Dados Consolidados da Saúde Suplementar - março de 2015

825 visualizações

Publicada em

Dados consolidados sobre o setor de saúde suplementar. Março de 2015

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
825
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
137
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dados Consolidados da Saúde Suplementar - março de 2015

  1. 1. Apresentação Padrão  Dados Consolidados  Saúde Suplementar Atualizado em 10.04.2015
  2. 2. Beneficiários
  3. 3. Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 3 Vínculos a planos privados de assistência à saúde Brasil  (2000‐2014) 31,2 31,7 31,5 32,1 33,8 35,4 37,2 39,3 41,5 42,6 45,4 47,0 48,7 49,6 50,8 2,6 3,1 3,7 4,3 5,3 6,2 7,3 9,2 11,0 13,2 14,6 17,1 19,0 20,4 21,4 0,0 10,0 20,0 30,0 40,0 50,0 60,0 dez/00 dez/01 dez/02 dez/03 dez/04 dez/05 dez/06 dez/07 dez/08 dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 dez/13 dez/14 (milhões) Assistência médica com ou sem odontologia Exclusivamente odontológico
  4. 4. Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 4 Beneficiários de planos de assistência médica por tipo de  contratação do plano (Brasil ‐ 2000‐2014) 5,7 6,5 7,1 7,8 8,3 8,7 8,9 9,0 9,0 9,1 9,4 9,5 9,7 9,9 10,0 7,6 9,3 11,3 13,7 16,0 17,8 19,5 21,3 23,4 24,7 27,2 29,0 31,1 32,6 33,7 3,4 4,0 4,5 5,6 6,4 6,6 6,8 6,9 7,1 7,2 6,9 6,6 6,5 6,6 6,7 0,0 5,0 10,0 15,0 20,0 25,0 30,0 35,0 40,0 dez/00 dez/01 dez/02 dez/03 dez/04 dez/05 dez/06 dez/07 dez/08 dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 dez/13 dez/14 (milhões) Individual ou familiar Coletivo empresarial Coletivo por adesão
  5. 5. Beneficiários de planos de assistência médica por época de  contratação do plano (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 5 Novos 88,7% Antigos 11,3%
  6. 6. Beneficiários de planos de assistência médica por tipo de  contratação do plano (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 6 Individual ou Familiar 19,7% Coletivo empresarial 66,3% Coletivo por adesão 13,3% Não informado 0,7%
  7. 7. Beneficiários de planos de assistência médica por segmentação  assistencial do plano (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 7 Ambulatorial 4,1% Hospitalar 1,3% Hospitalar e ambulatorial 83,5% Referência 10,4% Não informado 0,7%
  8. 8. Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 8 Beneficiários de planos exclusivamente odontológicos por tipo  de contratação do plano (Brasil ‐ 2000‐2014) 0,3 0,4 0,5 0,6 0,8 0,9 1,0 1,2 1,5 2,1 2,4 2,9 3,4 3,5 3,8 0,8 1,0 1,4 1,9 2,4 3,1 3,8 4,9 6,5 8,2 9,6 11,6 13,4 14,8 15,8 0,5 0,6 0,7 1,0 1,4 1,7 2,0 2,5 2,6 2,7 2,3 2,2 2,0 1,8 1,8 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 16,0 18,0 dez/00 dez/01 dez/02 dez/03 dez/04 dez/05 dez/06 dez/07 dez/08 dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 dez/13 dez/14 (milhões) Individual ou familiar Coletivo empresarial Coletivo por adesão
  9. 9. Beneficiários de planos exclusivamente odontológicos por época de  contratação do plano (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 9 Novos 97,8% Antigos 2,2%
  10. 10. Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 Beneficiários de planos exclusivamente odontológicos por tipo de  contratação do plano (Brasil ‐ dezembro/2014) 10 Individual ou Familiar 17,7% Coletivo empresarial 73,8% Coletivo por adesão 8,2% Coletivo não identificado 0,0% Não informado 0,3%
  11. 11. Taxa de cobertura dos planos privados de assistência médica por  Unidades da Federação (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e População ‐ IBGE/2012 11
  12. 12. Taxa de cobertura dos planos privados de assistência médica por  municípios (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e População ‐ IBGE/2012 12
  13. 13. Taxa de cobertura dos planos exclusivamente odontológicos, por  Unidades da Federação (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e População ‐ IBGE/2012 13
  14. 14. Taxa de cobertura dos planos exclusivamente odontológicos, por  municípios (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e População ‐ IBGE/2012 14
  15. 15. Pirâmide da estrutura etária da população (Brasil ‐ 2012) Fonte: População ‐ IBGE/DATASUS/2012 15 15,7 18,5 18,3 15,5 12,9 9,3 5,6 2,9 1,2 14,5 17,3 17,7 15,6 13,2 9,9 6,2 3,6 1,8 25,0 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0 5,0 10,0 15,0 20,0 25,0 0 a 9 anos 10 a 19 anos 20 a 29 anos 30 a 39 anos 40 a 49 anos 50 a 59 anos 60 a 69 anos 70 a 79 anos 80 anos ou mais (%) Homens Mulheres (%)
  16. 16. Pirâmide da estrutura etária dos beneficiários de planos privados de  assistência médica (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 16 14,8 12,7 17,8 20,1 14,1 10,5 5,8 2,9 1,4 12,6 11,2 17,6 20,4 14,1 10,9 6,7 4,0 2,6 25,0 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0 5,0 10,0 15,0 20,0 25,0 0 a 9 anos 10 a 19 anos 20 a 29 anos 30 a 39 anos 40 a 49 anos 50 a 59 anos 60 a 69 anos 70 a 79 anos 80 anos ou mais (%) Homens Mulheres (%)
  17. 17. Pirâmide etária de beneficiários de planos de assistência médica,  por tipo de contratação (Brasil ‐ março/2015) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 03/2015 e População ‐ Censo Demográfico/IBGE/2010  17
  18. 18. Pirâmide etária de beneficiários de planos exclusivamente  odontológicos, por tipo de contratação (Brasil ‐ março/2015) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 03/2015 e População ‐ Censo Demográfico/IBGE/2010 18
  19. 19. Operadoras
  20. 20. Evolução do registro de operadoras (Brasil ‐ dezembro/1999‐dezembro/2014) Fonte: CADOP/ANS/MS ‐ 12/2014 e SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 20 1.969 2.004 1.992 1.749 1.648 1.576 1.524 1.488 1.377 1.269 1.216 1.183 1.173 1.119 1.074 1.041 670 719 717 658 625 600 565 577 551 491 477 433 425 416 392 384 1.380 1.458 1.456 1.381 1.345 1.302 1.242 1.197 1.168 1.118 1.088 1.044 1.005 960 912 873 441 490 505 481 469 449 415 413 408 403 391 366 365 359 343 346 0 400 800 1.200 1.600 2.000 2.400 Até dez/99 dez/00 dez/01 dez/02 dez/03 dez/04 dez/05 dez/06 dez/07 dez/08 dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 dez/13 dez/14 Médico-hospitalares Exclusivamente odontológicas Médico-hospitalares com beneficiários Exclusivamente odontológicas com beneficiários
  21. 21. Resumo do registro de operadoras (Brasil ‐ dezembro/2014) 21 Fontes: CADOP/ANS/MS ‐ 12/2014 e SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 (1) Registros novos e cancelados no ano. Registro Total Operadoras médico- hospitalares Operadoras exclusivamente odontológicas Registros novos (1) 43 31 12 Registros cancelados (1) 84 64 20 Operadoras em atividade 1.425 1.041 384 Operadoras com beneficiários 1.219 873 346
  22. 22. Distribuição dos beneficiários de planos de assistência médica por  operadoras (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e CADOP/ANS/MS ‐ 12/2014  22 1 4 7 14 26 48 89 159 293 873 0 100 200 300 400 500 600 700 800 900 1.000 1.100 8% 22% 30% 41% 50% 60% 70% 80% 90% 100% 4.090.572 11.029.487 15.221.553 20.619.011 30.536.075 35.680.461 40.703.588 50.809.249 25.460.372 Número de operadoras Percentualdebeneficiários 45.774.020
  23. 23. Distribuição dos beneficiários de planos exclusivamente odontológicos  por operadoras (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e CADOP/ANS/MS ‐ 12/2014  23 1 2 4 8 14 27 69 455 0 50 100 150 200 250 300 350 400 450 500 31% 40% 49% 60% 70% 80% 90% 100% 6.567.859 8.519.013 10.440.286 15.055.354 17.190.558 21.410.359 12.919.051 Número de operadoras Percentualdebeneficiários 19.274.752
  24. 24. Receita de contraprestações e despesas assistenciais, por grupo de  modalidade da operadora (Brasil ‐ 2003‐2014) 24 Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 e FIP ‐ 12/2006 Nota: Dados preliminares, sujeitos à revisão. (R$) Receita de contraprestações Despesa assistencial Receita de contraprestações Despesa assistencial Receita de contraprestações Despesa assistencial 2003 28.242.936.475 22.967.115.078 500.414.206 270.092.301 28.743.350.681 23.237.207.379 2004 32.030.482.291 26.049.328.085 598.981.305 305.313.422 32.629.463.596 26.354.641.507 2005 36.526.986.045 29.737.558.646 743.312.579 370.859.606 37.270.298.624 30.108.418.252 2006 41.716.042.287 33.266.754.130 910.259.681 429.931.590 42.626.301.968 33.696.685.720 2007 51.113.068.482 41.200.117.052 1.081.361.033 520.802.676 52.194.429.515 41.720.919.728 2008 59.500.765.292 47.839.114.267 1.176.780.338 562.177.001 60.677.545.630 48.401.291.268 2009 64.466.255.780 53.514.888.841 1.340.737.587 649.585.897 65.806.993.367 54.164.474.738 2010 72.918.724.546 59.173.266.778 1.679.210.142 770.140.356 74.597.934.688 59.943.407.134 2011 82.605.523.640 68.097.417.992 2.048.811.635 995.206.997 84.654.335.275 69.092.624.989 2012 93.129.984.634 79.102.869.749 2.308.555.291 1.127.461.483 95.438.539.925 80.230.331.232 2013 108.554.905.550 90.926.713.142 2.478.157.895 1.137.389.682 111.033.063.445 92.064.102.824 2014 124.458.867.574 105.692.208.658 2.693.308.855 1.236.527.844 127.152.176.429 106.928.736.502 Todas as operadoras Ano Médico-hospitalares Exclusivamente odontológicas
  25. 25. Receita de contraprestações, segundo modalidade da operadora  (Brasil ‐ 2010‐2014) 25 Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 e FIP ‐ 12/2006 Nota: Dados preliminares, sujeitos à revisão. (1) As operadoras da modalidade Autogestão passaram a informar suas receitas, obrigatoriamente, a partir de 2007, com exceção daquelas por SPC  (Secretaria Previdência Complementar), obrigadas a partir de 2010. As Autogestões por RH (Recursos Humanos) não são obrigadas a enviar  informações financeiras. (R$) Modalidade da operadora 2010 2011 2012 2013 2014 Total 74.597.934.688 84.654.335.275 95.438.539.925 111.033.063.445 127.152.176.429 Operadoras médico-hospitalares 72.918.724.546 82.605.523.640 93.129.984.634 108.554.905.550 124.458.867.574 Autogestão (1) 8.576.511.918 9.476.069.286 10.677.803.878 12.400.708.361 14.374.148.171 Cooperativa médica 26.445.075.707 30.057.613.038 33.966.639.294 37.992.523.569 43.889.103.320 Filantropia 1.797.291.278 1.964.834.250 2.139.343.139 2.298.838.384 2.159.919.649 Medicina de grupo 22.003.886.113 24.401.106.097 27.673.723.792 31.540.441.047 35.570.072.186 Seguradora especializada em saúde 14.095.959.530 16.705.900.969 18.672.474.531 24.322.394.189 28.465.624.248 Operadoras exclusivamente odontológicas 1.679.210.142 2.048.811.635 2.308.555.291 2.478.157.895 2.693.308.855 Cooperativa odontológica 440.745.608 486.066.044 537.648.318 562.337.443 615.291.584 Odontologia de grupo 1.238.464.534 1.562.745.591 1.770.906.973 1.915.820.452 2.078.017.271
  26. 26. Receita de contraprestações e despesas, segundo porte da operadora  (Brasil ‐ 2014) 26 Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 e SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 Nota: Dados preliminares, sujeitos à revisão. (1) As operadoras da modalidade Autogestão passaram a informar suas receitas, obrigatoriamente, a partir de 2007, com exceção daquelas por SPC (Secretaria  Previdência Complementar), obrigadas a partir de 2010. As Autogestões por RH (Recursos Humanos) não são obrigadas a enviar informações financeiras. Porte da operadora Receita (R$) Despesa assistencial (R$) Despesa administrativa (R$) Beneficiários (1) Taxa de sinistralidade (%) Receita média mensal (R$) Total 127.152.176.429 106.928.736.502 16.372.708.745 70.139.787 84,1 151,07 Operadoras médico-hospitalares 124.458.867.574 105.692.208.658 15.628.188.242 54.252.588 84,9 191,17 Pequeno porte (até 20.000 beneficiários) 8.226.368.990 6.778.534.401 2.959.244.910 3.383.269 82,4 202,62 Médio porte (20.000 a 100.000 beneficiários) 23.643.377.365 20.044.561.754 3.681.538.460 11.978.443 84,8 164,49 Grande porte (Acima de 100.000 beneficiários) 92.589.121.219 78.869.112.503 8.987.404.872 38.890.876 85,2 198,40 Operadoras exclusivamente odontológica 2.693.308.855 1.236.527.844 744.520.503 15.887.199 45,9 14,13 Pequeno porte (até 20.000 beneficiários) 274.763.944 124.359.603 149.866.590 1.285.447 45,3 17,81 Médio porte (20.000 a 100.000 beneficiários) 402.979.376 223.803.668 143.606.395 2.078.550 55,5 16,16 Grande porte (Acima de 100.000 beneficiários) 2.015.565.535 888.364.573 451.047.518 12.523.202 44,1 13,41
  27. 27. Receita de contraprestações e despesas, segundo modalidade da  operadora (Brasil ‐ 2014) 27 Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 Nota: Dados preliminares, sujeitos à revisão. (1) As operadoras da modalidade Autogestão passaram a informar suas receitas, obrigatoriamente, a partir de 2007, com exceção daquelas por SPC  (Secretaria Previdência Complementar), obrigadas a partir de 2010. As Autogestões por RH (Recursos Humanos) não são obrigadas a enviar informações  financeiras. Modalidade da operadora Total Despesa assistencial (R$) Despesa administrativa (R$) Taxa de sinistralidade (%) Total 123.301.445.247 106.928.736.502 16.372.708.745 86,7% Operadoras médico-hospitalares 121.320.396.900 105.692.208.658 15.628.188.242 87,1% Autogestão (1) 15.336.381.333 13.359.324.687 1.977.056.646 87,1% Cooperativa médica 42.281.685.880 36.768.908.315 5.512.777.565 87,0% Filantropia 3.492.179.884 1.739.592.442 1.752.587.442 49,8% Medicina de grupo 34.014.695.685 29.348.159.307 4.666.536.378 86,3% Seguradora especializada em saúde 26.195.454.118 24.476.223.907 1.719.230.211 93,4% Operadoras exclusivamente odontológicas 1.981.048.347 1.236.527.844 744.520.503 62,4% Cooperativa odontológica 578.185.039 368.026.332 210.158.707 63,7% Odontologia de grupo 1.402.863.308 868.501.512 534.361.796 61,9%
  28. 28. Receita de contraprestação e despesa assistencial das operadoras  médico‐hospitalares (Brasil ‐ 2003‐2014) Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 e FIP ‐ 12/2006 28 28,2 32,0 36,5 41,7 51,1 59,5 64,5 72,9 82,6 93,1 108,6 124,5 23,0 26,0 29,7 33,3 41,2 47,8 53,5 59,2 68,1 79,1 90,9 105,7 0,0 20,0 40,0 60,0 80,0 100,0 120,0 140,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 (R$bilhões) Receita de contraprestações Despesa assistencial
  29. 29. Receita de contraprestação e despesa assistencial das operadoras  exclusivamente odontológicas (Brasil ‐ 2003‐2014) 29 Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 e FIP ‐ 12/2006 0,5 0,6 0,7 0,9 1,1 1,2 1,3 1,7 2,0 2,3 2,5 2,7 0,3 0,3 0,4 0,4 0,5 0,6 0,6 0,8 1,0 1,1 1,1 1,2 0,0 0,5 1,0 1,5 2,0 2,5 3,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 (R$bilhões) Receita de contraprestações Despesa assistencial
  30. 30. Receita de contraprestação e despesa assistencial de todas as  operadoras (Brasil ‐ 2003‐2014) 30 Fontes: DIOPS/ANS/MS ‐ 08/04/2015 e FIP ‐ 12/2006 28,7 32,6 37,3 42,6 52,2 60,7 65,8 74,6 84,7 95,4 111,0 127,2 23,2 26,4 30,1 33,7 41,7 48,4 54,2 59,9 69,1 80,2 92,1 106,9 0,0 20,0 40,0 60,0 80,0 100,0 120,0 140,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 (R$bilhões) Receita de contraprestações Despesa assistencial
  31. 31. Planos
  32. 32. Planos privados de saúde, por segmentação assistencial, segundo tipo  de contratação (Brasil ‐ dezembro/2014) 32 Fontes: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e RPS/ANS/MS ‐ 12/2014 Tipo de contratação Assistência médica Exclusivamente odontológico Total 53.055 4.741 Individual ou Familiar 21.563 1.318 Coletivo Empresarial 20.987 2.100 Coletivo por adesão 10.401 1.294 Coletivo não identificado 104 29
  33. 33. Planos privados de saúde, com beneficiários, por segmentação  assistencial, segundo tipo de contratação (Brasil ‐ dezembro/2014) 33 Fontes: SIB/ANS/MS ‐ 12/2014 e RPS/ANS/MS ‐ 12/2014. Tipo de contratação Assistência médica Exclusivamente odontológico Total 33.231 3.076 Individual ou Familiar 15.361 943 Coletivo Empresarial 11.975 1.458 Coletivo por adesão 5.824 657 Coletivo não identificado 71 18
  34. 34. Rede e utilização
  35. 35. Estabelecimentos de saúde por atendimento a planos privados de  saúde, segundo tipo (Brasil ‐ dezembro/2014) Fonte: CNES/MS ‐ 12/2014 35 Absoluto Relativo Clinica ou ambulatório especializado 37.071 19.104 51,5 Consultório isolado 137.065 83.688 61,1 Hospital especializado 1.088 439 40,3 Hospital geral 5.227 1.689 32,3 Policlínica 6.316 2.805 44,4 Pronto socorro especializado 118 50 42,4 Pronto socorro geral 402 60 14,9 Unidade de serviço de apoio à diagnose e terapia 21.112 9.527 45,1 Tipo de estabelecimento Atendem a planos privados Total
  36. 36. Reclamações
  37. 37. Reclamações (Brasil ‐ 2013‐2014) Total de reclamações em 2014: 93.523 Diferença de ‐8,52% em relação a 2013 37
  38. 38. Pedidos de informação (Brasil ‐ 2013‐2014) Total de pedidos de informações em 2014: 234.718 Diferença de ‐22,31% em relação a 2013 38
  39. 39. Perfil de reclamações por tema (Brasil ‐ 2014) 39
  40. 40. Perfil das NIP assistenciais por subtema (Brasil ‐ 2014) 40
  41. 41. Notificação de Investigação Preliminar ‐ NIP (Brasil ‐ 2014) 86,64% Índice de resolutividade de conflitos sobre negativas de  cobertura Ao todo, 87.233 notificações sendo 59.842  assistenciais Destas, 30.457 foram resolvidas por  mediação de conflitos De cada 5 notificações recebidas pela ANS,  4 foram resolvidas por mediação de  conflitos NIP ‐ instrumento de mediação que visa à solução consensual de conflitos de  cobertura assistencial entre operadoras e prestadores 41
  42. 42. Resolutividade NIP (Brasil ‐ 2009‐2014) Resolutividade da NIP é a medida do total de reclamações de consumidores que  são finalizadas no âmbito da NIP sem necessidade de abertura de processo  administrativo sancionador 42
  43. 43. 43

×