SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
• Cada um interpreta as ocorrências da vida de uma forma diferente.
• Como eu interpretei aquilo que me aconteceu?
• Na natureza não existe culpa. Não existe culpado.
Ex.: o celular de meu filho deu caixa postal.
É uma forma de comunicação das espécies;
As emoções provocam diversas modificações em nossa estrutura física:
• Automática – pulso acelerado, palidez, rubor;
• Endócrina – suor, lágrima, boca seca ou salivação;
• Muscular – contração das mãos ou rosto;
• Comportamental – agitação, fuga, paralisação.
Nascem das emoções
Exprimem-se,
manifestam-se
através das emoções
São pensamentos que surgem automaticamente. Eles são
bastantes rápidos e breves.
Enquanto você está lendo esta apresentação você pode
perceber alguns níveis de pensamentos. Parte da sua mente
está focalizando as informações que estão captando, estão
buscando entender e integrar estas informações. Em um outro
nível, no entanto, você pode estar tendo alguns pensamentos
avaliativos rápidos, esses pensamentos rápidos são
automáticos e podem ser negativos ou não.
• É positiva ou negativa? A emoção é nociva? Não existe emoção ruim, nem boa.
• Emoção é uma descarga hormonal.
• A emoção é uma reação inconsciente, automática que não está sob o controle da
vontade e nem da razão, que ocorre abaixo da linha de percepção e que leva à
ação, faz o ser vivo agir sem perder tempo.
• Realmente nem sempre a emoção se torna consciente. E é perfeitamente possível
que ocorram alterações emocionais no corpo e o individuo não tenha conhecimento.
• A partir do momento em que o indivíduo toma conhecimento da emoção que
ocorre, ele já passou para um outro processo do seu cérebro, que se chama
“sentimento”. Já se tem a consciência do que está sentindo. Sentimento é então a
percepção consciente e parcial das emoções.
• As emoções dão qualidade e significado às nossas existências.
- O que faz com que a gente adoeça é a
associação da emoção com o pensamento, que recusa, que rechaça o que está
acontecendo, a inconformação com a situação. “Isso não deveria estar acontecendo.”
• O que faz com que a gente adoeça é como a emoção é interpretada, o diálogo
interno, a culpa, o conflito, como nós reagimos.
Sentido biológico (função): fuga, afastamento com urgência do
perigo, das ameaças, impulso para fugir.
• Envolve a preservação da vida;
• Perigo real ou perigo imaginário;
• Preocupação;
• Medo em excesso pode levar a transtornos de ansiedade, porém em
baixa pode levar a uma exposição desnecessária ao risco.
Sentido biológico (função): te convida a ação, ao ataque, ao
enfrentamento.
• A Raiva tem função de preservação do self, é uma defesa para
nossa vulnerabilidade;
• Impor limites. É através dela que podemos nos impor e dar limite
ao outro;
• Dispara diante de situações que julgamos como injustas ou
ameaçadoras;
• Ajuda a proteger a cria, do invasor do território.
Sentido biológico (função): te convida ao recolhimento. Faz com que você
perca energia e se recolha.
• Tristeza é uma emoção ou um indicador de que está faltando algo ou que
perdeu algo, que houve uma perda.
• Percepção de perda e de falta. Ajuda a orientar nas escolhas futuras, no
entanto o excesso de tristeza (se a emoção está exagerada) não é bom.
Nenhum excesso ou nenhuma falta é bom.
• Quando há uma perda (perda de um ente querido) ou você faz algo que
você não gostou, se arrependeu. você se recolhe. A tristeza vem como
reflexão para que você não faça aquilo novamente.
• Manifesta a necessidade de cuidado;
• Permite uma reflexão para a reparação e modificação de condutas;
Sentido biológico (função): te convida ao afastamento de algo que
não vai lhe fazer bem, nem para o seu corpo.
• Algo que não é bom, que vai lhe fazer mal. Você se afasta. Há
uma repulsão;
• Evita exposição ao que pode nos contaminar para não prejudicar
a nossa saúde;
• Auxilia na diferenciação de pessoas ou grupos que tenham
comportamentos que na nossa concepção pareçam inadequadas e
provoquem risco.
Sentido biológico (função): recompensa, pelo sucesso, pelo êxito,
celebração, serve para dar estimulo.
• Serve como forma de equilíbrio para as emoções
desagradáveis;
• Reforça vínculos sócias;
• Reforça interações sociais positivas;
• Faz a vida valer a pena.
Sentido biológico (função): leva uma pessoa a desejar o bem a
outra pessoa ou a uma coisa.
• Estimula o cuidado;
• É um redutor de estresse.
significa sentir-se desprotegido, frágil, em perigo,
ameaçado, exposto;
significa sentir-se ofendido, violado, injustiçado,
desrespeitado, agredido;
significa sentir-se perdendo alguém ou algo,
deixado de lado, desprestigiado, desvalorizado, não aceito;
significa-se sentir-se repugnado, enjoado (antipatia,
repulsa);
significa sentir-se satisfeito, prestigiado,
valorizado, acolhido, aceito, adequado, adaptado;
significa sentir-se protegido, amparado, aceito,
querido, gostado;
• Sensação de apreensão, intranquilidade, incerteza ou medo;
• Decorrente de uma ameaça real ou imaginária, cuja origem efetiva não é
conhecida ou não é reconhecida.
• Um estado ansioso pode ser considerado normal ou patológico, sendo que
tal diferenciação depende do julgamento de quem avalia.
• É uma apreensão difusa, subjetiva e vaga associada a sentimentos de
incerteza e desesperança.
• É distinta do medo - apreensão intelectual do perigo.
• A capacidade de ficar ansioso é necessária para a sobrevida, mas os níveis
graves de ansiedade são incompatíveis com a vida.
• Preocupação em excesso com a opinião do outro;
• Necessitam de reasseguramento constante;
• São pessoas perfeccionistas;
• Evitam ou abandonam compromissos preocupados com seu desempenho;
• Constantemente encontram-se tensas, não conseguem relaxar;
• Subestimam sua capacidade, possuem baixa autoestima;
• Superestimam o perigo;
• Queixam-se com frequência de dores de cabeça, estômago e tensão
muscular.
Resposta emocional diante de uma ameaça real
eminente;
É a antecipação da ameaça.
Frequentemente associada a respostas físicas e vigilância
para um perigo futuro e comportamento de fuga ou
esquiva. Pode ser desencadeadas ameaças reais ou
imaginárias;
Mais cognitiva, e não necessariamente
ligada a uma ameaça real.
• É a capacidade de se conectar e desconectar com as
emoções;
• É a capacidade de reconhece-las, nomeá-las, acolhê-las e
reagir;
• É a capacidade de vive-las sem ganhar a sua identidade.
“Ninguém é a tristeza.”
Todos os comportamentos podem ser aprendidos, inclusive o de
lidar com as emoções.
• Entenda como se sente;
• Sua emoção é legitima;
• Aceitação não significa que você concorda ou acha bom.
• O que deixa de fazer com medo do julgamento do outro?
• Seus comportamentos hoje te afastam ou te aproximam de
quem você que ser?
• A gente não pode ter causado todos os problemas, mas
temos que resolver mesmo assim!
Fique atento aos sinais do corpo e do ambiente!
Emoções

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadeRenata Pimentel
 
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivaçãoPalestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivaçãoRosana Angelo Branas, MBA
 
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -faiPALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -faiEdson Salgado Ávella
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalAlexandre Rivero
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocionalanaediteaires
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroVera Lessa
 
Projeto trabalhando as emoçoes
Projeto trabalhando as emoçoesProjeto trabalhando as emoçoes
Projeto trabalhando as emoçoesDorinha Matias
 
Workshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoWorkshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoAnaí Peña
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRAlessandra Gonzaga
 
Inteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxInteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxElidaine
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocionalJosi Borges
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalLeandro Lopes
 
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorInteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorYonara Mateus
 

Mais procurados (20)

Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
 
Palestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro AmareloPalestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro Amarelo
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
 
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivaçãoPalestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
Palestra Inteligência Emocional - do autoconhecimento à auto motivação
 
Emoções e sentimentos.pptx
Emoções e sentimentos.pptxEmoções e sentimentos.pptx
Emoções e sentimentos.pptx
 
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -faiPALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
PALESTRA : A energia transformadora do autoconhecimento e da auto estima -fai
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocional
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
 
Projeto trabalhando as emoçoes
Projeto trabalhando as emoçoesProjeto trabalhando as emoçoes
Projeto trabalhando as emoçoes
 
Palestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência EmocionalPalestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência Emocional
 
Workshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoWorkshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educação
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
 
Inteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxInteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptx
 
Afetividade
AfetividadeAfetividade
Afetividade
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
 
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedorInteligência emocional e o perfil do empreendedor
Inteligência emocional e o perfil do empreendedor
 
AS EMOÇÕES
AS EMOÇÕESAS EMOÇÕES
AS EMOÇÕES
 

Semelhante a Emoções

Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocionalDalila Melo
 
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessaocaminhodaluz41
 
Instituto Espírita de Educação - Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mim
Instituto Espírita de Educação -  Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mimInstituto Espírita de Educação -  Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mim
Instituto Espírita de Educação - Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mimInstituto Espírita de Educação
 
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...Smar Brasil
 
Emoções qualidade de vida
Emoções qualidade de vidaEmoções qualidade de vida
Emoções qualidade de vidaEstevam Pires
 
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasDores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasEduardo Ottonelli Pithan
 
A arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docxA arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docxSusan Glass
 
Pais Gestores de sua Felicidade
Pais Gestores de sua FelicidadePais Gestores de sua Felicidade
Pais Gestores de sua FelicidadeMediar2922
 
Análise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresa
Análise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresaAnálise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresa
Análise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresaPalestras & Consultoria
 
Educacao sentimento
Educacao sentimentoEducacao sentimento
Educacao sentimentoLisete B.
 
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividadeComportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividadeAnaí Peña
 

Semelhante a Emoções (20)

Emoção
Emoção  Emoção
Emoção
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
 
Instituto Espírita de Educação - Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mim
Instituto Espírita de Educação -  Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mimInstituto Espírita de Educação -  Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mim
Instituto Espírita de Educação - Auto-estima - Posso ou não posso pensar em mim
 
Mecanismos de defesa do ego
Mecanismos de defesa do egoMecanismos de defesa do ego
Mecanismos de defesa do ego
 
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
 
Ansiedade e espiritismo
Ansiedade e espiritismoAnsiedade e espiritismo
Ansiedade e espiritismo
 
Emoções qualidade de vida
Emoções qualidade de vidaEmoções qualidade de vida
Emoções qualidade de vida
 
Juventude e emoção
Juventude e emoçãoJuventude e emoção
Juventude e emoção
 
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasDores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
 
A arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docxA arte de interrogar 1.docx
A arte de interrogar 1.docx
 
Pais Gestores de sua Felicidade
Pais Gestores de sua FelicidadePais Gestores de sua Felicidade
Pais Gestores de sua Felicidade
 
Análise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresa
Análise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresaAnálise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresa
Análise transacional para o desenvolvimento pessoal e/ou da empresa
 
Educacao sentimento
Educacao sentimentoEducacao sentimento
Educacao sentimento
 
Reforma íntima
Reforma íntimaReforma íntima
Reforma íntima
 
Trauma
TraumaTrauma
Trauma
 
A vontade
A vontade A vontade
A vontade
 
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividadeComportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
 
ESTRESSE OU STRESS
ESTRESSE OU STRESSESTRESSE OU STRESS
ESTRESSE OU STRESS
 

Mais de Antonino Silva

Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
Evangeliza - Reconciliação
Evangeliza - ReconciliaçãoEvangeliza - Reconciliação
Evangeliza - ReconciliaçãoAntonino Silva
 
Evangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerEvangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerAntonino Silva
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos EspíritasAntonino Silva
 
Evangeliza - Infortúnios Ocultos
Evangeliza - Infortúnios OcultosEvangeliza - Infortúnios Ocultos
Evangeliza - Infortúnios OcultosAntonino Silva
 
Evangeliza - A Páscoa
Evangeliza - A PáscoaEvangeliza - A Páscoa
Evangeliza - A PáscoaAntonino Silva
 
Evangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
Evangeliza - Quatro Forças do DinheiroEvangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
Evangeliza - Quatro Forças do DinheiroAntonino Silva
 
Evangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça RealEvangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça RealAntonino Silva
 
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusEvangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusAntonino Silva
 
Evangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorEvangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorAntonino Silva
 
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráterEvangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráterAntonino Silva
 
Evangeliza - Mediunidade nos animais
Evangeliza - Mediunidade nos animaisEvangeliza - Mediunidade nos animais
Evangeliza - Mediunidade nos animaisAntonino Silva
 
Evangeliza - As 5 Linguagens do Amor
Evangeliza - As 5 Linguagens do AmorEvangeliza - As 5 Linguagens do Amor
Evangeliza - As 5 Linguagens do AmorAntonino Silva
 
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueireEvangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueireAntonino Silva
 

Mais de Antonino Silva (20)

Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
Evangeliza - Reconciliação
Evangeliza - ReconciliaçãoEvangeliza - Reconciliação
Evangeliza - Reconciliação
 
Evangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerEvangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do Ser
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
Tecnologia 5G
Tecnologia 5GTecnologia 5G
Tecnologia 5G
 
O Método Stutz
O Método StutzO Método Stutz
O Método Stutz
 
Evangeliza - Infortúnios Ocultos
Evangeliza - Infortúnios OcultosEvangeliza - Infortúnios Ocultos
Evangeliza - Infortúnios Ocultos
 
Evangeliza - A Páscoa
Evangeliza - A PáscoaEvangeliza - A Páscoa
Evangeliza - A Páscoa
 
Evangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
Evangeliza - Quatro Forças do DinheiroEvangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
Evangeliza - Quatro Forças do Dinheiro
 
Evangeliza - A Busca
Evangeliza - A BuscaEvangeliza - A Busca
Evangeliza - A Busca
 
Evangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça RealEvangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça Real
 
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusEvangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
 
Evangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorEvangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de Amor
 
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráterEvangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
Evangeliza - A disciplina do pensamento e a reforma do caráter
 
Evangeliza - Mediunidade nos animais
Evangeliza - Mediunidade nos animaisEvangeliza - Mediunidade nos animais
Evangeliza - Mediunidade nos animais
 
Evangeliza - As 5 Linguagens do Amor
Evangeliza - As 5 Linguagens do AmorEvangeliza - As 5 Linguagens do Amor
Evangeliza - As 5 Linguagens do Amor
 
Evangeliza - Mandalas
Evangeliza - MandalasEvangeliza - Mandalas
Evangeliza - Mandalas
 
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueireEvangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
Evangeliza - Não coloqueis a candeia debaixo do alqueire
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
 

Último

ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxPIB Penha
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusFilipeDuartedeBem
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 

Último (15)

ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 

Emoções

  • 1.
  • 2. • Cada um interpreta as ocorrências da vida de uma forma diferente. • Como eu interpretei aquilo que me aconteceu? • Na natureza não existe culpa. Não existe culpado. Ex.: o celular de meu filho deu caixa postal.
  • 3. É uma forma de comunicação das espécies; As emoções provocam diversas modificações em nossa estrutura física: • Automática – pulso acelerado, palidez, rubor; • Endócrina – suor, lágrima, boca seca ou salivação; • Muscular – contração das mãos ou rosto; • Comportamental – agitação, fuga, paralisação. Nascem das emoções Exprimem-se, manifestam-se através das emoções
  • 4. São pensamentos que surgem automaticamente. Eles são bastantes rápidos e breves. Enquanto você está lendo esta apresentação você pode perceber alguns níveis de pensamentos. Parte da sua mente está focalizando as informações que estão captando, estão buscando entender e integrar estas informações. Em um outro nível, no entanto, você pode estar tendo alguns pensamentos avaliativos rápidos, esses pensamentos rápidos são automáticos e podem ser negativos ou não.
  • 5. • É positiva ou negativa? A emoção é nociva? Não existe emoção ruim, nem boa. • Emoção é uma descarga hormonal. • A emoção é uma reação inconsciente, automática que não está sob o controle da vontade e nem da razão, que ocorre abaixo da linha de percepção e que leva à ação, faz o ser vivo agir sem perder tempo. • Realmente nem sempre a emoção se torna consciente. E é perfeitamente possível que ocorram alterações emocionais no corpo e o individuo não tenha conhecimento. • A partir do momento em que o indivíduo toma conhecimento da emoção que ocorre, ele já passou para um outro processo do seu cérebro, que se chama “sentimento”. Já se tem a consciência do que está sentindo. Sentimento é então a percepção consciente e parcial das emoções. • As emoções dão qualidade e significado às nossas existências. - O que faz com que a gente adoeça é a associação da emoção com o pensamento, que recusa, que rechaça o que está acontecendo, a inconformação com a situação. “Isso não deveria estar acontecendo.” • O que faz com que a gente adoeça é como a emoção é interpretada, o diálogo interno, a culpa, o conflito, como nós reagimos.
  • 6. Sentido biológico (função): fuga, afastamento com urgência do perigo, das ameaças, impulso para fugir. • Envolve a preservação da vida; • Perigo real ou perigo imaginário; • Preocupação; • Medo em excesso pode levar a transtornos de ansiedade, porém em baixa pode levar a uma exposição desnecessária ao risco.
  • 7. Sentido biológico (função): te convida a ação, ao ataque, ao enfrentamento. • A Raiva tem função de preservação do self, é uma defesa para nossa vulnerabilidade; • Impor limites. É através dela que podemos nos impor e dar limite ao outro; • Dispara diante de situações que julgamos como injustas ou ameaçadoras; • Ajuda a proteger a cria, do invasor do território.
  • 8. Sentido biológico (função): te convida ao recolhimento. Faz com que você perca energia e se recolha. • Tristeza é uma emoção ou um indicador de que está faltando algo ou que perdeu algo, que houve uma perda. • Percepção de perda e de falta. Ajuda a orientar nas escolhas futuras, no entanto o excesso de tristeza (se a emoção está exagerada) não é bom. Nenhum excesso ou nenhuma falta é bom. • Quando há uma perda (perda de um ente querido) ou você faz algo que você não gostou, se arrependeu. você se recolhe. A tristeza vem como reflexão para que você não faça aquilo novamente. • Manifesta a necessidade de cuidado; • Permite uma reflexão para a reparação e modificação de condutas;
  • 9. Sentido biológico (função): te convida ao afastamento de algo que não vai lhe fazer bem, nem para o seu corpo. • Algo que não é bom, que vai lhe fazer mal. Você se afasta. Há uma repulsão; • Evita exposição ao que pode nos contaminar para não prejudicar a nossa saúde; • Auxilia na diferenciação de pessoas ou grupos que tenham comportamentos que na nossa concepção pareçam inadequadas e provoquem risco.
  • 10. Sentido biológico (função): recompensa, pelo sucesso, pelo êxito, celebração, serve para dar estimulo. • Serve como forma de equilíbrio para as emoções desagradáveis; • Reforça vínculos sócias; • Reforça interações sociais positivas; • Faz a vida valer a pena.
  • 11. Sentido biológico (função): leva uma pessoa a desejar o bem a outra pessoa ou a uma coisa. • Estimula o cuidado; • É um redutor de estresse.
  • 12. significa sentir-se desprotegido, frágil, em perigo, ameaçado, exposto; significa sentir-se ofendido, violado, injustiçado, desrespeitado, agredido; significa sentir-se perdendo alguém ou algo, deixado de lado, desprestigiado, desvalorizado, não aceito; significa-se sentir-se repugnado, enjoado (antipatia, repulsa); significa sentir-se satisfeito, prestigiado, valorizado, acolhido, aceito, adequado, adaptado; significa sentir-se protegido, amparado, aceito, querido, gostado;
  • 13. • Sensação de apreensão, intranquilidade, incerteza ou medo; • Decorrente de uma ameaça real ou imaginária, cuja origem efetiva não é conhecida ou não é reconhecida. • Um estado ansioso pode ser considerado normal ou patológico, sendo que tal diferenciação depende do julgamento de quem avalia. • É uma apreensão difusa, subjetiva e vaga associada a sentimentos de incerteza e desesperança. • É distinta do medo - apreensão intelectual do perigo. • A capacidade de ficar ansioso é necessária para a sobrevida, mas os níveis graves de ansiedade são incompatíveis com a vida. • Preocupação em excesso com a opinião do outro; • Necessitam de reasseguramento constante; • São pessoas perfeccionistas; • Evitam ou abandonam compromissos preocupados com seu desempenho; • Constantemente encontram-se tensas, não conseguem relaxar; • Subestimam sua capacidade, possuem baixa autoestima; • Superestimam o perigo; • Queixam-se com frequência de dores de cabeça, estômago e tensão muscular.
  • 14. Resposta emocional diante de uma ameaça real eminente; É a antecipação da ameaça. Frequentemente associada a respostas físicas e vigilância para um perigo futuro e comportamento de fuga ou esquiva. Pode ser desencadeadas ameaças reais ou imaginárias; Mais cognitiva, e não necessariamente ligada a uma ameaça real.
  • 15. • É a capacidade de se conectar e desconectar com as emoções; • É a capacidade de reconhece-las, nomeá-las, acolhê-las e reagir; • É a capacidade de vive-las sem ganhar a sua identidade. “Ninguém é a tristeza.” Todos os comportamentos podem ser aprendidos, inclusive o de lidar com as emoções.
  • 16. • Entenda como se sente; • Sua emoção é legitima; • Aceitação não significa que você concorda ou acha bom. • O que deixa de fazer com medo do julgamento do outro? • Seus comportamentos hoje te afastam ou te aproximam de quem você que ser? • A gente não pode ter causado todos os problemas, mas temos que resolver mesmo assim!
  • 17. Fique atento aos sinais do corpo e do ambiente!