Movimentação e transporte de cargas,
equipamentos e pessoas

Riscos de SMS associados
Antonio Fernando Navarro
2007

Em to...
Queda de carga sobre tubovia

Tombamento de guindaste devido a patolagem incorreta.

Tombamento da
carga devido à
falta de...
Tombamento da carga devido à condição do terreno

Movimentação de cargas

Pontos de amarração
A amarração do cabo deve ser...
PONTOS DE AMARRAÇÃO
A CARGA ESTARÁ ESTÁVEL
ESTARÁ ESTÁ
QUANDO O ANGULO “A“ FOR
MAIOR QUE O ANGULO “B”

ESTÁVEL
ESTÁ

INSTÁ...
Tipo de defeito – Gaiola de Passarinho

Posicionamento dos grampos de fixação

CERTO

ERRADO

ERRADO

Emendas com grampos
...
Cuidados com as cintas de elevação
• Somente empregar cintas que possuam etiquetas
indicativas da fabricação e do peso lim...
Não devem ser utilizadas
cintas em cantos vivos

Limites de carga de trabalho (tons) - EN 1492-1 para cintas com olhal e
E...
Como não se deve carregar pesos!!!

04

01

03

02

08

09
05
06

07

Benefícios a longo e curto prazo em relação
ao carre...
Riscos a longo e curto prazo em relação ao
carregamento adequado de peso.
Exercício de
atividades,
exportes,
laser
sem
dor...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cuidados de sms no transporte de materiais

512 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
512
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cuidados de sms no transporte de materiais

  1. 1. Movimentação e transporte de cargas, equipamentos e pessoas Riscos de SMS associados Antonio Fernando Navarro 2007 Em toda a atividade de movimentação de carga vários são os riscos associados. Pode-se ter: Queda da carga com danos exclusivamente à mesma; conjugado a danos a pessoas; ao meio ambiente ou a equipamentos / instalações. A grande maioria dos acidentes pode e deve ser evitada se alguns cuidados forem tomados: A queda de cargas pode ser devida a: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. Rompimento de cabos ou cintas; Rompimento de pontos de pega; Rompimento da embalagem; Dimensionamento inadequado do equipamento de movimentação da carga; Mau acondicionamento da carga; Ventos fortes ou recalque do terreno; Imperícia do operador; Outras causas mais. 1
  2. 2. Queda de carga sobre tubovia Tombamento de guindaste devido a patolagem incorreta. Tombamento da carga devido à falta de patolamento do caminhão 2
  3. 3. Tombamento da carga devido à condição do terreno Movimentação de cargas Pontos de amarração A amarração do cabo deve ser feita amarraç em pontos localizados acima do nível ní do centro de gravidade O ESFORÇO NESTA PERNA É CRITICO INSTÁVEL ESTÁVEL INSTÁVEL INSTÁ 3
  4. 4. PONTOS DE AMARRAÇÃO A CARGA ESTARÁ ESTÁVEL ESTARÁ ESTÁ QUANDO O ANGULO “A“ FOR MAIOR QUE O ANGULO “B” ESTÁVEL ESTÁ INSTÁVEL INSTÁ Defeitos nos cabos de aço - cabo com alma saltada Tipo de defeito – Dobra devido ao mau estado de conservação do cabo de aço 4
  5. 5. Tipo de defeito – Gaiola de Passarinho Posicionamento dos grampos de fixação CERTO ERRADO ERRADO Emendas com grampos ERRADO CERTO 5
  6. 6. Cuidados com as cintas de elevação • Somente empregar cintas que possuam etiquetas indicativas da fabricação e do peso limite para utilização; • Não utilizar cintas danificadas, com início de rupturas, cortes ou avarias; • Os pontos de posicionamento das cintas na carga devem ser iguais ou maiores que a largura das próprias cintas; • Não posicionar as cintas em cantos vivos ou cortantes; • Ao descer a carga, colocar calços sob a mesma para evitar o contato direto com o piso e facilitar a remoção ou colocação das cintas; Cuidados com as cintas de elevação • Evitar colocar mais de um par de cintas no mesmo gancho; • A operação de elevação e descarga deve ser suave e balanceada para evitar acidentes, otimizar o trabalho e preservar a vida útil do equipamento; • Ao elevar qualquer carga com mais de uma cinta, verificar se o total do peso está bem distribuído em relação aos vértices das cintas; • A inspeção prévia do equipamento é fundamental para a segurança dos trabalhos. As cintas devem ser examinadas a cada levantamento. Itens obrigatórios para as cintas § etiquetas de identificação (nome do fabricante, telefones para contato e outros dados); § cores específicas para o reconhecimento da capacidade máxima de elevação; § fator de Segurança 7:1; § código de rastreabilidade para a identificação do fabricante; certificado de capacidade da cinta de elevação comercializada; § ensaios de resistência a cada número de cintas produzidas realizados pelo fabricante. 6
  7. 7. Não devem ser utilizadas cintas em cantos vivos Limites de carga de trabalho (tons) - EN 1492-1 para cintas com olhal e EN-1492-2 para Laço Redondo. FORMAS DE CARREGAR PESO 7
  8. 8. Como não se deve carregar pesos!!! 04 01 03 02 08 09 05 06 07 Benefícios a longo e curto prazo em relação ao carregamento inadequado de peso. A curto prazo reclamações freqüentes de dores - suportáveis (envolvimento do tecido muscular). A longo prazo podem surgir deformidades na coluna, aparecimento de complicações como hérnia de disco e dores insuportáveis (envolvimento de tecido ósseo). COMO CARREGAR O PESO ADEQUADAMENTE 01 02 03 04 05 06 08 Para levantar cargas do chão, apoie uma das perna no chão (parte inferior) e flexione a outra perna. Com tronco curvado para frente, pegue o peso e traga-o próximo do corpo. com a ajuda da perna flexionada suba com a coluna ereta. 07 8
  9. 9. Riscos a longo e curto prazo em relação ao carregamento adequado de peso. Exercício de atividades, exportes, laser sem dores e incômodos. Ótima saúde física. Zelo e amor a sua coluna vertebral. Não adquirir doenças como lombalgia, hérnia de disco. Não se ausentar do trabalho por problemas relacionados a atividade exercida. Obter uma coluna sempre ereta e sobretudo saudável. 9

×