SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança
1
Áreas de intervenção referidas
nos textos e implicadas na
mudança
Funções do professor
bibliotecário
O que a minha biblioteca já faz Factores favoráveis/
0bstáculos à mudança
O que é preciso mudar.
Acções a implementar
Oferta dinâmica de informação e
de serviços de informação
Articular a sua acção com os
professores que trabalham
directamente com as turmas.
- Estabelece parcerias com
professores de forma a
calendarizar a disponibilização
da informação, nos diversos
suportes existentes na biblioteca.
- Concentração de recursos
facilmente acessível;
- Reconhecimento por parte
de alguns professores da
importância da Biblioteca
Escolar;
- Empatia com a equipa que
trabalha na Biblioteca.
Como principais obstáculos
identifico:
-A falta de formação nesta
área, da maior parte da
equipa de professores que
trabalha na biblioteca.
- A maioria dos professores e
agentes da comunidade
educativa não sente a
necessidade de recorrer à
biblioteca.
- Investir na constituição
de uma equipa
consistente, com
formação de base e
disponível para que a BE
cumpra as metas e
funções que lhe são
atribuídas:
- Propor que na equipa
façam parte professores
com perfil que se adeqúe
às exigências e função da
biblioteca.
- Propor a existência de
um ou dois funcionários
na equipa.
- Melhorar a comunicação
entre a Biblioteca e os
docentes:
-Promover reuniões
periódicas com os
docentes das várias áreas
disciplinares.
-Melhorar o
conhecimento sobre os
currículos das várias
disciplinas e respectivas
planificações.
Intervenção pedagógica da
biblioteca escolar e consequente
impacto na qualidade das
aprendizagens através da
interacção dos alunos com a
informação.
Ajudar o aluno utilizador a
localizar, seleccionar e
interpretar informações,
Acompanha os alunos na
localização, na selecção e
interpretação da informação.
O facto de a maior parte da
equipa ser formada por
professores (4) facilita a
articulação da informação
com os respectivos,
conteúdos pedagógicos e
Intensificação dos
instrumentos de
divulgação dos recursos
existentes na Biblioteca.
Disponibilização em
diversos suportes do
Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança
2
curriculares. Catálogo da BE.
Promoção de espaços e
experiências geradoras de
competências veiculadoras de
valores e atitudes ligadas ao uso
adequado da informação
Promover oportunidades de
aprendizagem que permitam
aos alunos identificar e
distinguir o valor da
informação que criar
conhecimento.
Alertar os alunos para as
questões éticas
nomeadamente as
relacionadas com os direitos
de autor.
- A biblioteca apoia os alunos na
aquisição e desenvolvimento de
métodos de trabalho e de estudo.
- A biblioteca apoia/dinamiza as
actividades com Clubes e
Projectos da escola.
- A biblioteca dinamiza e/ou
apoia actividades livres, de
carácter lúdico e cultural.
- A biblioteca potencia a
utilização autónoma e
independente por parte dos
alunos.
- Como principal obstáculo
saliento o número reduzido
(tendo em conta o universo
de cerca de 1200 inscritos na
escola) de alunos que procura
a Biblioteca.
- Investir na divulgação
das acções da Biblioteca
junto de toda a
comunidade educativa.
- Intensificar e consolidar
as realizações que
obtiveram resultados
anteriormente.
Literacia da informação Apoio ao desenvolvimento de
níveis intelectuais e cognitivos
que agilizem o uso eficaz da
informação em qualquer
formato (electrónico,
impresso ou pertencente ao
repertório intelectual de
qualquer cultura) e facilitem a
construção de sentido e de
novo conhecimento.
- Incentiva a leitura formal.
- Incentiva a leitura informal,
disponibilizando jornais diários e
periódicos, consulta lúdica em
suportes audiovisuais e digitais.
- Incentiva o empréstimo
domiciliário, nomeadamente
férias de Natal, Carnaval e
Páscoa.
- Organiza actividades de
promoção do livro e da leitura.
- Os alunos participam de uma
forma activa e responsável na
concretização das actividades.
- Pouca difusão de novas
aquisições.
- Poucas actividades de
encontro com autores.
- Reduzidas actividades que
induzam comportamentos de
leitura.
- Espaço destinado à leitura
informal a precisar de
reformulação/melhoramento.
- Melhorar as
competências e hábitos
de leitura.
- Promover a
participação dos alunos
em concursos diversos de
promoção da leitura e da
escrita.
- Promover actividades
que aproximem os
autores e os livros aos
alunos.
-Melhorar a
informação/difusão sobre
livros e autores.
- Propor à Direcção da
escola, a aquisição de
mais equipamentos de
forma a tornar este
espaço mais funcional e
atractivo/confortável
Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança
3
Gestão de recursos (Fundo
documental, mediateca …
- Garantir a organização do
espaço e assegurar a gestão
funcional e pedagógica dos
recursos materiais afectos à
biblioteca;
- A biblioteca está integrada no
funcionamento global da escola,
que a contempla na formulação e
desenvolvimento da sua missão,
princípios e objectivos
estratégicos e operacionais.
- O responsável da Biblioteca tem
assento indirecto no Conselho
pedagógico.
- O RI da escola contempla os
objectivos, função, política de
desenvolvimento da colecção,
organização e gestão e equipa,
- Boa relação afectiva da
equipa para com os
utilizadores.
- Espaços e equipamentos são
considerados bastante
aceitáveis.
- Aumento gradual e muito
significativo do número de
utilizadores.
- Todos os computadores em
rede com ligação à Internet
Obstáculos:
- Falta de funcionário para
apoio ao funcionamento de
BE.
- Equipa e seu coordenador
com múltiplas tarefas,
originando uma sobrecarga
de trabalho e impedindo,
muitas vezes, a realização de
tarefas da sua competência.
- Inexistência de postos de
pesquisa.
- Inexistência serviços de
empréstimos informatizados.
- A informatização do
catálogo está bastante
incompleta.
- Incompleta a classificação e
cotagem dos documentos.
- Deficiente política de
difusão da informação
- Défice no que respeita à
difusão dos materiais de
apoio às várias disciplinas.
- Propor que na equipa
façam parte professores
com perfil que se adeqúe
às exigências e função da
biblioteca.
- Propor a existência de
um funcionário na equipa.
Proceder ao tratamento
de todo o fundo
documental e facilitar a
sua consulta:
- Dar continuidade ao
catálogo informático.
- Dar continuidade à
classificação dos
documentos.
- Continuar com a
elaboração e colocação da
cota nos documentos.
- Implementar veículos
diversos de difusão e
comunicação da
informação:
- Criar um Blog para a
Biblioteca
Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança
4
TABELA MATRIZ (Acrescente as linhas à tabela que considere necessárias)
Trabalho realizado pelo formando:
Professor António Manuel Cardoso Mendes Padeira
Adequação e interpretação das
evidências
Implementação do modelo de
auto-avaliação
Elaboração do relatório anual
com os resultados da auto-
avaliação
- No ano lectivo 2009/2010 foi
aplicado pela primeira vez o
modelo de Auto-avaliação
A aplicação do modelo de
auto-avalição em suporte
electrónico veio a revelar-se
um instrumento facilitador
da recolha de informação;
Obstáculos:
- Falta de preparação por
parte do professor
bibliotecário na sua
utilização;
- Fraca adesão por parte dos
inquiridos (alunos,
professores e encarregados
de educação)
Envolver no próximo ano
lectivo toda a comunidade
educativa, no processo de
avaliação da Biblioteca
Escolar, nomeadamente
os órgãos directivos e
pedagógicos e de uma
forma especial os alunos e
respectivos pais e
encarregados. Estes
deveram ser
consciencializados para a
importância da sua
participação.
- Elaborar relatório de
auto-avaliação e redefinir
estratégias para melhoria
do funcionamento dos
serviços.
- Proceder à análise e
tratamento dos dados
obtidos.
- Dar a conhecer o
documento de avaliação
da BE a toda a
comunidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (17)

Fórum 2
Fórum 2Fórum 2
Fórum 2
 
2 plano-de-melhoria-2017-2018
2 plano-de-melhoria-2017-20182 plano-de-melhoria-2017-2018
2 plano-de-melhoria-2017-2018
 
Autoavaliacao da biblioteca escolar 2011/2012
Autoavaliacao da biblioteca escolar 2011/2012Autoavaliacao da biblioteca escolar 2011/2012
Autoavaliacao da biblioteca escolar 2011/2012
 
Plano de Melhoria das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas nº 1 de...
Plano de Melhoria das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas nº 1 de...Plano de Melhoria das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas nº 1 de...
Plano de Melhoria das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas nº 1 de...
 
3 avaliacao2014-2015
3 avaliacao2014-20153 avaliacao2014-2015
3 avaliacao2014-2015
 
4 relatorio-de-avaliacao2018-2019
4 relatorio-de-avaliacao2018-20194 relatorio-de-avaliacao2018-2019
4 relatorio-de-avaliacao2018-2019
 
1 relatorio-de-avaliacao2016-2017
1 relatorio-de-avaliacao2016-20171 relatorio-de-avaliacao2016-2017
1 relatorio-de-avaliacao2016-2017
 
2 relatdeaval2013-2014
2 relatdeaval2013-20142 relatdeaval2013-2014
2 relatdeaval2013-2014
 
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispoPlano de acção ave leça-santa cruz do bispo
Plano de acção ave leça-santa cruz do bispo
 
1 avaliacao2012-2013
1 avaliacao2012-20131 avaliacao2012-2013
1 avaliacao2012-2013
 
7 relatorio-de-avaliacao2020-2021
7 relatorio-de-avaliacao2020-20217 relatorio-de-avaliacao2020-2021
7 relatorio-de-avaliacao2020-2021
 
Actividade 3
Actividade 3Actividade 3
Actividade 3
 
I passos-cp
I passos-cpI passos-cp
I passos-cp
 
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
 
5 plano-de-melhoria-2019-2020
5 plano-de-melhoria-2019-20205 plano-de-melhoria-2019-2020
5 plano-de-melhoria-2019-2020
 
Instituto Nun'Alvres PlanodeMelhoria2013.14
Instituto Nun'Alvres PlanodeMelhoria2013.14Instituto Nun'Alvres PlanodeMelhoria2013.14
Instituto Nun'Alvres PlanodeMelhoria2013.14
 
Tabela sessao mod._esc...
Tabela sessao mod._esc...Tabela sessao mod._esc...
Tabela sessao mod._esc...
 

Semelhante a Tabela 1 27_10

A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudançaA biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudançaanabelavalentim
 
Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)Suzana Marquês
 
1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefajoana56
 
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho PedagogicoDocumento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho Pedagogicoculturalmente
 
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2franciscamonteiro
 
Sintese1 Desafios Oportunidades Drealg Turma 2
Sintese1  Desafios Oportunidades Drealg Turma 2Sintese1  Desafios Oportunidades Drealg Turma 2
Sintese1 Desafios Oportunidades Drealg Turma 2Ana Cristina Matias
 
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)anabelavalentim
 
2º ciclo projeto das literacias
2º ciclo projeto das literacias 2º ciclo projeto das literacias
2º ciclo projeto das literacias António Sérgio
 
Tabela D2[1]
Tabela D2[1]Tabela D2[1]
Tabela D2[1]Macogomes
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalhoeb23am
 
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]Maria Jose Vitorino
 

Semelhante a Tabela 1 27_10 (20)

A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudançaA biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
 
Fórum1
Fórum1Fórum1
Fórum1
 
Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)
 
1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa
 
Tabela 1
Tabela 1Tabela 1
Tabela 1
 
Workshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABEWorkshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABE
 
Workshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABEWorkshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABE
 
Workshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABEWorkshop Apresentação MABE
Workshop Apresentação MABE
 
Pb trabalhosunid1
Pb trabalhosunid1Pb trabalhosunid1
Pb trabalhosunid1
 
Duas Coisas
Duas CoisasDuas Coisas
Duas Coisas
 
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho PedagogicoDocumento apresentado no Conselho Pedagogico
Documento apresentado no Conselho Pedagogico
 
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
 
Sintese1 Desafios Oportunidades Drealg Turma 2
Sintese1  Desafios Oportunidades Drealg Turma 2Sintese1  Desafios Oportunidades Drealg Turma 2
Sintese1 Desafios Oportunidades Drealg Turma 2
 
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
 
2º ciclo projeto das literacias
2º ciclo projeto das literacias 2º ciclo projeto das literacias
2º ciclo projeto das literacias
 
Sessão 3- Workshop Formativo
Sessão 3- Workshop FormativoSessão 3- Workshop Formativo
Sessão 3- Workshop Formativo
 
Tabela D2[1]
Tabela D2[1]Tabela D2[1]
Tabela D2[1]
 
U1 T2 Com
U1 T2 ComU1 T2 Com
U1 T2 Com
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
 

Tabela 1 27_10

  • 1. Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança 1 Áreas de intervenção referidas nos textos e implicadas na mudança Funções do professor bibliotecário O que a minha biblioteca já faz Factores favoráveis/ 0bstáculos à mudança O que é preciso mudar. Acções a implementar Oferta dinâmica de informação e de serviços de informação Articular a sua acção com os professores que trabalham directamente com as turmas. - Estabelece parcerias com professores de forma a calendarizar a disponibilização da informação, nos diversos suportes existentes na biblioteca. - Concentração de recursos facilmente acessível; - Reconhecimento por parte de alguns professores da importância da Biblioteca Escolar; - Empatia com a equipa que trabalha na Biblioteca. Como principais obstáculos identifico: -A falta de formação nesta área, da maior parte da equipa de professores que trabalha na biblioteca. - A maioria dos professores e agentes da comunidade educativa não sente a necessidade de recorrer à biblioteca. - Investir na constituição de uma equipa consistente, com formação de base e disponível para que a BE cumpra as metas e funções que lhe são atribuídas: - Propor que na equipa façam parte professores com perfil que se adeqúe às exigências e função da biblioteca. - Propor a existência de um ou dois funcionários na equipa. - Melhorar a comunicação entre a Biblioteca e os docentes: -Promover reuniões periódicas com os docentes das várias áreas disciplinares. -Melhorar o conhecimento sobre os currículos das várias disciplinas e respectivas planificações. Intervenção pedagógica da biblioteca escolar e consequente impacto na qualidade das aprendizagens através da interacção dos alunos com a informação. Ajudar o aluno utilizador a localizar, seleccionar e interpretar informações, Acompanha os alunos na localização, na selecção e interpretação da informação. O facto de a maior parte da equipa ser formada por professores (4) facilita a articulação da informação com os respectivos, conteúdos pedagógicos e Intensificação dos instrumentos de divulgação dos recursos existentes na Biblioteca. Disponibilização em diversos suportes do
  • 2. Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança 2 curriculares. Catálogo da BE. Promoção de espaços e experiências geradoras de competências veiculadoras de valores e atitudes ligadas ao uso adequado da informação Promover oportunidades de aprendizagem que permitam aos alunos identificar e distinguir o valor da informação que criar conhecimento. Alertar os alunos para as questões éticas nomeadamente as relacionadas com os direitos de autor. - A biblioteca apoia os alunos na aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo. - A biblioteca apoia/dinamiza as actividades com Clubes e Projectos da escola. - A biblioteca dinamiza e/ou apoia actividades livres, de carácter lúdico e cultural. - A biblioteca potencia a utilização autónoma e independente por parte dos alunos. - Como principal obstáculo saliento o número reduzido (tendo em conta o universo de cerca de 1200 inscritos na escola) de alunos que procura a Biblioteca. - Investir na divulgação das acções da Biblioteca junto de toda a comunidade educativa. - Intensificar e consolidar as realizações que obtiveram resultados anteriormente. Literacia da informação Apoio ao desenvolvimento de níveis intelectuais e cognitivos que agilizem o uso eficaz da informação em qualquer formato (electrónico, impresso ou pertencente ao repertório intelectual de qualquer cultura) e facilitem a construção de sentido e de novo conhecimento. - Incentiva a leitura formal. - Incentiva a leitura informal, disponibilizando jornais diários e periódicos, consulta lúdica em suportes audiovisuais e digitais. - Incentiva o empréstimo domiciliário, nomeadamente férias de Natal, Carnaval e Páscoa. - Organiza actividades de promoção do livro e da leitura. - Os alunos participam de uma forma activa e responsável na concretização das actividades. - Pouca difusão de novas aquisições. - Poucas actividades de encontro com autores. - Reduzidas actividades que induzam comportamentos de leitura. - Espaço destinado à leitura informal a precisar de reformulação/melhoramento. - Melhorar as competências e hábitos de leitura. - Promover a participação dos alunos em concursos diversos de promoção da leitura e da escrita. - Promover actividades que aproximem os autores e os livros aos alunos. -Melhorar a informação/difusão sobre livros e autores. - Propor à Direcção da escola, a aquisição de mais equipamentos de forma a tornar este espaço mais funcional e atractivo/confortável
  • 3. Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança 3 Gestão de recursos (Fundo documental, mediateca … - Garantir a organização do espaço e assegurar a gestão funcional e pedagógica dos recursos materiais afectos à biblioteca; - A biblioteca está integrada no funcionamento global da escola, que a contempla na formulação e desenvolvimento da sua missão, princípios e objectivos estratégicos e operacionais. - O responsável da Biblioteca tem assento indirecto no Conselho pedagógico. - O RI da escola contempla os objectivos, função, política de desenvolvimento da colecção, organização e gestão e equipa, - Boa relação afectiva da equipa para com os utilizadores. - Espaços e equipamentos são considerados bastante aceitáveis. - Aumento gradual e muito significativo do número de utilizadores. - Todos os computadores em rede com ligação à Internet Obstáculos: - Falta de funcionário para apoio ao funcionamento de BE. - Equipa e seu coordenador com múltiplas tarefas, originando uma sobrecarga de trabalho e impedindo, muitas vezes, a realização de tarefas da sua competência. - Inexistência de postos de pesquisa. - Inexistência serviços de empréstimos informatizados. - A informatização do catálogo está bastante incompleta. - Incompleta a classificação e cotagem dos documentos. - Deficiente política de difusão da informação - Défice no que respeita à difusão dos materiais de apoio às várias disciplinas. - Propor que na equipa façam parte professores com perfil que se adeqúe às exigências e função da biblioteca. - Propor a existência de um funcionário na equipa. Proceder ao tratamento de todo o fundo documental e facilitar a sua consulta: - Dar continuidade ao catálogo informático. - Dar continuidade à classificação dos documentos. - Continuar com a elaboração e colocação da cota nos documentos. - Implementar veículos diversos de difusão e comunicação da informação: - Criar um Blog para a Biblioteca
  • 4. Biblioteca Escolar - desafios e oportunidades no contexto da mudança 4 TABELA MATRIZ (Acrescente as linhas à tabela que considere necessárias) Trabalho realizado pelo formando: Professor António Manuel Cardoso Mendes Padeira Adequação e interpretação das evidências Implementação do modelo de auto-avaliação Elaboração do relatório anual com os resultados da auto- avaliação - No ano lectivo 2009/2010 foi aplicado pela primeira vez o modelo de Auto-avaliação A aplicação do modelo de auto-avalição em suporte electrónico veio a revelar-se um instrumento facilitador da recolha de informação; Obstáculos: - Falta de preparação por parte do professor bibliotecário na sua utilização; - Fraca adesão por parte dos inquiridos (alunos, professores e encarregados de educação) Envolver no próximo ano lectivo toda a comunidade educativa, no processo de avaliação da Biblioteca Escolar, nomeadamente os órgãos directivos e pedagógicos e de uma forma especial os alunos e respectivos pais e encarregados. Estes deveram ser consciencializados para a importância da sua participação. - Elaborar relatório de auto-avaliação e redefinir estratégias para melhoria do funcionamento dos serviços. - Proceder à análise e tratamento dos dados obtidos. - Dar a conhecer o documento de avaliação da BE a toda a comunidade