Imagine se não
existisse Internet
hoje!
Como ela poderia ser
construída?
Como ela seria?
Que ganhos traria?

O objetivo do...
A INTERNET
ATUAL E SUA
ARQUITETURA
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
Fonte:Th...
Quem está me
atacando?
Está é a aplicação
ou informação
certa?
Como ter certeza
que ninguém
alterou meus
programas e
conte...
LIMITAÇÕES E
PROBLEMAS
O excesso de
protocolos
sobrepostos na atual
arquitetura da Internet
reduz a sua eficiência.
!
Exist...
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
‣ Novo esquema de
nomeação, muito
mais ampl...
NOMEAÇÃO
Nomes únicos gerados a partir de padrões imutáveis das existências.
Nomes em linguagem natural: Português, Inglês...
NOMEAÇÃO
Outro aspecto importantíssimo é conectar os
nomes para criar uma gigantesca rede de
relacionamentos de todas as c...
IDENTIFICAÇÃO E
LOCALIZAÇÃO
Nomes podem ser usados como
identificadores e localizadores.
!
Eles podem identificar o alvo de ...
DESCOBERTA
Devido a escassez de
recursos na época do
seu projeto, o projeto
do núcleo da
arquitetura atual da
Internet não...
NEGOCIAÇÃO
Uma vez que um serviço descobre um
possível parceiro, ele então oferece uma
proposta de trabalho, chamada de ac...
TROCA DE
INFORMAÇÃO
Então, o próximo passo é a troca das
fotos. E essa troca acontece levando em
conta os nomes de todo mu...
RASTREABILIDADE,
CONFIANÇA E
REPUTAÇÃO
Esse grau de rastreabilidade e
confiança não existe hoje na nossa
Internet.
!
Hoje ...
MODELO DE
COMUNICAÇÃO
Outro aspecto
importante é a melhoria
do modelo de
comunicação.
!
Hoje, os programas
enviam informaç...
MOBILIDADE
A mobilidade também é
outro aspecto
importante.
!
A figura abaixo ilustra
como é que é hoje.
!
Quando você move...
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
NASA
NÃO EXISTE MAIS
INTERNET SEM AS
“COISA...
DISPOSITIVOS
SOCIAIS
Dispositivos
Sociais
Representantes
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (I...
NOVAGENESIS
OS BENEFÍCIOS
SEGURANÇA, PRIVACIDADE E CONFIANÇA
!
CIDADES INTELIGENTES E REDES CONVERGENTES
!
COMPOSIÇÃO DINÂ...
SEGURANÇA,
PRIVACIDADE E
CONFIANÇA
A utilização de nomes
auto-certificáveis como
identificadores garante
um nível de
rastr...
CIDADES INTELIGENTES
E REDES CONVERGENTES
A NovaGenesis permite
a exposição de recursos
sensorais e atuadores,
visando ati...
COMPOSIÇÃO
DINÂMICA DE
SERVIÇOS
Serviços especializados
em estimar a reputação
de outros serviços
permitiriam a
manutenção...
DISTRIBUIÇÃO DE
CONTEÚDOS
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
Experimento conju...
INTERNET DE
“COISAS” E RÁDIO
COGNITIVO
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
From...
NOVAGENESIS NA
MÍDIA
(c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
Breve Histórico
!
2008: Primeiros estudos.
!
2009/2010: Definição dos
princípios e decisões de
projeto.
!
2011: Projeto com...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

NovaGenesis: brochura do projeto

1.285 visualizações

Publicada em

Future Internet project, architecture, SDN, IoT, SON, NFV.

Publicada em: Internet
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
448
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

NovaGenesis: brochura do projeto

  1. 1. Imagine se não existisse Internet hoje! Como ela poderia ser construída? Como ela seria? Que ganhos traria?
 O objetivo do projeto NovaGenesis é recriar a arquitetura da Internet por meio da integração coesa das melhores tecnologias atuais. ! ! O objetivo é fazer a revolução na Internet, através de uma arquitetura melhor preparada para os desafios da sociedade da informação. ! ! Você conhece alguma tecnologia da década de 70 que não tenha sido reinventada desde então? Pois é, muitos protocolos da Internet continuam os mesmos desde os anos 70! NOVAGENESIS Nova Arquitetura de Internet ! Por Antônio Marcos Alberti, Outubro de 2014. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  2. 2. A INTERNET ATUAL E SUA ARQUITETURA (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Fonte:The Opte Project A Internet é sem dúvida um dos mais importantes artefatos da engenhosidade humana. ! Ela mudou de vez a forma como nos comunicamos, trabalhamos e nos divertimos. ! Ela é muito importante para a economia, especialmente para o terceiro setor, o de serviços. ! Ela atingiu escalas fenomenais, muito além do imaginado por seus projetistas. A arquitetura da Internet é composta de centenas de protocolos que interagem entre si, e que foram acrescentados de forma incremental à Internet. ! Entretanto, os protocolos do núcleo da arquitetura estão praticamente inalterados desde a década de 70 e possuem vários aspectos obsoletos. ! Com isso, novas tecnologias devem lidar com a complexidade, imperfeições e limitações das tecnologias anteriores. ! Além disso, os protocolos do núcleo da Internet foram projetados em uma época em que as capacidades de computação, armazenamento e comunicações eram muito inferiores as atuais. ! Isso limitou em muito o projeto que podia ser feito, e o resultado foi um projeto focado exclusivamente na transferência de pacotes entre computadores. ! Hoje, existem milhares de cenários de aplicação na Internet, que em muito diferem do cenário adotado no projeto dos protocolos do núcleo da arquitetura. ! Assim, cada vez mais as pessoas estão percebendo as limitações e problemas da arquitetura atual da Internet. !
  3. 3. Quem está me atacando? Está é a aplicação ou informação certa? Como ter certeza que ninguém alterou meus programas e conteúdo? Como garantir que as minhas informações não estão caindo nas mãos erradas? Na arquitetura atual é muito difícil descobrir que está te atacando. Os endereços dos computadores mudam o tempo todo e a forma como são atribuídos é facilmente corrompível. ! De forma geral, não existe registro entre o nome dos usuários e os endereços de suas máquinas. ! Também é muito difícil saber se uma informação obtida ou um programa em uso são de fato o que foi desejado. ! Informações que compartilhamos estão caindo nas mãos erradas sem nossa autorização. ! O suporte a segurança e a privacidade na Internet deixa muito a desejar. ! Além disso, na época em que a Internet foi projetada, os computadores eram completamente fixos. Hoje, a realidade é completamente diferente. A maioria das máquinas é móvel. ! Assim, quando movemos nossas máquinas, elas mudam de endereço, e isso causa a perda de conexão entre os programa de computador. Frequentemente, temos que reiniciar os programas após a troca de conexão. ! Com a troca de endereço, a identidade das máquinas muda, tornando extremamente difícil rastreá-las. ! A Internet, mesmo com o IPv6, carece de transparência. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. LIMITAÇÕES E PROBLEMAS
  4. 4. LIMITAÇÕES E PROBLEMAS O excesso de protocolos sobrepostos na atual arquitetura da Internet reduz a sua eficiência. ! Existem muitos controles para pouca troca de informação útil. ! A presença de tecnologias obsoletas na arquitetura torna a rede lenta. ! ! Alguns controles são da década de 70 e não são usados para nada. ! Entretanto, a cada segundo trilhões de bytes são perdidos na Internet toda com a sua transmissão. ! ! ! ! ! ! ! As limitações comentadas até agora impedem o aumento do número de interfaces de rede que podemos usar em um computador. ! A final de contas, porque não posso ter 10 interfaces de rede simultâneas em minha máquina e me mover sem a perda da conectividade? ! ! Preocupados com essas limitações e problemas da arquitetura da Internet atual, dezenas de iniciativas apareceram no mundo com o objetivo de repensar a Internet. ! São as chamadas pesquisas em Internet do Futuro. ! A NovaGenesis é um desses projetos. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Quem sou eu? Meu número mudou! Por que tantos controles? Por que a minha conexão foi perdida? Por que eu não posso usar 10 interfaces de rede ao mesmo tempo?Por que a rede é tão lenta?
  5. 5. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. ‣ Novo esquema de nomeação, muito mais amplo que na Internet atual. ‣ Suporte para nomes em linguagem natural e auto- certificados. ‣ Rede de relacionamento entre nomes. ‣ Nomes usados como identificadores e localizadores. ‣ Protocolos implementados como serviços nomeados. ‣ Suporte para o ciclo completo de serviços, incluindo descoberta e negociação. ‣ A pilha de protocolos atual, rigidamente estabelecida e imutável, é substituída pelo composição dinâmica de protocolos- implementados- como-serviços. ‣ Toda a troca de informação é rastreável para quem está autorizado a ver. ‣ Isso permite verificar a integridade e proveniência de informações. ‣ Os contratos entre serviços criam redes de confiança, ou seja, os serviços só trabalham em conjunto com outros serviços em que confiam. ‣ O modelo de comunicação é mudado do “receptor aceita tudo” para um modelo “receptor só acessa o que deseja”. ‣ Todas as coisas podem se mover sem a perda de identidade. ‣ Suporte para a Internet de Coisas e Redes definidas por software. ‣ Arquitetura auto- organizável. NOVAGENESIS O QUE É QUE MUDA?
  6. 6. NOMEAÇÃO Nomes únicos gerados a partir de padrões imutáveis das existências. Nomes em linguagem natural: Português, Inglês, etc. Wilfredor 0101010101010101011010110001010010101010101010101 1010101011110100001010011111111110101010100000000 1001010101000101010101011111110000000000000000000 1010101010101010101000010010101010101010101010101 1111111010101010100001010010100101010100010101010 0100000100000010000000001000001000000100000010000 1110000010000000100000010110101111000011100000000 1111111010101010100001010010100101010100010101010 0100000100000010000000001000001000000100000010000 1110000010000000100000010110101111000011100000000 1111111101111110111111011111101111101111101111111 Na Internet atual o suporte para o nome das coisas é mínimo. Apenas domínios, terminais e objetos da web são nomeados. ! Em novas arquiteturas de Internet, o ideal é que todas as existências sejam nomeadas, pois todas elas farão parte da Internet. ! A NovaGenesis suporta nomes em linguagem natural, isto é: nomes em Inglês e Português, por exemplo. ! Ela também suporta nomes em linguagem de máquina, obtidos a partir de padrões únicos das existências. ! Por exemplo, a sua impressão digital pode alimentar um algoritmo que produz um nome único para você. O hardware do seu smartphone possui características únicas que podem ser usadas para gerar um nome único para esse dispositivo. ! O mesmo vale para os arquivos digitais em seu computador ou dispositivo móvel. ! Então, uma nova arquitetura deve suportar a nomeação tanto em linguagem natural, quanto em linguagem de máquina, os chamados nomes auto-certificáveis, que podem a qualquer momentos serem verificados. ! Isso aumenta em muito a segurança que pode ser oferecida para todos. ! Somente uma nova arquitetura de Internet pode incluir esses nomes desde o inicio em seu desenho. ! (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  7. 7. NOMEAÇÃO Outro aspecto importantíssimo é conectar os nomes para criar uma gigantesca rede de relacionamentos de todas as coisas. ! Através dessa rede, é possível representar os mais variados relacionamentos entre entidades, tais como autoria, propriedade, etc. ! Por exemplo, a Internet poderia saber que o seu smartphone pertence a você, utilizando nomes auto-certificáveis para guardar isso. Mas para que serve isso? ! Uma Internet com amplo suporte a ambos os tipos de nomes e seus relacionamentos permite soluções muito mais inteligentes, que aproximam a linguagem das pessoas da linguagem da máquina. A Internet conseguiria determinar relacionamentos sozinha. ! Algo impossível na arquitetura atual. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Nomes conectados para criar uma rede de relacionamentos. Antônio Imagem.jpg AA180972 … 01011223 … 0101010101010101011010110001010010101010101010101 1010101011110100001010011111111110101010100000000 1001010101000101010101011111110000000000000000000 1010101010101010101000010010101010101010101010101 1111111010101010100001010010100101010100010101010 0100000100000010000000001000001000000100000010000 1110000010000000100000010110101111000011100000000 1111111010101010100001010010100101010100010101010 0100000100000010000000001000001000000100000010000 1110000010000000100000010110101111000011100000000 1111111101111110111111011111101111101111101111111 Meu Smartphone BFEF1216 …
  8. 8. IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO Nomes podem ser usados como identificadores e localizadores. ! Eles podem identificar o alvo de uma comunicação, por exemplo: Image.jpg. ! Na NovaGenesis, não precisamos informar onde está uma informação para acessá-la (por exemplo,www.inatel.br/novagenesis), basta dizer qual é a informação que queremos. ! ! Os nomes também podem localizar uma entidade, são os chamados localizadores. ! Por exemplo, o nome AA180972 pode ser usado como localizador do meu smartphone, conforme ilustrado na figura. ! O smartphone está com o Antônio, assim como a foto está no smartphone. ! Parece óbvio, mas não é assim hoje. 01011223 … Imagem.jpg AA180972 … Antônio Meu Smartphone BFEF1216 … (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  9. 9. DESCOBERTA Devido a escassez de recursos na época do seu projeto, o projeto do núcleo da arquitetura atual da Internet não suporta a descoberta de serviços. ! Uma arquitetura com descoberta de serviços permite que os serviços se descubram uns aos outros. Isso cria soluções autônomas, necessárias em função da grande quantidade de entidades na Internet. ! Por exemplo, os programas de computador de uma pessoa podem se anunciar uns para os outros. Nessa figura existem três programas. Duas câmeras e um repositório de fotos. Todos relacionados a uma pessoa. ! Então, o que acontece? ! Os programas da câmera podem dizer: eu tenho fotos do Antônio. ! Enquanto, esse outro aqui, o repositório de fotos, pode dizer: eu guardo fotos do Antônio. ! Então, eles podem se descobrir e fazer uma negociação. ! Na NovaGenesis, todos os serviços podem descobrir uns aos outros, incluindo os protocolos da arquitetura. Antônio Câmera 1 Câmera 2 ScalifaxMeu smartphone Meu tablet Meu Repositório de Fotos DESCOBERTA Eu tenho fotos do Antônio! Eu guardo fotos do Antônio! Eu tenho fotos do Antônio! (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  10. 10. NEGOCIAÇÃO Uma vez que um serviço descobre um possível parceiro, ele então oferece uma proposta de trabalho, chamada de acordo de nível de serviço. ! Na NovaGenesis, toda a composição de serviços é baseada em contratos. ! Isso melhor vários aspectos da Internet, pois os serviços sempre tem um acordo que os respalda. ! Na figura abaixo, os programas de fotos contratam uns aos outros, e só então passam a trabalhar em conjunto. ! “Olha, você não quer trabalhar comigo? Eu tenho fotos do Antônio e eu sei que você guarda fotos do Antônio. Então, vamos trabalhar juntos! “ ! A partir desse processo podem ser estabelecidos contratos de trabalho entre os aplicativos do Antônio. ! Uma vez que os programas já se conhecem, eles criam uma rede de confiança, agora eles tem contratos assinados. ! Se algo der errado, responsabilidades poderão ser apuradas. NEGOCIAÇÃO Vamos trabalhar juntos? Vamos trabalhar juntos? Vamos trabalhar juntos? Antônio Câmera 1 Câmera 2 ScalifaxMeu smartphone Meu tablet Meu Repositório de Fotos (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  11. 11. TROCA DE INFORMAÇÃO Então, o próximo passo é a troca das fotos. E essa troca acontece levando em conta os nomes de todo mundo. ! Como resultado, a partir de uma foto é possível identificar quais foram os programas de computador utilizados, os terminais e a pessoa que esta relacionada a esse conteúdo e a esses programas. ! Isso é fundamental, porque a gente pode então rastrear a origem das fotos, a origem dos conteúdos, e quais foram os programas que lidaram com esse conteúdo. Isso melhora muito a segurança de uma nova Internet, por que as pessoas autorizadas podem ver todo o trajeto da informação e os programas que foram usados para computar. ! A troca de conteúdos nomeados só ocorre depois da descoberta e negociação de serviços confiáveis. ! Isso também vale para a implementação dos próprios protocolos da NovaGenesis, o que garante a confiabilidade dos protocolos usados na Internet. TROCA DE INFORMAÇÃO Ai vão as minhas fotos! Ok!Ai vão as minhas fotos! Antônio Câmera 1 Câmera 2 ScalifaxMeu smartphone Meu tablet Meu Repositório de Fotos (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  12. 12. RASTREABILIDADE, CONFIANÇA E REPUTAÇÃO Esse grau de rastreabilidade e confiança não existe hoje na nossa Internet. ! Hoje a nossa Internet é opaca. A NovaGenesis provê uma Internet transparente para as pessoas autorizadas (mas, para quem não está autorizado a ver, a Internet vai continuar sendo opaca). ! E esses programas então trabalham em uma rede de confiança, algo que não existe hoje também, usando os nomes auto-verificáveis para estabelecer essa rede. Os serviços se apresentam uns aos outros e, se a reputação destes programas for boa, eles trabalham juntos. ! Caso contrário, eles não formam rede de confiança. Isso evita então que a gente acesse programas indesejáveis, melhorando em muito a segurança. RASTREABILIDADE Antônio Câmera 1 Câmera 2 ScalifaxMeu smartphone Meu tablet Meu Repositório de Fotos (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Confiável! Não confiável! CONFIANÇA E REPUTAÇÃO "Collaboration logo V2" by Berdea - Own work. Licensed under Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 via Wikimedia Commons - http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Collaboration_logo_V2.svg#mediaviewer/File:Collaboration_logo_V2.svg
  13. 13. MODELO DE COMUNICAÇÃO Outro aspecto importante é a melhoria do modelo de comunicação. ! Hoje, os programas enviam informação pela Internet e o receptor “aceita tudo”. ! Ou seja, todas as informações que chegam são colocadas nos programas. E ai então surge o spam. ! No futuro, a gente deve trocar esse modelo por um modelo mais inteligente. ! Um modelo onde as informações são publicadas e a pessoa só assina aquilo que ela quer. ! Os serviços, os aplicativos, só vão assinar aquilo que as pessoas querem, de acordo com a política instruída para a rede. Isso faz então com que se torne ainda mais seguro trocar informação na Internet - acabando com o spam. ! Você não vai mais assinar uma mensagem de uma pessoa que você não conhece através de um serviço de baixa reputação! (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Hoje Transmissor envia Origem do Spam! Internet Receptor aceita tudo MODELO DE COMUNICAÇÃO Futuro Transmissor publica Fim do Spam!Internet Receptor assina
  14. 14. MOBILIDADE A mobilidade também é outro aspecto importante. ! A figura abaixo ilustra como é que é hoje. ! Quando você move um terminal para uma outra rede, o endereço muda. O nome muda. ! Com a NovaGenesis, quando você move o computador de uma rede para a outra, o nome do computador continua o mesmo. O que muda é o localizador da onde esse computador se encontra agora. ! O identificador permanece o mesmo. ! Essa solução é muito melhor do que a atual. ! Permite mover coisas sem perder a identidade, como mostra a figura: o localizador do tablet muda, mas o identificador permanece o mesmo. Ela utiliza os mapeamentos entre nomes para localizar existências. Uma Internet com esse recurso será naturalmente mais simples e consistente, suportando a mobilidade de qualquer coisa: conteúdos, serviços, dispositivos, pessoas, etc. ! A NovaGenesis suporta a chamada mobilidade generalizada. Rede Local 2 ID=143.106.52.3 LOC=143.106.52.3 ID=10.0.0.3 LOC=10.0.0.3 Hoje Rede Local 1 MOBILIDADE (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Futuro ID=FFFF12211243865… LOC=FEFEF1421412411… ID=FFFF12211243865… LOC=AAAA2734573453… MOBILIDADE Rede Local 2Rede Local 1
  15. 15. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. NASA NÃO EXISTE MAIS INTERNET SEM AS “COISAS” UMA GALÁXIA DE COISAS NA INTERNET VAI ESTRASSAR A ARQUITETURA ATUAL! A evolução da Internet e a redução do preço dos computadores está fazendo com que cada vez mais equipamentos estejam na Internet. ! Então, quantos dispositivos vão estar na Internet daqui 20 anos? ! Podemos esperar uma galáxia de dispositivos daqui 20 anos na Internet. ! Muitos dispositivos mesmo. Então não existe mais uma Internet sem esses dispositivos, sem as “coisas” - qualquer coisa, de carros a eletrodomésticos. ! A Internet de coisas vai fazer parte da Internet do Futuro. Não há outro caminho. ! E como que é então uma Internet com coisas? É uma Internet que tem muito mais do que cinco sentidos. É uma Internet que vai ter milhares de diferentes sentidos. ! Dispositivos medindo de tudo. Por exemplo, temperatura, pressão, além de sinais audíveis, visuais, etc. ! Uma Internet rica em sentidos. Que tem uma ciência do mundo físico. E também uma capacidade de alterar o mundo físico através de atuadores. idade generalizada. ! A NovaGenesis foi projetada desde o inicio considerando o advento da Internet de Coisas, algo impossível de ser antevisto na década de 70.
  16. 16. DISPOSITIVOS SOCIAIS Dispositivos Sociais Representantes (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. A grande quantidade de dispositivos desperta outra questão: quem que vai gerenciá-los e controlá-los? ! Será que o nosso modelo de gerência e controle atual vai dar conta desse gigantesco enxame de dispositivos? ! A NovaGenesis considera o paradigms dos dispositivos sociais, em que os dispositivos se organizam sozinhos usando representantes de software – serviços confiáveis. ! Eles interagem uns com os outros usando representantes de software e isso faz então com que todos os recursos do mundo físico sejam melhor usados no mundo virtual. INTERAGEM UNS COM OS OUTROS USANDO REPRESENTANTES DE SOFTWARE
  17. 17. NOVAGENESIS OS BENEFÍCIOS SEGURANÇA, PRIVACIDADE E CONFIANÇA ! CIDADES INTELIGENTES E REDES CONVERGENTES ! COMPOSIÇÃO DINÂMICA DE SERVIÇOS ! DISTRIBUIÇÃO DE CONTEÚDOS ! INTERNET DE “COISAS” E RÁDIO COGNITIVO
  18. 18. SEGURANÇA, PRIVACIDADE E CONFIANÇA A utilização de nomes auto-certificáveis como identificadores garante um nível de rastreabilidade de informação e serviços sem precedentes. ! Além disso, o armazenamento distribuído de mapeamentos entre nomes em linguagem natural e de máquina permite que a arquitetura de um passo a frente na direção de acomodar o significado das coisas na própria arquitetura. ! Tal esforço aproxima as máquinas da linguagem humana, reduzindo as distâncias de entendimento entre ambas. ! Essa abordagem permite verificar a proveniência de conteúdos, garantindo maior segurança em todas as etapas da troca e processamento de informações. ! Em resumo, ganha-se na segurança, rastreabilidade de conteúdos e serviços, e na aproximação semântica entre humanos e máquinas. ! A qualquer momento pode-se relacionar um determinado conteúdo aos serviços, equipamentos, pessoas e locais associados. ! A NovaGenesis permite repensar toda a segurança do “zero”, através da utilização de novos algoritmos criptográficos, de hash, de votação, de reputação, dentre outros. REDES DE CONFIANÇA ENTRE SERVIÇOS NOMES AUTO-CERTIFICÁVEIS OPERAÇÃO BASEADA EM CONTRATOS SISTEMAS DE VOTAÇÃO E REPUTAÇÃO RASTREABILIDADE E PROVENIÊNCIA OPERAÇÃO BASEADA EM POLÍTICAS REGULAÇÃO E ETIQUETAS SOCIAIS PARADIGMA PUBLICA/ASSINA (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  19. 19. CIDADES INTELIGENTES E REDES CONVERGENTES A NovaGenesis permite a exposição de recursos sensorais e atuadores, visando atingir a ciência do mundo físico (real- world-awareness) e a tomada de decisão baseada em representações do conhecimento. ! Permite a facilidade de migração e evolução tecnológica acelerada (novas tecnologias são instaladas através da troca de software). ! Oferece aumento da eficiência e eficácia, introdução de “pilotos automáticos”, operação baseada em políticas, regras, regulações, etc. ! São informações fornecidas pelos operadores humanos que alimentam os ciclos de decisão autonômicos dos serviços, bem como a gerência de reputação, de estabilidade e de redes de confiança. ! Apresentamos a NovaGenesis como arquitetura para cidades inteligentes em SP em 2013. MELHOR APROVEITAMENTO DOS RECURSOS PÚBLICOS/PRIVADOS. PROGRAMABILIDADE E CONTROLE VIA SOFTWARE-DEFINED SERVICES. RASTREABILIDADE DE “COISAS” E PROVENIÊNCIA DE DADOS, INFORMAÇÕES. AUTO-ORGANIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE E-GOVERNMENT. MODELO REVOLUCIONÁRIO DE GERÊNCIA E CONTROLE. (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  20. 20. COMPOSIÇÃO DINÂMICA DE SERVIÇOS Serviços especializados em estimar a reputação de outros serviços permitiriam a manutenção de redes de confiança. ! ! Comportamentos ilícitos ou indesejados podem ser detectados através da troca de informações entre serviços membros de uma rede de confiança. ! A NovaGenesis oferece redundância natural de serviços via computação distribuída. ! ! Os serviços poderiam se auto-organizar em função da semântica fornecida por usuários humanos, aproximando a linguagem dos homens da linguagem de máquinas. A proposta permite a introdução de “pilotos automáticos” que operariam baseado em políticas, regras, regulações, etc. ! Muda-se do paradigma de programação imperativa para computação flexível, autonômica. A alteração de algum conteúdo ou serviço após publicação poderia ser detectada através de teste de integridade de nomes - útil para detectar backdoors. ! Permite um melhor aproveitamento dos recursos de substrato, programabilidade e controle por software. Permite a exposição de recursos sensorais e atuadores, visando atingir a ciência do mundo físico (real-world- awareness) e a tomada de decisão baseada em representações do conhecimento. ! Aumento da eficiência e eficácia - otimização das funcionalidades em função da real necessidade. ! Criação de um ecossistema digital de negócios melhor alinhado aos objetivos de negócio, ciente dos desejos e preferências das pessoas. ! Esses benefícios foram apresentados no SIMBRACS 2013. ECOSSISTEMA DIGITAL DE PRODUTOS E SERVIÇOS. OPERAÇÃO BUSINESS- DRIVEN E SOCIAL-DRIVEN. RESOURCE-AWARENESS (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  21. 21. DISTRIBUIÇÃO DE CONTEÚDOS (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. Experimento conjunto realizado na Coréia do Sul em 203. ! Troca de fotos com nomes auto-certificáveis entre o ETRI, KNU e CNU usando a rede KOREN de 10 Gbps. ! Clientes e servidores descobrem uns aos outros, publicam contratos de trabalho e trocam fotos baseado em políticas definidas pelo usuário. ! A proveniência, integridade e coerência das fotos é verificada.
  22. 22. INTERNET DE “COISAS” E RÁDIO COGNITIVO (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014. From “H” RoF RoF Splitter Access Point Spectrum Analyzer Antenna Control Link From “H” To “E” To “E” Optical Switch Throughtput (Mbps) CINR (dB) RF Sa Freque NovaGenesis Services for Proxy/Gateway/ Control of: ! ! Spectrum Sensing ! Optically Controlled Antenna ! Access Point ! Wi-Fi VLAN ! ! (c) Antonio Alberti 2014, Inatel - All rights reserved. Rádio adaptativo e cognitivo sobre fibra usando a NovaGenesis. ! Demonstra a capacidade da NovaGenesis de implementar um cenário convergente de Internet de Coisas, redes programáveis, auto-organizadas e adaptativas. ! Na figura, o canal ótimo para transmissão de Wi-Fi é encontrado através do sensoriamento espectral e gerente de recursos NovaGenesis. ! O trabalho está sendo feito em parceria com o Laboratório WOCA (Wireless and Optical Convergent Access), do Inatel. Photoconductive Switch Transceiver Transceiver
  23. 23. NOVAGENESIS NA MÍDIA (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.
  24. 24. Breve Histórico ! 2008: Primeiros estudos. ! 2009/2010: Definição dos princípios e decisões de projeto. ! 2011: Projeto completo da arquitetura. ! 2012/2013: Implementação de prova de conceito. ! 2014: Teste de laboratório no Inatel. ! ! ! Equipe ! Prof. Dr. Antônio Marcos Alberti Prof. Dr. Arismar Cerqueira S. Jr. Eng. Daniel Lopes Fussia Prof. MSc. Edielson P. Frigieri Prof. Evandro L. B. Gomes Eng. Frederico M. P. Jr Eng. Francisco Neto Eng. Gabriel Scarpioni Eng. Isabela V. C. Motta Prof. Lúcio H. de Oliveira Prof. Marco A. F. Casaroli Matheus C. da Silva Pavel S. F. Teixeira Eng. Vaner J. Magalhães Victor H. de O. Fernandes Parceiros ! Prof. Dr Dhananjay Singh, HUFS, Coréia do Sul. ! Dr. Heeyoung Jung, ETRI, Coréia do Sul. ! Prof. Dr. Rodrigo da Rosa Righi, Unisinos, Brasil. ! Prof. Dr. Waldir Moreira, Universidade Lusofona, Portugal. ! Prof. Dr. Ciprian Dobre, UPB, Romênia. ! Informações de Contato ! Antônio Marcos Alberti INATEL Av. João de Camargo 510 CEP 37540-000 Santa Rita do Sapucaí, Minas Gerais, Brasil. Web sites ! www.inatel.br/novagenesis facebook.com/ NovaGenesisArchitecture ! ! ! Youtube ! TEDxInatel TV Unisinos (c) Antônio M. Alberti, Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), 2014.

×