O QUE FARÍAMOS SEMUMA CULTURAMARY MIDGLEY (1919- )
EM CONTEXTO ÁREA: Filosofia da ciência ABORDAGEM: Filosofia analítica
ANTES Século IV a.C. Aristóteles define os seres humanos como“animais políticos”, sugerindo não apenas que somos seresnat...
DEPOIS A partir de 1980 Richard Dawkins e Mary Midgleydebatem as implicações do darwinismo em nossaconcepção de natureza ...
Na obra Beast and man,Publicada em 1978, a filósofa britânica Mary Midgley avaliouo impacto das ciências naturais sobre no...
Natureza e cultura na vida humana Uma das questões tratadas foi a relação entre natureza ecultura na vida humana, abordan...
Midgley discordava......da ideia de que a cultura é algo de ordem totalmentediversa da natureza. Segundo ela, a cultura é ...
 Podemos dizer que tecemos cultura tão naturalmentequanto as aranhas produzem teias.
 Assim sendo, não podemos ficar sem cultura, assim comoa aranha não pode ficar sem teia: nossa necessidade decultura é in...
 “Nós equivocadamente nos isolamos dos outros animais,tentando não acreditar que temos uma natureza animal.”Mary Midgley
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mary midgley

696 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
696
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mary midgley

  1. 1. O QUE FARÍAMOS SEMUMA CULTURAMARY MIDGLEY (1919- )
  2. 2. EM CONTEXTO ÁREA: Filosofia da ciência ABORDAGEM: Filosofia analítica
  3. 3. ANTES Século IV a.C. Aristóteles define os seres humanos como“animais políticos”, sugerindo não apenas que somos seresnaturais, mas que a produção da cultura é parte da nossanatureza. Século I a.C. O poeta romano Tito Lucrécio Caro escreveSobre a natureza das coisas, em que explora as raízesnaturais da cultura humana. 1859 O naturalista Charles Darwin publica A origem dasespécies, argumentando que toda vida evoluiu por umprocesso de seleção natural.
  4. 4. DEPOIS A partir de 1980 Richard Dawkins e Mary Midgleydebatem as implicações do darwinismo em nossaconcepção de natureza humana.
  5. 5. Na obra Beast and man,Publicada em 1978, a filósofa britânica Mary Midgley avaliouo impacto das ciências naturais sobre nosso entendimento danatureza humana. As descobertas da paleontologia e dabiologia evolutiva prejudicam nossa visão sobre o que é serhumano. Midgley tratou tanto as coisas que nos separam dosoutros animais como as quais compartilhamos com eles.
  6. 6. Natureza e cultura na vida humana Uma das questões tratadas foi a relação entre natureza ecultura na vida humana, abordando o fato que muitaspessoas veem a natureza e a cultura como opostas poralguma razão, como se a cultura fosse algo não naturalacrescentado à nossa natureza animal.
  7. 7. Midgley discordava......da ideia de que a cultura é algo de ordem totalmentediversa da natureza. Segundo ela, a cultura é um fenômenonatural, ou seja, evoluímos para ser o tipo de criatura quetem cultura.
  8. 8.  Podemos dizer que tecemos cultura tão naturalmentequanto as aranhas produzem teias.
  9. 9.  Assim sendo, não podemos ficar sem cultura, assim comoa aranha não pode ficar sem teia: nossa necessidade decultura é inata e natural. Midgley justifica a singularidadehumana nos colocando num contexto mais amplo do nossopassado evolucionário.
  10. 10.  “Nós equivocadamente nos isolamos dos outros animais,tentando não acreditar que temos uma natureza animal.”Mary Midgley

×