Senai pais competentes = filhos brilhantes1

466 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
466
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Senai pais competentes = filhos brilhantes1

  1. 1. Fabíola Polo Psicóloga CRP 12/07897 Especialista em Avaliação Psicológica fabiolapolo@hotmail.com
  2. 2. Os Setes Princípios Fundamentais Responsáveis pela Boa ou Má Qualidade das Relações Pais – Filhos
  3. 3. 1. Referência Familiar Que exemplos você oferece? O que você exige do seu filho ele tem em você? 2. Informação / Comunicação Você oferece um bom nível de informação ao seu filho? Conversa e se comunica com ele?
  4. 4. 3. Respeito ás Individualidades Você reconhece seu filho como um ser independente? Aceita como alguém que tem o direito de ter gostos e interesses diferentes dos seus? 4. Adaptação às Mudanças Você consegue compreender a evolução das gerações? Compreende que aquilo que era incomum no seu tempo hoje pode ser normal?
  5. 5. 5. Participação Ativa Você conhece e acompanha as principais atividades do seu filho no seu dia-a-dia? Se envolve com verdadeiro interesse nas questões de escola, lazer e amigos? 6. Afeto, Atenção e Confiança Você se oferece ao seu filho como apoio para os seus momentos difíceis? Você o toca? O abraça? Beija-o sempre? Existe um bom nível de atenção e confiança? Ele conta como você como confidente e cúmplice?
  6. 6. 7. Estabelecimento de Limites Seu filho compreende sua função de educador e que não existe liberdade sem responsabilidade? Você deixa bem claro os momentos de ser amigo e os de impor limites?
  7. 7. “Começamos a tentar ser sábios quando percebemos que não nascemos sabendo como viver, mas que a vida é uma habilidade que tem de ser adquirida, como aprender a andar de bicicleta ou tocar piano..." Alain de Botton Obrigada!

×