Relatório deAtividades2010
SumárioSistema HC FMUSP......................................................................................................
SistemaHCFMUSP
Sistema HCFMUSP    O Instituto da Criança (ICr) está subordinado administra-     gestão o modelo matricial com administraç...
AltaDireção
Alta Direção    Conselho Diretor (CONDIR)                                   Conselho do Departamento de                   ...
Gestãode PessoasNosso ativo mais valioso
Gestão de PessoasNosso ativo mais valiosoA equipe de profissionais do ICr é o patrimônio mais valioso da Instituição. O at...
Pesquisa de Clima Geral   Melhoria em questões sobre liderança (relacionamento com líderes), estratégias e planos (integra...
Humanização365 dias, 24h
Humanização365 Dias, 24hA equipe de profissionais do ICr é o patrimônio mais valioso da Instituição. O atendimento de cria...
Atividades para colaboradores Ouvidoria Interna – Implantado em maio de 2010, consolidou-se como um canal de comunicação n...
Resultados         Institucionais: 2010A fórmula do trabalho em equipe
Resultado Institucional: 2010 A fórmula do trabalho em equipe     Indicadores Econômico-Financeiros     O faturamento do I...
Resultado Institucional: 2010                                             Produção Assistencial A produção hospitalar do I...
Resultado Institucional: 2010                                                                     Produção da Unidades    ...
Imagem     InstitucionalOrgulho de ser ICr
Imagem Institucional          Orgulho de ser ICr Nos últimos quatro anos o Instituto da Criança vem se consolidado como um...
Cliente SatisfeitoTaxa de Retorno do Questionário de Satisfação (%)                           18                          ...
Ficha TécnicaCoordenaçãoAssessoria de Comunicação e Marketingdo Instituto da Criança HC FMUSPProjeto Gráfico e Diagramação...
Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 647     Cerqueira César - São Paulo         Fone: (11) 3069-8500             www.icr.usp...
Relatorio de Atividades 2010
Relatorio de Atividades 2010
Relatorio de Atividades 2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatorio de Atividades 2010

1.054 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.054
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio de Atividades 2010

  1. 1. Relatório deAtividades2010
  2. 2. SumárioSistema HC FMUSP.............................................................................................................06Missão, Visão e Valores.....................................................................................................06Alta Direção.........................................................................................................................08Gestão de Pessoas - Nosso ativo mais valioso................................................09Propósito do Centro de Gestão de Pessoas..........................................................................................10Gestão de Pessoas......................................................................................................................................10Avaliação de Desempenho e Avaliação de Competências.................................................................10Capacitação e Desenvolvimento..............................................................................................................10Humanização - 365 dias, 24h..........................................................................11Atividades para Colaboradores..............................................................................................................13Atividades Conjuntas para Colaboradores e Acompanhantes..........................................................13Atividades em Parceria..............................................................................................................................13Classe Hospitalar.........................................................................................................................................13Resultados Institucionais: 2010 - A fórmula do trabalho em equipe..............14Indicadores Econômico-Financeiros.........................................................................................................15Produção Assistencial.................................................................................................................................16Produção das Unidades............................................................................................................................17Imagem Institucional - Orgulho de ser ICr.......................................................18Indicadores de Imprensa.............................................................................................................................19Cliente Satisfeito.........................................................................................................................................20Prêmios em 2010........................................................................................................................................20
  3. 3. SistemaHCFMUSP
  4. 4. Sistema HCFMUSP O Instituto da Criança (ICr) está subordinado administra- gestão o modelo matricial com administração participa- tivamente à Superintendência do Hospital das Clínicas da tiva. O HCFMUSP integra o sistema composto pelo próprio Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo HC, a Faculdade de Medicina da USP e as fundações de (HCFMUSP), que adota uma estrutura organizacional do apoio (Fundação Faculdade de Medicina e Fundação tipo matricial. Esta estrutura está apoiada em Núcleos Téc- Zerbini), buscando atuar de forma coordenada e conjunta. ni-cos que deliberam as ações que permeiam todo o siste- O Instituto da Criança também conta com o apoio da Funda- ma, por meio de seus respectivos Comitês e por um Cole- ção Criança e da Ação Solidária Contra o Câncer Infantil, giado composto pelos diretores-executivos das unidades. parceiros responsáveis pela construção do prédio que, atual- Internamente, o Instituto da Criança adota como prática de mente, abriga o ITACI, Serviço de Onco-Hematologia do ICr. Inaugurado em 1976, reúne as especialidades pediátricas do Hospital das Clíni- cas da Faculdade de Medicina da USP. Considerado Centro de Referência Nacio- nal em Saúde da Criança pelo Ministério da Saúde, é reconhecido pela qualidade do seu atendimento, capacitação de sua equipe profissional e incorporação dos mais modernos recursos para o tratamento das doenças de alta complexidade. Especialidades Pediátricas do Instituto da Criança HCFMUSP • Cardiologia • Imunologia • Cirurgia Infantil • Infectologia • Dor e Cuidados Paliativos • Nefrologia • Endocrinologia • Neonatologia • Gastroenterologia • Neurologia • Genética • Nutrologia • Hebiatria (Medicina do Adolescente) • Oncologia • Hematologia • Pneumologia • Hepatologia • Reumatologia MISSÃO Prestar assistência de alta complexidade e de excelência ao recém-nascido, criança e ado- lescente, por meio de atendimento humanizado e interdisciplinar, integrado ao ensino e à pesquisa. VISÃO Ser instituição de excelência VALORES Ética; reconhecida nacional e internacio- Humanismo; nalmente em ensino, pesquisa e Responsabilidade social; atenção à saúde em pediatria. Pioneirismo; Compromisso institucional; Pluralismo; Competência.6
  5. 5. AltaDireção
  6. 6. Alta Direção Conselho Diretor (CONDIR) Conselho do Departamento de Pediatria (CONDEP) O CONDIR é o órgão dirigente máximo do Instituto da É o órgão máximo do Departamento de Pediatria da Criança, composto pelos professores-titulares do De- FMUSP, portanto, não relacionado diretamente com a partamento de Pediatria, pelo responsável pela Divisão estrutura hierárquica do HCFMUSP. É composto pelos de Cirurgia Infantil do ICr, pelo Diretor-Executivo, pelo professores-titulares, representantes das categorias do- Coordenador-Médico, por dois suplentes e por outras centes, representantes discentes da FMUSP e eventuais lideranças convidadas dependendo do assunto. Realiza convidados; realiza reuniões com periodicidade mensal. reuniões com periodicidade mensal. O organograma da Instituição se compõe em Divisões, Serviços, Seções, Centros e Assessorias, constituindo a sistemática de divisão de trabalho no ICr.8
  7. 7. Gestãode PessoasNosso ativo mais valioso
  8. 8. Gestão de PessoasNosso ativo mais valiosoA equipe de profissionais do ICr é o patrimônio mais valioso da Instituição. O atendimento de crianças com doenças complexasexige muito mais do que conhecimento acadêmico e recursos tecnológicos. Requer colaboradores totalmente identificadoscom a nossa missão, visão e valores. 1569 colaboradores diretos 05 professores-titulares 144 terceirizados 491 profissionais da Enfermagem 301 médicos 109 profissionais da Nutrição 29 doutorados 77 profissionais da Fisioterapia, Terapia Ocupacional e 49 mestrados Serviço Social 20 livre-docentes 875 profissionais das demais áreasPropósitos do Centro de Gestão de PessoasGestão de PessoasGerenciar a atuação dos profissionais da instituição e ela- Todas as unidades do ICr, por meio de suas lideranças, estãoborar estratégias que busquem desenvolver competências, representadas e integradas no centro de decisão e integra-habilidades, trabalho em equipe, evolução técnica e o re- ção do Instituto, denominado Comitê Gestor da Diretoriaconhecimento dos colaboradores, contemplando a pro- Executiva, que semanalmente se reúne para tomar as prin-moção de saúde, a integração nos processos decisórios e a cipais decisões estratégicas e operacionais da Instituição.qualidade de vida no trabalho. Por meio de uma abordagem interdisciplinar, os profissionais do Instituto da Criança prezam pelo atendimento de excelência sempre pautado em valores como humanismo e pela visão integral do paciente.Avaliação de Desempenho e Capacitação eAvaliação de Competências DesenvolvimentoNo ano de 2010 foi realizada no ICr a Avaliação de De- Buscando estimular continuamente itens como Capacita-sempenho dos Gestores e Avaliação de Competências ção e Desenvolvimento de todas as equipes, em 2010, ados Colaboradores. Esse tipo de avaliação foi uma atitude Instituição promoveu uma adequação de horário para faci-inovadora no Complexo HC, e possibilitou a implantação da litar frequência do colaborador em cursos de qualificação.política de feedback profissional de atuação. Assim, fun- Após a solicitação do funcionário, é feita uma adequaçãocionários e gestores puderam elaborar um Plano de Ação em sua escala de trabalho, possibilitando assim sua adesãoConjunta na busca de melhores desempenhos profissio- ao curso ou treinamento.nais. Além disso, com a implantação da ficha de Acompa-nhamento de Desempenho do colaborador foi possível oacesso e o acompanhamento sistêmico de sua atuação.10
  9. 9. Pesquisa de Clima Geral Melhoria em questões sobre liderança (relacionamento com líderes), estratégias e planos (integração e participação no processo de planejamento) clientes e informações (acessibilidade à informações/comunicação interna). O ICr apresentou desempenho discretamente melhor do que em 2008 nas questões sobre integração e cooperação e sobre clima. 11
  10. 10. Humanização365 dias, 24h
  11. 11. Humanização365 Dias, 24hA equipe de profissionais do ICr é o patrimônio mais valioso da Instituição. O atendimento de crianças com doenças complexasexige muito mais do que conhecimento acadêmico e recursos tecnológicos. Requer colaboradores totalmente identificadoscom a nossa missão, visão e valores. Em 2010, o ICr manteve a realização de suas diversas atividades direcionadas às crianças, adolescentes atendidos, acompanhantes, colaboradores e comunidade, tanto por meio de atuação direta da Assessoria do Programa de Humanização, como por atividades realizadas por outras áreas do ICr, Organizações Não Governamentais e pes- soas físicas voluntárias . Associação das Voluntárias do Hospital das Clínicas - Corpo de voluntários do HC que atua há mais de 50 anos. Comitê Juvenil - Atividades de recreação com crianças e adolescentes internados, desenvolvida por jovens voluntários. Conselho Familiar - Atividades de acolhimento, artesanato, empréstimo de livros, desenvolvidas por voluntários do próprio projeto. Projeto CRIARTE - Atividades de acolhimento, artesanato, recreação, desenvolvidas por voluntários do próprio projeto, no Serviço de Onco-Hematologia do ICr Projeto Saia da Rotina Doutores da Alegria 12 edições de jornal mural com informações sobre utilização da arte e da linguagem do palhaço, levando atividades de cultura e lazer na grande São Paulo, com alegria ao ambiente hospitalar. 8.797 crianças atendi- atualização mensal. das no ICr e 3.272, no Serviço de Onco-hematologia. Biblioteca do Conselho Familiar Ginástica Laboral Empréstimo de 1546 livros em 2010. Os colaboradores e os acompanhante se beneficiam da ginástica laboral, sob orientação profissional, 4 dias por semana, manhã, tarde e noite. 13
  12. 12. Atividades para colaboradores Ouvidoria Interna – Implantado em maio de 2010, consolidou-se como um canal de comunicação no qual os colaboradores podem expressar opiniões, sugestões, críticas, solicitações e elogios referentes ao seu ambiente e relações de trabalho. Ao longo do ano a Ouvidoria recebeu 30 manifestações dos colaboradores. Integração - 114 novos profissionais do ICr participaram do Programa de Integração, para apresentação do Instituto da Criança, dos direitos e deveres dos usuários e dos profissionais, noções e programas de qualidade de vida, de controle de infecção hospitalar, além de visita monitorada às dependências da instituição. Comemoração mensal dos aniversários dos colaboradores, com café da manhã e dinâmicas de integração. Em 2010, 130 colaboradores participaram das atividades. Atividades para colaboradores, pacientes e acompanhantes Jornal Mural Mirim - jornal mural informativo, com 4 edições anuais, realizado com a participação ativa das crianças e adolescentes internados no hospital. Todas as matérias do jornal são realizadas pelas crianças e adolescentes internados. Nutrição uma Tarde Especial... Em 2010, sob coordenação da Nutrição, foram promovidas mensalmente festas temáticas desenvolvidas para os pacientes e acompanhantes das unidades de internação. Hora do Psiu – Durante períodos do dia pré-estabelecidos, as Unidades de Terapia Intensiva Neonatais ficam em silêncio, com diminuição da luminosidade e sem manipulação do bebê, a não ser que seja absolutamente necessário, para melhor repouso e reduzir o estresse. Método Mãe Canguru - Recém-nascido de baixo peso permanece em contato com a mãe, visando seu desenvolvimento. Conhecendo quem faz – semanalmente, as crianças internadas têm a oportunidade de visitar áreas administrativas e de apoio do hospital. A intenção é que elas conheçam os profissionais que trabalham nessas áreas e que indiretamente con- tribuem para o seu tratamento. Atividades em parceria Associação Viva e Deixe Viver - promoção de entretenimento, cultura e informação educacional, através do estímulo à lei- tura e ao brincar, contribuindo para o bem-estar da criança/adolescente, familiares e equipe de saúde, 2.538 horas cedidas aos nossos pacientes. CAMP Pinheiros – acolhimento de jovens aprendizes, por meio de projeto educativo de caráter semi-profissionalizante que propicia iniciação ao trabalho. Em 2010, 14 campistas atuaram no Instituto da Criança. Comitê Comunitário – em 2010, foram realizadas 11 reuniões com associações de portadores de patologias, Casas de apoio e representantes da comunidade, para acompanhamento das ações desenvolvidas no ICr. Contadores de Historias – Associação Viva e Deixe Viver Classe hospitalar Acompanhamento escolar para crianças e adolescentes internados, possibilitando o início ou a continuidade da vida escolar dessas crianças e adolescentes. No ano de 2010, os alunos se beneficiaram de 3.766 atendimentos.14
  13. 13. Resultados Institucionais: 2010A fórmula do trabalho em equipe
  14. 14. Resultado Institucional: 2010 A fórmula do trabalho em equipe Indicadores Econômico-Financeiros O faturamento do Instituto da Criança cresceu em 2010 na comparação com 2009 em todas as modalidades. Em relação ao SUS - MAC passou de R$ 17.769 para R$ 19.418 mil - um crescimento de 9,3%, o faturamento dos procedimentos es- tratégicos relacionados aos transplantes de fígado, rim e medula passou de R$ 3.847 para R$ 4.366 mil - um crescimento de 13,5%, e a saúde suplementar passou de R$ 6.357 para R$ 7.629 - um crescimento de 20,0%. Terminamos o ano com saldos positivos em nossas contas operacionais, apesar de apresentarmos uma variação opera- cional anual negativa de R$ 588 mil, explicada pelo grande investimento em obras, reposição e manutenção do parque tecnólogico com a finalidade de aumentar o número de atendimentos e sua qualidade. Faturamento SUS Média e Alta Complexidade (Valores em R$ 1.000) 19.418 17.769 Faturamento Saúde Suplementar Faturamento SUS estratégicos (Valores em R$ 1.000) (Valores em R$ 1.000) 7.629 4.366 6.357 3.84716
  15. 15. Resultado Institucional: 2010 Produção Assistencial A produção hospitalar do Instituto da Criança apresentou crescimento significativo em 2010 em relação aos últimos 2 anos. Esse crescimento, em parte, pode ser atribuído ao aumento de 6% na capacidade operacional de leitos ocorrida em meados do ano de 2009, refletindo mais fortemente ao longo do ano de 2010. A estratégia institucional de ênfase na realização de procedimentos estratégicos vem sido alcançada com sucesso, con- forme percebido pelo aumento na produção de sessões de hemodiálise e transplantes. 25.400 m2 distribuídos em 5 prédios 4 salas de cirurgia 210 leitos instalados 44 consultórios ambulatoriais médicos 196 leitos operacionais 6 consultórios de emergênciaVolumes 2008 2009 2010 Taxa de Crescimento da Produção em Relação a 2010Internações 6.228 6.322 7074 11,9%Consultas Ambulatoriais 69.847 71.151 74572 4,8%Cirurgias 2.358 2.610 2816 7,9%Exames Complementares 338.181 370.252 403437 9%Atendimentos de Pronto-Socorro 31.699 31.001 31825 2,7% A taxa de ocupação institucional em 2010 foi de 80,3%, com aumento de 6,7% em relação ao ano anterior enquanto a mé- dia de pemanência passou de 7,8 para 8 dias apresentando aumento de 2,56% Taxa de Média de Ocupação Permanência (dias) 8,0 8,0 7,8 80,3% 75,7% 75,3% 2008 2009 2010 17
  16. 16. Resultado Institucional: 2010 Produção da Unidades Procedência de Crianças Internadas 2010 Procedência das Crianças Internadas 2010 por Região do País Estado de São Paulo Litoral Sul 0,9% Outros Outras regiões 4,9% 4,6% Litoral Norte 0,5% Sudeste Grande São 95,4% Paulo 93%Serviço de Onco-hematologia Infraestrutura 8.000 m2 12 leitos-dia para quimioterapia ambulatorial 19 leitos operacionais 10 consultórios ambulatoriais médicos Produção 2009 2010 Internações 294 331 Consultas médicas ambulatoriais 14.797 16.398 Sessões de quimioterapia ambulatorial 4.861 4.464 Transplantes de medula óssea 13 28Serviço de Cirurgia Infantil Infraestrutura 4 salas de cirurgia 22 leitos operacionais Produção 2009 2010 Internações 817 1103 Cirurgias 2.574 2816 Transplantes de fígado e renais 43 38Unidades de Internação Infraestrutura 38 leitos operacionais de berçário normal e patológico 58 leitos operacionais de especialidades pediátricas 43 leitos de terapia intensiva em neonatologia 20 leitos de terapia intensiva pediátrica Produção 2009 2010 Internações 5.211 707418
  17. 17. Imagem InstitucionalOrgulho de ser ICr
  18. 18. Imagem Institucional Orgulho de ser ICr Nos últimos quatro anos o Instituto da Criança vem se consolidado como uma fonte segura e precisa de informações na área de Pediatria, para os jornalistas. Recebemos diariamente solicitações de imprensa de diversos veículos de informação. Histórico de inserções da Assessoria de Imprensa do Instituo da Criança HC FMUSP: 311 Veiculações na im- prensa em 2010 242 182 2008 Ao todo, foram 311 2009 inserções na imprensa, 2010 sendo todas positivas 2008 2009 2010 Destaque na Folha de São Paulo Matéria veiculada em dezembro de 2010, re- lata a experiência da repórter que acompan- hou a rotina do Hospital durante 12 horas.20
  19. 19. Cliente SatisfeitoTaxa de Retorno do Questionário de Satisfação (%) 18 16 15,4 15,4 14 12 12,5 10 Internação 8 Ambulatorial 6 5,7 4 4,5 3,9 2 2,1 0 0,4 2007 2008 2009 2010Taxa de Satisfação do Cliente em 2010 Internação Ambulatório Insatisfeito/Não Opinou Insatisfeito/Não Opinou 2,3% 3,5% Satisfeito Satisfeito 97,7% 97,5%Prêmios em 2010 Secretaria do Estado de Saúde XII Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica 2º colocação do Prêmio Ideia Saudável 1º lugar - Pôster “Perfil da assistência fisioterapêu- tica respiratória nos cuidados de crianças e adoles- centes com câncer gravemente enfermos” V Congresso de Serviço Social e Saúde Ministério do Trabalho e Emprego 1º lugar - Pôster “A trajetória escolar de crianças Menção honrosa - “Eliminação do Uso de Apare- com diagnóstico com câncer” lhos conteúdo Mercúrio” 21
  20. 20. Ficha TécnicaCoordenaçãoAssessoria de Comunicação e Marketingdo Instituto da Criança HC FMUSPProjeto Gráfico e DiagramaçãoAndre Vitor MartinsFotosAndre Vitor MartinsAgnaldo Dias CorreiaPriscilla OliveiraLilo ClaretoRevisãoEspaço 2 ComunicaçõesPriscilla Oliveira
  21. 21. Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 647 Cerqueira César - São Paulo Fone: (11) 3069-8500 www.icr.usp.br

×