O adamastor

185 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O adamastor

  1. 1. Professora: Ana Paula Silva
  2. 2.  Aparecimento da nuvem carregada e bramido do mar  Retrato físico e psicológico do gigante  Medo provocado pelo Gigante nos marinheiros  Fala (apóstrofe ousada) do à Gigante gente  Profecias feitas Gigante sobre Portugueses pelo os  Intervenção de Vasco da Gama  História do Gigante (confissão do seu passado amoroso)  Desaparecimento do Gigante  Vasco da Gama faz um pedido a Deus
  3. 3. Antes do aparecimento do gigante Cenário Aquando do aparecimento do gigante “prosperamente os ventos assoprando” “nuvem , que os ares escurece” “tão temerosa vinha e carregada” “bramindo, o negro mar de longe brada” “nos corações um grande medo” “tão temerosa” “ameaço divino” Sentimentos das Os marinheiros estavam personagens “descuidados”
  4. 4. Há gradação e paralelismo no aparecimento da figura e no efeito que provoca no espírito dos navegadores: 1- a nuvem grande medo 2- rugido do mar ameaço divino 3- aparecimento do gigante arrepiam-se as carnes e os cabelos Gradação Disposição dos termos por ordem progressiva no seio de uma enumeração. Pode ser crescente ou decrescente. Paralelismo Repetição do esquema ou construção da frase ou do verso.
  5. 5. • Figura robusta e válida; • Estatura disforme e grandíssima; • Rosto carregado; (psicológica) • Barba esquálida (suja); • Olhos encovados; • Postura medonha e má; (psicológica) • Cor terrena e pálida; • Cabelos crespos; • Boca negra e dentes amarelos; • Membros grandes; • Voz horrenda e grossa. Feita do geral para o particular Comparação com o colosso de Rodes Adjetivação expressiva
  6. 6. O Adamastor sente-se lesado: “E navegar meus mares ousas / que eu tanto tempo há já que guardo e tenho”  Glorificação da tenacidade dos Portugueses: “gente ousada”,  a morte de quem o descobriu ( Bartolomeu Dias)  a morte de D. Francisco de Almeida, 1º vice-rei da Índia  naufrágio e morte da família Sepúlveda  Profecias relativas a futuros desastres das naus portuguesas
  7. 7. Vasco da Gama Adamastor 1- Amedrontado (arrepiam-se as carnes e os cabelos) 2- Sem medo, de cabeça erguida, num tom de igual para igual, quase de desafio. 3- Atitude de fé. Pede a Deus que “removesse os duros casos que Adamastor contou futuros”. 1- Mostra-se rancoroso, vingativo, ameaçador. 2- Dor profunda, raiva e desespero. Humaniza-se e reconhece a sua derrota. 3- Desaparece.
  8. 8. Mitologicamente: gigante apaixonado pela deusa Tétis, transformado em promontório pelos deuses que não toleram ousadias. - Símbolo da frustração amorosa. Geograficamente: Cabo das Tormentas, posteriormente chamado cabo da Boa Esperança. Simbolicamente: da viagem. Perigo/obstáculos
  9. 9. A dificuldade em passar este cabo, que marca a transição do Atlântico para o Índico, alimentou a lenda do gigante Adamastor. Cabo da Boa Esperança

×