Ot arte anos iniciais TEATRO E ARTES VISUIAIS 03-04-2014

3.258 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.258
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ot arte anos iniciais TEATRO E ARTES VISUIAIS 03-04-2014

  1. 1. BOM DIA ! POR FAVOR, DESLIGUEM OS CELULARES.
  2. 2. FORMADORES Maria Cláudia Belluzzo Maia – Supervisora de Ensino Angélica Rosa Francisco– PCNP Arte Ivone Rezende Goulart – Professora Multiplicadora Jane Luiza F. M. F. Souza - Professora Multiplicadora Marco Antônio Rosa - Professor Multiplicador Maura Lucia da Silva - Professora Multiplicadora Mauren Berbel N. Bini - Professora Multiplicadora Valéria Brandão Ferreira - Professora Multiplicadora
  3. 3. ORIENTAÇÃO TÉCNICA : ARTE NOS ANOS INICIAIS – TEATRO E DANÇA. PAUTA OBJETIVOS 1. Vivenciar situações de aprendizagem presentes no material desenvolvido pela CGEB para as linguagens de Teatro e Artes Visuais, a fim de contemplar algumas das expectativas de aprendizagem propostas para o ensino de Arte nos anos iniciais do Ensino Fundamental. 2. Reconhecer a importância da Arte na formação e desenvolvimento cognitivo das crianças na construção de pessoas sensíveis, confiantes e transformadoras da sociedade. 3. Apresentar as etapas de encaminhamento das situações de aprendizagem. 4. Evidenciar a importância do trabalho com sequência didática.
  4. 4. ORIENTAÇÃO TÉCNICA : ARTE NOS ANOS INICIAIS – TEATRO E DANÇA. PAUTA CONTEÚDOS 1. Proposição / Roda de conversa; 2. Sequência didática; 3. Situações de aprendizagem; 4. Expectativas de aprendizagem
  5. 5. Acolhimento Dinâmica de apresentação Leitura em voz alta Apresentação da OT Proposição 1 - Vestido de Laura Proposição 2 – Para ir à lua Proposição 3 – Criando uma cena Proposição 4 – Teatro objeto Proposição 5 – Blablação Expectativas de aprendizagem Roda de conversa ATIVIDADES MANHÃ - TEATRO TARDE – ARTES VISUAIS Acolhimento Dinâmica de abertura Apresentação da OT Proposição 1 - Ilustração de texto Proposição 2 – Curadoria sobre SUPORTE Proposição 3 - Tridimensional Apreciação das produções artísticas Expectativas de aprendizagem Roda de conversa Avaliação do encontro
  6. 6. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO DINÂMICA DE APRESENTAÇÃO Leitura das frases de Cecília Meireles, que estarão dentro de cada balão
  7. 7. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  8. 8. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO PROPOSIÇÃO 1 “O vestido de Laura”
  9. 9. O vestido de Laura É de três babados, Todos bordados. O primeiro, todinho, Todinho de flores De muitas cores. No segundo, apenas Borboletas voando, Num fino bando. O terceiro, estrelas, Estrelas de renda -talvez de lenda… O vestido de Laura Vamos ver agora, Sem mais demora! Que as estrelas passam, Borboletas, flores Perdem suas cores. Se não formos depressa, Acabou-se o vestido Todo bordado e florido! POESIA DE CECÍLIA MEIRELES - O VESTIDO DE LAURA
  10. 10. PROPOSIÇÃO 1 – “O vestido de Laura” Leitura do poema “O vestido de Laura” Propor ao aluno a criação de um personagem através de um roteiro. Neste roteiro vão algumas perguntas: • Quantos anos ele (ela) tem? • Onde mora? • Com quem mora? • O que mais gosta de fazer? • Trabalha ou estuda? • Qual o maior sonho ou desejo desse personagem? • Tem amigos? • Qual o nome dele (a)? etc. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  11. 11. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO PROPOSIÇÃO 2 “Para ir a Lua”
  12. 12. Para ir à Lua, de Cecília Meireles Enquanto não tem foguetes Para ir à lua Os meninos deslizam de patinete Pelas calçadas da rua. Vão cegos de velocidade: Mesmo que quebrem o nariz, Que grande felicidade! Ser veloz é ser feliz. Ah! se pudessem ser anjos De longas asas! Mas são apenas marmanjos.
  13. 13. PROPOSIÇÃO 2 – “Para ir a Lua” • Leitura do poema “Para ir a Lua” Brincadeira “Eu vou para a lua de foguete”, brincadeira de passar a bola, onde o ato de passar a bola gera o combustível para abastecer o foguete. • Leitura do poema “Ou isto ou aquilo” Brincadeira de memória: O que eu levo para a lua? ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  14. 14. Ou isto ou Aquilo - Cecília Meireles Ou se tem chuva e não se tem sol ou se tem sol e não se tem chuva! Ou se calça a luva e não se põe o anel, ou se põe o anel e não se calça a luva! Quem sobe nos ares não fica no chão, quem fica no chão não sobe nos ares. É uma grande pena que não se possa estar ao mesmo tempo em dois lugares! Ou guardo o dinheiro e não compro o doce, ou compro o doce e gasto o dinheiro. Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo ... e vivo escolhendo o dia inteiro! Não sei se brinco, não sei se estudo, se saio correndo ou fico tranqüilo. Mas não consegui entender ainda qual é melhor: se é isto ou aquilo.
  15. 15. PROPOSIÇÃO 3 Criando uma cena Poema: “Lua depois da Chuva” ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  16. 16. Lua depois da Chuva - Cecília Meireles Olha a chuva: molha a luva. Cada gota de água Como um bago de uva. A chuva lava a rua. A viúva leva o guarda-chuva e a luva. Olha a chuva: molha a luva e o guarda-chuva da viúva. Vai a chuva e chega a lua: lua de chuva
  17. 17. PROPOSIÇÃO 3 – Criando uma cena Leitura do poema: “Lua depois da chuva” Divisão dos alunos em grupos onde deverão criar três cenas de acordo com o tema CHUVA (antes, durante e depois). ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  18. 18. PROPOSIÇÃO 4 “Teatro Objeto” ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  19. 19. PROPOSIÇÃO 4 – “Teatro Objeto” Propor aos alunos que construam um diálogo onde os personagens serão os objetos (guarda-chuvas). Nesta atividade o importante é o objeto e os movimentos que os alunos farão com eles. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  20. 20. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO PROPOSIÇÃO 5 “Blablação” BLÁ! BLÁ BLÁ BLÁ ...
  21. 21. PROPOSIÇÃO 5 – “Blablação” propor que o aluno crie um diálogo com blablação onde é necessário ter um interprete para improvisar a fala de cada um dos personagens. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS TEATRO
  22. 22. TEATRO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM • Conhecer discursos cênicos a partir da investigação de variadas obras de artes: conto, poesia, romance, pintura, cinema, música, etc.; • Organizar e reorganizar narrativas ficcionais; • Reconhecer e utilizar os elementos básicos da linguagem teatral para expressar-se, tais como: palavras, gestos, sonoridades, figurinos, iluminação, objetos cênicos; • Desenvolver estratégias para construção de personagens; • Conhecer diferentes modalidades de apresentações teatrais: teatro de objetos, de sombras, de máscaras, de bonecos, mímica, etc;
  23. 23. HORA DO ALMOÇO
  24. 24. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS Inspirar com a Arte
  25. 25. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS
  26. 26. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS PROPOSIÇÃO 1 Ilustração do Texto “O voo do Pássaro”
  27. 27. PROPOSIÇÃO 1 – Ilustração do Texto “O voo do Pássaro” Antes de iniciar a leitura o professor pede aos alunos que sentem confortavelmente e que fechem os olhos. O texto que será lido sugere que o aluno imagine vários lugares e situações. Após a leitura do texto o aluno escolhe o suporte para fazer a ilustração do texto (esse texto levou o aluno a vários lugares imaginários, a ilustração pode ser feita daquilo que mais chamou atenção.) ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS
  28. 28. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS PROPOSIÇÃO 2 Curadoria sobre suporte
  29. 29. PROPOSIÇÃO 2 – Curadoria sobre Suporte O professor seleciona imagens de obras de arte de diferentes épocas e artistas sempre conectadas uma a outra de acordo com o tema abordado, neste caso o tema é SUPORTE. Essa curadoria pode ser feita através da linha do tempo (em ordem cronológica), que passa a ser o fio condutor que conduz o aluno a momentos de apreciação, comparação e novas descobertas. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS
  30. 30. ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS PROPOSIÇÃO 3 Tridimensional com materiais convencionais e inusitados
  31. 31. PROPOSIÇÃO 3 – Tridimensional Propor aos alunos que escolham alguns objetos/materiais e usem como suporte para produzir uma obra artística com a temática da cultura popular. Quais são suas lembranças sobre lendas e mitos da nossa cultura? Quem são esses personagens? . ORIENTAÇÃO TÉCNICA: O ENSINO DE ARTE NOS ANOS INICIAIS ARTES VISUAIS
  32. 32. ARTES VISUAIS EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM • Reconhecer alguns elementos da linguagem visual; • Utilizar elementos e recursos da linguagem visual para expressar-se e comunicar-se; • Manifestar-se criativamente e de um modo próprio ao expressar-se e construir seus trabalhos; • Experimentar em suas criações diferentes materiais, instrumentos, espaços pictóricos, campos plásticos, suportes, técnicas: explorar em suas produções formas bi e tri dimensionais; • Notar, paulatinamente, que cores e formas, nas produções artísticas correspondem a intenções de seus autores; • Observar, interpretar e refletir sobre as formas que produz, assim como realizar leituras autorais das produções dos colegas e de alguns artistas; • Pesquisar, experimentar e utilizar, intencionalmente em suas produções artísticas materiais convencionais e inusitados;
  33. 33. Arte Rupestre
  34. 34. Pergaminho
  35. 35. Papiro
  36. 36. Tecido
  37. 37. Metais Círculo da Paz - Escultura de bronze de crianças de mãos dadas em um círculo Gary Lee Price - Escultor americano
  38. 38. Mármore
  39. 39. Scott Wade
  40. 40. Scott Wade e sua arte em carros sujos
  41. 41. Scott Wade
  42. 42. Dalton Ghetti
  43. 43. Dalton Ghetti
  44. 44. Esculturas em lápis de Dalton Ghetti!
  45. 45. Desenho sobre casca de banana feito pela canadense Raven Riss
  46. 46. Lorenzo Manuel Durán
  47. 47. Desenhos feito em folhas de árvores por Lorenzo Manuel Durán – artista espanhol
  48. 48. Avaliação do Encontro

×