Preconceitos

566 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • KHALIL
  • Preconceitos

    1. 1. PRECONCEITOS
    2. 2. PRECONCEITOS DEFINIÇÕES: CONCEITO REALIDADE NÃO EXISTE UMA REALIDADE ÚNICA E ABSOLUTA PARA TODOS
    3. 3. REALIDADE DE CADAUM FATO PERCEPÇÃO REAÇÃO
    4. 4. CONCEITO REALIDADE: o mundo particular das percepções de cada indivíduo ÓTICA SOCIAL:PERCEPÇÕES COMUNS
    5. 5. EXPERIÊNCIAS CONDUTA: É UMA REAÇÃO AO CAMPO DAS EXPERIÊNCIAS COMO ESTE É APRENDIDO “MAIS IMPORTANTE QUE AS EXPERIÊNCIAS, É O QUE NÓS FAZEMOS COM ELA”
    6. 6. “AÚNICA PESSOA QUE PODERIA CONHECERINTEGRALMENTE O SEU CAMPO DEEXPERIÊNCIAS É ELA MESMA.”
    7. 7. FORMAÇÃO DE UMCONCEITO VIVER REALMENTE A SITUAÇÃO SEM ALTERAR PELA NECESSIDADE OU PELO DESEJO DE DEFESA “ESTAREMOS VIVENDO REALMENTE A SITUAÇÃO BEM PRÓXIMA DE SUA REALIDADE ,LIVRE DE IDÉIAS OU ATITUDES DEFENSIVAS.”
    8. 8. PRECONCEITO EXPERIÊNCIAS NÃO VIVIDAS,OU INTROJEÇÕES. GENERALIZAMOS(ROTULAMOS) PARA NOS DEFENDER OU JUSTIFICAR “NEGAMOS DISCUTIR EM UM TODO AS COISAS BOAS QUE CADA UM,INDIVIDUALMENTE,TEM A DAR”
    9. 9. EGOÍSMO EU ESPIRITUALRELACIONAMENTOS PRECONCEITOS
    10. 10. INTROJEÇÕES ASSIMILAÇÕES DISTORCIDAS ENXERGAR ATRAVÉS DE UM FILTRO
    11. 11. ORIGEM DASINTROJEÇÕES SEGUINTES CAMPOS:EDUCAÇÃO FORMAL,ESCOLAR,LARHERANÇA SOCIALCONVIVÊNCIAPROPAGANDALITERATURAASSIMILAÇÕES DE OPINIÕES
    12. 12. PERIGO!!!!!!!!!!! PRECONCEITO PARA CONOSCO MESMO
    13. 13. PRECONCEITO ÍNTIMO SOMOS RESISTENTES E DEFENSIVOS
    14. 14. ASSUMIR E ACEITARMOSQUE PODEMOSMUDAR,TRANSFORMAR OQUE QUISERMOS.
    15. 15. RÓTULOS NÃO SÃO DEFINITIVOS NÃO ROTULAR OS OUTROS,OU SEJANÃO JULGAR
    16. 16. “ CADA UM REAGE E VIVESEGUNDO SUAPERCEPÇÃO DAREALIDADE.”
    17. 17. JULGAMENTOS JULGAR ,COMO CAPACIDADE DE DISCERNIR É UMA CONQUISTA DOSER HUMANO.JULGAR,COMO CONDENAÇÃO,AÇÃO PRECIPITADA A PARTIR DE NOSSA DEFICIENTE E PRECÁRIA ESCALA DE VALORES,É PRECONCEITO.
    18. 18. QUAL A ÚNICA PESSOAQUE PODEMOSJULGAR?
    19. 19. CIÊNCIA E RELIGIÃO DOGMAS E PRECONCEITOS SEPARAÇÃO EM VEZ DE UNIÃO
    20. 20. JESUS FRENTE AOSPRECONCEITOS
    21. 21. PORQUE JESUSRECOMENDOU-NOS ANÃO JULGAR?
    22. 22.  JESUS VIU EM CADA UM SEU IRMÃO,FILHOS DO MESMO PAI.COMPREENDEU OS LIMITES,RESPEITOU E AMOU,NÃO SEDEFENDEU,SEMPRE COLOCOU O INTERESSE COLETIVO ACIMA DO INDIVIDUAL.
    23. 23. EAE ESTIMULA-NOS Á: COMPREENSÃO DOS PRECONCEITOS ENCONTRADOS NA PERSONALIDADE HUMANA FACILITANDO A AUTO-ANÁLISE E ATRANSFORMAÇÃO INTERIOR.

    ×