Figura de linguagem

367 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Figura de linguagem

  1. 1. Componentes do Grupo : Antonio Luiz Janayne Tays Joaneilly Gonçalves Mayara Ruth Rafaela Soares Nª = 2, 16, 19, 28 e 30
  2. 2. Figura De Linguagem  Hipérbole  Antítese  Eufemismo  Ironia  Gradação  Paradoxo Ou Oximoro
  3. 3. Hipérbole  Exagero de uma idéia que tem como função enfatizar o conceito. É muito usado na literatura.  Ex: “Eu chorei rios de lágrimas." "Você me faz morrer de rir." "Estou morrendo de fome!"
  4. 4. Antítese  Contraste entre palavras ou idéias opostas não simultâneas.  Ex: "Eu vi a cara da morte, e ela estava viva". (Cazuza) "Do riso se fez o pranto" (Vinícius de Moraes)
  5. 5. Eufemismo  Suavização de expressões e idéias consideradas desagradáveis. Tem o objetivo de não chocar o interlocutor quando trata de temas negativos ou muito fortes.  Ex: Ele é desprovido de beleza. (Em lugar de feio) Você faltou com a verdade. (Em lugar de mentiu) Ele entregou a alma a Deus. (Em vez de: Ele morreu)
  6. 6. Ironia  Afirmação do oposto que se quer dizer. Trata-se de dizer uma coisa querendo dar a entender o contrário.  Ex: “A excelente dona Inácia era mestra na arte de judiar de crianças”. (Monteiro Lobato) "Meu marido é um santo. Só me traiu três vezes!"
  7. 7. Gradação  Apresentação progressiva de elementos ou um pensamento (de menor para maior intensidade).  Ex: Dei um passo,apressei-me,corri... você era um bom professor, logo depois se tornou um gari, e hoje não passa de um mendigo nas grandes cidades...
  8. 8. Paradoxo Ou Oximoro  Intensificação da antítese onde são usados termos que se excluem simultaneamente num raciocínio contraditório.
  9. 9.  Ex: O único sentido oculto das coisas é elas não terem sentido oculto nenhum. “A explosiva descoberta Ainda me atordoa. Estou cego e vejo. Arranco os olhos e vejo” — Carlos Drummond de Andrade
  10. 10. Obrigado a todos :D

×