Gestão problemas autolimitados_cbf_comunitária_2015

321 visualizações

Publicada em

Prescrição farmacêutica em transtornos menores

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
321
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão problemas autolimitados_cbf_comunitária_2015

  1. 1. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo Gestão de Problemas de Saúde Autolimitados e a Prescrição Farmacêutica Angelita C. Melo Doutora em Saúde Pública Consultora Ad Hoc CFF – Área Clínica Comissão de Farmácia Clínica CRFMG Profa. Adjunta – UFSJ
  2. 2. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Roteiro • Ambientes da Farmácia Comunitária • Algumas definições relativas • Categorias de venda de medicamentos, divisão do trabalho social do trabalho e problemas de saúde autolimitados • Fundamentação da provisão de serviços clínicos pelo farmacêutico • Manejo de condições clínicas autolimitadas Simulação de situações problema e provisão de cuidado à saúde
  3. 3. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Ambientes da Farmácia Comunitária
  4. 4. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Farmácia Clínica Área da farmácia voltada à ciência e prática do uso responsável de medicamentos, na qual os farmacêuticos prestam cuidado ao paciente, de forma a otimizar a farmacoterapia, promover saúde e bem-estar, e prevenir doenças. Cuidado Farmacêutico: modelo de prática
  5. 5. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Algumas palavras relativas à prescrição.... (CFF, 2013ab)
  6. 6. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Prescrição farmacológica e classificação de venda
  7. 7. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Medicamentos sob prescrição médica
  8. 8. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Prescrição farmacológica e classificação de venda Consulta pública ANVISA: RDC 44
  9. 9. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Transição entre as categorias de venda na União Europeia
  10. 10. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Gestão de problemas autolimitados: autonomia paciente e profissionais
  11. 11. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Processo de trabalho: Austrália http://www.pharmacylearning.edu.au/files/task_background/whatstopsprotocols.pdf
  12. 12. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Processo de trabalho: Austrália http://www.pharmacylearning.edu.au/files/task_background/whatstopsprotocols.pdf
  13. 13. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Processo de trabalho: Nova Zelândia https://nzpharmacy.wordpress.com/2010/10/01/up-to-date-list-of-pharmacist-only-medicine/ Nossas farmácias são assim? Oportunidade mudança de paradigma: Farmácias Universitárias
  14. 14. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Padrões de prática: categoria de venda do FARMACÊUTICO http://www.psa.org.au/download/standards/s2s3-standards.pdf
  15. 15. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Preceitos : categoria de venda do FARMACÊUTICO http://www.psa.org.au/download/standards/s2s3-standards.pdf
  16. 16. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Algumas conexões (CFF, 2013ab) M. Educativos Manejo de um problema de saúde autolimitado
  17. 17. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Hierarquia das necessidades de Maslow
  18. 18. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Necessidades em saúde: Cecilio resgatando Stotz IndividualTer acesso a tratamento. Ter graus crescentes de autonomia Manejo de problema de saúde autolimitado
  19. 19. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Manejo de problema de saúde autolimitado “serviço pelo qual o farmacêutico atende a uma demanda relativa a problema de saúde autolimitado, realiza anamnese, prescreve e orienta a adoção de medidas não farmacológicas, bem como medicamentos e outros produtos com finalidade terapêutica, cuja dispensação não exije prescrição médica e, quando necessário, encaminha o paciente a outro serviço ou profissional da saúde. Neste serviço o farmacêutico deve se responsabilizar pelos resultados obtidos provenientes da sua conduta.” (CFF, 2015 in prelo)
  20. 20. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Método Clínico & Processo de Cuidado Farmacêutico
  21. 21. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Manejo de Problemas de Saúde Autolimitados: raciocínio clínico
  22. 22. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Manejo de Problemas de Saúde Autolimitados: raciocínio clínico
  23. 23. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Fontes de informação: semiologia
  24. 24. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Fontes de informação: farmacoterapia e doenças
  25. 25. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Protocolos Clínicos: manejo de condições autolimitadas ou autodiagnosticáveis
  26. 26. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Queixa ou demanda
  27. 27. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Gestão de Problemas Autolimitados Agora é com vocês!
  28. 28. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Processo semiológico no Manejo de condição autolimitada Eu estou com afta o que você me dá?
  29. 29. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Quais são as perguntas relevantes?
  30. 30. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Exame físico
  31. 31. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Quais são as perguntas relevantes? Característica da lesão
  32. 32. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Quais são as perguntas relevantes? Idade: 10 a 40 anos Número: 1 a 5 Resolução 10 a 14 dias Recorrência: 1 a 4 meses Associada: •menstruação •alimentos específicos •trauma Ulcera oral menor
  33. 33. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Quais são as perguntas relevantes? Ulcera oral maior
  34. 34. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Faça as intervenções para a paciente • Documente o atendimento Paciente
  35. 35. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Intervenções para a paciente Colutórios antissépticos Corticosteróides Anestésicos tópicos
  36. 36. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Redação da prescrição
  37. 37. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça o processo semiológico e preste o cuidado ao paciente • Documente o atendimento do paciente Prontuário
  38. 38. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Notas de Evolução: SOAP «S» de Subjetivo • registra o ponto de vista do doente e também dados que não podem ser avaliados mensurados «O» de Objetivo • Resultados de testes, mensurações... «A» de Avaliação • Identifica o problema e o seu grau de resolução à data problema deve constituir um «fato clínico» Hipótese (diz respeito ao profissional que a coloca e não ao doente) «P» de Plano • Medidas terapêuticas • Pedidos de exames complementares de diagnóstico (ECD) • Encaminhamento e o aconselhamento • Agenda a próxima consulta de reavaliação
  39. 39. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Notas de Evolução: SOAP Data - S: paciente se queixa de afta, após uso de abacaxi. O: afta única na mucosa interna da boca com diâmetro de cerca de 0,10 cm. A: afta menor. P: prescrição de XXXXXXX, XXXXXX, XXXXXXX e educação em saúde para ingestão de abacaxi na forma de suco com o uso de água para limpeza bucal. Data - S: paciente relata resolução do problema. O: nada digno de nota. A: afta resolvida. P: alta do serviço.
  40. 40. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Acolhimento da demanda • Abertura dos canais de comunicação • Identificação inicial: resolução ou encaminhamento “Este anticoncepcional me enjoa. O que eu faço?”
  41. 41. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça a gestão da condição autolimitada • Quais são as perguntas relevantes? • Faça as intervenções para a paciente • Documente o atendimento do paciente Prontuário Paciente
  42. 42. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Necessidade ou problema de saúde Necessidade de saúde? “Este anticoncepcional me enjoa. O que eu faço?” Alertas de encaminhamento?
  43. 43. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Necessidade ou problema de saúde Porque eu não tinha isto antes de começar a usar, há uma semana. Porque você acredita que o anticoncepcional está causando enjôo?
  44. 44. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Necessidade ou problema de saúde Eu o tomo assim que me levanto. Como você toma o anticoncepcional?
  45. 45. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Necessidade ou problema de saúde Não me levanto, troco de roupa e saio correndo para o trabalho. Você come alguma coisa logo antes ou depois de tomar o anticoncepcional?
  46. 46. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Necessidade ou problema de saúde Qual é a necessidade de saúde? Alertas para encaminhamento?
  47. 47. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Conduta • Seleção de intervenções Encaminhamento médico para alteração da prescrição Educação em saúde: modo correto de uso ???? • Fatores modificadores
  48. 48. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Conduta • Seleção de intervenções Encaminhamento médico para alteração da prescrição Educação em saúde: modo correto de uso ???? • Fatores modificadores Não. Você teria problemas para tomar o medicamento a noite?
  49. 49. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Conduta • Seleção de intervenções Encaminhamento médico para alteração da prescrição Educação em saúde: modo correto de uso ???? • Fatores modificadores
  50. 50. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Conduta • Seleção de intervenções • Fatores modificadores 11h. Qual é o horário que você dorme?
  51. 51. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Implantação da Conduta • Educação em saúde sobre modo correto de uso Uso a noite Estomago cheio O seu problema provavelmente está relacionado ao modo de uso do medicamento. Vou te orientar.....
  52. 52. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Finalização da Consulta e Acompanhamento dos resultados • Disponibilidade • Retorno dos resultados Resolvido? Como está? Os seus enjôos melhoraram? Não tive mais nada. Você acertou em cheio.
  53. 53. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Notas de Evolução: SOAP Data - S: paciente preocupada com enjôo associado a início do uso do Femiane. O: nada digno de nota. A: enjôo como RAM do Femiane em início de terapia e uso incorreto. P: educação em saúde para tomada noturna e com o estomago cheio. Data - S: paciente relata resolução do problema. O: nada digno de nota. A: enjôo como RAM do Femiane resolvida. P: alta do serviço.
  54. 54. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Semiologia e escolha do serviço farmacêutico • Estou com azia
  55. 55. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Faça a gestão da condição autolimitada • Quais são as perguntas relevantes? • Faça as intervenções para a paciente • Documente o atendimento do paciente Prontuário Paciente
  56. 56. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br O importante é começar...
  57. 57. Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) Angelita C. Melo angelitamelo@ufsj.edu.br Obrigada! angelitamelo@ufsj.edu.br Universidade Federal de São João Del-Rei

×