte: Marketing Mojo
  59. 59.   Segmento: B2B   Segmentação: ◦  Idade ◦  Gênero ◦  Geolocalização ◦  Empresa ◦  Grupos ◦  Modelo de compra ◦  CPC ou CPM
  60. 60. Possível criar anúncios ou patrocinar postagens.
  61. 61.   Ocorre de diferentes maneiras no mundo digital.Varia de acordo com: ◦  Objetivos do anunciantes; ◦  Veículo selecionado; ◦  Formato de mídia; ◦  Dispositivo utilizado, etc.   Fonte: PaperCliq
  62. 62.   Fonte:AppFlood
  63. 63.   Custo pelas vezes em que seu anúncio é exibido.   Objetivo: branding. ◦  Para quem quer aparecer. ◦  Redes que posso usar? ◦  Apenas Display.   Fonte:AiderLine
  64. 64.   Quanto eu quero pagar por um clique?   Objetivo: resposta direta.   Redes que posso usar o CPC: ◦  Pesquisa ◦  Display ◦  Plataformas: Google, Bing, LinkedIn, etc.   Fonte: PPC
  65. 65.   O anunciante irá pagar por um tempo determinado.   Os formatos variam conforme a negociação.   Exemplo: formato de blogs e/ou portais.   Fonte: Udemy
  66. 66.   Anunciante paga pelo número de contatos da base fornecida pelo veículo.   Exemplo: email Marketing e Newsletter.   Fonte: Cyber Duck
  67. 67.   A mídia é paga pela visualização.   Exemplo: YouTube (formato TrueView)
  68. 68.   Objetivo: conversão, e não cliques.   Conversão: ação que espero que meu usuário faça dentro do meu site.   O anunciante continua a pagar por cliques.   Cookie: Google sabe que converteu pelo cookie de navegação.   Exemplo: quando o usuário faz inscrição no site ou finaliza a compra no e-commerce.
  69. 69.   Fonte: PaperCliQ
  70. 70.   Briefing:   Quais objetivos e metas do meu cliente?   Público-alvo   Hábitos de navegação;   Comportamentos;   Linguagem;   Segmentação demográfica;   Segmentação psicográfica, etc.   Fonte: PaperCliQ   Imagem: Solving the Money Puzzle
  71. 71.   Estratégia   Com base nos dados obtidos no briefing, fazer brainstorming da campanha, definindo suas particularidades, como: ◦  Conceito; ◦  Período; ◦  Cronograma; ◦  Fluxograma, entre outros.   Fonte: PaperCliQ
  72. 72.   Tática   Seleção de formatos de mídia;   Seleção de ambientes de veiculação;   Plataformas de mídia online;   Modelo de compra de mídia.   Fonte: PaperCliQ   Imagem: CYPF
  73. 73.   Ambientes de veiculação – exemplos   Fonte: PaperCliQ
  74. 74. Análise do Consumidor (SISEMsuite, Galileo, TGI)   Assuntos, atitudes, horários de navegação, comportamentos, local e tipo de acesso, exposição aos meios, compras online. Análise do Mercado (NetViewIbope, comScoreMedia Metrix, Google Ad Planner)   Audiência dos sites e desenvolvimento da categoria, sites mais acessados, análise de mercadores específicos. Análise da Concorrência (Monitor Evolution, NetViewIBOPEe Nielsen AdRelevance)   Comparativos com a concorrência.   Fonte: PaperCliQ
  75. 75. Pesquisa de palavras-chave e tendências: Google Adwords e GoogleTrends.   Fonte: PaperCliQ
  76. 76. Indicadores:   Impressões   Custos/taxas   Cliques   Investimento   Alcance   Frequência   Fonte: PaperCliQ
  77. 77.   CTR(ClickThrough rate) – Impressão x Clique   Número de vezes que o anúncio/peça é visto e o número de vezes que ele é clicado.   Indicativos: efetividade do anúncio/peça, adequação do veículo para a campanha.   CTR = Número total de cliques Número total de impressões   Fonte: PaperCliQ
  78. 78.   Taxa de Conversão   Razão entre o número de vendas e o número de impressões/ cliques em um anúncio.   É o resultado, em vendas, de um determinado anúncio.   Usado em e-commerce.   Mostra o quanto aquele anúncio/peça influencia na venda de um determinado produto/serviço.   Auxilia na comparação de resultados entre veículos.   Conversão = Número de vendas Número total de impressões ou cliques   Fonte: PaperCliQ
  79. 79.   Softwares de monitoramento online   Possível verificar o quanto se falou de um determinado produto/ anúncio/campanha.   É realizado através de buscas por palavras-chave em diversos ambientes online e análise do material coletado baseado em categorias e classificações.   Ex: Hootsuite e Scup.   Fonte: PaperCliQ
  80. 80.   PaperCliQ: http://www.slideshare.net/papercliq/publicidade-digital-midia-online   Digital Insights   IAB: http://iabbrasil.net/portal/   Goobec: http://goobec.com.br/   Google.com

×