Atividade 6 slideshare

169 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade 6 slideshare

  1. 1. ANGÉLICA SANTOS ESPÍNULA TECNÓFILOS
  2. 2. O OBJETIVO DO USO DE COMPUTADORES NO AMBIENTE ESCOLAR  A necessidade de aplicar a informática no processo educacional é de minimizar alguns dos problemas do nosso sistema de ensino;  Surge como um meio auxiliar alternativo de ensino;  Uma máquina que possibilita testar ideias ou hipóteses, que levam à criação de um mundo abstrato e simbólico;
  3. 3.  Mostrar o computador à criança, verificando o seu potencial e as suas limitações;  Ensinar a criança a utilizá-lo e a dominá-lo;  É função da escola, preparar cidadãos suficientemente familiarizados com os mais básicos desenvolvimentos tecnológicos;  O ensino da informática com o pretexto da modernidade ( atualidade);  O aluno adquire conceitos computacionais, como princípios de funcionamento do computador, noções de hardware e software e etc.; O OBJETIVO DO USO DE COMPUTADORES NO AMBIENTE ESCOLAR
  4. 4.  O computador pode ter sobre a aprendizagem e a forma de pensar da criança, para direções positivas e desejáveis;  Explorar maneiras de orientar a influência; A VISÃO DO EDUCANDO COM O USO DA TECNOLOGIA
  5. 5. APLICATIVOS PEDAGÓGICOS
  6. 6. APLICATIVOS PEDAGÓGICOS  Seu alvo explícito é promover a aprendizagem;  As simulações pelo microcomputador devem ser utilizadas como um complemento, e nunca como uma substituição da observação dos fenômenos naturais;  Um jogo pode servir como contexto para a aprendizagem de múltiplos conceitos e variadas habilidades;
  7. 7. DRAMATIZAÇÃO: TECNÓFILOS?  O computador não foi desenvolvido com fins pedagógicos, por isso é importante que se lance um olhar crítico, buscando teorias e práticas pedagógicas;  Os responsáveis pela área tem pouco conhecimento de didática, e acabam trazendo para sala de aula, o improviso e as práticas de ensino mecanicistas;  O uso da tecnologia para esta sociedade exige esforços e mudanças nas esferas econômica e educacional;
  8. 8. DRAMATIZAÇÃO: TECNÓFILOS?  Não se considera o uso desses aplicativos ( jogos, ferramentas) como importante significado pedagógico, e sim como um mero passador de tempo;  É preciso notar que o uso trará mudanças na aprendizagem dos alunos, o computador não é uma resolução para todos os problemas educacionais;
  9. 9. CONCLUSÃO  Diante a atualidade, ficamos incertos se a tecnologia na escola, é ou não um bom recurso para a aprendizagem ( tecnófilos ou tecnófobos). Com base nas leituras identificamos pontos relevantes ao nosso objetivo quando iniciamos o trabalho, contudo antes de iniciar a dramatização. Não podemos falar se é certo, ou errado. É importante ressaltar nesse momento, a forma de como a tecnologia é usada pelos educadores. A tecnologia esta em constante desenvolvimento, a cada dia é uma coisa nova, um mundo novo. Na escola trabalhamos com a formação de cidadãos, assim é importante acompanhar esse desenvolvimento na atualidade.

×