DESENVOLVIMENTO HUMANO: PRIMEIROS DOIS ANOS

6.119 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.119
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DESENVOLVIMENTO HUMANO: PRIMEIROS DOIS ANOS

  1. 1. Desenvolvimento Humano: Infância(os dois primeiros anos de idade)SILVA, A. M. B., 2013.1
  2. 2.  DesenvolvimentoBiológico:Pra haver um desenvolvimentocompleto e saudável da criança, sãonecessários: boa alimentação,hábitos de higiene, imunizaçãocontra doenças e cuidados com omeio ambiente.
  3. 3.  Desenvolvimento cognitivo: A teoria dePiaget:Segundo Piaget, no período do nascimento até os doisanos de idade a criança encontra-se no estágio sensório-motor - neste estágio, quanto mais a criança forestimulada, maior será o seu desenvolvimentointelectual.• Período em que a criança se transforma de umacriatura que responde na maior parte das vezes comreflexos, para alguém capaz de organizar as atividadessensório-motoras em resposta ao ambiente.• A criança vai construindo e organizando noções.• Nesse mesmo período as concepções de espaço,tempo e casualidade começam a ser construídaspossibilitando à criança novas formas de ação práticapara lidar com o meio.
  4. 4.  Desenvolvimento cognitivo: A teoria de gesell:Gesell vê a maturação seguindo um cronograma herdado emque as habilidades e capacidades emergem em uma sequência pré-definida.• primeiro trimestre: controle sobre os músculos e nervos da face;• segundo trimestre: desenvolve o comando dos músculos do pescoço, da cabeçae move seus braços intencionalmente;• terceiro trimestre: controle do tronco e das mãos, começa a pegar objetos,passá-los de uma mão à outra e demonstrar afeto por eles;• último trimestre: o controle se estende às pernas e pés do bebê,assim como aos dedos indicadores e polegares,para permitir pegar pequenos objetos;• segundo ano: anda e corre, fala algumas palavrase frases com clareza, adquire o controle sobre abexiga e o intestino, e começa a desenvolver umsentido de identidade pessoal e de posse.
  5. 5.  Desenvolvimento psicossocial: as primeiras emoções• A aflição é a primeiraemoção que podemosexpressar.• Podemos perceber também ointeresse em algo que atrai a suaatenção.
  6. 6.  Desenvolvimento psicossocial: as primeiras emoções• Um pequeno sorrisodemonstra a sensaçãode prazer.• A zanga é visível apósos 4 meses.
  7. 7.  Desenvolvimento psicossocial: referências sociais• Referência ao pai: A brincadeira maisfísica do pai ajuda a criança a dominar ashabilidades motoras e a desenvolver ocontrole muscular, além de contribuirpara as habilidades sociais e dasexpressões emocionais• A referência social é especialmente perceptível nasrefeições. A criança olha para seu responsável em buscade sinais e novas comidas.
  8. 8.  Desenvolvimento psicossocial: Autoconsciência• A partir da autoconsciência a criança passa adespertar a consciência do outro, que surgeentre os 9 e os 15 meses e estimula as emoçõesdirecionadas para as outras pessoas, tal como odesafio, o ciúme, a empatia e a afeição.• No período de 15 a 18 meses destaca-se osentido de si mesmo como objeto doconhecimento de alguém.• O sentido do ‘’eu’’ e do ‘’meu’’ estimula odesenvolvimento de muitas emoçõesrelacionadas à autoconsciência – do orgulho eda confiança à culpa e à vergonha.
  9. 9.  Desenvolvimento psicossocial: vergonha X orgulhoX• O desenvolvimentoda autoconsciência capacita ascrianças a serem autocríticase a terem reações emocionaiscomo a culpa.• A autoconsciência tambémpermite que uma criançahaja com orgulho às suas más ações.
  10. 10.  Desenvolvimento psicossocial: as origens da personalidade.• TEORIA DA APRENDIZAGEM (BEHAVIORISTAS): as crianças observam edepois imitam as características da personalidade dos pais. Esses teóricosda aprendizagem social acreditam que a personalidade é aprendida. Asreferências sociais reforçam essa aprendizagem pela observação.
  11. 11.  Desenvolvimento psicossocial: a teoria psicanalítica: Freud• Fase oral: interação passiva edependente.• Personalidade oral: angustiado eansioso que come, bebe, falaexcessivamente, em busca deprazeres orais que lhe foram negadosdurante a infância.• Fase anal: interação ativae controladora.• Personalidade anal: podeprocurar controlar a simesma e às outraspessoas.
  12. 12.  Desenvolvimento psicossocial: confiança x desconfiança:Erik EriksonX• Confiança: a criança aprendeque o mundo é um lugarseguro onde as necessidadessão satisfeitas.• Desconfiança: aprende queé uma arena imprevisívelonde suas necessidades sósão atendidas depois demuito choro.
  13. 13.  Desenvolvimento psicossocial: autonomia x dúvida• Etapa que a criança almejaautonomia sobre suaspróprias ações e seu própriocorpo .• Se fracassar ela se senteenvergonhada de seus atos e emdúvida quanto as suas atitudes.
  14. 14.  Desenvolvimento psicossocial: a teoria dos sistemasepigenéticos• Todo indivíduo nasce com um conjunto distinto, de base genética, de tendências oudisposições psicológicas.• Essas tendências que em conjunto são chamadas de temperamento afetam emodificam a personalidade em desenvolvimento.• O temperamento é afetado pelo período pré-natal, em especial pela alimentação e pelasaúde da mãe e provavelmente também pelas experiências pós-natais.• À medida que a pessoa se desenvolve, o contexto social e as experiências individuaiscontinuam a influenciar a natureza e a expressão do temperamento.• Existe muito mais estabilidade, de ano para ano, no temperamento depois de 2 anos deidade do que antes.
  15. 15.  Desenvolvimento psicossocial: interação cuidador x criança• Geralmente, o cuidador do bebê, amãe, o pai, ou qualquer outro familiar,torna-se um tipo de parceiro socialdesse bebê. Parte desse processo sãoas brincadeiras face a face, quedesenvolve uma sincronia, umainteração coordenada entre a criança eo cuidador.• A sincronia ajuda a criança a aprendera se expressar e interpretar emoções,desenvolver algumas das habilidadesbásicas da interação social, como orevezamento.
  16. 16.  Desenvolvimento psicossocial: apego seguro x apegoinseguroX• O apego seguro traduz conforto esegurança.• As crianças seguramenteapegadas tendem a serem maisinterativas e competentes nashabilidades sociais e cognitivas• Uma criançainseguramente apegadatem menos confiança,podendo até se recusar asair do colo de seucuidador.
  17. 17.  Conclusão: Um extraordinário crescimento –físico, cognitivo, linguístico,emocional e social - ocorre nos 2primeiros anos de vida. Essecrescimento pode ser estorvado,dirigido ou estimulado pelosfamiliares mais próximos e peloscontextos sociais. E mesmo que diversas teoriasexpliquem o desenvolvimentohumano, sabemos que nenhumfator é determinante nodesenvolvimento do nosso ser, massim o conjunto de tais fatores.
  18. 18. OBRIGADA!!!
  19. 19.  Referências: http://www.acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/224/1/01d11t01.pdf http://caminhandopsicologia.no.comunidades.net/index.php?pagina=1318164082 http://www.webartigos.com/artigos/desenvolvimento-humano/55806/

×