H O M E M   D E  C O R Poesia de Ary Campos Jr. adaptada por: Juca
Eu sou um homem negro
Quando nasci, era negro
Agora cresci, sou negro
Se apanho sol, fico negro
Se estou com frio, fico negro
Se tenho medo, fico negro
E quando morrer, ficarei negro!
E tu, homem branco?
Quando nasces, és cor-de-rosa
Quando cresces, ficas branco
Se estás ao sol, ficas vermelho
Se sentes frio, ficas roxo
Se tens medo, ficas verde
Quando morres, ficas cinzento
E eu é que sou chamado de   HOMEM DE COR  ???
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O homem de côr

4.530 visualizações

Publicada em

Uma apresentação que encontrei no arquivo da Maria Jesus Sousa by issuu. Muito útil para abordar o tema da igualdade da pessoa humana ou o tema do racismo.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.530
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
154
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O homem de côr

  1. 1. H O M E M D E C O R Poesia de Ary Campos Jr. adaptada por: Juca
  2. 2. Eu sou um homem negro
  3. 3. Quando nasci, era negro
  4. 4. Agora cresci, sou negro
  5. 5. Se apanho sol, fico negro
  6. 6. Se estou com frio, fico negro
  7. 7. Se tenho medo, fico negro
  8. 8. E quando morrer, ficarei negro!
  9. 9. E tu, homem branco?
  10. 10. Quando nasces, és cor-de-rosa
  11. 11. Quando cresces, ficas branco
  12. 12. Se estás ao sol, ficas vermelho
  13. 13. Se sentes frio, ficas roxo
  14. 14. Se tens medo, ficas verde
  15. 15. Quando morres, ficas cinzento
  16. 16. E eu é que sou chamado de HOMEM DE COR ???

×