06acompressores 130619060919-phpapp02

749 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
749
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

06acompressores 130619060919-phpapp02

  1. 1. 1 Refrigeração Compressores
  2. 2. 2 Compressor É o coração do sistema de compressão de vapor Deve recuperar o líquido expandido para que ele possa tornar a ser usado inúmeras vezes (fechando o ciclo) Se não houvesse o compressor: 1. seria preciso repor o reservatório cada vez que se esgotasse 2. poderiam ocorrer problemas de intoxicação de pessoas e/ou incêndios nas proximidades da instalação dependendo do refrigerante 3. o custo de funcionamento do sistema seria demasiadamente elevado
  3. 3. 3 Compressores Tipos: Compressor Alternativo (de êmbolo); Compressor de Parafuso; Compressor de Palheta; Compressor Centrífugo e Compressor Scroll.
  4. 4. 4 Compressores Alternativos Tipos: Compressor Alternativo Hermético Compressor Alternativo Semi-Hermético Compressor Alternativo Aberto
  5. 5. 5 Compressores Alternativos Herméticos Normalmente de pequena capacidade Tanto o motor de acionamento (elétrico) como o compressor, são encerrados dentro de um único invólucro Não existe assim a possibilidade de acesso aos componentes internos para o caso de manutenção DESCARTÁVEIS
  6. 6. 6 Compressores Alternativos Semi Herméticos De potência intermediária Têm uma carcaça única mas apresentam o cabeçote removível Permite a manutenção das válvulas e dos êmbolos do compressor O motor elétrico não é externo, está acoplado dentro do compressor Em relação aos Abertos, proporcionam uma economia de 6% no consumo de energia
  7. 7. 7 Compressores Alternativos Abertos O eixo de acionamento sai da carcaça para se acoplar um motor de acionamento Normalmente utilizados para altas potências de refrigeração
  8. 8. 8 Compressores de Parafuso (Screw) Consiste de dois fusos, um macho e outro fêmea O rotor (fuso) macho tem 04 saliências e o rotor fêmea, 06 O rotor macho gira 50% mais rápido O rotor fêmea funciona principalmente como uma vedação girante para o gás A entrada é por cima, em uma das extremidades, e a descarga é por baixo, na extremidade oposta Originalmente utilizou-se parafusos “secos”, mas geravam muito ruído, aquecimento e perdas de gás na compressão Hoje usa-se o “parafuso molhado”, injetando- se óleo lubrificante (veda as folgas entre os parafusos e refrigera o gás durante a compressão)
  9. 9. 9 Compressores de Parafuso (Screw) Nenhum outro tipo de compressor mecânico permite a introdução de grandes volumes de líquido resfriador dentro do próprio compressor Encontram-se máquinas padronizadas de 100 a 1000 toneladas de capacidade, funcionando a 3600 rpm É necessário fazer a separação do óleo e do fluido refrigerante A separação se dá em dois estágios: o primeiro é mecânico o segundo através de um filtro (tipo coalescer ou demister)
  10. 10. 10 Compressores de Parafuso (Screw)
  11. 11. 11 Compressores Rotativos (de Palhetas) Usados principalmente em geladeiras domésticas, congeladores e condicionadores de ar No compressor de palheta simples a linha de centro do eixo de acionamento coincide com a do cilindro, mas é excêntrica com relação ao rotor, de modo que este permanece em contato com o cilindro a medida que gira O compressor de palheta simples apresenta um divisor, atuado por mola, dividindo as câmaras de aspiração e descarga
  12. 12. 12 Compressores Centrífugos Compressor utilizado em grandes instalações Utilizados de 200 a 10.000kW (172.10³ a 8,6.106kcal/h) de capacidade de refrigeração As temperaturas de evaporação podem atingir a faixa de –50 a – 100ºC, em sistemas de estágios múltiplos O compressor centrífugo se assemelha à bomba centrífuga O fluido entra pela abertura central do rotor e, pela ação da força centrífuga, desloca-se para a periferia
  13. 13. 13 Compressores Centrífugos
  14. 14. 14 Compressores Scroll Compressor hermético Trabalham de forma mais silenciosa e vibram menos que os seus concorrentes para uma mesma potência O gás preso pela espiral é “empurrado” pelo movimento da espiral móvel, movendo-se entre esta última e a espiral fixa até o centro das espirais. Ao concluir seu percurso, o gás já comprimido e em alta pressão é descarregado na cúpula (cabeçote) do compressor.
  15. 15. 15 Compressores Scroll
  16. 16. 16 Compressores em Paralelo Pode ser conceituada como uma instalação onde dois ou mais compressores são montados sobre uma base única e cujas linhas de sucção e descarga são unificadas Os compressores podem operar individualmente em função da carga térmica solicitada Um sistema de compressores ligados em paralelo pode ser composto com qualquer tipo de compressor: aberto, semi-hermético, hermético, desde que os compressores possuam suas conexões e apartes necessárias para as linhas de equalização
  17. 17. 17 Compressores em Paralelo

×