A Verdade Sobre A Maçonaria

1.499 visualizações

Publicada em

Conheça as duas Maçonarias existentes em uma só: a aparente e a real

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
327
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Verdade Sobre A Maçonaria

  1. 1. Palavras de Manly P. Hall, escritor maçon do 33º Grau: "Quando o maçom aprende que o segredo para o guerreiro é a correta aplicação do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério de sua Arte. As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos e antes que ele possa avançar para frente e para cima, precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia." [The Lost Key to Freemasonry, Manly P. Hall, publicado pela Macoy Publishing and Masonic Supply Company, Richmond, Virgínia, 1976, ênfase adicionada].
  2. 2. Albert Pike, líder maçon do final do se´c. XIX e um dos maiore nomes da maçonaria: "... Satanás não é um deus negro, mas a negação de Deus ... ele não é uma pessoa, mas uma Força, criada para o bem, mas que pode representar o mal. É o instrumento da Liberdade ou do Livre Arbítrio. Eles representam essa Força... sob a forma mitológica e cornífera do deus Pã ; daí veio o bode do Sabá, irmão da Antiga Serpente e o portador da Luz ..." [Pike, Morals and Dogma, pg 102]
  3. 3. Albert Churchward, outro escritor maçom, diz que os maçons são "nossos druidas atuais" [Albert Churchward, Signs and Symbols of Primordial Man: The Evolution of Religious Doctrine from the Eschatology of the Anciente Egyptians (Sinais e Símbolos do Homem Primordial: A Evolução da Doutrina Religiosa a Partir da Escatologia dos Antigos Egípcios), Londres, Inglaterra, George Allen and Co. Ltd., 1913, segunda edição, pg 189] Outro autor maçônico, George Oliver, também observou a conexão da Maçonaria com os druidas. "Os druidas veneravam grandemente a Serpente. O grande deus Hu, era tipificado por esse réptil; e era representado pelos bardos como o 'maravilhoso Dragão-chefe, o soberano dos céus'." [George Oliver, Sign and Symbols, Nova York, Macoy Publishing and Masonic Supply Co., 1906, pg 36; ênfase e caixa alta no original]
  4. 4. Observe que as vestes de cerimônia assim como o ambiente interno das Lojas Maçônicas são repletos de simbolismo. No entanto, este simbolismo tem ultrapassado as paredes das lojas (e esse sempre foi a intenção da fraternidade).
  5. 5. A nota de Um Dóllar Americano é um exemplo clássico da influência da maçonaria na política, economia, cultura e até em muitas "religiões". Observe a pirâmide na parte de trás da cédula e o triângulo em seu topo com o um olho dentro. Este é o mesmo símbolo presente na foto numa loja maçônica acima, na parede atrás dos membros da fraternidade. Este triângulo significa "o olho que tudo vê", uma alusão a Lúcifer. Os maçons e "profanos" menos conhecedores são levados a crer que este olho seria do Deus Criador. Mas, conforme vemos em um dos nossos artigo s, - confira lá - (isso é duro mas é a pura verdade) Lúcifer é que é o verdadeiro deus adorado pelos maçons.

×