SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Como o Ser Humano se
Tornou Ser Humano?
Temas e Objetivo
O TEMAS: ideia de cultura, distinção entre
instinto e cultura, características da
cultura.
O OBJETIVO: Abordar aspectos
importantes para compreensão de que o
que diferencia os seres humanos são as
culturas e que só nos tornamos humanos
quando nos tornamos seres culturais.
Habilidades e Competências
Na presente aula iremos desenvolver a seguintes
habilidades:
O compreender a ideia de cultura de um ponto de vista
antropológico;
O distinguir instinto de cultura;
O reconhecer o papel da cultura e do instinto na vida dos seres
humanos;
O compreender que a humanidade só existe na diferença;
O identificar as características da cultura;
O reconhecer conteúdos simbólicos da vida humana;
O desenvolver o espírito crítico dos alunos e sua capacidade de
observação da sociedade;
O desenvolver habilidades de leitura, produção de textos contínuos e
expressão oral.
Por que Antropologia?
Enquanto a Sociologia tem sua metodologia
apropriada para abarcar questões relativas
à sociedade industrial complexa, isso
porque sua abordagem visa a compreensão
e a transformação das bases materiais de
produção social, a Antropologia possui
recursos metodológicos destinados à
compreensão da diversidade étnico-cultural
em sociedade não-complexas.
Uma coisa é uma coisa...
Responda a seguinte pergunta:
O que você acha que o termo “cultura”
pode significar?
Cultura é uma palavra que vem do latim, “cultura”, e que
significava, até o século XIII, cuidado com o campo.
Depois, passou a significar não mais um estado da coisa
cultivada, mas a ação de cultivar a terra. Já no século
XVIII, ela passou a designar o cuidado de trabalhar algo.
Logo, cultura seria
tudo aquilo que as pessoas cultivam (CUCHE, Denys. A
noção de cultura nas ciências sociais. 2. ed.
Bauru: EDUSC, 2002). É por isso que se pode falar em
uma cultura de fungos, ou cultivo de fungos.
Outra coisa é outra coisa...
Cultura pode significar um conhecimento
diferenciado: no senso comum, muitas vezes
associamos o termo “cultura” a uma série
de conhecimentos que diferenciam as pessoas.
E por isso é comum dizer “fulano tem cultura,
ele leu muitos livros” ou “aquela é
uma pessoa que não tem cultura, pois não
sabe nada”, “fulano é culto”. Nesse sentido,
cultura tem a ver com uma espécie de saber
que algumas pessoas adquirem e outras
não. Essa forma de entender a cultura está
ligada à raiz da palavra cultura.
cultura pode ser entendida como as
manifestações artísticas de um povo: como
quando se usa o termo “cultura” nas
expressões:
“teatro é cultura, cinema é cultura”.
cultura também pode ser entendida como
os
hábitos e costumes de um povo: seria
aquilo
que as pessoas aprendem como membros de
uma sociedade. Ou seja, as pessoas dizem,
por exemplo, “os alemães comem salsicha,
pois isso é uma característica de sua cultura”.
Em Suma
Apesar dos múltiplos significados do termo
e das inúmeras variações, podemos dizer,
genericamente, que cultura, tanto para a
Antropologia como para a Sociologia,
significa tudo aquilo que o ser humano
vivencia, realiza e transmite por meio da
linguagem.
Semiótica
A semiótica provém da raiz grega
‘semeion’, que denota signo. Assim, desta
mesma fonte, temos ‘semeiotiké’, ‘a arte
dos sinais’. Esta esfera do conhecimento
existe há um longo tempo, e revela as
formas como o indivíduo dá significado a
tudo que o cerca. Ela é, portanto, a ciência
que estuda os signos e todas as linguagens
e acontecimentos culturais como se fossem
fenômenos produtores de significado, neste
sentido define a semiose.
O ser humano, o instinto
e a cultura
www.youtube.com/watch?v=qSAY6IWMq5k
Ser de Cultura
Só o ser humano tem essa capacidade de se
projetar em tudo o que faz. Ele projeta seus
valores e suas ideias nos objetos que constrói,
deixando vestígios de suas relações sociais
nesses objetos. Ele não se adapta à natureza
como os outros animais, mas a transforma e
interage com ela. Só ele tem a capacidade de
transformar a natureza. Os animais sempre se
adaptam ao meio ou, então, morrem.
À medida que cresce, o ser humano é cada
vez menos conduzido pelos seus instintos e
cada vez mais pela cultura. É claro que o ser
humano é um ser biológico, que depende de
uma série de funções vitais: todos os seres
humanos comem, dormem, bebem etc.
Entretanto, a maneira de satisfazer essas
diferentes funções biológicas varia de uma
cultura para outra.
Assim, entende-se que o comportamento do
ser humano é fruto da interação entre biologia
e cultura.
o ser humano não
tem instinto?
Art. 25, CP - Entende-se em legítima
defesa quem, usando moderadamente dos
meios necessários, repele injusta
agressão, atual ou iminente, a direito seu
ou de outrem.
Legítima Defesa
Características da Cultura
O Simbólica
O Social
O dinâmica e estável
O Seletiva
O determinante e determinada
Assim...
O A cultura, mais do que a herança genética, determina o
comportamento do ser humano.
O O ser humano age de acordo com seus padrões
culturais, ou seja, ele é um ser parcialmente movido
pelos instintos. No ser humano, o papel do instinto
diminui conforme ele passa pelo processo de
socialização.
O O ser humano depende muito mais do aprendizado do
que do instinto.
O Como não só se adapta ao meio, mas também interage
com ele, o ser humano é capaz de viver sob os
mais diversos climas e situações. Assim, ele conseguiu
transformar quase toda a Terra em seu habitat.
O A cultura é um processo cumulativo resultante das
sucessivas gerações, ou seja, a experiência vai sendo
acumulada com o passar do tempo. Mas isso não quer
dizer que a cultura não seja passível de mudança.
Aula para a 1ª Série do
Ensino Médio
Por Professor João Bidoia
JB

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Linguagem, pensamento e cultura na filosofia
Linguagem, pensamento e cultura na filosofiaLinguagem, pensamento e cultura na filosofia
Linguagem, pensamento e cultura na filosofiaequacao
 
Conceito de cultura
Conceito de culturaConceito de cultura
Conceito de culturalicasoler
 
AVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURAL
AVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURALAVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURAL
AVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURALUmberto Neves
 
Sociologia, Cultura e Sociedade
Sociologia, Cultura e SociedadeSociologia, Cultura e Sociedade
Sociologia, Cultura e SociedadeMoacyr Anício
 
Etnocentrismo...
Etnocentrismo...Etnocentrismo...
Etnocentrismo...ALCIONE
 
Cultura: um conceito antropologico - Parte 1
Cultura: um conceito antropologico - Parte 1Cultura: um conceito antropologico - Parte 1
Cultura: um conceito antropologico - Parte 1Leonardo Santos
 
Sociologia ii aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii   aula 1 - Cultura e SociedadeSociologia ii   aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii aula 1 - Cultura e SociedadeCarmem Rocha
 
Diversidade cultural e etnocentrismo
Diversidade cultural e etnocentrismoDiversidade cultural e etnocentrismo
Diversidade cultural e etnocentrismoWander Junior
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedadesagali
 
Aula Expositiva Sobre A Cultura
Aula Expositiva Sobre A CulturaAula Expositiva Sobre A Cultura
Aula Expositiva Sobre A CulturaNyikiwa
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Culturaljuliana_f
 
Cultura um conceito antropológico Roque Laraia
Cultura um conceito antropológico  Roque LaraiaCultura um conceito antropológico  Roque Laraia
Cultura um conceito antropológico Roque LaraiaGisele Da Fonseca
 

Mais procurados (20)

Linguagem, pensamento e cultura na filosofia
Linguagem, pensamento e cultura na filosofiaLinguagem, pensamento e cultura na filosofia
Linguagem, pensamento e cultura na filosofia
 
Conceito de cultura
Conceito de culturaConceito de cultura
Conceito de cultura
 
Filosofia 11 1
Filosofia 11 1Filosofia 11 1
Filosofia 11 1
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Conceitocultura
ConceitoculturaConceitocultura
Conceitocultura
 
AVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURAL
AVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURALAVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURAL
AVALIAÇÃO ANTROPOLOGIA CULTURAL
 
Sociologia, Cultura e Sociedade
Sociologia, Cultura e SociedadeSociologia, Cultura e Sociedade
Sociologia, Cultura e Sociedade
 
Etnocentrismo...
Etnocentrismo...Etnocentrismo...
Etnocentrismo...
 
O que é etnocentrismo
O que é etnocentrismoO que é etnocentrismo
O que é etnocentrismo
 
Cultura: um conceito antropologico - Parte 1
Cultura: um conceito antropologico - Parte 1Cultura: um conceito antropologico - Parte 1
Cultura: um conceito antropologico - Parte 1
 
Sociologia ii aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii   aula 1 - Cultura e SociedadeSociologia ii   aula 1 - Cultura e Sociedade
Sociologia ii aula 1 - Cultura e Sociedade
 
Diversidade cultural e etnocentrismo
Diversidade cultural e etnocentrismoDiversidade cultural e etnocentrismo
Diversidade cultural e etnocentrismo
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 
Aula Expositiva Sobre A Cultura
Aula Expositiva Sobre A CulturaAula Expositiva Sobre A Cultura
Aula Expositiva Sobre A Cultura
 
Etnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismoEtnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismo
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Cultural
 
Cultura um conceito antropológico Roque Laraia
Cultura um conceito antropológico  Roque LaraiaCultura um conceito antropológico  Roque Laraia
Cultura um conceito antropológico Roque Laraia
 
Natureza e cultura
Natureza e culturaNatureza e cultura
Natureza e cultura
 

Destaque

Aula 1 as pessoas, os grupos e a sociologia
Aula 1   as pessoas, os grupos e a sociologiaAula 1   as pessoas, os grupos e a sociologia
Aula 1 as pessoas, os grupos e a sociologiaFábio Nogueira, PhD
 
Teoria de los instintos por berenice
Teoria de los instintos por bereniceTeoria de los instintos por berenice
Teoria de los instintos por bereniceBere480
 
Instinto e inteligência
Instinto e inteligênciaInstinto e inteligência
Instinto e inteligênciaShantappa Jewur
 
Aula 7 de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instinto
Aula 7   de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instintoAula 7   de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instinto
Aula 7 de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instintoFatoze
 
Sociologia 1 s_em_volume_1_aluno
Sociologia 1 s_em_volume_1_alunoSociologia 1 s_em_volume_1_aluno
Sociologia 1 s_em_volume_1_alunoValdeavare
 
Instintos, Impulsos, Necesidades
Instintos, Impulsos, NecesidadesInstintos, Impulsos, Necesidades
Instintos, Impulsos, Necesidadesguest606c4
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia Maira Conde
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Over Lane
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?guest6a86aa
 

Destaque (19)

Aula 1 as pessoas, os grupos e a sociologia
Aula 1   as pessoas, os grupos e a sociologiaAula 1   as pessoas, os grupos e a sociologia
Aula 1 as pessoas, os grupos e a sociologia
 
Teoria de los instintos por berenice
Teoria de los instintos por bereniceTeoria de los instintos por berenice
Teoria de los instintos por berenice
 
Instinto
InstintoInstinto
Instinto
 
Instinto e meios de conservação
Instinto e meios de conservaçãoInstinto e meios de conservação
Instinto e meios de conservação
 
Instinto e inteligência
Instinto e inteligênciaInstinto e inteligência
Instinto e inteligência
 
Aula 7 de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instinto
Aula 7   de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instintoAula 7   de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instinto
Aula 7 de seres orgânicos e inorgânicos até inteligência e instinto
 
Los Instintos
Los InstintosLos Instintos
Los Instintos
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
 
Instintos y motivacion
Instintos y motivacionInstintos y motivacion
Instintos y motivacion
 
Identidade cultural no Mundo
Identidade cultural no MundoIdentidade cultural no Mundo
Identidade cultural no Mundo
 
Sociologia 1 s_em_volume_1_aluno
Sociologia 1 s_em_volume_1_alunoSociologia 1 s_em_volume_1_aluno
Sociologia 1 s_em_volume_1_aluno
 
Aula 2 sociedade e cultura
Aula 2   sociedade e culturaAula 2   sociedade e cultura
Aula 2 sociedade e cultura
 
Instintos, Impulsos, Necesidades
Instintos, Impulsos, NecesidadesInstintos, Impulsos, Necesidades
Instintos, Impulsos, Necesidades
 
Instintos humanos
Instintos humanosInstintos humanos
Instintos humanos
 
Cultura - Sociologia
Cultura - SociologiaCultura - Sociologia
Cultura - Sociologia
 
Antropologia: conceitos basicos
 Antropologia: conceitos basicos Antropologia: conceitos basicos
Antropologia: conceitos basicos
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
 

Semelhante a Como o ser humano se tornou ser humano

ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHAATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHAProf. Noe Assunção
 
Antropologia da educação
Antropologia da educaçãoAntropologia da educação
Antropologia da educaçãoJRALBERTY
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptO Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptMARCELACARNEIROGOMES
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptO Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptFábio Caires Correia
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptx
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptxO Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptx
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptxBrincandocomAlicia
 
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)Matheus Alves
 
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...ssuser2af87a
 
Antropologia da Comunicação
Antropologia da ComunicaçãoAntropologia da Comunicação
Antropologia da ComunicaçãoDaniel Buchmann
 
O paradigma da educação multicultural amazônica
O paradigma da educação multicultural amazônicaO paradigma da educação multicultural amazônica
O paradigma da educação multicultural amazônicaHebert Balieiro
 
Homem e sociedade unip
Homem e sociedade unipHomem e sociedade unip
Homem e sociedade unipArte de Lorena
 
85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf
85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf
85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdfFabioAbagabir1
 

Semelhante a Como o ser humano se tornou ser humano (20)

ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHAATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
 
Antropologia da educação
Antropologia da educaçãoAntropologia da educação
Antropologia da educação
 
Eti cid sus_09_pdf
Eti cid sus_09_pdfEti cid sus_09_pdf
Eti cid sus_09_pdf
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptO Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptO Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.ppt
 
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptx
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptxO Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptx
O Ser Humano e sua Dimensão Cultural.pptx
 
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
Apostila de sociologia - Volume 2 (2° ano do EM)
 
Antropologia cultura
Antropologia   culturaAntropologia   cultura
Antropologia cultura
 
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
Aula 01 - Cultura e suas definições, no senso comum, na sociologia e na antro...
 
Antropologia da Comunicação
Antropologia da ComunicaçãoAntropologia da Comunicação
Antropologia da Comunicação
 
O paradigma da educação multicultural amazônica
O paradigma da educação multicultural amazônicaO paradigma da educação multicultural amazônica
O paradigma da educação multicultural amazônica
 
Homem e sociedade unip
Homem e sociedade unipHomem e sociedade unip
Homem e sociedade unip
 
Cp aula 4
Cp aula 4Cp aula 4
Cp aula 4
 
Antrapologia 1
Antrapologia 1Antrapologia 1
Antrapologia 1
 
O que é antropologia
O que é antropologiaO que é antropologia
O que é antropologia
 
85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf
85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf
85827999-Homem-e-Sociedade-Unidade-I-Slides.pdf
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Caderno 03
Caderno 03Caderno 03
Caderno 03
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
 

Último

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 

Último (20)

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 

Como o ser humano se tornou ser humano

  • 1. Como o Ser Humano se Tornou Ser Humano?
  • 2. Temas e Objetivo O TEMAS: ideia de cultura, distinção entre instinto e cultura, características da cultura. O OBJETIVO: Abordar aspectos importantes para compreensão de que o que diferencia os seres humanos são as culturas e que só nos tornamos humanos quando nos tornamos seres culturais.
  • 3. Habilidades e Competências Na presente aula iremos desenvolver a seguintes habilidades: O compreender a ideia de cultura de um ponto de vista antropológico; O distinguir instinto de cultura; O reconhecer o papel da cultura e do instinto na vida dos seres humanos; O compreender que a humanidade só existe na diferença; O identificar as características da cultura; O reconhecer conteúdos simbólicos da vida humana; O desenvolver o espírito crítico dos alunos e sua capacidade de observação da sociedade; O desenvolver habilidades de leitura, produção de textos contínuos e expressão oral.
  • 4. Por que Antropologia? Enquanto a Sociologia tem sua metodologia apropriada para abarcar questões relativas à sociedade industrial complexa, isso porque sua abordagem visa a compreensão e a transformação das bases materiais de produção social, a Antropologia possui recursos metodológicos destinados à compreensão da diversidade étnico-cultural em sociedade não-complexas.
  • 5. Uma coisa é uma coisa... Responda a seguinte pergunta: O que você acha que o termo “cultura” pode significar? Cultura é uma palavra que vem do latim, “cultura”, e que significava, até o século XIII, cuidado com o campo. Depois, passou a significar não mais um estado da coisa cultivada, mas a ação de cultivar a terra. Já no século XVIII, ela passou a designar o cuidado de trabalhar algo. Logo, cultura seria tudo aquilo que as pessoas cultivam (CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. 2. ed. Bauru: EDUSC, 2002). É por isso que se pode falar em uma cultura de fungos, ou cultivo de fungos.
  • 6. Outra coisa é outra coisa... Cultura pode significar um conhecimento diferenciado: no senso comum, muitas vezes associamos o termo “cultura” a uma série de conhecimentos que diferenciam as pessoas. E por isso é comum dizer “fulano tem cultura, ele leu muitos livros” ou “aquela é uma pessoa que não tem cultura, pois não sabe nada”, “fulano é culto”. Nesse sentido, cultura tem a ver com uma espécie de saber que algumas pessoas adquirem e outras não. Essa forma de entender a cultura está ligada à raiz da palavra cultura. cultura pode ser entendida como as manifestações artísticas de um povo: como quando se usa o termo “cultura” nas expressões: “teatro é cultura, cinema é cultura”. cultura também pode ser entendida como os hábitos e costumes de um povo: seria aquilo que as pessoas aprendem como membros de uma sociedade. Ou seja, as pessoas dizem, por exemplo, “os alemães comem salsicha, pois isso é uma característica de sua cultura”.
  • 7. Em Suma Apesar dos múltiplos significados do termo e das inúmeras variações, podemos dizer, genericamente, que cultura, tanto para a Antropologia como para a Sociologia, significa tudo aquilo que o ser humano vivencia, realiza e transmite por meio da linguagem.
  • 8. Semiótica A semiótica provém da raiz grega ‘semeion’, que denota signo. Assim, desta mesma fonte, temos ‘semeiotiké’, ‘a arte dos sinais’. Esta esfera do conhecimento existe há um longo tempo, e revela as formas como o indivíduo dá significado a tudo que o cerca. Ela é, portanto, a ciência que estuda os signos e todas as linguagens e acontecimentos culturais como se fossem fenômenos produtores de significado, neste sentido define a semiose.
  • 9. O ser humano, o instinto e a cultura www.youtube.com/watch?v=qSAY6IWMq5k
  • 10. Ser de Cultura Só o ser humano tem essa capacidade de se projetar em tudo o que faz. Ele projeta seus valores e suas ideias nos objetos que constrói, deixando vestígios de suas relações sociais nesses objetos. Ele não se adapta à natureza como os outros animais, mas a transforma e interage com ela. Só ele tem a capacidade de transformar a natureza. Os animais sempre se adaptam ao meio ou, então, morrem. À medida que cresce, o ser humano é cada vez menos conduzido pelos seus instintos e cada vez mais pela cultura. É claro que o ser humano é um ser biológico, que depende de uma série de funções vitais: todos os seres humanos comem, dormem, bebem etc. Entretanto, a maneira de satisfazer essas diferentes funções biológicas varia de uma cultura para outra. Assim, entende-se que o comportamento do ser humano é fruto da interação entre biologia e cultura.
  • 11. o ser humano não tem instinto? Art. 25, CP - Entende-se em legítima defesa quem, usando moderadamente dos meios necessários, repele injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem. Legítima Defesa
  • 12. Características da Cultura O Simbólica O Social O dinâmica e estável O Seletiva O determinante e determinada
  • 13. Assim... O A cultura, mais do que a herança genética, determina o comportamento do ser humano. O O ser humano age de acordo com seus padrões culturais, ou seja, ele é um ser parcialmente movido pelos instintos. No ser humano, o papel do instinto diminui conforme ele passa pelo processo de socialização. O O ser humano depende muito mais do aprendizado do que do instinto. O Como não só se adapta ao meio, mas também interage com ele, o ser humano é capaz de viver sob os mais diversos climas e situações. Assim, ele conseguiu transformar quase toda a Terra em seu habitat. O A cultura é um processo cumulativo resultante das sucessivas gerações, ou seja, a experiência vai sendo acumulada com o passar do tempo. Mas isso não quer dizer que a cultura não seja passível de mudança.
  • 14. Aula para a 1ª Série do Ensino Médio Por Professor João Bidoia JB