Modulo1

254 visualizações

Publicada em

MÓDULO 1
ENCONTRO PROINFO

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
254
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
207
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modulo1

  1. 1. Objetivos de aprendizagem destaunidade de estudo e prática:• compreender a necessidade de refletir sobre asquestões que antecedem às decisões relativas àinserção das TIC na sua prática pedagógica,percebendo a diversidade e a complexidade datemática Inclusão Digital;• formar uma ideia inicial a respeito das potencialidadesde processamento de informação das tecnologiasdigitais;• familiarizar-se com os recursos mais básicos docomputador: uso do mouse e teclado, identificação dositens do desktop e uso de editores de textos simples;
  2. 2. Momento 1 - Leitura do texto• Convidamos você a iniciar a leitura. Enquantoestiver lendo, nós iremos sugerir uma série demomentos e questões para reflexão. Em cada umdeles anote as ideias, questionamentos e dúvidasque forem surgindo.• Por que precisamos usar a tecnologia na escola?As relações entre a escola, a tecnologia e asociedade.Assistir ao vídeo 1.1
  3. 3. • Portanto, com base nos estudos até omomento, salientamos que Inclusão Digital éum processo abrangente que integra ações deampliação do acesso a computadores,conectados à Internet e de formação para oseu uso competente e autônomo, buscandolivre participação, por parte de todos osmembros da sociedade.
  4. 4. GLOSSÁRIO• Tecnologias de Informação e Comunicação: Tecnologias deInformação e Comunicação (TIC) são aquelas que dão suporte aosprocessos comunicativos baseados na digitalização dos conteúdos ena sua distribuição por meiodas redes de computadores. Tambémsão chamadas de Tecnologias Digitais.• Tecnologias: vamos adotar a interpretação de Martinez (2006),segundo a qual a tecnologia é o “estado da arte” da técnica. Aindasegundo o autor, “a terminação logos, (tecno)logia indicainterpretação, aplicação e/ou estudo da técnica e das suas variáveis.Pode também ser entendida como o conhecimento técnicoacumulado, a capacidade ou a arte necessárias para projetar,investigar, produzir, refinar, reutilizar/reempregar técnicas,artefatos, ferramentas, utensílios”. A tecnologia permite “(...) criar,transformar e modificar materiais, recursos, insumos ou a naturezacomo um todo, o entorno social e o próprio homem”.
  5. 5. • Educação Digital: são todas as ações que envolvem a formação e apreparação para o uso de tecnologias digitais. Pode também ser entendidacomo os processos educativos que fazem uso da tecnologia digital. Emambos os casos deve-se buscar, além do uso da tecnologia, analisar paraque utilizá-la. De modo mais amplo, pode ser entendida como a inserçãodas instituições educacionais na cultura digital (também designada desociedade da informação, cibercultura, era digital etc). Uma época em queas relações sociais são fortemente impactadas pelas TIC, levando amudanças culturais importantes. Para as escolas, o principal impacto éque cada aprendiz pode passar a ser efetivamente autor, e não apenasconsumidor de informação digital, o que requer domínio de técnicasespecíficas de interação e produção.• Digital: digital vem do latim, digitalis, que significa “semelhante oureferente a dedo”. As mãos eram usadas para contar. então a palavradígitos refere-se a algarismos, sendo a informação digital aquela que estárepresentada em dígitos (conjunto de números). Nos computadoresatuais, a informação está assim representada (textos, imagens, sons etc.são transformados num conjunto de códigos numéricos). O tipo de códigomais usado é o código binário, que usa apenas dois dígitos: o zero e o um.
  6. 6. Mídia [do inglês media]: designa os meios ou oconjunto dos meios de comunicação: jornais,revistas, TV, rádio, cinema etc.• GLOSSÁRIO• Tecnodemocracia: a Tecnodemocracia é umanova formação política em que os meios técnicosviabilizariam o desenvolvimento de comunidadesinteligentes, capazes de se autogerir, emquetodas as vozes poderiam ser ouvidas levandotodos à inclusão social. Você acha que no Brasil játemos o estágio de uma Tecnodemocracia?
  7. 7. Interesses hegemônicos: podemos dizer que sereferem aos interesses de quem está no poder voltadospara que as estruturas de poder se mantenham.• Dentre os educadores que criticam os interesseshegemônicos na educação, podemos destacar PauloFreire, Demerval Saviani, Michael Apple, Henry Giroux,por caracterizarem a escola como uma instituição quenão está isenta de intencionalidades e por isso mesmoreconhecendo o ato de educar como essencialmentepolítico, seja para manter ou para diminuir asdiferenças sociais.

×