Educaçao infantil no brasil avanços e limites

1.895 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.895
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educaçao infantil no brasil avanços e limites

  1. 1.  A escolha deste tema ocorreu pelo meumaior interesse, no curso de Pedagogia,se constituir nas crianças e naeducação voltada para as mesmas. Naverdade, ao ser estagiária da EducaçãoInfantil no decorrer de outra graduação,me encantei com as crianças e decidifazer o curso, bem como, pesquisar maissobre o tema.
  2. 2.  As crianças, no Brasil, nem sempre foram“vistas” pela sociedade e é somente apartir da Constituição Federal de 1988 queelas são consideradas como sujeito dedireitos. Foi a partir dela que a educaçãoinfantil passa a ser reconhecida,legalmente, como a primeira etapa daeducação básica de qualquer indivíduo.Frente ao aspecto legal e a realidade,pergunta-se: quais são os avanços e oslimites da Educação Infantil no Brasil?
  3. 3.  O objeto de estudo deste trabalho é aEducação Infantil. Mas, não se podefalar em Educação Infantil sem citar ossujeitos constituintes deste nível deensino, ou seja, as crianças e a infância.
  4. 4.  História da Educação Infantil. Conceitode Infância. Conceito de Educação.Educação Infantil.
  5. 5.  Compreender o desenvolvimento daEducação Infantil no contexto históricobrasileiro.
  6. 6.  A metodologia empregada para arealização deste trabalho foi de cunhobibliográfico. Assim, os materiais foram,primeiramente, selecionados. Emseguida, realizou-se uma primeira leiturapara que os textos fossem fichados epara que, depois, a escrita pudesse serrealizada.
  7. 7.  Os principais autores utilizados em cadaparte foram: 1ª parte: Ariès (2006), Kuhlmann (2010),Postman (1999), Heywood (2004), Godoi(2004) e Oliveira (1982). 2ª parte: Oliveira (1982), Oliveira (2007),Santos (2006), Rizzini, (2009), Kramer (1982),Kuhlmann (2011) e Farias (2005). 3ª parte: Sousa (1996), Nascimento (2006),Kreutz (1996) e Horn (1998); além de algunsdocumentos oficiais.
  8. 8.  O trabalho foi organizado em trêspartes. A primeira parte intitulada“Infâncias e Crianças: Uma construçãohistórica”; a segunda, por sua vez,“Educação Infantil no Brasil: umaconstrução histórica” e, a terceira“Educação Infantil no Brasil pósConstituição Federal de 1988: avançosou limites?”
  9. 9.  Nesta primeira parte o principal objetivofoi o de contribuir para a ampliação davisão a respeito da História daEducação Infantil no Brasil. Assim, elarepresentou a retomada dastransformações dos conceitos decriança e infância no decorrer dosséculos, até a constituição do que seentende por criança na atualidade.
  10. 10.  Nesta parte, objetivou-se compreendero contexto da promulgação daConstituição Federal de 1988 e asimplicações no que diz respeito àscrianças. Desse modo, o foco incidiusobre o desenvolvimento da história daEducação Infantil no Brasil, baseando-senas transformações ocorridas nasociedade que foram determinantespara tal desenvolvimento.
  11. 11.  Na terceira e última parte o objetivo foi ode compreender as limitações e osavanços da Educação Infantil,considerando-se os direitos garantidos porlei. Dessa forma, pôde-se perceber que aslegislações posteriores à ConstituiçãoFederal evidenciaram os avançosconquistados, bem como, apontaram paraalguns limites ainda presentes naimplantação e expansão da EducaçãoInfantil no Brasil.
  12. 12.  Foi possível concluir que a sociedade naqual estamos inseridos é excludente eprivilegia os interesses da elite o queacaba por precarizar a educaçãooferecida pelas instituições deeducação infantil, em especial àsdestinadas a classe trabalhadora.
  13. 13.  O conhecimento proporcionado a partirda pesquisa foi muito importante para mimque já sou professora e trabalho comcrianças dando aulas de inglês, comotambém, para uma futura atuação naárea específica de Educação Infantil. Alémdisso, por ter dois sobrinhos na creche,pude conhecer mais sobre as instituiçõesdas quais eles fazem parte e percebercomo as mesmas ainda carecem de tudo:recursos, formação, participação dacomunidade em geral.

×