Novo trem bala do Japão

358 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
358
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novo trem bala do Japão

  1. 1. Novo trem-bala japonês"Shinkansen Hayabusa":Ligará Tokyo a Aiamori,num percurso de 900 km
  2. 2. O trem-bala japonês (shinkansen da última geração ‘Hayabusa’, com vagões elegantesem verde e prata com faixas rosas e um nome inspirado no falcão peregrino.Além de se tornar o trem mais rápido do Japão atingindo uma velocidade de 300 km/h,também é ecológico, confiável e tem um desempenho mecânico confortável, com umserviço elegante para passageiros.A velocidade máxima está prevista para ser aumentada para 320 quilometros por hora apartir de 2012.O trem-bala ‘Hayabusa’ representa o alto nível da empresa Shinkansen Group do EastJapan Railway Company e da tecnologia do Japão.Um ingresso para a estreia, no sábado, foi vendido por milhares de dólares na Internet,segundo a mídia. O shinkansen Hayabusa saindo de Tokyo parará nas estações deOmiya, Sendai, Morioka, Hachinobe e Shin –Aomori, na província de Aomori,completando o trajeto em aproximadamente 3h e 10 minutos. Para viajar na primeiraclasse, pagará no minimo 17.000 ienes.O Hayabusa terá 10 carros e todos os assentos são reservados e para não fumantes.No Green Car (numero 9) terá espaço reservado para deficientes. O trem ofereceum serviço ‘GranClass’ com assentos de couro, iluminação pessoal para leitura edescanso para as pernas, junto com acesso irrestrito a bebidas alcoólicas e refeições leves — por um custo extra de 9.490 ienes (116 dólares), dependendo do destino.O primeiro trem-bala do Japão foi inaugurado em 1º de outubro de 1964, e durantequase duas décadas foi o trem de passageiros mais rápido do mundo. Nestes 46 anos, o sistema não registrou nenhum acidente fatal, apesar da alta velocidade e dosfrequentes desastres naturais do Japão.

×