Oamor

1.845 visualizações

Publicada em

Apresentação que pode ser utilizada na unidade 1 do 9ºano. Coloca mais questões do que responde, a fim de obrigar os alunos a reflectirem.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.845
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
688
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oamor

  1. 2. <ul><li>Sentimentos? </li></ul><ul><li>Emoções? </li></ul><ul><li>Como se manifestam os </li></ul><ul><li>sentimentos? </li></ul><ul><li>O que é a afectividade? </li></ul><ul><li>Podemos controlar os nossos </li></ul><ul><li>sentimentos e as </li></ul><ul><li>nossas emoções? </li></ul>
  2. 4. <ul><li>A quem podemos amar? </li></ul><ul><li>A família – pais, irmãos, avós, tios, etc. </li></ul><ul><li>Amigos </li></ul><ul><li>O/A outro/a </li></ul><ul><li>A Deus </li></ul>
  3. 10. <ul><li>O que são emoções? </li></ul><ul><li>Porque nos emocionamos? </li></ul><ul><li>Todos nos emocionamos? </li></ul><ul><li>Quanto dura uma emoção? </li></ul><ul><li>Podemos controlar as emoções? </li></ul><ul><li>Como se manifestam as emoções? </li></ul><ul><li>A emoção é um sentimento? </li></ul>A palavra emoção vem do latim emotio que significa – movimento
  4. 11. <ul><li>Porque nos apaixonamos? </li></ul><ul><li>Por quem, pelo que é que nos apaixonamos? </li></ul><ul><li>Podemos parar de estar apaixonados? </li></ul><ul><li>Todos nos apaixonamos? </li></ul><ul><li>A paixão é um sentimento? </li></ul><ul><li>Quanto tempo dura a paixão? </li></ul><ul><li>Podemos mudar de paixão rapidamente? </li></ul>
  5. 12. <ul><li>“ É Estar apaixonado” </li></ul><ul><li>“ Uma descarga de adrenalina” </li></ul><ul><li>“ É tão forte que não podemos controlar” </li></ul><ul><li>“ É não ser capaz de pensar em mais nada” </li></ul><ul><li>“ É um sensação muito boa” </li></ul><ul><li>“ Nem sabemos bem os que fazemos” </li></ul>
  6. 14. <ul><li>Paixão e amor são o mesmo? </li></ul><ul><li>Podemos estar apaixonados e não amar? </li></ul><ul><li>Como podemos saber a diferença entre amor e paixão? </li></ul><ul><li>Podemos amar para sempre? </li></ul><ul><li>Podemos estar apaixonados para sempre? </li></ul>
  7. 15. <ul><li>Um sentimento? </li></ul><ul><li>Uma emoção? </li></ul><ul><li>Podemos definir? </li></ul><ul><li>Nunca saberemos? </li></ul><ul><li>Amor é diferente de pessoa para pessoa? </li></ul><ul><li>Podemos encontrar uma resposta? </li></ul>
  8. 20. <ul><li>O que é a sexualidade? </li></ul><ul><li>“ Sexo” e sexualidade são o mesmo? </li></ul><ul><li>Quais as diferenças? </li></ul><ul><li>O que são relações sexuais? </li></ul><ul><li>Sexualidade e sentimentos? </li></ul><ul><li>Todos temos uma sexualidade? </li></ul>
  9. 21. Para a Organização Mundial de Saúde Sexualidade é : “Uma energia que nos motiva na procura do amor, contacto, ternura e intimidade que se integra no modo de nos sentirmos, movermos, tocarmos e sermos tocados. Influencia comportamentos, sentimentos, acções e interacções. Influência a nossa saúde física e mental.”
  10. 22. Genitalidade Afectividade Sexualidade Humana
  11. 23. <ul><li>Dimensão Física </li></ul><ul><li>Corpo </li></ul><ul><li>Órgãos Sexuais/ Genitais </li></ul><ul><li>Sensualidade </li></ul><ul><li>Etc. … </li></ul>
  12. 24. <ul><li>Afectos </li></ul><ul><li>Sentimentos </li></ul><ul><li>Emoções </li></ul><ul><li>Carinho </li></ul><ul><li>Etc. … </li></ul>
  13. 25. <ul><li>Infância </li></ul><ul><li>Adolescência </li></ul><ul><li>Idade Adulta </li></ul><ul><li>3ª Idade </li></ul>
  14. 26. <ul><li>Identidade sexual </li></ul><ul><li>Auto-conhecimento </li></ul><ul><li>“ Porquês” </li></ul><ul><li>Curiosidade pelo corpo </li></ul><ul><li>… </li></ul>
  15. 27. <ul><li>Início da Puberdade </li></ul><ul><li>Despertar de desejos, paixões, dúvidas </li></ul><ul><li>“ Namorar”, “Andar”, “curtir”, … </li></ul><ul><li>Masturbação </li></ul><ul><li>Relações sexuais </li></ul><ul><li>Afectos </li></ul>
  16. 29. Dúvidas. Muitas dúvidas!
  17. 31. <ul><li>Sentimentos </li></ul><ul><li>Vida em comum </li></ul><ul><li>Maior Intimidade </li></ul><ul><li>Gravidez – Filhos </li></ul>
  18. 32. <ul><li>Maior valorização dos Sentimentos </li></ul><ul><li>Menopausa </li></ul><ul><li>Andropausa </li></ul><ul><li>Relações sexuais!? </li></ul>
  19. 35. <ul><li>Consideras as relações sexuais como um acto de amor? </li></ul><ul><li>Como saberei se amo? </li></ul><ul><li>Estás preparado para assumir a responsabilidade? </li></ul><ul><li>De que maneira as relações sexuais vão alterar o vosso relacionamento? </li></ul><ul><li>Existe um compromisso na vossa relação? </li></ul>
  20. 36. <ul><li>1º “Amar sim. Sexo talvez…” </li></ul><ul><li>2º As relações sexuais são partilhar a nossa intimidade com alguém. </li></ul><ul><li>Estaremos conscientes disso? </li></ul><ul><li>3º Estaremos preparados? Seguros? </li></ul><ul><li>4º Um relacionamento não se deve basear apenas nas relações sexuais. </li></ul><ul><li>5º As relações sexuais são uma forma de manifestar amor e carinho. </li></ul>
  21. 38. <ul><li>Nunca se devem ter relações sexuais “como prova de amor”… </li></ul><ul><li>Respeita o outro ou não sabes bem o que é o amor. </li></ul><ul><li>Só tu deves decidir se estás preparado. </li></ul><ul><li>“ É muito fácil ter relações sexuais, mas eu quero bem mais do que isso ”. </li></ul><ul><li>Não ao “sexo ocasional” ! </li></ul><ul><li>Protege-te das DST e do HIV/SIDA. </li></ul>
  22. 40. <ul><li>As relações sexuais e a erotização são parte integrante da sexualidade, mas é demasiadamente redutor confundir sexualidade com relações sexuais. </li></ul><ul><li>Deves assumir opções conscientes e responsáveis, reconhecendo na sexualidade uma fonte de vida e de amor. </li></ul><ul><li>Ou seja, VIVER O AMOR COMO DOAÇÃO AO OUTRO. </li></ul>
  23. 41. Sem amor Com amor Simples prazer físico egocêntrico, sem atender ao bem-estar do outro. O bem-estar da pessoa que se ama está em primeiro lugar, sem negar o próprio bem-estar Força incontrolável que se exerce quer o outro queira quer não (violação…) Capacidade de auto-controlo para corresponder aos interesses daquele que se ama. Violência sobre os mais fracos (pedofilia) que revela uma profunda imaturidade. Relação entre adultos que exercem a sua liberdade. Comercialização da sexualidade (prostituição). A sexualidade é vista como uma dádiva ao outro, um encontro que não se vende, nem se compra. Possessão do outro como um bem próprio (ciúme extremo). O outro é visto como uma liberdade, uma pessoa com dignidade e valor que não é pertença de ninguém. Obsessão que transforma a vida numa procura de prazer sexual. A relação sexual não é a única forma de encontrar realização: o diálogo, o afecto, a atenção…

×