Revoluções no século xx

12.617 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.617
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.114
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
107
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revoluções no século xx

  1. 1. Revoluções no século XX<br />-Grandes momentos da participação popular nas decisões do rumo social<br />
  2. 2. Introdução<br /> Conforme estudado durante o curso de sociologia, ao final ao século XIX, forma-se uma nova fase do sistema capitalista, chamada de imperialismo. As características principais desse novo período são:<br /> -Formação das associações monopolistas dos capitalistas, os cartéis, os sindicatos e os trusts. Nos princípios do século XX atingiram completo predomínio nos países avançados. Tendência a concentração de capital.<br />- Os monopólios tornam mais violenta a luta pela conquista das mais importantes fontes de matérias-primas, particularmente para as indústrias fundamentais e mais cartelizadas. Geração de grandes guerras.<br />-A formação do capital financeiro, ou seja, a "união pessoal" do capital industrial e bancário, concentrando a maior parte dos capitais e dos rendimentos em dinheiro de todo o país. Essa oligarquia financeira tece uma densa rede de relações de dependência entre todas as instituições econômicas e políticas da sociedade burguesa contemporânea .<br />
  3. 3. Revolução Alemã (1918)<br />
  4. 4. 1º Situação Mundial – Breve síntese dos principais acontecimentos do período.<br />2º Relação da Alemanha com as potências imperialistas<br />- Primeira guerra mundial (1914-1918) – Choque de imperialismos<br />
  5. 5.
  6. 6. - Revolução soviética na Rússia (1917)<br />- A grande revolução socialista do século XX (que abalou o mundo).<br /> - Estabelecimento de um estado proletário; expropriação da burguesia e latifundiários; internacionalismo proletário.<br /> - A partir de 1928 estabelecimento da “grande virada”, gradual e constante distanciamento do marxismo (início do imperialismo soviético - stalinismo).<br /> - Tratado de Versalhes (1919)<br />- Alemanha perdeu territórios para países vizinhos e em suas colônias.<br />- Pesadas indenizações financeiras.<br />- Restrições militares.<br />
  7. 7. 3º Situação Econômica<br /><ul><li>Elevado desenvolvimento industrial (segundo maior da Europa)
  8. 8. Maior mercado interno da Europa
  9. 9. Poucas posses coloniais</li></ul>- Economia de guerra (racionamento de alimentos, inflação, aumento do desemprego, grande produção de material bélico)<br />
  10. 10. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Maioria da população é proletariado industrial;<br />- Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;<br />- Classe de grandes burgueses imperialistas;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br />- Classe de trabalhadores rurais<br />
  11. 11. 5º Principais organizações políticas<br />Partido social democrata (SPD): Formado em 1875. Constituído por homens que haviam obtido sua ascensão social apenas graças ao desenvolvimento das organizações operárias.Exercia uma forte influência nos trabalhadores urbanos, após início da guerra mundial assume posições favoráveis a burguesia imperialista.<br />Partido social democrata independente (USPD): Formado em abril de 1917, pela ala esquerda, marxista do SPD; separados por causa de atitudes diferentes para os empréstimos de guerra.<br />Partido Democrático Alemão (DDP) :foi fundada em novembro de 1918 com o objetivo de reunir as forças do liberalismo.  Seus eleitores foram predominantemente de classe média, morava em cidades urbanas e eram protestantes. <br />Partido Popular Nacional Alemão (DNVP): Este partido, fundado em novembro de 1918 consistiu em "conservadores". O foco de seu programa foi a restauração da monarquia. O DNVP era extremamente nacionalista , a constituição democrática foi rejeitada. Levou os interesses econômicos e sociais dos grandes proprietários de terras.<br />Partido Popular Alemão (DVP): surgiu no final de 1918 a partir da ala direita do Partido Nacional Liberal e membros do Partido Progressista. Como um partido da indústria pesada,ela representava principalmente os interesses das grandes empresas e da classe média nacionalista intelectual. Ainda fortemente enraizada no pensamento político do Estado autoritário, o DVP defendeu a construção de uma autoridade central forte. <br />Partido Comunista - KPD (Liga Espartaquista): formado em dezembro de 1918. Representou a fração revolucionária do proletariado urbano, liderando as revoltas operárias que buscavam implementar a ditadura do proletariado e o estabelecimento do sistema socialista. <br />
  12. 12. Estabelecimento da República de Weimar, queda do Kaiser.<br />Gigantesca repressão ao movimento socialista<br />6º Medidas adotadas após a derrota da revolução <br />
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15. Revolta vermelha no Brasil 1935<br />
  16. 16. 1º Situação Mundial – Breve síntese dos principais acontecimentos do período.<br />Grande crise capitalista em 1929.<br />Ascensão da União Soviética a potência mundial.<br />Ascensão do nazi-facismo enquanto ofensiva contra-revolucionária do capital financeiro.<br />
  17. 17. Enfraquecimento do domínio dos EUA no Brasil devido a crise de 29.<br />Fortalecimento das relações com o nazi-facismo, Alemanha torna-se principal parceiro comercial ao final de 30.<br />Influência soviética (Stalinista) a partir do PCB, formação de frentes populares para combate ao nazi-facismo.<br />2º Relação do Brasil com as potências imperialistas<br />
  18. 18. Diminuição da agro-exportação.<br />Crescimento da industrialização com capital estatal e cafeicultor.<br />3º Situação Econômica<br />
  19. 19. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Maioria da população é de trabalhadores rurais;<br />- Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;<br />- Classe de associados aos grandes burgueses imperialistas, principalmente dos EUA;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br /><ul><li>Classe em crescimento de proletariado industrial;
  20. 20. Classe burguesa nacional.</li></li></ul><li>Partido Comunista do Brasil – (PCB): Fundado em 1922, com bastante influência e participação do proletariado, lidera a ANL que comanda a revolta vermelha.<br />Ação Integralista Brasileira (AIB): formado em 1932 com inspiração fascista, conta com participação de parte da burguesia e classe média.<br />Getúlio Vargas: Representa interesses da burguesia nacional em detrimento dos latifundiários.<br />Vários partidos regionais: representam os interesses das oligarquias regionais.<br />5º Principais organizações políticas<br />
  21. 21. Formação do estado novo: período de brutal ditadura, imensa repressão ao movimento dos trabalhadores.<br />Estabelecimento da CLT (consolidação das leis trabalhistas)<br />6º Medidas adotadas após a derrota da revolução <br />
  22. 22.
  23. 23. Revolução Espanhola 1936<br />
  24. 24. Durante a 1ª guerra mundial a Espanha manteve-se neutra.<br />Nacionalistas aproximam-se dos nazis-fascistas.<br />Republicanos aproximam-se dos soviéticos.<br />2º Relação da Espanha com as potências imperialistas<br />
  25. 25. 3º Situação Econômica<br />Grande crescimento industrial durante a primeira guerra.<br />Recessão econômica com a crise de 29.<br />Piora das condições sociais.<br />
  26. 26. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Maioria da população é de trabalhadores rurais;<br />- Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;<br />- Classe de associados aos grandes burgueses imperialistas, principalmente da Alemanha;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br /><ul><li>Classe em crescimento de proletariado industrial;
  27. 27. Classe burguesa nacional.</li></li></ul><li>Frente Popular: PSOE, PCE, UGT, CGT, FAI; representavam o proletariado e a burguesia não fascista.<br />POUM: de orientação trotsquista, buscavam estabelecer o socialismo.<br />Aliança de direita: Confederação Espanhola de Direitas autônomas (CEDA), carlistas e fascistas; representavam o grande capital financeiro e os latifundiários.<br />5º Principais organizações políticas<br />
  28. 28. 6º Medidas adotadas após a derrota da revolução <br />Fim da República e estabelecimento de um estado totalitário fascista.<br />Gigantesca repressão ao movimento socialista<br />
  29. 29.
  30. 30. Revolução Chinesa 1949<br />
  31. 31. 1º Situação Mundial – Breve síntese dos principais acontecimentos do período.<br />2º Relação da China com as potências imperialistas<br />Segunda guerra mundial (1939-1945)<br />
  32. 32.
  33. 33. Essencialmente agrário.<br />Industrialização pequena e comandada pelas potências imperialistas<br />3º Situação Econômica<br />
  34. 34. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Grande maioria da população é de trabalhadores rurais;<br />- Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;<br />- Classe de associados aos grandes burgueses imperialistas; principalmente Grã-Bretanha e Japão;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br /><ul><li>Classe em crescimento de proletariado industrial;
  35. 35. Classe burguesa nacional.</li></li></ul><li>Partido nacionalista (Kuomintang): Representantes dos latifundiários e da burguesia nacional<br />Partido Comunista Chinês (PCC): Representantes dos camponeses e proletariado.<br />5º Principais organizações políticas<br />
  36. 36. Formação da República Popular da China dirigida pelo proletariado e camponeses, composta por pequenos burgueses urbanos e burguesia nacional contra a burguesia monopolista, os proprietários de terras e imperialistas.<br />Reforma agrária com expropriação dos grandes proprietários e redistribuição entre os camponeses pobres.<br />Expropriação da grande burguesia, passando 56% da produção para controle do estado.<br />Adoção do modelo soviético.<br />6º Medidas adotadas após a vitória da revolução <br />
  37. 37.
  38. 38. Revolução Cubana 1959<br />
  39. 39. 1º Situação Mundial – Breve síntese dos principais acontecimentos do período.<br />2º Relação de Cuba com as potências imperialistas<br />-Guerra fria 1948-1991<br />
  40. 40. Baseada no latifúndio monocultor açucareiro para exportação aos EUA.<br />Domínio dos monopólios norte-americanos sob cerca de 70% da economia cubana.<br />Turismo (hotéis, bordéis, cassinos) controlado por grandes empresários dos EUA e voltado aos turistas dos EUA.<br />3º Situação Econômica<br />
  41. 41. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Grande maioria da população é de trabalhadores rurais;<br />- Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;<br />- Classe de associados aos grandes burgueses imperialistas; principalmente EUA;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br /><ul><li>Classe de proletariado industrial;</li></li></ul><li>Fulgêncio Batista: Ditador cubano aliado dos EUA e seus interesses.<br />Movimento 26 de julho: Fundado em 1955, organização revolucionária anti-imperialista com influência entre a intelectualidade cubana, camponeses e proletariado. Em 1962 transforma-se em Partido Unido da Revolução Socialista Cubana (PURSC), e, em 1965: Partido Comunista Cubano (PCC).<br />5º Principais organizações políticas<br />
  42. 42. 6º Medidas adotadas após a vitória da revolução <br />Nacionalização de terras e empresas estrangeiras.<br /> Reforma agrária com expropriação dos grandes proprietários e redistribuição entre os camponeses pobres.<br />Expropriação da grande burguesia, passando para controle do estado.<br />Adoção do modelo soviético.<br />
  43. 43.
  44. 44. Revolução Chilena 1970<br />
  45. 45. Domínio dos EUA sobre grande parcela da economia chilena, principalmente os minérios, em especial o cobre.<br />2º Relação do Chile com as potências imperialistas<br />
  46. 46. Principal produto de exportação era o cobre, responsável pela maior parte do PIB.<br />Possuíasetores industriais importantes.<br />Produção agrícola baseado em grandes latifúndios.<br />3º Situação Econômica<br />
  47. 47. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Maioria da população é de proletariado industrial, com expressiva parcela de mineiros;<br /><ul><li>Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;
  48. 48. Burguesia nacional</li></ul>- Classe de associados aos grandes burgueses imperialistas; principalmente EUA;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br /><ul><li>Classe de campesinos;</li></li></ul><li>Partido Nacional: representavam as oligarquias agrárias e a burguesia imperialista.<br />Democracia-cristã: de tendência fascista era composta pela pequena burguesia e pequenos grupos de operários.<br />Unidade popular: coalizão de partidos de esquerda antiimperialistas e socialistas, representavam o proletariado e os trabalhadores rurais.<br />5º Principais organizações políticas<br />
  49. 49. 6º Medidas adotadas após a vitória da revolução <br />Nacionalização de terras e empresas estrangeiras, sobretudo, o cobre.<br /> Reforma agrária com expropriação dos grandes proprietários e redistribuição entre os camponeses pobres.<br />Expropriação da grande burguesia, passando para controle do estado.<br />Após a derrota da revolução pelo golpe militar em 1973 implementou-se uma ditadura que promoveu uma gigantesca repressão ao movimento socialista e aplicou medidas neoliberais.<br />
  50. 50.
  51. 51. Revolução Angolana 1975<br />
  52. 52. 1º Situação Mundial – Breve síntese dos principais acontecimentos do período.<br />2º Relação de Angola com as potências imperialistas<br />Guerra fria 1948-1991<br />Crise mundial do petróleo em 1973<br />Revolução dos cravos em 1974 <br />
  53. 53. Predominantemente agrícola.<br />Baixa industrialização<br />Jazidas de minérios, especialmente, petróleo, diamantes e ferro.<br />3º Situação Econômica<br />
  54. 54. 4º Estrutura de classes sociais<br />- Grande maioria da população é de trabalhadores rurais;<br />- Classe média formada por intelectuais e pequenos burgueses;<br />- Classe de associados aos grandes burgueses imperialistas; principalmente, Portugal e EUA;<br />- Classe de grandes proprietários rurais;<br /><ul><li>Classe de proletariado industrial;
  55. 55. Questão étnica. Ovibundos (37%), Kibundos (25%), Bakongos (13%) e Brancos: 2% (a maioria de descendência Portuguesa).</li></li></ul><li>Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA): Surgiu em 1958, representando os camponeses e proletariado, contou com apoio da URSS e de Cuba.<br />União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA): Fundado em 1966, buscava representar a etnia Ovimbundu (maioria em Angola), contou com o apoio dos EUA.<br />Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA): Buscava representar a etnia Bakongo, contou com o apoio dos EUA.<br />5º Principais organizações políticas<br />
  56. 56. 6º Medidas adotadas após a revolução <br />Instalação da República Popular de Angola<br />Nacionalização de terras e empresas estrangeiras.<br /> Reforma agrária com expropriação dos grandes proprietários e redistribuição entre os camponeses pobres.<br />Expropriação da grande burguesia, passando para controle do estado.<br />Adoção do modelo soviético.<br />
  57. 57.
  58. 58. Conclusão<br />O século XX foi marcado pelas revoluções de inspiração marxista (doutrina científica para libertação do proletariado através da superação do decadente capitalismo por uma organização social superior socialismo/comunismo).<br />Essas revoluções possibilitaram imensos progressos sociais, fazendo países saltarem etapas de desenvolvimento, promovendo benefícios trabalhistas mesmo no campo capitalista.<br />Todas revoluções fracassaram em progredir numa perspectiva marxista, afetando enormemente o movimento dos trabalhadores, sobretudo, no viés ideológico. <br />O fracasso final do Stalinismo (1991), marca a retomada global da hegemonia do capital financeiro, uma ofensiva imensa sobre as conquistas trabalhistas obtidas no período anterior, ou seja, o neoliberalismo.<br />
  59. 59. Atualmente, segundo o relatório anual da revista de negócios Forbes, há 1210 indivíduos – e em muitos casos clãs familiares – com um valor líquido de um bilhão de dólares (ou mais). O seu patrimônio líquido total é de 4,5 trilhões de dólares, maior do que o valor total de 4 bilhões de pessoas em todo o mundo. A atual concentração de riqueza ultrapassa qualquer período anterior da história;<br />Lideranças das revoluções estudadas<br />Luiz Carlos Prestes<br />Karl Liebknecht<br />Olga Benário<br />
  60. 60. Mao TséTung<br />BuenaventuraDurruti<br />AndreuNin<br />Che Guevara e Fidel Castro<br />Agostinho Neto<br />Salvador Allende<br />

×