SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
A PRÁTICA DA
VIDA DEVOCIONAL
PROJETO MESTRES DA PALAVRA
Profº,Pb: Antônio Soares
Texto básico: Rm 12.1
Introdução
 Inicialmente vamos fazer uma reflexão introspectiva
1- Você já leu a bíblia toda?
2 – Quanto tempo de oração você dedica todo dia?
3 – Você costuma ler a Bíblia com que frequência?
 Sem dúvida! Há uma grande relevância na prática da Vida Devocional.
Isso é um fato.
 Precisamos ter consciência e cultivar a vida devocional. Sabe por quê?
 Deus já nos doou todas as coisas para que tenhamos uma vida plena e
abundante para nossa vida.
 Basta apenas colocar em prática.
 Quero destacar alguns pontos importantes para nossa reflexão sobre essa
temática
I – O QUE É A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL?
1.1 - É uma vida de consagração através de uma profunda dedicação e
íntima comunhão com todo o nosso ser à pessoa de Deus, ou seja. É uma
entrega sem reservas.
1.2 – É proporcionar nossa renovação.(Rm 12.12)
Rm 12.2” E não sede conformados com este mundo, mas sede
transformados pela renovação do vosso entendimento, para que
experimenteis qual seja a boa,agradável,e perfeita vontade de Deus”
1.3 – É proporcionar desenvolvimento. (2Pe 3.18).
“Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus
Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade.
Amém. (2Pe 3.18).
1.4 – É proporcionar preservação. (João 10.27-29;Ap 3.10,11).
“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-
lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
(João 10:27-29;Ap 3.10,11).
I – O QUE É A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL?
1.4 – É proporcionar preservação. (João 10.27-29;Ap 3.10,11).
(João 10.27-29) - 27As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço,
e elas me seguem.
28Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá
arrancar da minha mão.
29Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode
arrancar da mão de meu Pai.
(Ap 3.10,11)10"Visto que você guardou a minha palavra de exortação à
perseverança, eu também o guardarei da hora da provação que está para
vir sobre todo o mundo, para pôr à prova os que habitam na terra.
11"Venho em breve! Retenha o que você tem, para que ninguém tome a
sua coroa.
1.5 – É Relacionamento com Deus. Essa é a palavra chave.
Vida devocional nada mais é que relacionamento com Deus, onde o
líder conhece o caráter de Deus e os propósitos de Deus para a sua
vida e para o seu povo.
Sua Vida Devocional Produzirá Resultados Maravilhosos.
I – O QUE É A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL?
II – PORQUE É IMPORTANTE CULTIVARMOS UMA VIDA DEVOCIONAL?
2.1 – Jesus nos deu o exemplo.
 Jesus necessitava de um tempo a sós com o
seu Pai.
 Quanto mais, então, nós precisamos disso!
Veja Lucas 5:16. No versículo anterior a esse é
explicado que a fama de Cristo estava se
espalhando e o sucesso de seu ministério o
compelia há gastar mais tempo com Deus.
 Em meio a um ministério cada vez mais movimentado, ele se isolava da
multidão para ter um tempo em silêncio. Em Marcos 1:35 ficamos
sabendo que Jesus antes de começar seu dia de trabalho gastava tempo
com o Pai.
II – PORQUE É IMPORTANTE CULTIVARMOS UMA VIDA DEVOCIONAL?
2.2 – Temos muitos exemplos.
 Ralph Neighbour Jr. adverte: "Se você tem de fazer uma escolha entre orar e
fazer, escolha orar. Você realizará mais, e então alcançará mais pelo que faz,
porque você orou!”
 Martinho Lutero contou que quando estava muito ocupado precisava gastar
três horas pela manhã com Deus.
 John Welch freqüentemente gastava de sete a oito horas por dia em oração
reservada.
 J. O Frasier, um missionário que trabalhava com as tribos lisus da China
ocidental, gastava metade do seu dia em oração e a outra metade em
evangelismo.
 David Cho, que pastoreia a maior igreja na história do cristianismo atribui o
crescimento da sua igreja ao tempo investido em oração.
III – Como posso desenvolver um devocional?
Primeiro Planejamento.
O dicionário Aurélio, diz que é fazer o plano ou a
planta de;projetar;traçar,tencionar,elaborar um plano
de.
O mesmo ocorre com a vida devocional, por isso é
necessário escolher:
1- O momento da hora do devocional.
- Para evitar interrupções,desvios,etc. Pela manhã, à noite, como
você achar melhor. É preciso dar tempo para Deus (Mc 1.35).
Mc 1.35 “E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda
escuro,saiu,e foi para um lugar,deserto,e ali orava”.
“E, saindo, foi, como costumava, para o
Monte das Oliveiras; e também os seus
discípulos o seguiram. Lucas 22:39-40
III – Como posso desenvolver um devocional?
“E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu,
e foi para um lugar deserto, e ali orava.” Marcos 1:35-36
2 – Um local apropriado (Lc 22.39). Jesus deu valor a essa questão (Mc 1.35).
IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
4.1 – A Leitura da Bíblia
- Porque ela foi inspirada por Deus para nos ensinar,redarguir,corrigir e instruir. (2Tm 3.16)
Como ler a Bíblia?
1. Conhecendo e amando seu autor.
2. Esperando que Deus lhes fale (Sl 119.18).
3. Fazendo perguntas tais quais:
a) Há alguma promessa para mim?
b) Há no texto, exemplos para mim?
c) Há advertência para mim?
d) O que devo praticar na minha vida?
Por onde começar?
- De preferencia no Novo Testamento, começando pelo evangelho de João ,depois o de Mateus, prosseguindo até o
último livro do Novo Testamento. Em seguida inicie a leitura do Antigo Testamento, começando por Gênesis.
- Você agora vai iniciar a leitura da sua Bíblia. Veja os livros do Novo Testamento (NT) e suas abreviações.
S. Mateus Mt II Tessalonicensses II Ts.
S. João Jo II Timóteo II Tm
I Corintios I Co Hebreus HB
Efésios Ef 2Pedro 2Pe
I Tessalonicensses 1Ts 3 João 3Jo
Filemom Fm S.Lucas Lc
1Pedro 1Pe Romanos Rm
2 João 2Jo Gálatas Gl
Apocalipse Ap Colossenses Cl
S.Marcos Mc Tito Tt
Atos At Tiago Tg
2Corintios 2Co 1João 1Jo
Filipenses Fp Judas Jd
IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
4.2 – A Oração
- A oração é a comunicação, um diálogo com Deus, intima e profunda.
1 - Existe quatro tipos de oração
a) Oração de Gratidão.
b) Oração de confissão.
c) Oração de Intercessão
d) Oração de Petição
2 – Como Orar
a) Em nome de Jesus (Jo 14.13,14)
b) Confiando na intercessão do Espírito Santo. (Rm 8.26)
c) Sendo perseverante (Lc 11.5-8)
d) Com sinceridade (Mt 6.5-8);
e) Com humildade (1Pe 5.5,6)
f) Com fé. (Mc 11.24)
g) Com objetivo a ser alcançado (Mc 10.51)
0bs: Nunca se esqueça de que a oração é a chave que
abre as portas e as janelas do céu.
IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
4.3 - O Jejum.
- O que é o Jejum?
- O Jejum é uma certa abstinência total ou parcial de alimentos.
- O jejum na consagração pessoal, é a sublime tarefa que consiste no afastamento
temporário de alimentos. Ex: Mt 6.16-19, DNe 6,18, Mt 4.2.
• Alguns orientações sobre o jejum.
- O jejum pode ser total ou parcial
a) Jejum – Total – Não come nada.
b) Jejum – Parcial – pode se alimentar de frutas.
1. Determine previamente o tempo de duração;
2. Comece afastando-se dos alimentos sólidos.
3. Durante o jejum ore, por um tempo determinado;
4. Peça perdão dos seus pecados a Deus;
5. Escolha alguns versículos bíblicos para meditação;
6. Jejue com o propósito definido.
IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
V – SUGESTÕES PRÁTICAS PARA MELHORAR A SUA VIDA DEVOCIONAL
 Seja criativo e use todos os recursos que você disponha;
 Comece cantando ou tocando músicas que exaltam o caráter de Deus;
 Leia sistemática e criteriosamente a sua Bíblia;
 Não permita que nada atrapalhe ou interrompa o seu encontro;
 Não deixe de confessar a Deus os seus pecados;
 Escreva as suas orações de compromisso (date e assine);
 Estabeleça seu próprio plano devocional, com horários que são
possíveis de serem praticados.
 Não diga que não tem tempo. Organize seu tempo, estabeleça a
prioridade.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Portanto, desejo que Deus continue te abençoando e que você
continue cultivando relacionamentos frutífero de devoção ao
nosso Deus.
Rm 12.2” E não sede conformados com este mundo, mas
sede transformados pela renovação do vosso entendimento,
para que experimenteis qual seja a boa,agradável,e perfeita
vontade de Deus”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

(01) apresentação aula 1 a bíblia
(01) apresentação aula 1 a bíblia(01) apresentação aula 1 a bíblia
(01) apresentação aula 1 a bíblia
GlauciaSlides
 

Mais procurados (20)

Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
(01) apresentação aula 1 a bíblia
(01) apresentação aula 1 a bíblia(01) apresentação aula 1 a bíblia
(01) apresentação aula 1 a bíblia
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamentoA definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
 
Como preparar uma pregação
Como preparar uma pregaçãoComo preparar uma pregação
Como preparar uma pregação
 
Lição 3 - O Ministério de Jesus
Lição 3 - O Ministério de JesusLição 3 - O Ministério de Jesus
Lição 3 - O Ministério de Jesus
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
 
Quem é jesus power point
Quem é jesus power pointQuem é jesus power point
Quem é jesus power point
 
Lição 5 Aliança Mosaica
Lição 5   Aliança MosaicaLição 5   Aliança Mosaica
Lição 5 Aliança Mosaica
 
Lição 1 - Tempo para todas as coisas
Lição 1 - Tempo para todas as coisasLição 1 - Tempo para todas as coisas
Lição 1 - Tempo para todas as coisas
 
O Tabernáculo (apostila)
O Tabernáculo (apostila)O Tabernáculo (apostila)
O Tabernáculo (apostila)
 
Dízimos e Ofertas.pps
Dízimos e Ofertas.ppsDízimos e Ofertas.pps
Dízimos e Ofertas.pps
 
Lição 12 novos céus e nova terra
Lição 12  novos céus e nova terraLição 12  novos céus e nova terra
Lição 12 novos céus e nova terra
 
Ativação ministerios
Ativação ministeriosAtivação ministerios
Ativação ministerios
 
Profetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresProfetas maiores e menores
Profetas maiores e menores
 
Biblia facil
Biblia facilBiblia facil
Biblia facil
 
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 5.pptx
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 5.pptxIBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 5.pptx
IBADEP - BIBLIOLOGIA AULA 5.pptx
 
Apocalipse aula 20-08-2016
Apocalipse   aula 20-08-2016 Apocalipse   aula 20-08-2016
Apocalipse aula 20-08-2016
 
APOSTILA DISCIPULADO BASICO
APOSTILA DISCIPULADO BASICOAPOSTILA DISCIPULADO BASICO
APOSTILA DISCIPULADO BASICO
 

Semelhante a Mestre da palavra(devocional)

4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais
Jr Buzinely
 
Metodos e recusos para estudo da biblia
Metodos e recusos para estudo da bibliaMetodos e recusos para estudo da biblia
Metodos e recusos para estudo da biblia
leticia santana
 
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Antonio Filho
 
Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)
Carlos Santos
 
Lição 12 meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...
Lição 12   meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...Lição 12   meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...
Lição 12 meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...
Sergio Silva
 

Semelhante a Mestre da palavra(devocional) (20)

4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais
 
Disciplinas espirituais
Disciplinas espirituaisDisciplinas espirituais
Disciplinas espirituais
 
Como Estudar A BíBlia
Como Estudar A BíBliaComo Estudar A BíBlia
Como Estudar A BíBlia
 
Metodos e recusos para estudo da biblia
Metodos e recusos para estudo da bibliaMetodos e recusos para estudo da biblia
Metodos e recusos para estudo da biblia
 
Nistocremos pg
Nistocremos pgNistocremos pg
Nistocremos pg
 
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
Curso bíblico discipulado(lições 1 2 3)
 
Aula 3 Discipulado Cristão T24 pdf.pdf.
Aula 3 Discipulado Cristão T24 pdf.pdf.Aula 3 Discipulado Cristão T24 pdf.pdf.
Aula 3 Discipulado Cristão T24 pdf.pdf.
 
Livro de discipulado para surdos
Livro de discipulado para surdosLivro de discipulado para surdos
Livro de discipulado para surdos
 
Livrodediscipuladosurdo 150520193821-lva1-app6892
Livrodediscipuladosurdo 150520193821-lva1-app6892Livrodediscipuladosurdo 150520193821-lva1-app6892
Livrodediscipuladosurdo 150520193821-lva1-app6892
 
Nova Criatura (M.D.A.)
Nova Criatura (M.D.A.)Nova Criatura (M.D.A.)
Nova Criatura (M.D.A.)
 
Jesus deseja 1
Jesus deseja 1Jesus deseja 1
Jesus deseja 1
 
Estudosdedaniel pg
Estudosdedaniel pgEstudosdedaniel pg
Estudosdedaniel pg
 
Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)
 
Subsidio das CEBs 2011
Subsidio das CEBs 2011 Subsidio das CEBs 2011
Subsidio das CEBs 2011
 
01 a bíblia sagrada
01 a bíblia sagrada01 a bíblia sagrada
01 a bíblia sagrada
 
Oração com estilo de vida
Oração com estilo de vidaOração com estilo de vida
Oração com estilo de vida
 
Estudo jejum e guerra espiritual Com Pastor Adiano
Estudo jejum e guerra espiritual Com Pastor AdianoEstudo jejum e guerra espiritual Com Pastor Adiano
Estudo jejum e guerra espiritual Com Pastor Adiano
 
EBJ - Encontro 04/03/12
EBJ - Encontro 04/03/12EBJ - Encontro 04/03/12
EBJ - Encontro 04/03/12
 
O pregador e a pregação
O pregador e a pregaçãoO pregador e a pregação
O pregador e a pregação
 
Lição 12 meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...
Lição 12   meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...Lição 12   meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...
Lição 12 meu tempo diário com a bíblia - examinai as escrituras - ed. crist...
 

Mais de Antonio Filho

O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
Antonio Filho
 
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Antonio Filho
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
Antonio Filho
 
Inferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosInferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpios
Antonio Filho
 
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Antonio Filho
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
Antonio Filho
 

Mais de Antonio Filho (20)

Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)
 
A realidade do inferno.
A realidade do inferno.A realidade do inferno.
A realidade do inferno.
 
Exposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticasExposições bíblicas e temáticas
Exposições bíblicas e temáticas
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.
 
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
O caráter inclusivo da expressão “em cristo”
 
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
Lição 13 (sobre a família e a sua natureza)ebd 2017
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
 
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017Aula( a segunda vinda de cristo)2017
Aula( a segunda vinda de cristo)2017
 
Princípios para vida
Princípios para vidaPrincípios para vida
Princípios para vida
 
Cultivar virtudes
Cultivar virtudesCultivar virtudes
Cultivar virtudes
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
 
A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)A importancia de conhecer a deus (2)
A importancia de conhecer a deus (2)
 
Inferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpiosInferno – destino eterno dos ímpios
Inferno – destino eterno dos ímpios
 
A igreja de cristo
A igreja de cristoA igreja de cristo
A igreja de cristo
 
Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017Lição 07 (ebd)2017
Lição 07 (ebd)2017
 
Aula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º anoAula(sistema de numeração) 6º ano
Aula(sistema de numeração) 6º ano
 
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
Aula(a importancia de (ere)introdução) (3)
 
Para que serve a religião
Para que serve a religiãoPara que serve a religião
Para que serve a religião
 
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)O verdadeiro sentido da páscoa (2)
O verdadeiro sentido da páscoa (2)
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 

Mestre da palavra(devocional)

  • 1. A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL PROJETO MESTRES DA PALAVRA Profº,Pb: Antônio Soares Texto básico: Rm 12.1
  • 2. Introdução  Inicialmente vamos fazer uma reflexão introspectiva 1- Você já leu a bíblia toda? 2 – Quanto tempo de oração você dedica todo dia? 3 – Você costuma ler a Bíblia com que frequência?  Sem dúvida! Há uma grande relevância na prática da Vida Devocional. Isso é um fato.  Precisamos ter consciência e cultivar a vida devocional. Sabe por quê?  Deus já nos doou todas as coisas para que tenhamos uma vida plena e abundante para nossa vida.  Basta apenas colocar em prática.  Quero destacar alguns pontos importantes para nossa reflexão sobre essa temática
  • 3. I – O QUE É A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL? 1.1 - É uma vida de consagração através de uma profunda dedicação e íntima comunhão com todo o nosso ser à pessoa de Deus, ou seja. É uma entrega sem reservas. 1.2 – É proporcionar nossa renovação.(Rm 12.12) Rm 12.2” E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa,agradável,e perfeita vontade de Deus” 1.3 – É proporcionar desenvolvimento. (2Pe 3.18). “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. (2Pe 3.18). 1.4 – É proporcionar preservação. (João 10.27-29;Ap 3.10,11). “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou- lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. (João 10:27-29;Ap 3.10,11).
  • 4. I – O QUE É A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL? 1.4 – É proporcionar preservação. (João 10.27-29;Ap 3.10,11). (João 10.27-29) - 27As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. 28Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. 29Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai. (Ap 3.10,11)10"Visto que você guardou a minha palavra de exortação à perseverança, eu também o guardarei da hora da provação que está para vir sobre todo o mundo, para pôr à prova os que habitam na terra. 11"Venho em breve! Retenha o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa.
  • 5. 1.5 – É Relacionamento com Deus. Essa é a palavra chave. Vida devocional nada mais é que relacionamento com Deus, onde o líder conhece o caráter de Deus e os propósitos de Deus para a sua vida e para o seu povo. Sua Vida Devocional Produzirá Resultados Maravilhosos. I – O QUE É A PRÁTICA DA VIDA DEVOCIONAL?
  • 6. II – PORQUE É IMPORTANTE CULTIVARMOS UMA VIDA DEVOCIONAL? 2.1 – Jesus nos deu o exemplo.  Jesus necessitava de um tempo a sós com o seu Pai.  Quanto mais, então, nós precisamos disso! Veja Lucas 5:16. No versículo anterior a esse é explicado que a fama de Cristo estava se espalhando e o sucesso de seu ministério o compelia há gastar mais tempo com Deus.  Em meio a um ministério cada vez mais movimentado, ele se isolava da multidão para ter um tempo em silêncio. Em Marcos 1:35 ficamos sabendo que Jesus antes de começar seu dia de trabalho gastava tempo com o Pai.
  • 7. II – PORQUE É IMPORTANTE CULTIVARMOS UMA VIDA DEVOCIONAL? 2.2 – Temos muitos exemplos.  Ralph Neighbour Jr. adverte: "Se você tem de fazer uma escolha entre orar e fazer, escolha orar. Você realizará mais, e então alcançará mais pelo que faz, porque você orou!”  Martinho Lutero contou que quando estava muito ocupado precisava gastar três horas pela manhã com Deus.  John Welch freqüentemente gastava de sete a oito horas por dia em oração reservada.  J. O Frasier, um missionário que trabalhava com as tribos lisus da China ocidental, gastava metade do seu dia em oração e a outra metade em evangelismo.  David Cho, que pastoreia a maior igreja na história do cristianismo atribui o crescimento da sua igreja ao tempo investido em oração.
  • 8. III – Como posso desenvolver um devocional? Primeiro Planejamento. O dicionário Aurélio, diz que é fazer o plano ou a planta de;projetar;traçar,tencionar,elaborar um plano de. O mesmo ocorre com a vida devocional, por isso é necessário escolher: 1- O momento da hora do devocional. - Para evitar interrupções,desvios,etc. Pela manhã, à noite, como você achar melhor. É preciso dar tempo para Deus (Mc 1.35). Mc 1.35 “E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro,saiu,e foi para um lugar,deserto,e ali orava”.
  • 9. “E, saindo, foi, como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram. Lucas 22:39-40 III – Como posso desenvolver um devocional? “E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava.” Marcos 1:35-36 2 – Um local apropriado (Lc 22.39). Jesus deu valor a essa questão (Mc 1.35).
  • 10. IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL? 4.1 – A Leitura da Bíblia - Porque ela foi inspirada por Deus para nos ensinar,redarguir,corrigir e instruir. (2Tm 3.16) Como ler a Bíblia? 1. Conhecendo e amando seu autor. 2. Esperando que Deus lhes fale (Sl 119.18). 3. Fazendo perguntas tais quais: a) Há alguma promessa para mim? b) Há no texto, exemplos para mim? c) Há advertência para mim? d) O que devo praticar na minha vida?
  • 11. Por onde começar? - De preferencia no Novo Testamento, começando pelo evangelho de João ,depois o de Mateus, prosseguindo até o último livro do Novo Testamento. Em seguida inicie a leitura do Antigo Testamento, começando por Gênesis. - Você agora vai iniciar a leitura da sua Bíblia. Veja os livros do Novo Testamento (NT) e suas abreviações. S. Mateus Mt II Tessalonicensses II Ts. S. João Jo II Timóteo II Tm I Corintios I Co Hebreus HB Efésios Ef 2Pedro 2Pe I Tessalonicensses 1Ts 3 João 3Jo Filemom Fm S.Lucas Lc 1Pedro 1Pe Romanos Rm 2 João 2Jo Gálatas Gl Apocalipse Ap Colossenses Cl S.Marcos Mc Tito Tt Atos At Tiago Tg 2Corintios 2Co 1João 1Jo Filipenses Fp Judas Jd IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
  • 12. 4.2 – A Oração - A oração é a comunicação, um diálogo com Deus, intima e profunda. 1 - Existe quatro tipos de oração a) Oração de Gratidão. b) Oração de confissão. c) Oração de Intercessão d) Oração de Petição 2 – Como Orar a) Em nome de Jesus (Jo 14.13,14) b) Confiando na intercessão do Espírito Santo. (Rm 8.26) c) Sendo perseverante (Lc 11.5-8) d) Com sinceridade (Mt 6.5-8); e) Com humildade (1Pe 5.5,6) f) Com fé. (Mc 11.24) g) Com objetivo a ser alcançado (Mc 10.51) 0bs: Nunca se esqueça de que a oração é a chave que abre as portas e as janelas do céu. IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
  • 13. 4.3 - O Jejum. - O que é o Jejum? - O Jejum é uma certa abstinência total ou parcial de alimentos. - O jejum na consagração pessoal, é a sublime tarefa que consiste no afastamento temporário de alimentos. Ex: Mt 6.16-19, DNe 6,18, Mt 4.2. • Alguns orientações sobre o jejum. - O jejum pode ser total ou parcial a) Jejum – Total – Não come nada. b) Jejum – Parcial – pode se alimentar de frutas. 1. Determine previamente o tempo de duração; 2. Comece afastando-se dos alimentos sólidos. 3. Durante o jejum ore, por um tempo determinado; 4. Peça perdão dos seus pecados a Deus; 5. Escolha alguns versículos bíblicos para meditação; 6. Jejue com o propósito definido. IV – QUAIS SÃO OS ELEMENTOS IMPORTANTES NA PRÁTICA DEVOCIONAL?
  • 14. V – SUGESTÕES PRÁTICAS PARA MELHORAR A SUA VIDA DEVOCIONAL  Seja criativo e use todos os recursos que você disponha;  Comece cantando ou tocando músicas que exaltam o caráter de Deus;  Leia sistemática e criteriosamente a sua Bíblia;  Não permita que nada atrapalhe ou interrompa o seu encontro;  Não deixe de confessar a Deus os seus pecados;  Escreva as suas orações de compromisso (date e assine);  Estabeleça seu próprio plano devocional, com horários que são possíveis de serem praticados.  Não diga que não tem tempo. Organize seu tempo, estabeleça a prioridade.
  • 15. CONSIDERAÇÕES FINAIS Portanto, desejo que Deus continue te abençoando e que você continue cultivando relacionamentos frutífero de devoção ao nosso Deus. Rm 12.2” E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa,agradável,e perfeita vontade de Deus”